Star One D2

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Current event marker.svg
Este artigo ou seção contém informações sobre um satélite futuro.
As informações neste artigo podem mudar com freqüência. Por favor, não adicione dados especulativos e lembre-se de colocar referências e fontes confiáveis ​​para atestar as informações citadas.
Nasa swift satellite.jpg


Star One D2
Star One D2
Localização orbital 70° W
Lançamento Planejado para 2019
Veículo Ariane 5 ECA
Operador Brasil Embratel Star One
Vida útil 15 anos ou mais
Fabricante Space Systems/Loral
Órbita Geoestacionária
Peso 6.200 kg

O Star One D2 é um satélite de comunicação geoestacionário brasileiro, que está sendo construído pela Space Systems/Loral (SS/L). Ele será colocado na posição orbital de 70 graus de longitude oeste e será operado pela Embratel Star One. O satélite será baseado na plataforma SSL-1300 e sua expectativa de vida útil será de 15 anos ou mais.[1][2] O satélite está programado para ser lançado ao espaço no final de 2019.[3][4]

Características[editar | editar código-fonte]

O Star One D2 será o segundo satélite da frota de quarta geração, denominada família D, ele também vai ser o maior satélite já lançado pela Embratel Star One. O Star One D2 levará a bordo 28 transponders em banda C, 24 em banda Ku e 20 Gbps de capacidade em Banda Ka. A banda Ka será utilizada para atender às demandas de backhaul de telefonia móvel e, a banda Ku, vão atender a crescente demanda por capacidade para transmissão de dados, vídeo e internet, além de ampliar as redes de backhaul celular existentes em Banda Ku. A banda C será voltada principalmente para a transmissão de sinais de TV aberta, devido o satélite ocupar a posição orbital considerada a hot position do Brasil.[5][6]

Lançamento[editar | editar código-fonte]

O satélite está previsto para ser lançado ao espaço no ano de 2019, por meio de um veículo Ariane 5 ECA, a partir do Centro Espacial de Kourou, na Guiana Francesa. Ele terá uma massa de lançamento de 6.200 kg.[1][2]

Capacidade e cobertura[editar | editar código-fonte]

O Star One D2 está equipado com 28 transponders em banda C, 24 em banda Ku e 20 Gbps de capacidade em Banda Ka para fornecer serviços para o Brasil, América do Sul e México.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Star One D2» (em inglês). Gunter's Space Page. Consultado em 31 de dezembro de 2017. 
  2. a b «Star One D2» (em inglês). SatBeams - Satellite Details. Consultado em 3 de janeiro de 2018. 
  3. «Embratel anuncia o novo satélite Star One D2 com lançamento para 2019». O Universo da TV. Consultado em 1 de setembro de 2017. 
  4. «Embratel anuncia a construção do novo satélite Star One D2». TV Magazine. Consultado em 1 de setembro de 2017. 
  5. «Embratel vai construir mais um satélite, com lançamento previsto para 2019». Telesintese. Consultado em 1 de setembro de 2017. 
  6. «Embratel anuncia novo satélite». Baguete. Consultado em 1 de setembro de 2017.