Singles de Mariah Carey

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Discografia de Mariah Carey
A artista durante uma apresentação ao vivo da canção "We Belong Together" no programa de televisão Good Morning America em Abril de 2005.
Singles 71
Bandas sonoras 1
Singles promocionais 25

A seguir se apresenta a lista dos singles de Mariah Carey, uma cantora, compositora e produtora musical norte-americana. Durante toda a sua carreira, foram lançados cento e dois singles, dos quais nove a creditam como artista convidada e vinte e cinco são promocionais. O primeiro álbum da cantora, auto-intitulado, foi lançado em Junho de 1990. O single de estreia da cantora, "Vision of Love", atingiu a primeira posição da Billboard Hot 100 nos Estados Unidos e após ter registado vendas superiores a 35 mil unidades, recebeu o certificado de disco de ouro pela RIAA, além de ter-se tornado um grande sucesso internacional em países como Austrália, onde também recebeu o certificado de disco de ouro.[1][2] "Love Takes Time" e "Someday", os singles subsequentes, também atingiram o primeiro lugar da Hot 100 e receberam o certificado de disco de ouro pela RIAA.[3][4] "I Don't Wanna Cry", o quarto single, conseguiu alcançar a primeira posição da tabela, porém, não recebeu certificados de vendas. Emotions (1991), o segundo álbum, gerou dois singles. Ao atingir o primeiro posto da Hot 100, a faixa-título registou Carey como a única artista a colocar cinco singles de estreia no primeiro lugar da tabela. "Can't Let Go", o segundo single, atingiu sua melhor colocação no segundo posto da tabela, e "Make It Happen", o terceiro single, alcançou a quinta colocação. A versão de "I'll Be There" inclusa no EP MTV Unplugged alcançou o topo da Hot 100 e recebeu o certificado de disco de ouro pela Australian Recording Industry Association (ARIA) e Recording Industry Association of New Zealand (RIANZ). "Dreamlover" e "Hero", os dois primeiros singles de Music Box, respectivamente, conseguiram posicionar-se na primeira posição nos Estados Unidos e tornaram-se nos primeiros da cantora a receber o certificado de disco de platina pela RIAA. A regravação de "Without You" tornou-se rapidamente um êxito, tendo posicionado-se no primeiro posto da Alemanha, Nova Zelândia e Reino Unido, e recebido os certificados de de platina na França e Alemanha. "Never Forget You" teve um impacto apenas nas tabelas nacionais, onde alcançou a terceira posição, fazendo de Carey a única artista a colocar doze canções de estreia nas cinco melhores posições. "All I Want for Christmas Is You", o primeiro single de Merry Christmas, tornou-se um sucesso instantaneamente, alcançando a segunda colocação na Austrália e no Reino Unido e recebeu a certificação de disco de ouro no Reino Unido, platina por duas vezes nos Estados Unidos e diamante na França, além de ter vendido mais 16 milhões de unidades no mundo, tornando-se na canção de natal moderna mais vendida de sempre.Daydream foi lançado em 1995. O single "Fantasy" foi o segundo por um artista e o primeiro por uma artista feminina a estrear no topo da Hot 100. "One Sweet Day", uma colaboração com a banda Boyz II Men, também estreou no número um, o que fez de Carey a primeira artista a estrear dois singles consecutivos na primeira colocação da Hot 100. "Always Be My Baby" conseguiu liderar a tabela dos Estados Unidos e alcançou o terceiro lugar no Reino Unido. "Honey", primeiro single de Butterfly, estreou no primeiro posto da Hot 100, fazendo de Carey a única artista a estrear três singles no topo da tabela. Após o embarque de mais um milhão de exemplares, foi certificada com disco de platina pela RIAA. O single subsequente, "Butterfly", não conseguiu traçar na tabela nacional porque não foi disponibilizado como um lançamento comercial. Contudo, teve um desempenho moderado em outros países, tendo posicionado-se no número 22 no Reino Unido e no número 15 na Nova Zelândia. Os dois singles seguintes, "The Roof (Back in Time)" e "Breakdown", respectivamente, também não foram lançados para comercialização nos Estados Unidos. Após ter atingido a quarta posição na Nova Zelândia, "Breakdown" recebeu o certificado de disco de ouro pela RIANZ. O quinto e último single, "My All", posicionou-se no primeiro lugar da Hot 100 e foi certificado com disco de platina pela RIAA, o que rendeu a Carey novamente a colocação de cinco singles consecutivos no primeiro lugar da tabela. "When You Believe" (1998), um dueto com Whitney Houston, teve um desempenho moderado nos Estados Unidos, atingido o pico dentro das vinte melhores posições. Na Europa, teve um desempenho maior, posicionando-se dentro das cinco melhores colocações na França, Suiça e Reino Unido. Rainbow, o sétimo álbum de estúdio, gerou seis singles. "Heartbreaker" tornou-se um sucesso no mundo, tornando-se na décima quarta canção da artista a atingir o topo da Hot 100 e na sexta a conseguir esse feito na Nova Zelândia. "Thank God I Found You" também conseguiu liderar a tabela dos Estados Unidos e recebeu o certificado de disco de ouro pela RIAA. Carey foi a única artista a posicionar singles no primeiro posto da Hot 100 em cada ano da década de 1990. Em 2001, foi lançado Glitter. O primeiro single, "Loverboy", teve um bom desempenho nos Estados Unidos, alcançado a segunda colocação e sendo o mais vendido desse ano.[5] No ano seguinte foi lançado Charmbracelet, cujo primeiro single, "Through the Rain", teve um desempenho considerado fraco nos Estados Unidos e recebeu o certificado de disco de ouro no Canadá. Carey fez uma participação no single "I Know What You Want", do rapper Busta Rhymes. A canção teve um bom desempenho na Hot 100, atingindo o pico na terceira colocação. The Emancipation of Mimi, o décimo álbum de estúdio da intérprete, gerou a canção de maior sucesso da década de 2000 nos Estados Unidos, "We Belong Together", que ocupou o primeiro posto da tabela nacional por 14 semanas consecutivas. "Shake It Off" e "Don't Forget About Us", dois singles do disco, alcançaram também boas posições nos Estados Unidos. "Touch My Body", single de E=MC² (2008), tornou-se o décimo oitavo primeiro lugar conquistado por uma de suas canções na Hot 100, o que fez dela a artista feminina com o maior total de números uns na tabela e a segunda artista com mais números uns na tabela, perdendo apenas para The Beatles. "Bye Bye" e "I'll Be Lovin' U Long Time", o último com participação de T.I., também conseguiram alcançar bons postos nas tabelas. Memoirs of an Imperfect Angel, o décimo segundo trabalho de estúdio, lançou cinco singles: "Obsessed", que alcançou a sétima posição nos Estados Unidos e foi certificado com um disco de platina, "I Want to Know What Love Is", "H.A.T.E.U.", "Up Out My Face" e "Angels Cry" — os dois últimos com participação de Nicki Minaj e Ne-Yo, respectivamente. No início de 2013, Carey "Almost Home" para a banda sonora de Oz: The Great and Powerful (2013). Na sua primeira semana de comercialização, vendeu 19 mil unidades digitais, um número insuficiente para que conseguisse entrar na Hot 100.[6] "#Beautiful", com participação de Miguel, foi lançada como o primeiro single de Me. I Am Mariah... The Elusive Chanteuse. Atingiu o seu pico no número quinze dos EUA.[7] "Infinity", o único single lançado de #1 to Infinity (2015), estreou no posto 82 nos EUA. Até hoje Carey já vendeu mais de 160 milhões de singles no mundo todo.

Como artista principal[editar | editar código-fonte]

Década de 1990[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Melhores posições nas tabelas Certificações
(limiares de vendas)
EUA
[8]
EUA
R&B

[9]
AUS
[10]
CAN
[11]
FRA
[12]
ALE
[13]
HOL
[14]
NZL
[15]
SUI
[16]
UK
[17]
1990 "Vision of Love" 1 1 9 1 25 17 8 1 24 9
"Love Takes Time" 1 1 14 2 57 24 9 37
1991 "Someday" 1 3 44 1 38 29 14 38
"I Don't Wanna Cry" 1 2 49 2 13
"There's Got to Be a Way"[nota 1] 54
"Emotions" 1 1 11 1 39 9 3 17
"Can't Let Go" 2 2 63 3 77 21 20
1992 "Make It Happen" 5 7 35 7 47 17
"I'll Be There"
(com participação de Trey Lorenz)
1 11 9 1 16 33 1 1 20 2
"If It's Over" 80
1993 "Dreamlover" 1 2 7 1 49 39 8 2 13 9
"Hero" 1 5 7 3 5 41 10 2 7
1994 "Without You"[nota 2] 3 3 4 2 1 1 1 1 1
"Never Forget You"[nota 2] 7
"Anytime You Need a Friend" 12 22 12 5 12 41 1 5 15 8
"All I Want for Christmas Is You" 7 2 18 5 4 18 2
"Joy to the World" 33
1995 "Fantasy" 1 1 1 1 5 17 9 1 10 4
"One Sweet Day"
(com Boyz II Men)
1 2 2 1 5 25 2 1 12 6
"Open Arms"[nota 1] 27 29 65 17 8 30 4
1996 "Always Be My Baby" 1 1 17 1 76 30 5 3
"Forever"[nota 3] 11 44 40
"Underneath the Stars"[nota 3]
1997 "Honey" 1 2 8 1 39 38 8 3 23 3
"Butterfly"[nota 3] 27 22 43 76 46 15 22
1998 "The Roof (Back in Time)"[nota 1] 63 96
"Breakdown"[nota 3]
(com participação de Krayzie Bone e Wish Bone)
38 4
"My All" 1 4 39 28 6 30 32 21 7 4
"Sweetheart"[nota 1][nota 3]
(com Jermaine Dupri)
14 22 18
"When You Believe"
(com Whitney Houston)
15 33 13 20 5 8 5 8 2 4
"Whenever You Call"[36]
(com Brian McKnight)
"Do You Know Where You're Going To
(Theme From Mahogany)
"[37]
1999 "I Still Believe" 4 3 54 9 33 58 42 24 31 16
"Heartbreaker"
(com participação de Jay-Z)
1 1 10 1 4 9 7 1 7 5
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.
  1. a b c d Não lançado nos Estados Unidos ou em vários outros territórios.
  2. a b Lançado como um duplo lado A em alguns territórios.
  3. a b c d e Lançado apenas nas estações de rádios dos Estados Unidos. Não teve permissão para entrar na Billboard Hot 100 devido às regras no momento (canções sem lançamento comercial como single não podiam entrar na tabela).

Década de 2000[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Melhores posições nas tabelas Certificações
(limiares de vendas)
Álbum
EUA
[8]
EUA
R&B

[9]
AUS
[10]
CAN
[11]
FRA
[12]
ALE
[13]
HOL
[14]
NZL
[15]
SUI
[16]
UK
[17]
2000 "Thank God I Found You"
(com participação de Joe e 98 Degrees)
1 1 27 2 28 28 24 34 17 10
"Crybaby"[nota 1]
(com participação de Snoop Dogg)
28 23 4
"Can't Take That Away (Mariah's Theme)"[nota 1] 65
"Against All Odds"[nota 2] 18 29 27 20
"Against all Odds"
(com participação de Westlife)
52 29 1
2001 "Loverboy"
(com participação de Cameo)
2 1 7 3 54 57 35 66 12
"Never Too Far" 81 36 97 51 65 32
"Don't Stop (Funkin' 4 Jamaica)"[nota 1]
(com participação de Mystikal)
42
"Reflections (Care Enough)"[nota 2]
"Never Too Far/Hero Medley" 81 66 Greatest Hits
2002 "Through the Rain" 69 15 5 22 36 11 37 7 8
2003 "Boy (I Need You)"
(com participação de Cam'ron)
68 29 32 51 73 49 45 78 17
"Bringin' On the Heartbreak" 28
2005 "It's Like That" 16 17 9 16 14 26 21 10 4
"We Belong Together" 1 1 1 12 11 2 2 4 2
"Shake It Off" 2 2 6 5 9
"Get Your Number"[nota 2]
(com participação de Jermaine Dupri)
19 7 10 34 14
"Don't Forget About Us" 1 1 12 41 32 12 19 11
"Fly Like a Bird" 104
"Say Somethin'"
(com participação de Snoop Dogg)
79 26 63 55 27
2008 "Touch My Body" 1 2 17 2 16 6 14 3 3 5
"Bye Bye" 19 33 53 34 70 7 30
"I'll Be Lovin' U Long Time" 58 36 69 84
"I Stay in Love" 81 95
"Right to Dream"[43][nota 3] Tennessee
2009 "Obsessed" 7 12 13 15 8 61 21 61 52
"I Want to Know What Love Is" 60 40 45 57 6 37 25 19
"H.A.T.E.U." 72
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.
  1. a b c Lançado como um duplo lado A em alguns territórios.
  2. a b c Não lançado nos Estados Unidos ou em vários outros territórios.
  3. Lançado apenas para estações de rádio adult contemporary para promover o filme Tennessee.

Década de 2010[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Melhores posições nas tabelas Certificações
(limiares de vendas)
Álbum
EUA
[8]
EUA
R&B

[9]
AUS
[10]
CAN
[11]
FRA
[12]
ALE
[13]
HOL
[14]
NZL
[15]
SUI
[16]
UK
[17]
2010 "Up Out My Face"
(com participação de Nicki Minaj)
100 39 Memoirs of an Imperfect Angel
"100%" AT&T Team USA Soundtrack
"Angels Cry"
(com participação de Ne-Yo)
90 26 81 Memoirs of an Imperfect Angel
"Oh Santa!" 100 1 73
2011 "O Come All Ye Faithful"
"Auld Lang Syne
(The New Year's Anthem)
"
"When Christmas Comes"
(com John Legend)
59
2012 "Triumphant (Get 'Em)"[45]
(com participação de Rick Ross & Meek Mill)
115 46 135 144 Sem inclusão em álbum
[nota 1]
2013 "Almost Home"[46] 120 101 185 Oz:
The Great and Powerful
"#Beautiful"
(com participação de Miguel)
15 3 5 25 38 20 68 10 32 22
"The Art of Letting Go" 109 42 88 72 84 65 47 90
2014 "You're Mine (Eternal)" 88 21 40 31 96 16
"You Don't Know What to Do"
(com participação de Wale)
132 92 95 88
2015 "Infinity"[49] 82 28 34 29 85 52 22 154
2017 "I Don't"[50]
(com participação de YG)
89 35 96 101 Sem inclusão em álbum
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.
  1. Era suposto "Triumphant (Get 'Em)" ser inclusa em The Art of Letting Go, contudo, devido ao seu fraco desempenho nas tabelas musicais, acabou por ser excluída do mesmo.

Como artista convidada[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Melhores posições nas tabelas Certificações
(limiares de vendas)
Álbum
EUA
[8][51]
EUA
R&B

[9]
AUS
[10][52]
CAN
[53][54]
FRA
[12]
ALE
[13]
HOL
[14]
NZL
[15][55]
SUI
[16]
UK
[17]
1994 "Endless Love"
(com Luther Vandross)
2 7 2 14 12 14 6 1 6 3
1997 "Every Time I Close My Eyes"
(Babyface com participação de Mariah Carey & Kenny G)
6 5 13 The Day
2000 "Things That U Do"
(Jay-Z com participação de Mariah Carey)
Vol. 3...
Life and Times of S. Carter
2003 "I Know What You Want"
(Busta Rhymes com participação de Mariah Carey)
3 2 3 5 25 9 6 7 5 3
2004 "U Make Me Wanna"
(Jadakiss com participação de Mariah Carey)
21 8 55 Kiss of Death
2007 "Pisces"[57]
(Trey Lorenz com participação de Mariah Carey)
Mr. Mista
"Lil' L.O.V.E."
(Bone Thugs-n-Harmony com participação de
Mariah Carey & Bow Wow)
66 6 Strength & Loyalty
2008 "Just Stand Up!" 11 57 39 10 19 26 Sem inclusão em álbum
2009 "My Love"
(The-Dream com participação de Mariah Carey)
82 36 Love vs. Money
2010 "Everybody Hurts"
(como parte de Helping Haiti)
28 59 17 16 1 Sem inclusão em álbum
2011 "All I Want for Christmas Is You (Superfestive!)"
(Justin Bieber com Mariah Carey)
86 61 Under the Mistletoe
2017 "Unforgettable (Mariah Carey Remix)"[58]
(French Montana com participação de Swae Lee e Mariah Carey)
3 1 7 3 9 6 11 6 9 2
Jungle Rules

Singles promocionais[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Melhores posições nas tabelas Álbum
EUA
R&B

[59]
1992 "Till the End of Time" Emotions
1994 "Miss You Most (At Christmas Time)" Merry Christmas
"Jesus Born on This Day"
1996 "O Holy Night"
1997 "Fly Away (Butterfly Reprise)" Butterfly
1998 "(You Make Me Feel Like) A Natural Woman"
(com Celine Dion, Gloria Estefan, Aretha Franklin & Shania Twain)
Divas Live
2000 "Bliss" Rainbow
"After Tonight"
"X-Girlfriend"
"O Holy Night 2000"
(ao vivo)
Sem inclusão em álbum
2001 "Last Night a DJ Saved My Life"
(com participação de Busta Rhymes e Fabolous)
Glitter
"Lead the Way"
2002 "Irresistible (Westside Connection)"
(com participação de Westside Connection)
81 Charmbracelet
"You Got Me"
(com participação de Jay-Z e Freeway)
"The One"
2003 "Miss You"
(com participação de Jadakiss)
The Remixes
2004 "U Like This (Megamix)"
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Outras canções que entraram nas tabelas[editar | editar código-fonte]

Ano Canção Melhores posições nas tabelas Álbum
EUA
[60]
EUA
R&B

[60]
2006 "Mine Again" 73 The Emancipation of Mimi
"So Lonely (One & Only Part II)"
(com participação de Twista)
65
2008 "Migrate"
(com participação de T-Pain)
92 95 E=MC²
"I'm That Chick" 82
"—" denota itens que não conseguiram entrar nas tabelas musicais ou não foram lançados no território.

Notas de rodapé

  1. «Certificação para "Vision of Love"» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 22 de Outubro de 2012 
  2. «Vision of Love - Mariah Carey». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 22 de Outubro de 2012 
  3. «Certificação para "Love Takes Time"» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 22 de Outubro de 2012 
  4. «Love Takes Time - Mariah Carey». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 22 de Outubro de 2012 
  5. «2001 HOT 100 SINGLES SALES TITLES». Billboard. Nielsen Business Media, Inc. 29 de Dezembro de 2001. Cópia arquivada em 25 de Setembro de 2012 
  6. Trust, Gary (28 de Fevereiro de 2013). «Chart Moves: One Direction's Direction Is Up; Blake Shelton's 'Cool' Atop Hot Country Songs; Mariah Carey Shows Off New 'Home'». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 28 de Fevereiro de 2013 
  7. Trust, Gary (13 de Maio de 2013). «Mariah Carey, Miguel Blast Onto Radio Charts With '#Beautiful'». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 15 de Maio de 2013 
  8. a b c d «Mariah Carey Album & Song Chart History». Billboard. Consultado em 14 de setembro de 2010 
  9. a b c d «Mariah Carey Album & Song Chart History». Billboard. Consultado em 14 de setembro de 2010 
  10. a b c d «australian-charts.com - Discography Mariah Carey». australian-charts.com. Hung Medien. Consultado em 31 de agosto de 2010 
  11. a b c For listed peaks positions in Canada:
  12. a b c d «lescharts.com - Discographie Mariah Carey». lescharts.com (em French). Hung Medien. Consultado em 31 de agosto de 2010 
  13. a b c d «Chartverfolgung/Carey, Mariah/Single» (em German). musicline.de PhonoNet. Consultado em 21 de janeiro de 2010 
  14. a b c d «Dutch Top 40 > Mariah Carey» (em Dutch). Stichting Nederlands Top 40. Consultado em 21 de janeiro de 2010 
    • "The Roof" «Mariah Carey - The Roof» (em Dutch). Stichting Nederlands Top 40. Consultado em 21 de janeiro de 2010 
  15. a b c d «charts.org.nz - Discography Mariah Carey». charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em 31 de agosto de 2010 
  16. a b c d «Mariah Carey - swisscharts.com (select "CHARTS" tab)». swisscharts.com (em German). Hung Medien. Consultado em 31 de agosto de 2010 
  17. a b c d «Mariah Carey Singles Discography». The Official Charts Company. Consultado em 17 de setembro de 2010 
  18. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac «RIAA - Gold & Platinum > Search Results (singles)». Recording Industry Association of America. Consultado em 14 de setembro de 2010 
  19. a b c d e f g h i j Kent, David (2003). Australian Chart Book 1970–1992. [S.l.: s.n.] ISBN 0-646-11917-6 
  20. a b c d e f g h i j k l m n o Scapolo, Dean (2007). The Complete New Zealand Music Charts 1966–2006. [S.l.]: RIANZ. p. 318. ISBN 978-1-877443-00-8 
  21. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t «Certified Awards Search». British Phonographic Industry. Consultado em 27 de agosto de 2009 
  22. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap Predefinição:Https://chartmasters.org/2017/04/cspc-mariah-carey-popularity-analysis/40/ Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes Erro de citação: Código <ref> inválido; o nome ":2" é definido mais de uma vez com conteúdos diferentes
  23. «Certifications Singles Argent – année 1994» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 29 de Junho de 2010 
  24. «Gold & Pratin». Consultado em 15 de dezembro de 2012 
  25. a b «Gold-/Platin-Datenbank (Mariah Carey)» (em alemão). Bundesverband Musikindustrie. Consultado em 15 de agosto de 2010 
  26. «Goud/Platina Muziek» (em neerlandês). Nederlandse Vereniging van Producenten en Importeurs van beeld- en geluidsdragers. Consultado em 31 de Dezembro de 1998  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  27. «The Official Swiss Charts and Music Community». Hung Medien. Consultado em 14 de setembro de 2010 
  28. «Certifications Singles Or – année 1994» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 29 de junho de 2010 
  29. «Les Certifications > Mariah Carey» (em francês). InfoDisc. Consultado em 2 de Abril de 2010 
  30. a b «Certifications Singles Argent – année 1996» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 29 de junho de 2010 
  31. «ARIA Charts – Accreditations – 1997 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de junho de 2010 
  32. «Certifications Singles Argent – année 1998» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 29 de junho de 2010 
  33. «ARIA Charts – Accreditations – 1998 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de junho de 2010 
  34. «Certifications Singles Or – année 1999» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 29 de junho de 2010 
  35. «The Official Swiss Charts and Music Community». Hung Medien. Consultado em 14 de setembro de 2010 
  36. «Whenever You Call — Single by Mariah Carey & Brian McKnight» (em inglês). iTunes (Apple, Inc.). Consultado em 25 de Agosto de 2015 
  37. «Do You Know Where You're Going To (Theme From "Mahogany") — Single by Mariah Carey» (em inglês). iTunes (Apple, Inc.). Consultado em 25 de Agosto de 2015 
  38. «ARIA Charts – Accreditations – 1999 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de junho de 2010 
  39. «Certifications Singles Or – année 2000» (em French). Syndicat National de l'Édition Phonographique. Consultado em 29 de junho de 2010 
  40. «ARIA Charts – Accreditations – 2001 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de junho de 2010 
  41. «Gold & Platinum Certification – May 2003». Canadian Recording Industry Association. Consultado em 20 de agosto de 2010 
  42. a b c d «ARIA Charts – Accreditations – 2005 Singles». Australian Recording Industry Association. Consultado em 29 de junho de 2010 
  43. «Right to Dream — Single by Mariah Carey» (em inglês). iTunes. Apple, Inc. Consultado em 22 de Maio de 2015 
  44. «ARIA Charts – Accreditations – 2009 Singles». Australian Recording Industry Association. 31 de dezembro de 2009. Consultado em 29 de junho de 2010 
  45. «Mariah Carey Taps Rick Ross and Meek Mill for New Single 'Triumphant'». Rap-Up (em inglês). 21 de Julho de 2012. Consultado em 7 de Setembro de 2012 
  46. Gallo, Phill (6 de Fevereiro de 2013). «Mariah Carey Records New Song for Disney's 'Oz The Great and Powerful'». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 6 de Fevereiro de 2013 
  47. «ARIA Australian Top 50 Singles Chart: Week of 08/07/2013» (em inglês). Australia's Official Top 50 Songs. Consultado em 8 de Julho de 2013 
  48. «NZ Top 40 Singles Chart - 26 August 2013». Recording Industry Association of New Zealand. Consultado em 24 de Agosto de 2013. Cópia arquivada em 24 de Agosto de 2013 
  49. Hampp, Andrew (13 de Abril de 2015). «Mariah Carey Announces Release Date, Tracklist For '#1 To Infinity'». Billboard (em inglês). Prometheus Global Media. Consultado em 26 de Abril de 2015 
  50. Vincenty, Samantha (30 de Janeiro de 2017). «Mariah Carey Shares Clip of New Breakup Song, 'I Don't'». PopCrush (em inglês). PopCrush Network. Consultado em 3 de Fevereiro de 2017 
  51. «The Billboard Hot 100: Week of November 19, 2011». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 21 de Outubro de 2012 
  52. «australian-charts.com - Helping Haiti - Everybody Hurts». australian-charts.com. Hung Medien. Consultado em 31 de Agosto de 2010 
  53. «Mariah Carey Album & Song Chart History». Billboard. Consultado em 14 de Setembro de 2010 
  54. «Canadian Hot 100: Week of January 7, 2012». Billboard (em inglês). Nielsen Business Media, Inc. Consultado em 21 de Outubro de 2012 
  55. «charts.org.nz - Helping Haiti - Everybody Hurts». charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em 31 de Agosto de 2010 
  56. «ARIA Charts – Accreditations – 2003 Singles» (em inglês). Australian Recording Industry Association. Consultado em 21 de Outubro de 2012 
  57. «Pisces (feat. Mariah Carey) — Single by Trey Lorenz» (em inglês). iTunes. Apple, Inc. Consultado em 22 de Maio de 2015 
  58. Fuller, Bonnie (23 de Agosto de 2017). «Mariah Carey & French Montana Tease Epic 'Unforgettable' Remix — Listen». Hollywood Life (em inglês). Consultado em 26 de Agosto de 2017 
  59. a b