Triumphant (Get 'Em)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
"Triumphant (Get 'Em)"
Single de Mariah Carey com participação de Rick Ross e Meek Mill
Lançamento 2 de agosto de 2012
Gênero(s) R&B, hip-hop
Duração 4:10
Gravadora(s) Island
Composição Mariah Carey, Jermaine Dupri, Bryan-Michael Cox, Robert Rihmeek, William Leonard
Produção Carey, Dupri, Cox, DJ Khaled
Cronologia de singles de Mariah Carey
"When Christmas Comes"
(2011)
"Almost Home" (2013)

"Triumphant (Get 'Em)" é uma canção da cantora e compositora americana Mariah Carey, de seu décimo quarto álbum de estúdio ainda sem título. A faixa foi escrita por Carey, Rick Ross e Meek Mill, e produzida por Carey, Jermaine Dupri e Bryan-Michael Cox. Lançada como buzz single do álbum em 2 de agosto de 2012, Carey revelou que ela escreveu a canção durante experiências pessoais difíceis em sua vida, e que através da escrita, ajudou sua aliviar a dor. Mais tarde, ela afirmou que "Triumphant (Get 'Em)" foi escrita quando seu marido na época Nick Cannon estava no hospital com insuficiência renal aguda no início de 2012, e também foi inspirada pela morte de sua colaboradora e amiga, a cantora Whitney Houston.

"Triumphant (Get 'Em)" é uma balada R&B e hip-hop que "mistura uma batida suave, com acompanhamento de piano". Sua letra transmite uma mensagem de auto-estima e perseverança, com Carey incitando os ouvintes a "Alcançar as estrelas/Seja o que você é." A faixa foi recebido com análises geralmente mistas de críticos musicais, que sentiram que a cantora foi "ofuscada" pela dupla de hip-hop, e que deveria ter tido mais presença em seu single de volta. Dois remixes acompanhamentes foram liberados juntamente com a versão original, intitulados "Pulse Club" e "Vintage Throwback". Ambos foram recebidos com uma resposta mais favorável do que a original, devido à ausência dos rappers e vangloriando o alcance vocal de Carey. Até a data, a canção alcançou posicões fracas em paradas musicais, que os críticos têm atribuído a seu som urbano e pouco apelo comercial e para o Mainstream Top 40.

Um vídeo musical acompanhamente para "Triumphant (Get 'Em)" foi filmado em Nova Iorque. Dirigido pelo marido de Carey, o vídeo oficialmente estreou em 21 de agosto de 2012 no website oficial de Carey e no dia seguinte digitalmente. O vídeo musical tem um tema de boxe vitorioso, retratando Carey e Ross como telespectadores enquanto animam Mill durante sua partida. O vídeo foi geralmente bem recebido, devido à sua cinematografia e os laços com a música tema de perseverança e de ser "triunfante". Carey cantou a música ao vivo pela primeira vez em 5 de setembro de 2012 no Rockefeller Center. A apresentação marcou o início da nova temporada da NFL, começando com o jogo do New York Giants contra o Dallas Cowboys no MetLife Stadium, em Nova Jersey.

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Rick Ross, um dos dois rapper's que participam da canção.

Em setembro de 2011, menos de seis meses depois que ela deu à luz aos gêmeos, Carey tuitou uma foto de si mesma e Jermaine Dupri em um estúdio de gravação trabalhando em um material novo para seu décimo quarto álbum de estúdio ainda sem título, com a legenda da imagem dizendo: "Tão feliz por estar de volta aos estúdios com o único @Mr_Dupri também conhecido como Jermash! Estamos de volta!".[1] Escrita e produzida por Carey, Dupri e Bryan-Michael Cox,[2] "Triumphant (Get 'Em)" é o single de estreia do seu próximo álbum de estúdio,[3] com participação dos rappers americanos Rick Ross e Meek Mill.[2] A cantora explicou a concepção da faixa em uma série de tweets em 30 de julho de 2012, onde ela também revelou a capa da canção, bem como a sua data de estréia.[2] Carey comentou: "Eu escrevi ‘Triumphant’ quando passei por momentos de dificuldade e ela me ajudou a superar. Quando vocês ouvirem, prestem atenção na letra".[4][5] Cox explicou em entrevista à MTV o que os fãs podem esperar da música e por que ele sentiu que Rick Ross e Meek Mill eram "o ajuste perfeito."[6]

A artista confirmou em sua conta oficial no Twitter que "Triumphant (Get 'Em)" terá sua estreia em 2 de agosto de 2012 na rádio B96 Chicago,[2][7] entretanto estreou no site oficial da cantora.[8] Carey ainda falou que ela não optou por música dance, é muito triste ver os gêneros R&B e hip hop sendo atropelados pela música eletrônica.[9]

Inspiração[editar | editar código-fonte]

Carey citou sua amiga Whitney Houston e seu marido Nick Cannon como inspiração para canção.

Em uma teleconferência com vários meios de comunicação, tais como PopDust, Carey revelou que ela escreveu: "Triumphant (Get 'Em)", enquanto seu marido, Nick Cannon, foi internado recebendo tratamento médico para a insuficiência renal,[9] dizendo: "Há um monte de coisas que você pode levar de lá que pode mantê-lo em uma situação difícil".[9]

Carey também acrescentou que a canção foi escrita por volta da época que sua amiga, a cantora Whitney Houston, havia morrido. "Eu estava realmente no hospital junto a meu marido quando vi na TV.[10] Era importante para mim escrever alguma coisa [...] Isso me ajudaria passar o momento. Carey tentou trazer o gênero R&B de volta, além disso, ela sentiu que "Triunfante (Get 'Em)" potencialmente, seria capaz de gerar recurso subordinado, e não apenas atender Mainstream Top 40.[11]

Composição[editar | editar código-fonte]

Demonstração de 30 segundos do refrão inicial cantado por Ross. Instrumentalmente, "Triumphant (Get 'Em)" é uma faixa dos gêneros R&B e hip hop, que "mistura uma batida suave, com acompanhamento de piano".

Problemas para escutar este arquivo? Veja a ajuda.

"Triumphant (Get 'Em)" é uma canção inspiradora com andamento mediano dos gêneros R&B e hip-hop, [12][13] que "mistura uma batida suave, com acompanhamento de piano."[14] Escrito durante um momento difícil na vida pessoal de Carey, a música possui letras inspiradoras de auto-estima e realização. Carey canta: "Não caia / Fique triunfante / Continue vivendo / Esteja alerta / Saia da ponta / Não deixe eles te empurrarem / Entenda que todas as coisas são possíveis / Seu coração é o maior / Alcance para as estrelas."[8] A música começa com um verso introdutório de Mill, seguido por Ross no segundo verso. Apesar do "arrulho" em todo o coro, Carey começa a cantar durante a ponte da canção crescendo até o final, onde ela exibe seu Whistle register.[15] A pista abre com Mill, cujo verso rapidamente resume o tema da pista: "A única maneira de torná-lo ao topo é se você ir buscá-lo a partir do fundo... Lembro-me que disse que não é minha vez / Apenas olhe para mim agora / Tente me segurar, mas eu não vou parar / Porque eu vou subir ao topo da montanha."[14] Além disso, faz referência a strippers, bem como a condução de uma carta de condução suspensa.[16] Ao longo da ponte, Carey canta sobre a realização apesar das probabilidades que cercam: "Apesar das correntes que prendem você / Você pode ver o topo da montanha / Não é muito longe"." Além disso, para o último refrão, a cantora lança uma série de suas "assinatura", notas altas.[17]

Remixes[editar | editar código-fonte]

Após a versão original de "Triunphant (Get 'Em)" foi lançado, o site oficial de Carey estreou duas outras versões da canção, a "Vintage Throwback Remix" e "Pulse Club Remix".[11] Enquanto o lançamento inicial da canção foi timidamente recebido pela crítica, os revisores foram mais favoráveis ​​para os remixes.[18] Os críticos notaram que o duo de rap dominaram grande parte da versão original, diferentemente dos remixes que apenas contou com os vocais da cantora.[19] Segundo o gerente de Carey, Randy Jackson, três versões da canção foram lançadas, a fim de monopolizar todos os formatos de rádio e atender a diversos públicos.[11] Em entrevista à Billboard, Jackson expressa como eles iriam lembrar os fãs de Carey de suas mixagens anteriores, que ela sempre realizou: "A versão dançante "Vintage Throwback" vai lembrar os fãs dos remixes que ela fez anos atrás, e ela tem um monte de compactos #1 na Billboard Hot Dance. Ela entrou e re-cantou os vocais, sabendo que os dois versos sobre esta primeira versão do single com Meek e Ross iriam ser ocultos. Nós queríamos ter algo para todos os seus fãs."[11]

Durante um comunicado da imprensa para os remixes da faixa e sua acompanhante, Carey disse o seguinte sobre os vocais re-gravados: "Eu sempre achei muito divertido re-cantar minhas músicas para as misturas de clube/dance. Isso me dá a liberdade para cantar tão poderosa quanto eu quero e para regravar as músicas especialmente para o gênero."[20] Sal Cinquemani, da Slant Magazine, que havia negativado a versão original da música, elogiou a "Vintage Throwback Remix".[19] Ele sentiu que era mais do que a original e concluiu: "Despertando um arranjo vocal no clímax da música, vemos uma mensagem inspiradora de Carey e remete de volta ao seu auge dos anos 90."[21] Becky Bain, do Idolator elogiou a versão e comentou que é mais "cativante" do que o original.[18]

Capa[editar | editar código-fonte]

Carey revelou a capa da canção em sua conta no Instagram em 30 de julho de 2012.[2] Iona Kirby, do The Daily Mail, escreveu que Carey é conhecida por sua "poderosa voz, tendências de diva e figura voluptuosa" e que ela conseguiu combinar as três qualidades na capa de "Triumphant (Get 'Em)".[22] Ela continuou a escrever que a obra apresenta "a estrela sensual posando com um vestido cor da pele com corte de painéis e atrevidamente dividido do lado."[22] Kirby foi complementar à obra, escrevendo que Carey "vibra" na capa e que o "vestido sem alças deixa muito pouco imaginação enquanto ela arde para a câmera."[22]

Um crítico do Belfast Telegraph também observou que Carey posa "sedutora" para a câmera.[23] Robbie Daw, para o Idolator, observou que parecia que tinha usado muito photoshop na arte e que é uma reminiscência da capa do décimo álbum de estúdio da cantora, The Emancipation of Mimi (2005).[3] Ayeesha Walsh, para The Sun, também notou a semelhança com a capa de The Emancipation of Mimi, escrevendo "A foto da capa de Triumphant é algo reminiscente do seu álbum de 2005 The Emancipation Of Mimi, que também mostra ela usando uma espécie de vestido dourado enquanto ela faz uma pose semelhante."[24] Um escritor da MTV, aclamou a capa "infinitamente divertida", enquanto Declan Cashin, do The Independent, escreveu: "Carey é retratada em tons dourados, como se ela estivesse irradiando sua própria essência."

Recepção da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
PopCrush[12] 4 de 5 estrelas.
Artistdirect[25] 5 de 5 estrelas.

"Triumphant (Get 'Em)" recebeu geralmente opiniões mistas. Sal Cinquemani, da Slant Magazine, negativou a canção, escrevendo que é "facilmente o pior single de estreia (possivelmente o pior single do período) de sua carreira de duas décadas."[13] Julianne Escobedo Shepherd, da revista Spin, disse que a faixa é "a parte inteligente dos gênios do marketing" como Carey optou por lançá-la em meados da Olimpíadas, e passou a criticar a inclusão de Rick Ross e Mill Meek por ocupar muito tempo de execução da faixa.[26] Uma revisão positiva veio de Amy Sciarretto, da PopCrush, que deu a música quatro de cinco estrelas, comentando que "o fim do verão tem encontrado seu lento caminho atolado". Além disso, ela elogiou a voz de Carey, afirmando que "ela usa o seu maior patrimônio — aquela voz linda — para seu benefício, mas, felizmente, ela não está exagerando e quebrando os vidros com suas megas-oitavas."[12] Romeo's Corner foi entusiástico dizendo "Esta é de longe o melhor primeiro single desde "It's Like That", é cativante, inspiradora e hino e pode ter a capacidade de passar para outros formatos de rádio."[27]

Becky Bain, do blog musical Idolator, comentou que a canção não era bem o que os fãs estavam esperando, porém ela tenta resgatar seu público urbano.[28] Ainda escreveu que a estrela pop sabiamente decidiu lançar uma versão alternativa do primeiro single para satisfazer mais sua base de fãs, e que também é uma tonelada mais cativante do que a versão original, desta vez Carey realmente começa a cantar a música inteira, em vez de ser empurrada para as margens da canção.[28] Rick Florino, do Artistdirect, afirmou que Mariah Carey ainda tem a melhor voz da música pop moderna, dando cinco estrelinhas a canção,[25] comentou que "Triumphant (Get 'Em)", seu novo single com Ross e Mill, é uma brilhante prova disso.[25] A produção orquestral da canção foi bombástica, terminou Florino.[25] Alex Alves, redator do portal POPLine, foi negativo com a canção pela execução vocal de Carey, "exatamente tudo o que não poderíamos esperar de um single da cantora feminina que mais fez história dos gráficos da Billboard. Ainda comentou que na canção ela nem parece ser a artista principal.[29]

Vídeo musical[editar | editar código-fonte]

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Cena do vídeo, onde segundo David Lipshutz, do The Hollywood Reporter descreveu como uma chuva de confetes.

As gravações do vídeo musical decorreram em 29 e 30 de julho de 2012, dirigidas e produzidas pelo seu marido Nick Cannon, que trabalha frequentemente com Carey.[30] Eric West foi o roteiro original no vídeo.[30] Quando perguntado em uma entrevista sobre o tema do vídeo, West descreveu como tendo uma "vibração dos anos 60".[30] Descrita como um "teaser" pela Rap-Up, Carey twittou uma foto de si mesma no local do vídeo. Vestida com um vestido de cetim vermelho e "pingando diamantes", Carey foi fotografada deitada em um sofá.[31] Três dias antes do lançamento do vídeo, Carey lançou uma promoção ainda em sua conta oficial no Instagram.[32] Apresentando Mill de costas para a câmera, a palavra "TRIUMPHANT" foi aberta sobre seu manto dourado.[32] Outra foto apareceu mais tarde naquele dia, revelando a entrada do trio no auditório de boxe.[32] Julia Brokow, da MTV, descreveu Carey como uma mulher "sempre glamourosa", e assegurou que o vídeo não iria decepcionar. Depois de ver as fotos, Jocelyn Vena, também da MTV, sentiu o tema do vídeo como uma "metáfora adequada para a música".[33] O vídeo estreou no BET 106 & Park em 21 de agosto de 2012.[30]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Após sua estréia, o vídeo de da faixa foi geralmente bem recebido pela crítica. Bruna Nessif,do E! Entertainment Television elogiou o "corpo pós-bebê" de Carey, e escreveu: "A cantora fez questão de nos informar que seu retorno não é só no mundo da música, mas fisicamente também".[34] Tanner Stransky, da Entertainment Weekly, sentiu que o vídeo foi "muito apropriado" para vibração da música, e apresentou "um nível distinto da Fabulosity Mimi."[35] Um repórter do Daily Mail chamou o visual de "escaldante", e elogiou os momentos dos cantores no palco dourado como "brilhante" e "fabuloso".[36] David Lipshutz, do The Hollywood Reporter, descreveu o vídeo como um "clip chamativo".[37] Alem disso, ele informou o momento em que "Carey esta cantando enquanto chove confetes" como o destaque do vídeo.[37] Bill Lamb, do About.com descreveu o clipe como tinha sido "banhado em uma tonalidade de ouro", e achei estranho que "o foco em uma luta de boxe é geralmente os boxeadores... não a menina no ringue entre os intervalos dos rounds."[38] Observando o vídeo do "clássico modas Mimi", Jocelyn Vena, da MTV, durante o final da faixa, Carey está realmente ligada com a mensagem da canção de "superação de adversidades". Marc Hogan, da revista Spin, observou que "a aparência cinematográfica foi cara",[39] enquanto um escritor da CNN descreveu a cantora como "sempre glamourosa".[40]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Download Digital (iTunes Store Brasil)
N.º Título Duração
1. "Triumphant (Get 'Em) [feat. Rick Ross & Meek Mill]"   4:10
2. "Triumphant (Get 'Em) [feat. Rick Ross & Meek Mill]" (Explicit) 4:10

Desempenho nas Paradas[editar | editar código-fonte]