Nampula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Nampula (distrito))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Nampula
  Cidade, município e distrito  
Localização
Mapa da província de Nampula com localização da cidade do mesmo nome
Mapa da província de Nampula com localização da cidade do mesmo nome
Nampula está localizado em: Moçambique
Nampula
Localização de Nampula em Moçambique
Coordenadas 15° 7' S 39° 15' O
País  Moçambique
Província Nampula
Distrito Nampula
História
Fundação 1907
Cena urbana na cidade de Nampula.

Nampula é a cidade capital da província do mesmo nome, em Moçambique e é conhecida como a Capital do Norte. Está localizada no interior da província[1] e a sua população é, de acordo com o censo de 2017, de 743 125 habitantes.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

O nome da cidade deriva do nome de um líder tradicional, M'phula ou Whampula.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade tem origem militar, uma característica que ainda hoje se mantém. Uma expedição militar portuguesa, chefiada pelo Major Neutel de Abreu acampou nas terras de Whampula a 7 de Fevereiro de 1907,[1] o que levou à construção do comando militar de Macuana. A povoação foi criada em 6 de Dezembro de 1919 tendo-se tornado a sede da Circunscrição Civil de Macuana em Junho de 1921[1]. A chegada do caminho de ferro, a partir do Lumbo, contribuiu para o desenvolvimento da povoação, que foi elevada a vila em 19 de Dezembro de 1934 e a cidade em 22 de Agosto de 1956[1]. Nampula torna-se o Quartel-General do exército português durante a guerra colonial, o qual, com a independência nacional, passou a Academia Militar Samora Machel.

Geografia e política[editar | editar código-fonte]

Administrativamente, a cidade de Nampula é um município, tendo um governo local eleito e é também, desde Dezembro de 2013, um distrito, uma unidade local do governo central.[3] A cidade está completamente rodeada (mas administrativamente separada) pelo distrito de Rapale. Na mesma data o posto administrativo de Anchilo foi transferido deste distrito para o de Nampula,[4] que se encontra dividido nos seguintes postos administrativos e sub-dividido em localidades [5]:

Administração[editar | editar código-fonte]

Desde a independência nacional a cidade teve vários administradores, tendo os dois últimos já sido eleitos presidentes do Conselho Municipal, estrutura autárquica instituída em 1998:

  • Aurélio das Neves
  • Germano José Joaquim
  • Francisco Joaquim de Lima
  • Narciso João Iondela
  • Ishaca Abdul Ali Baraca
  • Dionísio Cherewa
  • Castro Namuaca
  • Mahamudo Amurane (Assassinado em 4 de Outubro de 2017)[6]

Cultura e lazer[editar | editar código-fonte]

Patrimônio arquitetônico[editar | editar código-fonte]

Catedral Católica de Nampula.

Patrimônio cultural[editar | editar código-fonte]

Uma das principais manifestações culturais locais é a tradicional peregrinação ao Santuário de Santa Maria Mãe do Redentor do distrito de Meconta, promovida pela Arquidiocese de Nampula.[1]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Transportes[editar | editar código-fonte]

A cidade da Nampula tem como principal meio logístico os corredores rodoviários, sendo que a principal rodovia é a rodovia N1, qua a liga a Marrupula (sudoeste) e a Nacavala (leste). Outras rodovias importantes são a N13, que a liga a Rapale (oeste), e; a N104, que a liga a Nametil, (sudeste).[7]

A cidade é atravessada pelo Caminho de Ferro de Nacala, que a liga ao porto de Nacala (leste) e ao Maláui, no oeste. Esta ferrovia é um importante meio de transporte de cargas e pessoas para os moradores de Nampula.[8]

Outra estrutura logística importante é o Aeroporto Internacional de Nampula, com operação regular de voos domésticos e internacionais.[9]

Educação[editar | editar código-fonte]

Na cidade de Nampula está a sede principal da Universidade Lúrio, onde albergam-se a Faculdade de Ciências da Saúde, a Faculdade de Arquitectura e Planeamento Físico, a UniLúrio Business School e a Faculdade de Ciências Sociais e Humanas;[10] outras instituições públicas que também tem sede na cidade são a Universidade Rovuma e a Academia Militar Marechal Samora Machel. Já o Instituto Superior de Ciências de Saúde mantém um campus na cidade.

Referências

  1. a b c d e Araújo, Manuel Mendes (2005) "Cidade de Nampula: a Rainha do Norte de Moçambique" in Finisterra, XL, 79, 2005, pp. 209-222 no site do Centro de Estudos Geográficos da Universidade de Lisboa (Portugal) acessado a 15 de outubro de 2009
  2. http://www.ine.gov.mz/operacoes-estatisticas/censos/censo-2007/censo-2017/divulgacao-os-resultados-preliminares-iv-rgph-2017
  3. Lei nº 26/2013, publicada no Boletim da República nº 101, I Série, de 18 de Dezembro de 2013, pág. 1059-1061 (3)
  4. Lei nº 28/2013, publicada no Boletim da República nº 101, I Série, de 18 de Dezembro de 2013, pág. 1062
  5. Erro de citação: Código <ref> inválido; não foi fornecido texto para as refs de nome ine.gov.mz
  6. «Mahamudo Amurane assassinado a tiro». Notícias. 5 de outubro de 2017. Consultado em 18 de outubro de 2017 
  7. Mapa Rodoviário de Moçambique. Maputo: Administração Nacional de Estradas, Março de 2012
  8. Inauguração do Corredor Logístico de Nacala deverá multipicar exportações de Moçambique. Diário de Notícias. 10 de maio de 2017.
  9. «Aeroportos de Moçambique, História». Aeroportos de Moçambique, E.P. Consultado em 1 dezembro 2019 
  10. Histórico. Universidade Lúrio. 2019.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]