André Vingt-Trois

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
André Armand Vingt-Trois
Cardeal da Santa Igreja Romana
Arcebispo Metropolita de Paris
Hierarquia
Papa Francisco
Atividade Eclesiástica
Diocese Arquidiocese de Paris
Nomeação 11 de fevereiro de 2005
Entrada solene 5 de março de 2005
Predecessor Dom Jean-Marie Cardeal Lustiger
Mandato 2005 -
Ordenação e nomeação
Ordenação presbiteral 28 de junho de 1968
por Dom Gabriel Auguste François Marty
Nomeação episcopal 25 de junho de 1988
Ordenação episcopal 14 de outubro de 1988
Catedral de Notre-Dame
por Dom Jean-Marie Cardeal Lustiger
Nomeado arcebispo 16 de maio de 1999
Cardinalato
Criação 24 de novembro de 2007
por Papa Bento XVI
Ordem Cardeal-presbítero
Título São Luís dos Franceses
Brasão
Coat of arms of Andre Vingt-Trois.svg
Lema Sic enim Deus silexit mundum
Dados pessoais
Nascimento Paris
7 de novembro de 1942 (75 anos)
Nacionalidade francês
Filiação Armand e Paulette Vingt-Trois
Habilitação académica Licenciatura em Teologia Moral pelo Instituto Católico de Paris
Funções exercidas - Bispo Auxiliar de Paris
(1988-1999)
- Arcebispo de Tours
(1999-2005)
Títulos anteriores Bispo Titular de Thibilis
dados em catholic-hierarchy.org
Cardeais
Categoria:Hierarquia católica
Projeto Catolicismo

André Armand Vingt-Trois (Paris, 7 de novembro de 1942) é um cardeal francês da Igreja Católica e arcebispo de Paris.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Família e Formação[editar | editar código-fonte]

André Vingt-Trois nasceu em Paris, filho de Armand Vingt-Trois e de Paulette Vuillamy Vingt-Trois. O apelido da família não é comum: foi dado a um antepassado que, enquanto criança, teria sido abandonado e posteriormente encontrado no 23º dia do mês.

Completou os seus estudos secundários no Lyceé Henri IV e entrou no Seminário de Saint-Sulpice em Issy-les-Moulineaux a 1962. Frequentou o Instituto Católico de Paris onde se licenciou em Teologia Moral. Entre 1964 e 1965, cumpriu o serviço militar obrigatório na Alemanha. Foi ordenado diácono em outubro de 1968. Em 28 de junho de 1969, foi ordenado padre pelo cardeal Gabriel Auguste François Marty.

Trabalho Pastoral[editar | editar código-fonte]

Durante o seu ministério sacerdotal, trabalhou na catequese paroquial e na formação de leigos. Entre 1974 e 1981, Vingt-Trois foi vigário na paróquia parisiense de Sainte-Jeanne de Chantal. Foi na altura nomeado director do Seminário de Saint-Sulpice onde trabalhou até 1988, também leccionando Teologia Moral e Sacramental. Participou noutros movimentos como nos centros de preparação para o matrimônio e em sessões de formação contínua do clero. Foi Vigário Geral de Paris e teve a responsabilidade da formação diocesana (a escola da Catedral e o Seminário), os meios de comunicação (Radio Notre-Dame, Paris Notre-Dame, Centro de Informação), da Pastoral da Família e dos Capelões da Educação Púlica, e da Catequese.

Episcopado[editar | editar código-fonte]

A 25 de junho de 1988 foi nomeado Bispo Auxiliar de Paris e Bispo Titular de Thibilis. Em 14 de outubro de 1988 recebeu a ordem episcopal pelas mãos de Jean-Marie Lustiger e pelos bispos Pézeril e Gabriel Vanel, na Catedral de Notre-Dame. Em 16 de maio de 1999, é elevado a arcebispo metropolita de Tours, onde permanece até 2005, quando é transferido para a Arquidiocese de Paris. No mesmo ano, é feito Ordinário dos Católicos do Rito Oriental residentes da França. Em 5 de novembro de 2007 foi eleito Presidente da Conferência Episcopal Francesa por um período de 3 anos.

Cardinalato e Cúria Romana[editar | editar código-fonte]

PR-2012-05-15 IMG 1483.jpg

Em 24 de novembro de 2007, é criado cardeal no Consistório Ordinário Público de 2007, pelo Papa Bento XVI, sendo-lhe imposto o barrete cardinalício em 27 de abril de 2008, com o título de Cardeal-padre de São Luís dos Franceses.[1]

É membro da Congregação para os Bispos e do Pontifício Conselho para a Família desde 12 de junho de 2008 e da Congregação para o Clero desde 2 de fevereiro de 2010, o que implica participar nas reuniões anuais em Roma. Em 7 de março de 2012 foi nomeado membro da Congregação para as Igrejas Orientais.

Referências

  1. «Catholic Hierarchy». Consultado em 17 de março de 2013 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre André Vingt-Trois
Precedido por
Jorge Arturo Medina Estévez
Brasão episcopal
Bispo-titular de Thibilis

19881999
Sucedido por
Johannes Gerardus Maria
van Burgsteden
Precedido por
Michel Paul Marie Moutel
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo de Tours

19992005
Sucedido por
Bernard-Nicolas Aubertin
Precedido por
Jean-Marie Lustiger
Brasão arquiepiscopal
Arcebispo de Paris

2005presente
Sucedido por
(incumbente)
Precedido por
Jean-Marie Lustiger
Brasão cardinalício
Cardeal-presbítero de
São Luís dos Franceses

2007presente
Sucedido por
(incumbente)