Mário Gobbi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mário Gobbi
Presidente do Sport Club Corinthians Paulista
Período 11 de fevereiro de 2012 até 7 de fevereiro de 2015
Antecessor(a) Roberto de Andrade (interino)
Sucessor(a) Roberto de Andrade
Vida
Nome completo Mário Gobbi Filho
Nascimento 21 de agosto de 1961 (54 anos)
Jaú, São Paulo
Dados pessoais
Profissão Advogado e delegado de polícia

Máriuz Gobbilanska Filho (Jaú, 21 de agosto de 1961) é um delegado de polícia, ex-vice-presidente, ex-diretor de futebol e ex-presidente do Corinthians.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Nascido em Jaú, Mário Gobbi Filho é Bacharel em Ciências Jurídicas pela Universidade Mackenzie e delegado de polícia titular em São Bernardo do Campo.

Mário Gobbi Filho, congratulado por Dualib, tornou-se conselheiro vitalício do Corinthians em 2002, mesmo assim foi uns dos articuladores da campanha que levou Andrés Sanchez à presidência do clube em 2007. Durante esse mandato, Gobbi ocupou os cargos de vice-presidente e diretor de futebol até dezembro de 2010. Prestes a encerrar-se o mandato do atual presidente e às vésperas de eleições no Conselho Deliberativo do Corinthians para o futuro mandato, o nome de Mário Gobbi Filho aparece como "candidato da situação" à presidência do clube, indicado pelo atual presidente Andrés Sanchez, cujo pleito aconteceu no dia 11 de fevereiro de 2012

Desentendimento com integrantes de torcida organizada[editar | editar código-fonte]

Depois da transferência de jogadores titulares, Cristian e André Santos,[1] houve um desentendimento de Mário Gobbi com alguns integrantes de uma torcida organizada.

Dentro de seu período de gestão, Douglas, na época o camisa 10 do time já em fase decadente e constantemente alvo de críticas da imprensa especializada e da torcida, por conta de más atuações, foi negociado com um clube dos Emirados Árabes.[2]

Em um evento social do clube em sua sede, o Parque São Jorge, Mário Gobbi foi agredido com uma cadeira atirada por um vândalo, integrante de uma torcida organizada Camisa 12 que invadiu o local.[3]

A saída da diretoria do Corinthians com um "até breve"[editar | editar código-fonte]

Em 7 de dezembro de 2010, Gobbi expede a seguinte Nota Oficial: Corinthianos, Após três anos no cargo de diretor de futebol, entendo que urge passar o bastão. O ciclo se completou e a rotatividade no poder é salutar para termos um Corinthians sempre vencedor. ...Há muito a ser feito e o egoísmo não me permite acumular a experiência apenas para minha satisfacão. É imperativo torna-se agente multiplicador. Até breve, Cordialmente, Mário Gobbi Filho. [4]

Referências

  1. GLOBOESPORTE.COM (20 de julho de 2009). André Santos e Cristian agora são do Fenerbahçe, da Turquia Globo.com. Visitado em 3 de agosto de 2009.
  2. GLOBOESPORTE.COM (31 de julho de 2009). Douglas é apresentado em time dos Emirados Árabes Globo.com. Visitado em 3 de agosto de 2009.
  3. Carlos Augusto Ferrari (2 de agosto de 2009). Mario Gobbi é agredido por torcedor no Parque São Jorge Globo.com. Visitado em 3 de agosto de 2009.
  4. Mário Gobbi Filho: NOTA OFICIAL (7 de dezembro de 2010). Mudança na diretoria do departamento de futebol profissional Corinthians.com.br. Visitado em 7 de dezembro de 2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.