Jogos Pan-Americanos de 2015

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Jogos Pan-americanos de 2015)
Ir para: navegação, pesquisa
Sports icon.png
Este artigo ou seção contém informações sobre um evento desportivo que ainda não ocorreu.
É provável que contenha informações de natureza especulativa, e seu conteúdo pode mudar drasticamente à medida que novas informações estiverem disponíveis.
XVII Jogos Pan-americanos
Toronto 2015
Toronto 2015.png
Dados
Países participantes 41
País anfitrião  Canadá
Atletas 6 000 (estimado)
Cerimônia de abertura 10 de julho
Cerimônia de encerramento 26 de julho
Estádio principal Pan Am Dome[1] [2]
◄◄ Guadalajara 2011 México {{{evento}}} Peru Lima 2019 ►►

Os Jogos Pan-Americanos de 2015, oficialmente denominados XVII Jogos Pan-Americanos, serão um evento multiesportivo realizados entre os dias 10 e 26 de julho e que terá como sede principal a cidade de Toronto, na província de Ontário, no Canadá além de outras dezessete cidades da região metropolitana do Golden Horseshoe em Ontário. Aproximadamente 6 mil atletas dos 41 Comitês Olímpicos Nacionais das Américas são esperados para competir em 36 esportes. Antes da cerimônia de abertura oficial, o primeiro evento a ser realizado será o polo aquático com início em 7 de julho. Esta será a terceira vez que o Canadá sediará o evento, sendo que as duas edições anteriores foram em Winnipeg, tanto em 1967 quanto em 1999. Doze dias após o encerramento serão realizados os Jogos Parapan-Americanos de 2015, também gerido pelo Comitê Organizador de Toronto para os Jogos Pan e Parapan-Americanos de 2015 (Toronto Organizing Committee for the 2015 Pan and Parapan American Games – TO2015).

Seguindo a tradição da Organização Desportiva Pan-Americana (ODEPA), o então prefeito de Toronto Rob Ford e o ministro dos esportes canadense Bal Gosal receberam a bandeira da ODEPA durante o encerramento dos Jogos Pan-Americanos de 2011, em Guadalajara, no México.[3]

Os Jogos de 2015 serão a primeira edição ecologicamente correta, porque serão neutras de emissão de carbono.[4] Serão ainda o maior evento esportivo da história do Canadá com o dobro de atletas participantes dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2010, em Vancouver.[5]

Organização[editar | editar código-fonte]

Processo de candidatura[editar | editar código-fonte]

Toronto foi escolhida pelo Comitê Olímpico Canadense como candidata para os Jogos Pan-Americanos de 2015.

O Comitê Olímpico Canadense (COC) ratificou Toronto e a região do Golden Horseshoe como a canditada a receber os Jogos Pan-Americanos de 2015, já que nenhuma outra cidade canadense apresentou postulação para sediar os Jogos. A possível concorrente seria Edmonton, na província de Alberta, que estava em dúvida entre os Jogos da Commonwealth de 2018 e a Universíada de Verão de 2015 e posteriormente acabou desistindo das duas candidaturas.[6] O interesse de Toronto veio depois da cidade ser candidata aos Jogos Olímpicos de Verão de 1996 e 2008, que foram atribuídos a Atlanta e Pequim, respectivamente.

Em 23 de fevereiro de 2009, as prefeituras de Toronto e Hamilton aprovaram a candidatura e anunciaram suporte oficial ao evento.[7] O documento de candidatura foi enviado para a ODEPA em 27 de maio de 2009.[8]

A ODEPA fez uma visita de avaliação entre 30 e 31 de agosto de 2009. A delegação analisou a cidade e fez o relatório para os membros votantes da organização. O chefe da delegação foi o uruguaio Julio Maglione, que além de membro do Comitê Olímpico Internacional é o presidente da Federação Internacional de Natação (FINA). Após a visita, Maglione deu o parecer de que, "Toronto tem todas as condições para sediar os Jogos Pan-Americanos".[9]

Em 6 de novembro de 2009, Toronto ganhou o direito de sediar os Jogos durante a sessão da ODEPA em Guadalajara, no México, em anúncio do presidente Mario Vázquez Raña.[10] Toronto ganhou 33 votos, superando as candidaturas de Lima, no Peru, que teve 11 e Bogotá, na Colômbia, com 7 votos.[11]

Resultado da escolha da sede dos Jogos Pan-Americanos de 2015
Cidade CON Rodada 1
Toronto  Canadá 33
Lima  Peru 11
Bogotá  Colômbia 7

Desenvolvimento e preparação[editar | editar código-fonte]

O Comitê Organizador dos Jogos Pan e Parapan-Americanos de Toronto 2015 (TO2015), com os três níveis de governo, previa gastar por volta de US$1,4 bilhão em reforma e construção de locais de competição na região.[12] O governo local (Ontário) e o Governo do Canadá estão financiando 35% do orçamento cada um, com os demais municípios financiando 30% do custo. Além disso, CA$1 bilhão (US$ 860 milhões) será gasto na construção da Vila Pan-Americana na área de West Don Lands. Com isso os gastos deverão totalizar quase US$2,5 bilhões, fazendo com que esta seja a edição mais cara da história dos Jogos Pan-Americanos, ultrapassando a edição de 2007, no Rio de Janeiro.[13] Mais tarde, em 2011, as contribuições de Toronto aumentaram de US$49,5 milhões para US$96,5 milhões por várias razões: o estádio de atletismo foi movido de Hamilton para a Universidade Iorque; a correção do solo na Universidade de Toronto Scarborough, onde o centro aquático foi construído e a construção da pista de BMX, além da inflação.[14] Aproximadamente US$602 milhões serão gastos para melhorar a infraestrutura da região, três vezes a mais do que o México gastou nos Jogos Pan-Americanos de 2011.[15]

O atual ministro responsável pela preparação do Pan é Michael Coteau,[16] que assumiu o papel antes que antes foi de responsabilidade de Charles Sousa, Eric Hoskins e Michael Chan.[17]

Segurança[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2014, a Auditoria Geral da Província de Ontário anunciou o lançamento de uma auditoria do contrato feita por uma empresa sediada nos Estados Unidos, a Contemporary Security Canada para garantir a segurança financeira dos Jogos.[18] O contrato, no valor de C$81 milhões, foi o mais caro entre todos os oferecidos com o valor de CA$ 14 milhões, acima do segundo colocado.[19]

Em maio de 2014, Patrick Allen, gerente de Serviços Médicos de Emergência e de saúde e segurança para os Jogos foi demitido.[20] No mesmo mês, o governo de Ontário estimou que os custos de segurança iriam totalizar CA$239 milhões, mais do que o dobro estimado de CA$113 milhões.[21]

Transporte público[editar | editar código-fonte]

O Union Pearson Express, um novo expresso que leva do Aeroporto Internacional Pearson para a Estação Union, iniciou sua construção em 2011 e está planejada para ser inaugurada antes dos Jogos.[22] Em adição, uma nova estação do sistema de trânsito unificado GO Transit em Hamilton foi construída.[23] Mesmo assim, uma linha de metrô que estava planejada para os Jogos não irá ficar pronta a tempo.

Em outubro de 2013, uma expansão foi anunciada para ajudar a completar 250 km de fendas ferroviárias em Ontário e conectar algumas comunidades aos trilhos da Trans Canada Trail e se conectar comunidades de Ottawa a Windsor e Fort Erie para Huntsville a tempo para os Jogos. As ligações para o Waterfront Trail eram esperadas para ser expandidas e completar as falhas.[24] [25]

Voluntários[editar | editar código-fonte]

O Comitê Organizador espera recrutar por volta de 20 mil voluntários para os Jogos Pan-Americanos.[26]

Ingressos[editar | editar código-fonte]

As vendas de ingressos começaram em setembro de 2014. O total esperado de venda de ingressos é de 1,4 milhão, com mais de 75% deles com valores abaixo de US$ 45.[27] O primeiro lote foi distribuído por sistema de loteria.[28]

Medalhas[editar | editar código-fonte]

Medalhas que serão utilizadas durante os Jogos.

Em outubro de 2013, foi anunciado que as medalhas para os Jogos seriam produzidas e projetadas pela Royal Canadian Mint.[29] Todos os materiais utilizados nas medalhas virão de empresas que operam em todo o continente americano.[30] O cobre foi extraído através da mineradora em Zaldivar, no Chile, a prata da mina de Pueblo Viejo, na República Dominicana e o ouro extraído da mina Hemlo em Ontário.[31]

Os desenhos das medalhas foram revelados em 3 de março de 2015, em uma cerimônia no Museu Real de Ontário. As medalhas foram desenhadas por Christi Belcourt, tem cerca de 86,7 milímetros de diâmetro e pesam cerca de 350 gramas.[32] Existem três formas na frente da medalha representando as três regiões das Américas, cada uma com design particular e inscrições em braile. A parte de trás da medalha representa o logotipo e o lema dos jogos.[33] [34]

Instalações[editar | editar código-fonte]

O velódromo pan-americano está localizado em Milton.

Toronto é uma das cidades mais populosas a sediar uma edição de Jogos Pan-Americanos. Em julho, as temperaturas médias da cidade são de 30 °C. A umidade média é de 74% e a precipitação é de 65 mm, com períodos de garoa e ocasionalmente tempestades. A elevação é de 112 m acima do nível do mar.[35]

Em janeiro de 2012, o Comitê Organizador anunciou o cancelamento de 60% dos locais de competição originalmente propostos em favor do sistema de clusters, já usado nos Jogos Olímpicos.[36]

As cerimônias de abertura e encerramento serão realizadas no Rogers Centre, que por razões de patrocínio será chamado de "Pan American Ceremonies Venue" (Pan Am Dome) durante os Jogos.[37] Dentre algumas instalações na cidade de Toronto estão o Estádio de Exposições, os Campos Pan e Parapan-Americanos, o Centro de Exposições e o Centro Aquático Pan e Parapan-Americano.[38] Além de Toronto, outras quatorze cidades espalhadas por Ontário irão sediar os Jogos: Ajax, Hamilton, Innisfil, Markham, Milton, Minden Hills, Mississauga, Mono, Oro-Medonte, Oshawa, Palgrave, St. Catharines e Welland.[38]

Vila Pan-Americana[editar | editar código-fonte]

A vila em construção em agosto de 2013.

A Vila Pan-Americana está localizada no West Don Lands ao longo da Front Street, entre a Bayview Avenue e a Cherry Street. Terá capacidade para até 10 mil atletas durante os Jogos Pan-Americanos e Parapan-Americanos. O projeto está certificado com LEED Gold.[39]

Jogos[editar | editar código-fonte]

Cerimônia de abertura[editar | editar código-fonte]

A cerimônia de abertura dos Jogos Pan-Americanos de 2015 está programada para ocorrer no dia 10 de julho, com início às 18:45 EDT (22:45 UTC) no Rogers Centre (Pan Am Dome).[40] A cerimônia de abertura será produzida e dirigida pelo Cirque du Soleil.[41] A produção se tornará o maior evento da história do circo e também será a primeira vez em que todo o seu elenco estará reunido.[42]

Cerimônia de encerramento[editar | editar código-fonte]

A cerimônia de encerramento dos Jogos Pan-Americanos de 2015 está programada para ocorrer no dia 26 de julho, com início às 18:45 EDT (22:45 UTC) também no Pan Am Dome.[40]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Todos os 41 Comitês Olímpicos Nacionais membros da ODEPA devem competir em Toronto. Isso representa um CON a menos em relação aos Jogos Pan-Americanos de 2011, já que o Comitê Olímpico das Antilhas Holandesas foi dissolvido em 2011.[43]

Em parênteses, o número de competidores de cada país (até o momento).

Lista de países participantes

Esportes[editar | editar código-fonte]

Um total de 36 esportes, 51 disciplinas e 365 finais serão disputadas em Toronto.[44] A pelota basca que esteve presente em Guadalajara 2011 foi o único esporte removido do programa.[45] O golfe foi adicionado ao programa e irá fazer sua estreia nos Jogos (após ter sido incluído no programa dos Jogos Olímpicos de Verão de 2016).[46] A canoagem slalom, única prova olímpica que nunca tinha sido disputada nos Jogos Pan-Americanos, também irá fazer sua estreia, marcando a primeira vez que o programa olímpico completo será disputado em uma competição continental na história.[45] Pela primeira na história da canoagem serão disputados eventos do C1 entre as mulheres.[47] O rugby sevens feminino e o beisebol feminino serão disputados pela primeira vez, e o softbol masculino irá retornar ao programa, em que esteve presente pela última vez nos Jogos Pan-Americanos de 2003.[48] [49]

É esperado a inscrição de aproximadamente 6 100 atletas na competição, sendo que destes, 2 800 sejam mulheres, totalizando mais 45% do total de atletas inscritos.[50]

Na lista abaixo, o número de eventos de cada esporte está entre parêntesis:

a Modalidades não-olímpicas.

Marketing[editar | editar código-fonte]

Loja oficial do Pan no Toronto Eaton Centre.

Logomarca[editar | editar código-fonte]

O logotipo da candidatura de Toronto foi lançado em 2 de outubro de 2008, com o então prefeito de Toronto David Miller e o então chefe do comitê organizador David Peterson, mostrando a marca em um evento público. Composto por três seções de duas retas cruzadas cada seção, formando um "V" nas cores verde, vermelho e azul, este foi o logotipo oficial dos Jogos até 2010, quando um novo foi lançado.[51] Em 29 de setembro de 2010, o logotipo oficial dos jogos foi revelado em uma festa na Maple Leaf Square.[52] De acordo com Ian Troop, o ex-diretor executivo do comitê organizador dos Jogos, o logotipo foi projetado com base nos diferentes estilos de arte visto ao longo dos 41 países que disputarão os Jogos.[52] O logotipo tem três formas distintas, cada um nas cores verde, azul e laranja. As duas formas inferiores representam um "T" e um "O" que representa a cidade em que os jogos serão realizados, Toronto. O ano de 2015 está escrito dentro das letras.[53]

Mascote[editar | editar código-fonte]

No início de 2013 foi aberto um concurso para determinar a mascote dos Jogos Pan-Americanos de Toronto.[54] Crianças menores de 16 anos de idade tinham até 8 de março daquele ano para apresentarem as suas ideias, sendo que cerca de 4 000 desenhos foram submetidos ao comitê organizador durante este tempo.[55] Em abril de 2013, uma lista de seis projetos de mascote (que foram produzidos por designers gráficos profissionais com os desenhos das crianças como modelo) foram lançados, baseados na originalidade, no quão bem eles representam a cultura canadense e o apelo que tinham entre adultos e crianças.[56] Na sequência o público em geral pode escolher a mascote de sua preferência em votação aberta até 5 de maio de 2013.[55]

Dois meses depois foi anunciado que "Pachi, o Porco-Espinho" foi escolhido como a mascote oficial dos Jogos ao receber mais de 33 mil votos em todo o Canadá.[57] O projeto ganhador foi insipirado na ideia de oito estudantes do primário de uma escola em Markham. O nome "Pachi" significa "aplaudindo com alegria" em japonês,[58] e cada um dos espinhos do animal representa as 41 nações participantes dos Jogos.[56]

Patrocínio[editar | editar código-fonte]

Entre os patrocinadores privados estão o banco CIBC, as multinacionais Atos e Cisco Systems, a fabricante de veículos Chevrolet, a produtora de entretenimento Live Nation e a alimentícia President's Choice.[59] Outro acordo foi assinado com a CAA South Central Ontario em janeiro de 2014 e durou apenas cinco meses.[60]

Direitos de transmissão[editar | editar código-fonte]

No Direct Energy Centre ficarão os centros de transmissão e mídia.

A Canadian Broadcasting Corporation (CBC) foi premiada com os direitos de transmissão no Canadá, juntamente com os direitos da emissora anfitriã, em setembro de 2012. Isso permitirá que a corporação transmita os eventos para toda a região de Toronto e do mundo.[61]

Pela primeira vez a CBC irá transmitir os jogos em ambas as línguas oficiais do Canadá (inglês e francês), e contará com cerca de 600 horas de cobertura digital. O canal também proporcionará maior cobertura ao vivo dos Jogos Pan-Americanos no Canadá, com cobertura através de múltiplas plataformas, como o rádio, televisão e internet.[62] Outras emissoras com direitos de transmissão incluem a ESPN Deportes, nos Estados Unidos, Torneos y Competencias, na Argentina, Claro Sports, no México e Latina Televisión, no Peru.[63] [64]

No Brasil, a Rede Record pagou um valor recorde de US$30 milhões para transmitir os jogos em todas as mídias.[65] Posteriormente a Record repassou os direitos de TV fechada para a Globosat por aproximadamente R$60 milhões, onde os Jogos serão transmitidos pelo SporTV.[66] [67]

O Direct Energy Centre servirá como centro internacional de transmissão e de mídia. O centro será composto por estúdios de transmissão, salas de controle, suítes de edição, escritórios e lounge. Durante os jogos, o centro leverá o nome da Cisco Systems (Cisco International Broadcast Centre) por questão de naming rights.[68]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Calendário[editar | editar código-fonte]

Os eventos dos esportes aquáticos originalmente estavam chocando com as datas do Campeonato Mundial da modalidade que será realizado em Cazã, na Rússia, o que poderá causar um esvaziamento em vários eventos ou então forçando a queda do nível técnico da provas que serão disputados no Mundial e servem de classificação para os Jogos Olímpicos de Verão de 2016. A meta do comitê organizador era a de que os melhores atletas das Américas participassem em Toronto e, com isso, teve que fazer drásticas alterações no calendário. As preliminares do polo aquático foram antecipadas em três dias antes da cerimônia de abertura. As competições de nado sincronizado terão inicio na véspera da abertura e a primeira final dos saltos ornamentais está marcada para algumas horas antes da cerimônia de abertura. A natação teve o calendário diminuído de sete para cinco dias e a maratona aquática foi antecipada para a primeira semana. Todos os eventos deverão terminar até 18 de julho para que todos os atletas tenham condições de estar em Cazã para o Mundial, uma semana depois do fim dos eventos.[69] . Além disso, os primeiros dias dos Jogos também chocam em datas com a Universíada de Verão de 2015, em Gwangju, na Coreia do Sul.[70]

Dentre outros eventos que também serão afetados estão o torneio de futebol feminino, cujo a Copa do Mundo, também realizada no Canadá, termina no domingo anterior a abertura dos Jogos.[71] Nenhuma cidade da região do Golden Horseshoe se candidatou para sediar jogos do torneio para evitar eventuais problemas de calendário.[72]

As datas do Campeonato Mundial de Tiro com Arco tiveram que ser movidas para o final do mês para não chocar com as datas, enquanto que o Campeonato Mundial de Esgrima teve que ser adiantado e irá terminar no dia anterior ao início das competições em Toronto. Finalmente, a segunda fase da Copa Davis de 2015 foi adiantada em uma semana para não coincidir com o Pan. As competições de tênis também terão que começar antes da cerimônia de abertura.[73] Outro esporte que também será é o voleibol, pois a fase final da Liga Mundial e o Grand Prix serão disputados nas mesmas datas do Pan.[74]

A edição de 2015 da Honda Indy Toronto realizada tradicionalmente no meio de julho em um circuito de rua, foi antecipada para o inicio de junho, para evitar o conflito de datas com os Jogos.[75]

Referências

  1. The SkyDome, a/k/a Rogers Centre, turns 25 (em inglês) SportingNews (5 de junho de 2014). Visitado em 22 de junho de 2015.
  2. Transportation officials unveil plan for Pan Am Games (em inglês) cp24.com (9 de junho de 2014). Visitado em 22 de junho de 2015.
  3. Focus of Pan Am Games shifts to Toronto (em inglês) CTV News Toronto (31 de outubro de 2011). Visitado em 1 de maio de 2015.
  4. Toronto secures 2015 Pan Am Games (em inglês) The London Free Press (7 de novembro de 2009). Visitado em 1 de maio de 2015.
  5. Pan Am Games deserve your attention (em inglês) CBC Sports (5 de janeiro de 2012). Visitado em 1 de maio de 2015.
  6. Pursuit of 2015 Universiade may be futile (em inglês) Canada.com (15 de agosto de 2008). Visitado em 1 de maio de 2015.
  7. Pan Am Games bid gets critical endorsement (em inglês) CNW (23 de fevereiro de 2009). Visitado em 1 de maio de 2015.
  8. Toronto Submits 2015 Pan American Games Bid Book (em inglês) Canadian Cyclist (27 de maio de 2009). Visitado em 1 de maio de 2015.
  9. Pan Am Bid Evaluation Head Enthusiastic About Toronto Venues And Bid Legacy (em inglês) Barbados News (1 de setembro de 2009). Visitado em 1 de maio de 2015.
  10. Toronto ganha eleição e é a sede dos Jogos Pan-Americanos de 2015 UOL Esporte (6 de novembro de 2009). Visitado em 1 de maio de 2015.
  11. Toronto ganha eleição para ser sede do Pan de 2015 Estadão (6 de novembro de 2009). Visitado em 1 de maio de 2015.
  12. Toronto 2015 – FAQs (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  13. O Pan da discórdia: Toronto tenta se desvencilhar dos problemas para 2015 Lance!Net (10 de julho de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  14. Toronto’s Pan Am costs to double (em inglês) The Star (13 de janeiro de 2011). Visitado em 1 de maio de 2015.
  15. Rumbo a 2015 Toronto toma la estafeta panamericana (em espanhol) Medio Tiempo (31 de outubro de 2011). Visitado em 1 de maio de 2015.
  16. Michael Coteau (em inglês) Ontario.ca. Visitado em 1 de maio de 2015.
  17. Wynne breaking apart Ontario's massive finance portfolio in revamped Liberal cabinet (em inglês) Financial Post (24 de junho de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  18. Auditor general to audit Pan Am Games security contract (em inglês) The Star (2 de abril de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  19. NDP wants probe of Pan Am security contract that went to U.S. firm (em inglês) The Star (26 de março de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  20. Pandemonium at Pan Am top? (em inglês) Toronto Star (25 de maio de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  21. Pan Am Games security now expected to cost $239M (em inglês) CBC (3 de março de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  22. Construction on Union-Pearson air-rail link to start this spring (em inglês) National Post (19 de dezembro de 2011). Visitado em 1 de maio de 2015.
  23. Plans for new James Street North GO Station unveiled (em inglês) CBC (1 de maio de 2013). Visitado em 1 de maio de 2015.
  24. Ontario Expanding Trails in Time for the "People's Games" (em inglês) Ontario.ca (3 de outubro de 2013). Visitado em 1 de maio de 2015.
  25. What People Are Saying About Pan Am and Parapan Am Trails (em inglês) Ontario.ca (3 de outubro de 2013). Visitado em 1 de maio de 2015.
  26. Toronto 2015 Volunteer (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  27. Toronto 2015 Tickets: Get Yours Now (em inglês) Tourism Toronto. Visitado em 1 de maio de 2015.
  28. Toronto 2015 Tickets (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  29. Royal Canadian Mint to make Toronto Pan Am medals (em inglês) City News (9 de outubro de 2013). Visitado em 1 de maio de 2015.
  30. Barrick named the exclusive provider of gold, silver and bronze for the medals at Toronto 2015 Pan Am and Parapan Am Games (em inglês) Barrick Beyond Borders (29 de setembro de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  31. Pan Am Games medals unveiled in Toronto (em inglês) CBC (3 de março de 2015). Visitado em 1 de maio de 2015.
  32. Medals for Toronto Pan Am Games to incorporate Braille for the first time (em inglês) The Globe and Mail (3 de março de 2015). Visitado em 1 de maio de 2015.
  33. The Medals Story (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  34. Toronto apresenta medalhas exclusivas do Pan-Americano 2015 Terra (3 de março de 2015). Visitado em 1 de maio de 2015.
  35. Discover Toronto (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  36. Pan Am Games set for big venue changes (em inglês) The Star (26 de janeiro de 2012). Visitado em 1 de maio de 2015.
  37. Pan Am Ceremonies Venue (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  38. a b TORONTO 2015 Venues (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  39. Toronto 2015 pan/parapan american games athletes' village (em inglês) WATERFRONToronto. Visitado em 1 de maio de 2015.
  40. a b Toronto 2015 Pan Am Games Ticket Program Guide (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  41. Cirque Du Soleil vai criar a Cerimônia de Abertura dos Jogos Pan-Americanos de Toronto, em 2015 Surto Olímpico (28 de setembro de 2013). Visitado em 1 de maio de 2015.
  42. Cirque du Soleil seeks kids, hip-hop dancers for Pan Am opening ceremony (em inglês) The Star. Visitado em 1 de maio de 2015.
  43. Curtain comes down on 123rd IOC Session (em inglês) Comitê Olímpico Internacional (9 de julho de 2011). Visitado em 2 de maio de 2015.
  44. Sport Organizing Committee Chair – Anne Bell (PDF) (em inglês) Swin Ontario. Visitado em 2 de maio de 2015.
  45. a b Golf to make Pan Am Games debut at Toronto 2015 as 36 sports confirmed on programme (em inglês) Inside the Games (13 de fevereiro de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  46. Golfe sera disputado em Toronto 2015 e Rio 2016 Sportyard (5 de fevereiro de 2015). Visitado em 2 de maio de 2015.
  47. Canoe Slalom and Canoe Women events added to Pan-American Games in 2015 (em inglês) Federação Internaciona de Canoagem. Visitado em 2 de maio de 2015.
  48. 2015 Pan Am, Parapan Am Games feature 7 new sports (em inglês) CBC (13 de abril de 2015). Visitado em 2 de maio de 2015.
  49. Men's and Women's Softball Selected to 2015 Pan American Games Program (em inglês) Softball BC (12 de fevereiro de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  50. Jogos Pan-Americanos de 2015 terão maior número de mulheres da história GloboEsporte.com (12 de janeiro de 2015). Visitado em 2 de maio de 2015.
  51. Toronto 2015 Pan American Games Bid Officially Launched (em inglês) GamesBids.com (2 de outubro de 2008). Visitado em 2 de maio de 2015.
  52. a b Pan Am Games team reveals 2015 logo (em inglês) The Star (29 de setembro de 2010). Visitado em 2 de maio de 2015.
  53. Toronto 2015 Pan American Games Logo Unveiled (em inglês) Spellbrand. Visitado em 2 de maio de 2015.
  54. Pan Am organizers set to launch mascot contest (em inglês) The Star (28 de dezembro de 2012). Visitado em 2 de maio de 2015.
  55. a b Toronto 2015 Pan Am Games mascot contenders include punk porcupine (em inglês) National Post (18 de abril de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  56. a b Mascote do Pan de Toronto é inspirada em sugestões de crianças Sportv.com (23 de março de 2015). Visitado em 2 de maio de 2015.
  57. Pan Am Games: Pachi the Porcupine introduced as mascot (em inglês) The Star (17 de julho de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  58. Pan de Toronto de 2015 tem porco-espinho como mascote Folha Online (17 de julho de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  59. Pan Am / Parapan Am Games Sponsors (em inglês) Toronto2015.org. Visitado em 1 de maio de 2015.
  60. Pan Am Games end sponsorship deal with CAA (em inglês) The Star (23 de maio de 2014). Visitado em 1 de maio de 2015.
  61. CBC wins rights to 2015 Pan Am Games in Toronto (em inglês) CBC (7 de setembro de 2012). Visitado em 2 de maio de 2015.
  62. CBC Is Host Broadcaster for 2015 Pan Am/Parapan Am Games (em inglês) Sportscaster (7 de setembro de 2012). Visitado em 2 de maio de 2015.
  63. ESPN Deportes Continues Growth, Focusing on Pan-American Games & Euro 2016 After World Cup (em inglês) Latin Post (17 de maio de 2014). Visitado em 2 de maio de 2015.
  64. TORONTO 2015 Games Hitting Home Stretch, Ontarians Getting on Board (em inglês) newswire.ca (18 de julho de 2014). Visitado em 2 de maio de 2015.
  65. TV Record acquires 2019 Pan American Games rights (em inglês) SportsPro (1 de novembro de 2011). Visitado em 2 de maio de 2015.
  66. Globosat comprou Pan de 2015 e 2019 à Record por R$ 60 milhões RD1 (28 de abril de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  67. Record divide Pan com SporTV Meio & Mensagem (25 de abril de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  68. The Broadcasting Nerve Centre (em inglês) ciscotoronto2015.ca. Visitado em 2 de maio de 2015.
  69. Documento referente ao calendário dos esportes aquáticos no Pan de Toronto 2015 (PDF) (em inglês) União Americana de Natação. Visitado em 2 de maio de 2015.
  70. Universíade Gwangju 2015 se aproxima CBDU (10 de março de 2015). Visitado em 24 de junho de 2015.
  71. Toronto 2015 Adjusts Athlete Numbers, Possibly Schedule (em inglês) União Americana de Natação (9 de fevereiro de 2013). Visitado em 2 de maio de 2015.
  72. Toronto won’t host any World Cup games (em inglês) National Post (3 de março de 2011). Visitado em 2 de maio de 2015.
  73. TO2015 Games Insider (em inglês) União Americana de Natação. Visitado em 2 de maio de 2015.
  74. Vôlei com mistão e no atletismo vai quem quer. Pan-2015 vira um problema UOL Esporte (20 de novembro de 2014). Visitado em 2 de maio de 2015.
  75. Honda Indy Toronto dates confirmed for 2015: Ontario's largest annual sporting event moves to June 12-14 (em inglês) hondaindytoronto.com (30 de outubro de 2014). Visitado em 2 de maio de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]