Mesorregião do Jequitinhonha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa


Mesorregião do Jequitinhonha
Divisão regional do Brasil
Localização da Mesorregião do Jequitinhonha
Características geográficas
Unidade federativa  Minas Gerais
Regiões limítrofes Central Mineira, Metropolitana de Belo Horizonte, Norte de Minas, Vale do Mucuri e Vale do Rio Doce (MG); Centro-Sul Baiano e Sul Baiano (BA).
Área 50 143,249 km²
População 731,314 hab. IBGE 2016
Densidade 23,8 hab./km²
Indicadores
PIB R$ 1 817 473 340,00 IBGE/2003
PIB per capita R$ 2 642,62 IBGE/2003
IDH 0,659 PNUD/2000

A mesorregião do Jequitinhonha ou vale do Jequitinhonha é uma das doze mesorregiões do estado brasileiro de Minas Gerais. É formada pela união de 51 municípios agrupados em cinco microrregiões, que se situam ao longo do rio Jequitinhonha.

O Vale do Jequitinhonha está situado no nordeste do estado. É uma região amplamente conhecida devido aos seus baixos indicadores sociais e também ao norte é conhecida por ter características do sertão nordestino. Por outro lado, é detentora de exuberante beleza natural e de riqueza cultural, com traços sobreviventes da cultura indígena e da cultura negra.

A região, que inicialmente pertenceu à Bahia (até o final do século XVIII), foi incorporada ao estado de Minas Gerais, após a descoberta de diamantes no tijuco (região de Diamantina).

Virtualmente, é subdivida em três regiões:

  • Baixo Jequitinhonha (região que compreende a área mais próxima à Bahia);
  • Médio Jequitinhonha (região situada na parte média do Vale);
  • Alto Jequitinhonha (região mais próxima da Metropolitana de Belo Horizonte, apresentando os melhores indicadores humanos e econômicos do Vale).

Microrregiões[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]


  1. «Estimativa populacional 2016 com data de referência em 1º de julho de 2015» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 12 de novembro de 2015.