Álbuns de Mariah Carey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de The Essential Mariah Carey)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Discografia de Mariah Carey
A artista enquanto cantava "I Still Believe" durante as filmagens do vídeo musical para a canção em Dezembro de 1998 na Base Aérea de Edwards, Califórnia.
Álbuns de estúdio 13
Álbuns ao vivo 2
Álbuns de compilação 7
Extended plays (EP) 6
Singles {{{Singles}}}
Bandas sonoras 1
Álbuns de natal 2
Álbuns de remixes 1
Box sets 3

A seguir se apresenta a lista dos álbuns de Mariah Carey. Durante toda a carreira da cantora, foram lançados quatorze álbuns de estúdio, dos quais um é uma trilha sonora, dois são natalinos, dois álbuns ao vivo, seis extended plays (EPs), sete coletâneas, um álbum de remixes e três box sets. O álbum de estreia auto-intitulado da artista alcançou o primeiro posto nos Estados Unidos, onde recebeu o certificado de 9 vezes disco de platina por 10 vezes pela Recording Industry Association of America (RIAA).[1] O disco vendeu um total acumulado de 15 milhões de cópias no mundo. Emotions, o segundo lançamento, estreou no número quatro da Billboard 200 e recebeu o certificado de 4 discos de platinapela RIAA.[2] Ao redor do mundo, alcançou os dez melhores postos na Austrália, Nova Zelândia e Reino Unido. Emotions vendeu mais de 8 milhões de cópias no mundo. O EP MTV Unplugged, cujo pico na Billboard 200 foi no número três, vendeu mais de 7 milhões de exemplares no mundo. Music Box, o terceiro trabalho de estúdio, estreou no topo nos EUA, onde permaneceu por sete semanas não-consecutivas, além de receber a certificação de diamante pela RIAA em Novembro de 1997 pela vendas de mais de dez milhões de cópias. Music Box vendeu 28 milhões de cópias mundialmente. Merry Christmas, o primeiro álbum de natal e quarto de estúdio de Carey, estreou no número três da Billboard 200 e recebeu o certificado de cinco discos de platina por cinco vezes pela RIAA, além de ter alcançado o topo no Japão e o número dois na Austrália, onde recebeu a certificação de quatro vezes platina no total, vendeu vendeu mais de 13 milhões de cópias. Daydream estreou na primeira colocação da Billboard 200, tornando-se o terceiro álbum de Carey a atingir essa posição. Conseguiu também posicionar-se na primeira colocação de mais oito países e entre as cinco melhores em outros cinco. Em Dezembro de 1998, recebeu a certificação de diamante pela RIAA por mais de dez milhões de exemplares, tornando-se no segundo álbum de Carey a receber esse certificado. Daydream vendeu mais de 20 milhões de cópias no mundo. Butterfly foi lançado em Setembro de 1997 e estreou na primeira colocação da Billboard 200 registando vendas superiores a 236 mil unidades na sua primeira semana de comercialização. Após vender mais de 5 milhões de cópias nos EUA, recebeu o certificado de cinco discos de platina pela RIAA, vendeu mais de 10 milhões de cópias no mundo. Em Novembro de 1998 foi lançada a compilação #1's, que estreou na quarta colocação da Billboard 200 e foi certificada com cinco discos de platina pela RIAA, vendendo mais de 15 milhões de cópias no mundo. Além disso, é o disco mais vendido no Japão, com vendas superiores a 3 milhões. Rainbow, lançado em 1999, tornou-se o primeiro álbum de Carey desde Emotions a não alcançar o primeiro posto da Billboard 200; todavia, conseguiu alcançar a primeira posição na França e mais cinco melhores posições em outros dez países, incluindo a Austrália, onde foi certificada com um disco de ouro, vendeu mais de 8 milhões de cópias. Em 2001 foi lançado Glitter, banda sonora do filme de mesmo nome. O disco teve fraca publicidade e não conseguiu ter o mesmo sucesso que os álbuns anteriores da cantora, mas, apesar disto, conseguiu receber o certificado de disco de platina pela RIAA, tornando-se no segundo trabalho menos vendido da carreira da cantora. Glitter vendeu mais de 2 milhões de cópias no mundo. No ano seguinte, Carey assinou um contrato com a Island Records. O seu primeiro lançamento foi Charmbracelet estreou no número três da Billboard 200, vendeu 3 milhões mundialmente. Em 2003, a Sony lançou a compilação The Remixes, que vendeu mais de 400 mil unidades nos EUA e atingiu o pico no número vinte e oito da Billboard 200 e no mundo mais de 1 milhão de cópias. The Emancipation of Mimi, o décimo álbum de estúdio da intérprete, foi um retorno relativo a nível de vendas, uma vez que foi o álbum mais vendido de 2005 nos EUA. Estreou no número um da Billboard 200 com vendas superiores a 404 mil unidades, tendo mais tarde recebido a certificação de platina por seis vezes pela RIAA. Vendeu 12 milhões de cópias no mundo. E=MC², lançado em Abril de 2008, também estreou no topo da Billboard 200, registando a sua maior venda semanal de sempre: 463 mil unidades. Alcançou o topo da tabela do Canadá e posicionou-se dentro das dez melhores colocações em outros onze países, vendendo um total de 3 milhões de cópias no mundo. Memoirs of an Imperfect Angel, o décimo segundo trabalho de estúdio, teve um sucesso moderado ao redor do mundo vendeu 1 milhão, sendo certificado com disco de ouro pela RIAA. Me. I Am Mariah... The Elusive Chanteuse foi lançado em maio de 2014 e até hoje vendeu cerca de 500 mil cópias mundialmente. Em 2000, a cantora recebeu pela World Music Awards o prêmio de "Artista Feminina do Milênio" por ser a artista que mais vendeu no milênio.[3][4] Ela foi a primeira a ser premiada com o Chopard Diamond Award em 2003, reconhecendo as suas vendas superiores a 192 milhões no mundo só em 10 anos.[5] De acordo com a RIAA, Carey é a artista feminina mais vendida, com vendas maiores que 64 milhões nos Estados Unidos.[6][7] Ela é a que mais vendeu na era da Nielsen SoundScan, com vendas maiores que 55,2 milhões,[8] e a artista mais vendida na Ásia com mais de 10 milhões de discos vendidos.[9] Carey é uma das cantoras recordistas de vendas de discos, com vendas maiores que 200 milhões de discos em todo o mundo.[10][11][12]

Studio albums[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes do àlbum Posições nas charts Vendas Certificações
EUA
[13]
AUS
[14]
CAN
[15]
FRA
[16]
ALE
[17]
JAP
[18]
PB
[19]
NZ
[20]
SUI
[21]
RU
[22]
Mariah Carey 1 6 1 24 13 6 4 15 6
Emotions
  • Lançamento: 17 de setembro de 1991
  • Gravadora: Columbia (#CK-47980)[34]
  • Formatos: LP, cassette, CD
4 8 6 46 3 9 6 15 4
Music Box
  • Lançamento: 31 de agosto de 1993
  • Gravadora: Columbia (#CK-53205)
  • Formatos: LP, cassette, CD
1 1 2 1 1 2 1 2 1 1
Merry Christmas
  • Lançamento: October 29, 1994 (VAR)[51]
  • Label: Columbia (#CK-64222)
  • Formats: LP, cassette, CD
3 2 26 44 19 1 4 10 4 32
Daydream
  • Lançamento: 28 de setembro de 1995 (VAR)[60]
  • Label: Columbia
  • Formats: LP, cassette, CD
1 1 2 2 1 1 1 1 1 1
Butterfly
  • Lançamento: 16 de setembro de 1997
  • Gravadora: Columbia
  • Formatos: LP, cassette, CD
1 1 1 6 7 1 1 4 3 2
Rainbow
  • Lançamento: 27 de outubro de 1999 (VAR)[68]
  • Gravadora: Columbia (#63800)
  • Formatos: LP, cassette, CD
2 4 2 1 3 2 4 11 2 8
Glitter
  • Lançamento: 18 de agosto de 2001 (JAP)[75]
  • Gravadora: Virgin
  • Formatos: LP, cassette, CD
7 13 4 5 7 1 12 11 10 10
Charmbracelet
  • Lançamento: 20 de novembro de 2002 (JAP:)[82]
  • Label: Island
  • Formats: LP, cassette, CD
3 42 30 12 32 4 30 9 52
The Emancipation of Mimi 1 6 2 4 14 2 8 12 9 7
E=MC²
  • Lançamento: 14 de abril de 2008 (VAR)
  • Gravadora: Island
  • Formatos: LP, CD, digital download
1 2 1 6 7 7 11 10 5 3
Memoirs of an Imperfect Angel
  • Lançamento: 22 de setembro de 2009 (VAR)[100]
  • Label: Island
  • Formats: LP, CD, digital download
3 6 5 10 27 9 26 25 18 23
Merry Christmas II You
  • Lançamento: 2 de novembro de 2010
  • Gravadora: Island
  • Formatos: CD, digital download
4 27 14 82 77 24 52 101
Me. I Am Mariah... The Elusive Chanteuse
  • Lançamento: 6 de maio de 2014 (JAP)[103]
  • Gravadora: Def Jam
  • Formatos: CD, digital download
3 5 8 26 27 25 14 11 16 14
Caution
  • Lançamento: 16 de novembro de 2018
  • Gravadora: Epic
  • Formatos: LP, cassette, CD, digital download
5 15 15 71 67 30 38 40 35 40
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território

Álbuns de Compilação[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes do álbum Melhores posições Vendas Certificações
EUA
[13]
AUS
[14]
CAN
[15]
FRA
[16]
ALE
[17]
JAP
[18]
PB
[19]
NZ
[20]
SUI
[21]
RU
[22]
#1's
  • Lançamento: 17 de novembro de 1998
  • Gravadora: Columbia (#CK-69670)
  • Formatos: LP, CD, cassette
4 6 6 2 10 1 15 13 3 10
Greatest Hits
  • Lançamento: 4 de dezembro de 2001
  • Gravadora: Columbia / Virgin
  • Formatos: LP, CD, cassette
52 47 3 36 3 37 11 17 7
The Ballads
  • Lançamento: 17 de outubro de 2008
  • Gravadora: Columbia / Legacy / Virgin
  • Formats: CD, digital download
10 79 39 19 5 19 13
Playlist: The Very Best of Mariah Carey
  • Lançamento: 26 de janeiro de 2010[112]
  • Gravadora: Columbia / Legacy
  • Formatos: CD, digital download
The Essential Mariah Carey
  • Lançamento: 7 de janeiro de 2011
  • Gravadora: Columbia / Legacy
  • Formatos: CD, digital download
86
#1 to Infinity
  • Lançamento: 15 de maio de 2015 (VAR)[113][114]
  • Gravadora: Columbia / Epic / Legacy
  • Formatos: LP, CD, digital download
29 18 132 19 44 25 49 8
Japan Best
  • Lançamento: 17 de outubro de 2018[115]
  • Gravadora: Columbia / Legacy
  • Formatos: CD, digital download
53
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território

Álbuns de remixes[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes do álbum Melhor posição nas charts Vendas
US
[13]
AUS
[14]
FRA
[16]
JAP
[18]
PB
[19]
NZ
[20]
SUI
[21]
RU
[22]
The Remixes
  • Lançamento: 25 de junho de 2003 (JPN)[116]
  • Gravadora: Columbia, Virgin, Island
  • Formatos: CD, cassette
26 78 60 95 99 36 69 35

Extended plays[editar | editar código-fonte]

Título Detalhes Melhor posição Vendass Certificações
EUA
[13]
AUS
[14]
CAN
[15]
FRA
[16]
ALE
[17]
JAP
[18]
PB
[19]
NZ
[20]
SUI
[21]
RU
[22]
MTV Unplugged
  • Lançamento: 2 de junho de 1992
  • Gravadora: Columbia (#CK-52758)
  • Formatos: LP, CD, cassette
3 7 6 22 30 13 1 1 19 3
Valentines
  • Lançamento: 28 de janeiro de 2000[120]
  • Gravadora: Columbia (#A31158)
  • Formatos: CD, cassette
MC...Move the Crowd
  • Lançamento: 26 de novembro de 2002[121]
  • Gravadora: Island
  • Formatos: LP
All I Want for Christmas Is You
  • Lançamento: 27 de novembro de 2015[122]
  • Gravadora: Columbia
  • Formato: LP
All I Want for Christmas Is You
(European digital reissue)
  • Lançamento: 15 de dezembro de 2017[123]
  • Gravadora: Columbia
  • Formato: Digital download
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território

Box sets[editar | editar código-fonte]

Detalhes do álbum Observações
Mariah Carey/Emotions/Music Box[124]
  • Contém os três primeiros álbuns de Carey: Mariah Carey (1990), Emotions (1992) e Music Box (1994).
12s[125]
  • Lançamento: 1998
  • Gravadora: Columbia Records
  • Formato: Vinil
3CD Collector's Set[126]

Álbuns ao vivo[editar | editar código-fonte]

Detalhes do álbum Melhores posições nas tabelas[127] Observações
ALE AUS BEL
(Vl)
FRA NOR NZL SWI
VH1 Divas Live 1998 39 12 6 7 9 10 11
At the Pearl Palms Concert Theatre
  • 3º álbum ao vivo
  • Lançamento: 9 de abril de 2015[129]
  • Editora: Iviago Records
  • Formato: Download digital
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Outros álbuns[editar | editar código-fonte]

Detalhes do álbum Observações
Grammy's Greatest Moments Volume II
Mariah Carey: In Conversation[130]
  • Lançamento: 27 de Agosto de 1997
  • Editora: Baktabak Records
  • Formatos: CD, download digital
  • Uma entrevista à cantora.

Notas de rodapé

  1. «Mariah Carey - Mariah Carey». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 22 de Outubro de 2012 
  2. «Emotions - Mariah Carey». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 22 de Outubro de 2012 
  3. «Jet magazine». BNET. 29 de Maio de 2000. Consultado em 24 de Agosto de 2010 
  4. «The Winners of the World Music Awards». Société des bains de mer de Monaco. 29 de Maio de 2000. Consultado em 24 de Agosto de 2010 
  5. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.awards». MariahCarey.com. Consultado em 15 de Agosto de 2010. Arquivado do original em 16 de Setembro de 2010 
  6. «Top Selling Artists». Recording industry Association of America. Consultado em 28 de Agosto de 2010 
  7. «Mariah Marks Milestone». MariahCarey.com. Consultado em 29 de Maio de 2010. Arquivado do original em 3 de Junho de 2010 
  8. «20/20 'Vision': Mariah Marks Milestone». Billboard. 12 de Junho de 2010. Consultado em 15 de Agosto de 2010 
  9. Lichtman, Irv (26 de Novembro de 1994). «Mariah Hits Big n Japan». Billboard. Consultado em 28 de Agosto de 2010 
  10. Release, Press (10 de Setembro de 2009). «Mariah's New Single Available At iTunes on Sept. 15th!». Island Def Jam Music Group. Consultado em 13 de Outubro de 2009 
  11. Release, Press (10 de Setembro de 2009). «Mariah Carey's New Single "I Want To Know What Love Is" Impacts On Radio On Sept. 14th». Universal Music Group. Consultado em 14 de Novembro de 2009 
  12. Release, Press (6 de Novembro de 2009). «Celebrate New Year's Eve With Mariah Carey!». Mariah Carey official website. MariahCarey.com. Consultado em 14 de Novembro de 2009 
  13. a b c d «Mariah Carey Chart History: Billboard 200». Billboard (em inglês). Consultado em 21 de novembro de 2018 
  14. a b c d Melhores posições atingidas na Austrália:
    • «Australian Charts > Mariah Carey» (em inglês). australian-aharts.com Hung Medien. Consultado em 16 de dezembro de 2009 
    • The Remixes: «Issue 716» (PDF, reprint). ARIA Report (716). ARIA. 10 de novembro de 2003. p. 2. Consultado em 25 de setembro de 2010 
    • The Ballads: «Issue 976» (PDF, reprint). ARIA. ARIA Report (976): 2. 10 de novembro de 2008. Consultado em 25 de setembro de 2010 
    • The Essential Mariah Carey: «Chartifacts – Week Commencing: 9th April 2012». ARIA. 9 de abril de 2012. Consultado em 11 de julho de 2012. Arquivado do original em 14 de abril de 2012 
  15. a b c Peak positions in Canada:
  16. a b c d *«French Charts > Mariah Carey» (em Françês). lescharts.com Hung Medien. Consultado em 16 de dezembro de 2009 
    • «Album Runs» (em francês). InfoDisc. Consultado em 21 de setembro de 2010. Arquivado do original em 20 de agosto de 2008 
  17. a b c «Discographie Mariah Carey» (enter "Mariah Carey" into the "Suchen" box). GfK Entertainment. Consultado em 23 de novembro de 2018 
  18. a b c d «Profile of Mariah Carey» (em =Japonês). Oricon. Consultado em 21 de setembro de 2010 
  19. a b c d «Dutch Album Charts > Mariah Carey» (em holandês). dutchcharts.nl Hung Medien. Consultado em 7 de abril de 2010 
  20. a b c d «New Zealand Charts > Mariah Carey». charts.org.nz Hung Medien. Consultado em 7 de abril de 2010 
  21. a b c d «Swiss Charts > Mariah Carey». swisscharts.com Hung Medien. Consultado em 7 de abril de 2010 
  22. a b c d «UK Charts > Mariah Carey». Official Charts Company. Consultado em 21 de novembro de 2018 
  23. Runtagh, Jordan (15 de setembro de 2017). «Music's 30 Fiercest Feuds and Beefs». Rolling Stone. Consultado em 10 de outubro de 2017 
  24. a b «Top > Discography > Mariah» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. 24 de junho de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 22 de janeiro de 2018. It has sold 15 million copies worldwide and over 900,000 copies in Japan. 
  25. «Some of 1991's Top Achievers». Deseret News. 29 de dezembro de 1991. Consultado em 12 de fevereiro de 2019 
  26. a b c d e f g h i j k l m n o p «Certificações da RIAA para Mariah Carey» (em inglês). Recording Industry of America. Consultado em 17 de Maio de 2013 
  27. a b c d Ryan, Gavin (2011). Australia's Music Charts 1988–2010. Mt. Martha, VIC, Australia: Moonlight Publishing 
  28. a b c d e f g h i j k l «Certificados de Mariah Carey no Canadá». Canadian Recording Industry Association. Consultado em 16 de maio de 2019 
  29. a b c «RIAJ > The Record > November 1996 > Highest Certified International Albums/Singles (Mar '89 – Sep '96)» (PDF). Recording Industry Association of Japan (em japonês). Consultado em 30 de janeiro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 10 de janeiro de 2015 
  30. a b c d Scapolo, Dean (2007). The Complete New Zealand Music Charts 1966–2006. [S.l.: s.n.] ISBN 978-1-877443-00-8 
  31. a b c d «Awards 1990–2000». NVPI. 2018. Consultado em 14 de agosto de 2010 [ligação inativa]
  32. «Certificados de Mariah Carey no Reino Unido». IFPI. Consultado em 16 de maio de 2019 
  33. a b c d e f g h i j k l m n o p «Certificados de Mariah Carey no Reino Unido». BPI. Consultado em 16 de maio de 2019 
  34. Holden, Stephen (15 de setembro de 1991). «POP MUSIC; The Pop-Gospel According To Mariah Carey». The New York Times. Consultado em 11 de março de 2019 
  35. a b «Top > Discography > Emotions» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. 27 de novembro de 2002. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 31 de outubro de 2016. A masterpiece showing 8 million copies worldwide and more than 1 million copies in Japan 
  36. a b c d e f g h i j k l m n o p q r Trust, Gary (18 de novembro de 2018). «Ask Billboard: Mariah Carey's Career Sales, Ariana Grande Fun Facts & More». Billboard. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 19 de novembro de 2018 
  37. a b c d e f g h i «Certifications & Sales» (Click on "Liste par Artiste" on the right. Enter "Mariah Carey" into the search bar.). InfoDisc (em francês). Consultado em 1 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de outubro de 2018 
  38. a b c d e f g h i j k l m n o «Certifications» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2019 
  39. a b c d e Scapolo, Dean (2007). The Complete New Zealand Music Charts 1966–2006. [S.l.]: RMNZ. ISBN 978-1-877443-00-8 
  40. «Awards 1994». International Federation of the Phonographic Industry — Switzerland. Consultado em 19 de agosto de 2010 
  41. a b Macias, Ernest (6 de dezembro de 2017). «The Catch-Up: Your guide to Mariah Carey's glittering career». Entertainment Weekly. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 7 de janeiro de 2018 
  42. «Music Box by Mariah Carey on Apple Music» (em alemão). Apple Music. Consultado em 10 de março de 2019 
  43. a b c d David, Barry (18 de fevereiro de 2003). «Shania, Backstreet, Britney, Eminem and Janet Top All Time Sellers». Music Industry News Network. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 16 de novembro de 2018 
  44. a b c d Caulfield, Keith (25 de janeiro de 2008). «Ask Billboard». Billboard. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2019 
  45. a b Leblanc, Larry (28 de janeiro de 1995). '94 Canadian Sales Are Best In A Decade. [S.l.]: Billboard. p. 62. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2018. Mariah Carey albums, 'Music Box,' which has done 600,000 copies, and 'Merry Christmas,' which did 200,000 units. 
  46. «Top > Discography > Music Box» (em Japon~es). Sony Music Entertainment Japan. 24 de junho de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2018. ...2.3 million copies sold in Japan. 
  47. a b c d e Copsey, Rob (14 de novembro de 2018). «Mariah Carey's Top 40 biggest singles on the Official Chart». Official Charts Company. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 16 de novembro de 2018 
  48. «ARIA Charts – Accreditations – 2011 Albums». ARIA Charts. Consultado em 8 de setembro de 2011 
  49. a b c d «Bundesverband Musikindustrie – Accreditations» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 8 de setembro de 2018 
  50. a b «Awards 1994». International Federation of the Phonographic Industry — Switzerland. Consultado em 29 de agosto de 2010. Arquivado do original em 13 de janeiro de 2010 
  51. «Merry Christmas by Mariah Carey on Apple Music». Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  52. Sweeting, Adam (15 de dezembro de 2005). «Let the yule duel begin». The Daily Telegraph. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 25 de agosto de 2013. Mariah Carey's 1994 album Merry Christmas ... originally sold 15 million copies worldwide. 
  53. «Top > Discography > All I Want For Christmas Is You (Color Vinyl / Christmas Red Color) [Limited Production / 7-inch - analog board]» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. 24 de outubro de 2018. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2018. (album "Merry Christmas" ... [has cumulative sales] of 2.8 million) 
  54. a b «Top > Profile» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2019 
  55. Copsey, Rob (14 de dezembro de 2018). «The Official Top 20 biggest Christmas albums of the century». Official Charts Company. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 18 de dezembro de 2018. Mariah Carey's Merry Christmas continues to be a strong seller in the 2000s with 311,000 sales since the turn of the century 
  56. «ARIA Charts – Accreditations – 2016 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 6 de fevereiro de 2016 
  57. «Certificados de Mariah Carey na Alemanha». musikindustrie.de. Consultado em 16 de maio de 2019 
  58. «RIAJ > The Record > February 1997 > Certified Awards (December 1996)» (PDF). Recording Industry Association of Japan (em japonês). Consultado em 2 de agosto de 2013 
  59. Scapolo, Dean (2007). The Complete New Zealand Music Charts 1966–2006. [S.l.]: RIANZ. ISBN 978-1-877443-00-8 
  60. «Daydream by Mariah Carey on Apple Music». Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  61. Wright, Matthew (1 de outubro de 2015). «How well do you know the lyrics to Mariah Carey's 'Daydream'?». Entertainment Weekly. Consultado em 23 de maio de 2017 
  62. «Top > Discography > Daydream» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. 24 de junho de 2015. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2018. Over 25 million copies worldwide have been sold so far, and 2.2 million copies have been sold in Japan. 
  63. «RIAJ: 1 Million Seller 1995» (em japonês). Recording Industry Association of Japan. Consultado em 15 de agosto de 2010 
  64. «Million Certification Annual Certified Work List» (Select "1997" from menu below 年次ミリオン認定作品. Scroll down to the second table. "Butterfly" is seventh from the bottom.) (em japonês). Recording Industry Association of Japan. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 30 de dezembro de 2018 
  65. a b «ARIA Charts > Accreditations > 1998 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 21 de agosto de 2009 
  66. 年度別ミリオンセラー一覧 [1997年RIAJ: Million Sellers 1997] (em japonês). Recording Industry Association of Japan. Consultado em 25 de agosto de 2010 
  67. «Awards 1997». swiss-charts.com. Consultado em 25 de agosto de 2010. Arquivado do original em 13 de junho de 2011 
  68. «Rainbow by Mariah Carey on Apple Music». Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  69. a b c «Biography : Mariah Carey». Plurielles (em francês). TF1 Group. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 6 de agosto de 2016 
  70. Stevenson, Jane. «Carey's T.O. concert tix». Canoe.com. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 29 de junho de 2011 
  71. «1999 Album Yearly Top 100» (em japonês). Oricon. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2008 
  72. «ARIA Charts > Accreditations > 1999 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 21 de agosto de 2009 
  73. «RIAJ > The Record > January 2000 > Certified Awards (November 1999)» (PDF). Recording Industry Association of Japan (em japonês). Consultado em 2 de agosto de 2013. Arquivado do original (PDF) em 17 de janeiro de 2014 
  74. «Awards 1999». Swiss Music Charts. International Federation of the Phonographic Industry. Consultado em 23 de agosto de 2010 
  75. «Top > Discography > Glitter» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. Consultado em 11 de março de 2019 
  76. James, Barry (24 de janeiro de 2002). «Mariah Gets Scratched, but With a Glittering Buyout From EMI». The New York Times. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2017 
  77. «Mariah Carey's 'Glitter' Soundtrack Returns to Billboard Charts After #JusticeForGlitter Campaign». Billboard. 19 de novembro de 2018. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 20 de novembro de 2018 
  78. «2001 Album Yearly Top 100» (em japonês). Oricon. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2008 
  79. Forde, Eamonn (14 de julho de 2018). «From Robin Thicke to Mariah and Mick: five blockbuster albums that bombed». The Guardian. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 10 de julho de 2014 
  80. «RIAJ > The Record > October 2001 > Certified Awards (August 2001)» (PDF). Recording Industry Association of Japan (em japonês). Consultado em 25 de janeiro de 2014 
  81. «Swiss Charts Search Certifications – Mariah Carey: Glitter». Swiss Charts. Consultado em 28 de janeiro de 2013 
  82. «New album "Charmbracelet" decided to release date on 11/20!» (em japonês). Universal Music Japan. 12 de novembro de 2002. Consultado em 11 de março de 2019. Cópia arquivada em 1 de dezembro de 2002 
  83. Candelaria, Cordelia (2004), Encyclopedia of Latino Popular Culture, Volume 1, ISBN 978-0-313-33210-4, Greenwood Publishing Group, p. 108 
  84. «2003 Album Yearly Top 100» (em japonês). Oricon. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2008 
  85. «Kooks Top Albums Chart». Music Week. 8 de maio de 2008. Consultado em 30 de maio de 2011 
  86. «The Record: Recording Industry Association of Japan» (PDF). Recording Industry Association of Japan. Consultado em 26 de setembro de 2011 
  87. «Awards 2003». Swiss Music Charts. Hung Medien. Consultado em 17 de agosto de 2011. Arquivado do original em 13 de janeiro de 2010 
  88. «New Album "Mimi" 3/30 Prior to Japan release! Promotion comes to Japan!» (em japonês). Universal Music Japan. 10 de março de 2005. Consultado em 11 de março de 2019. Cópia arquivada em 6 de abril de 2005 
  89. Halperin, Shirley (10 de fevereiro de 2011). «The Business of Justin Bieber». The Hollywood Reporter. Consultado em 31 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 18 de outubro de 2018. ...Carey saw a tremendous resurgence in popularity, selling a staggering 10 million copies of her 2005 album The Emancipation of Mimi worldwide... 
  90. «2005 Album Yearly Top 100» (em japonês). Oricon. Consultado em 31 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 8 de janeiro de 2008 
  91. «ARIA Charts > Accreditations > 2005 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 21 de agosto de 2009 
  92. «July 2005 Gold List and certification work». Recording Industry Association of Japan. Consultado em 2 de agosto de 2010 
  93. «RIANZ Top 40 Albums > 31 October 2005». Recorded Music NZ. Consultado em 20 de maio de 2016 
  94. Cadet, Thierry (14 de setembro de 2009). «Listen to excerpts from the Mariah Carey album». chartsinfrance.net. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2019. ..."E = MC²", sold more than 2.5 million copies... 
  95. «The Most Sold Albums in 2008» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 19 de setembro de 2012. Arquivado do original em 14 de abril de 2009 
  96. «2008 Album Yearly Top 100» (em japonês). Oricon. Consultado em 1 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 6 de novembro de 2018 
  97. «Key Releases». Music Week. 28 de novembro de 2009. Consultado em 15 de dezembro de 2012. Arquivado do original em 25 de fevereiro de 2014 
  98. «ARIA charts accreditations – 2008 albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 9 de agosto de 2011 
  99. «ゴールド等認定作品一覧 2008年4月 April 2008 Gold List and certification work» (em japonês). Recording Industry Association of Japan. Consultado em 2 de agosto de 2010. Arquivado do original em 20 de agosto de 2009 
  100. «Memoirs of an Imperfect Angel by Mariah Carey on Apple Music». Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  101. Holman, Tayla (25 de junho de 2013). «Mariah Carey Pushes Back 'The Art Of Letting Go' Release Date». Inquisitr. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Arquivado do original em 2 de janeiro de 2019. The associated album, Memoirs of an Imperfect Angel, was the lowest-selling of her career, selling 2 million copies worldwide. Carey’s best-selling album was 1993’s Music Box, which sold over 30 million copies worldwide. 
  102. «Key Released». Music Week. 20 de novembro de 2010. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 19 de outubro de 2018 
  103. «Me. I Am Mariah...The Elusive Chanteuse by Mariah Carey on Apple Music» (em japonês). Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  104. Caulfield, Keith (25 de novembro de 2018). «Mumford & Sons Score Third No. 1 Album on Billboard 200 Chart With 'Delta'». Billboard. Consultado em 26 de novembro de 2018 
  105. «Les Albums Certifications – Double Platine» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 22 de agosto de 2010. Arquivado do original em 28 de junho de 2015 
  106. «Certifications Albums Double Platine – année 1999» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 15 de agosto de 2010. Arquivado do original em 23 de agosto de 2011 
  107. «Mariah Carey 'The Ones' won the first three million board Science». Recording Industry Association of America. Consultado em 25 de setembro de 2010 
  108. a b «Les Albums Certifications – Or» (em francês). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 22 de agosto de 2010. Arquivado do original em 18 de outubro de 2011 
  109. «2002 Album Yearly Top 100» (em japonês). Oricon. Consultado em 30 de dezembro de 2018. Arquivado do original em 8 de janeiro de 2008 
  110. «ARIA Charts-Accreditations-2012 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 6 de maio de 2012 
  111. «RIAJ > The Record > February 2002 > Certified Awards (December 2001)» (PDF). Recording Industry Association of Japan (em japonês). Consultado em 1 de fevereiro de 2014. Arquivado do original (PDF) em 16 de outubro de 2013 
  112. «Mariah Carey Music». Legacy Recordings. Consultado em 24 de agosto de 2010. Arquivado do original em 12 de outubro de 2010 
  113. «#1 to Infinity by Mariah Carey on Apple Music». Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  114. «#1 to Infinity by Mariah Carey on Apple Music». Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  115. «Mariah Carey Japan Best by Mariah Carey on Apple Music» (em Japanês). Apple Music. Consultado em 11 de março de 2019 
  116. «Top > Discography > The Remixes» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. Consultado em 11 de março de 2019 
  117. a b «Top > Discography > MTV Unplugged» (em japonês). Sony Music Entertainment Japan. 24 de junho de 2015. Consultado em 2 de janeiro de 2019. Cópia arquivada em 2 de janeiro de 2019 
  118. «Les Albums Double Or» (em French). InfoDisc.fr. Consultado em 26 de setembro de 2010. Arquivado do original em 12 de janeiro de 2016 
  119. «Awards: Mariah Carey». Swiss Music Charts. International Federation of the Phonographic Industry. Hung Medien. Consultado em 19 de outubro de 2010 
  120. «Mariah Carey Releases Valentine's Day EP». MTV. 28 de janeiro de 2000. Consultado em 11 de março de 2019 
  121. «Breaking News». mariahcarey.com. 5 de novembro de 2002. Consultado em 11 de março de 2019. Cópia arquivada em 22 de dezembro de 2002 
  122. «Mariah Carey – All I Want For Christmas Is You». Discogs. Consultado em 10 de março de 2019 
  123. «All I Want For Christmas Is You - EP by Mariah Carey on Apple Music». Apple Music. Consultado em 10 de março de 2019 
  124. «Mariah Carey / Emotions / Music Box by Mariah Carey» (em inglês). iTunes (Apple Inc.). Consultado em 28 de Março de 2013 
  125. «Mariah Carey – 12s». Discogs. Consultado em 14 de Setembro de 2010 
  126. «Mariah Carey To Release Collector's Set». Rap-Up.com. Consultado em 14 de Setembro de 2010 
  127. «CELINE / GLORIA / ARETHA / SHANIA / MARIAH - VH-1 DIVAS LIVE (ALBUM)» (em inglês). Portuguese Charts. Consultado em 25 de Agosto de 2015 
  128. a b «VH-1 Divas Live». australian-charts.com Hung Medien. Consultado em 7 de Abril de 2010 
  129. «At the Pearl Palms Concert Theatre (Live) by Mariah Carey» (em inglês). iTunes. Consultado em 22 de Maio de 2015 
  130. «Mariah Carey — Mariah Carey: In Conversation» (em inglês). Amazon.com. Consultado em 25 de Agosto de 2015