Este é um artigo bom. Clique aqui para mais informações.

If It's Over

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
"If It's Over"
Single de Mariah Carey
do álbum MTV Unplugged
Lançamento 28 de agosto de 1992
Formato(s) CD single, cassette single
Gravação 16 de março de 1992
Kaufman Astoria Studios
Queens, Nova Iorque
Gênero(s) R&B, soul, jazz
Duração 3:47
Gravadora(s) Columbia Records
Composição Mariah Carey, Carole King
Produção Mariah Carey, Walter Afanasieff
Cronologia de singles de Mariah Carey
"I'll Be There"
(1992)
"Dreamlover"
(1993)
Lista de faixas de Emotions
"Make It Happen"
(4)
"You're So Cold"
(6)
Lista de faixas de MTV Unplugged
"Emotions"
(1)
"Someday"
(3)
Amostra de áudio
informação do ficheiro · ajuda

"If It's Over" é uma canção da cantora e compositora americana Mariah Carey lançada no seu segundo álbum de estúdio, Emotions, em 17 de setembro de 1991. Foi produzida por Carey e Walter Afanasieff e composta em parceria com Carole King. Liricamente, a canção fala de um romance que acabou, e mostra a protagonista falando ao seu parceiro que "se acabou, deixe-me ir." Vários meses após o lançamento de Emotions, Carey cantou a música pela primeira vez durante sua participação no programa de televisão MTV Unplugged da MTV, como a segunda música do alinhamento de faixas, a apresentando também em outros eventos como a 34ª edição dos Grammy Awards e numa participação especial no humorístico Saturday Night Live.

Após o lançamento do extended play (EP) MTV Unplugged, a versão ao vivo da canção foi usada como o segundo single corresponde no terceiro trimestre de 1992. A versão ao vivo só omite o segundo verso e o coro, como todas as canções que foram encurtadas para o show. Recebeu um número limitado de exemplares, sendo single apenas em determinados territórios, entrando nas paradas apenas dos Países Baixos na 80º posição.

Antecedentes e estrutura musical[editar | editar código-fonte]

Durante a promoção para seu auto-intitulado álbum de estreia em 1990, ela apareceu no programa de Arsenio Hall para interpretar o seu primeiro single, "Vision of Love".[1] Depois de muitos comentários sobre a apresentação, a cantora e compositora Carole King se interessou por Carey e por seu material e um ano mais tarde, entrou em contato com ela durante as sessões de gravação para o álbum Emotions, perguntando se ela estaria interessada em fazer uma versão de "(You Make Me Feel Like) A Natural Woman", uma canção que Carole tinha escrito ao lado de Gerry Goffin para Aretha Franklin.[1] Carey recusou, sentindo-se desconfortável fazendo uma versão da canção de uma de suas influências musicais que foi tão perfeitamente executada. Ainda determinada a trabalhar com Carey, Carole voou para Nova Iorque e durante um dia, as duas trocaram ideias musicais e melodias no piano, até que "If It's Over" foi criada.[1]

"If It's Over" é uma balada que incorpora vários gêneros e influências em seu som e instrumentação, como o rythm and blues, soul e jazz, inspirada em estilos dos anos 50 e 60.[2][3] Instrumentalmente, a canção apresenta várias melodias musicais, incluindo barítono, tenor, e notas altas de saxofone soprano, assim como o piano, trompete, trompa e baixo.[2] Na música, Carey faz um breve uso do whistle register antes da última parte.[2] O compositor Chris Nickson, envolvido na produção, descreveu a canção da seguinte forma:

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Carey cantou "If It's Over" na 17ª temporada do humorístico Saturday Night Live, junto com "Can't Let Go".[4] Durante a performance, ela apareceu no palco vestindo uma jaqueta preta de couro esportivo, com calças pretas e botas, com Walter Afanasieff tocando piano e Trey Lorenz, Patrique McMillan e Melonie Daniels como os vocais de fundo.[4] Além disso, cinco músicos adicionais foram usados: Lew Delgado no saxofone barítono, Lenny Pickett no saxofone tenor, George Young no saxofone alto e Earl Gardner e Steve Turre no trompete. Além disso, a cantora cantou "If It's Over" na 34 edição anual dos Grammy Awards, realizada em 26 de fevereiro de 1992. Quando a cortina foi aberta, Carey entrou no palco vestindo um vestido de gala vermelho e preto, com um penteado dourado e encaracolado,[4] e atrás dela havia uma grande cortina vermelha com vários cantores que foram colocados em pé sobre uma plataforma elevada. Em 16 de março, a artista apresentou as suas primeiras canções ao vivo no MTV Unplugged, um show que vai ao ar na MTV. Dentre as canções, "If It's Over" estava incluída. As performances de Carey no show acabaram por ser lançadas num extended play (EP) intitulado MTV Unplugged.[4]

Lançamento e recepção[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento de "I'll Be There" como o primeiro single de MTV Unplugged, um mês antes do EP chegar as lojas, a versão ao vivo de "If It's Over" no show foi lançada como um single para rádios em poucos países. Após o lançamento, "If It's Over" recebeu avaliações geralmente positivas por parte dos críticos de música contemporânea. Bill Lamb do About.com comentou que a canção é uma das melhores de Carey, e elogiou o seu tom gospel na melodia.[5] Ashley S. Battel do Allmusic escreveu que a canção "vai levar você a uma viagem musical",[6] enquanto que Jan DeKnock do The Chicago Tribune, a comparou com o estilo das grandes baladas de soul dos anos 60.[7]

País - Parada musical (1992) Melhor
posição
 Países Baixos - MegaCharts[8] 80

Faixas e formatos[editar | editar código-fonte]

A versão física de "If It's Over" foi lançada apenas em determinados territórios, contendo a versão ao vivo do show MTV Unplugged, com três minutos e quarenta e sete segundos, acompanhada da versão lançada nos Países Baixos e na Europa,[9] a canção "Emotions" no Japão[10] e num maxi-single na Europa com "Someday" (New 12" jackswing).[11]

CD single - Países Baixos/Europa[9]
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "If It's Over" (ao vivo) Mariah Carey, Carole King Mariah Carey, Walter Afanasieff 3:47
2. "If It's Over"   M. Carey, C. King M. Carey, W. Afanasieff 4:38

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos tirados do encarte do álbum MTV Unplugged.[12]

Notas de rodapé[editar | editar código-fonte]

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

  • Nickson, Chris (1998). Mariah Carey revisited: her story (em inglês). [S.l.]: St. Martin's Press. ISBN 978-0312195120 
  • Shapiro, Marc (2001). Mariah Carey: The Unauthorized Biography (em inglês). [S.l.]: ECW Press. ISBN 978-1550224443 

Referências

  1. a b c Nickson 1998, p. 54
  2. a b c d Nickson 1998, p. 61
  3. Bee, Kat (1 de junho de 2012). «Mariah Carey's 'MTV Unplugged' Turns 20: Backtracking». Idolator. Consultado em 1 de junho de 2012 
  4. a b c d Shapiro 2001, p. 60-61
  5. Lamb, Bill. «Mariah Carey 'Emotions'». About.com (em inglês). The New York Times Company. Consultado em 24 de julho de 2011 
  6. Stephen Thomas Erlewine. «Mariah Carey – Emotions». Allmusic (em inglês). All Media Guide. Rovi Corporation. Consultado em 24 de julho de 2011 
  7. Jan DeKnock. «Mariah Carey Emotions». Chicago Tribune (em inglês). Tribune Company. Consultado em 24 de julho de 2011 
  8. «Mariah Carey: If It's Over». Single Top 100 (em alemão). Hung Medien. Consultado em 24 de julho de 2011 
  9. a b (1992) Créditos do álbum If It's Over por Mariah Carey [CD Single]. Columbia Records (658762-7).
  10. a b (1992) Créditos do álbum If It's Over por Mariah Carey [CD Single]. Columbia Records (SRDS 8249).
  11. a b (1992) Créditos do álbum If It's Over por Mariah Carey [CD maxi-single]. Columbia Records (COL658762 2).
  12. (1992) Créditos do álbum MTV Unplugged por Mariah Carey [Compact Disc]. Columbia Records.