Butterfly (álbum de Mariah Carey)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
A página está num processo de expansão ou reestruturação.
Esta página atravessa um processo de expansão ou reestruturação. A informação presente poderá mudar rapidamente, podendo conter erros que estão a ser corrigidos. Todos estão convidados a contribuir e a editar esta página. Caso esta não tenha sido editada durante vários dias, retire esta marcação.

Esta página foi editada pela última vez por Wikipicles (D C) há 3 meses. (Recarregar)

Butterfly
Álbum de estúdio de Mariah Carey
Lançamento 11 de Setembro de 1997
Gravação Fevereiro - Agosto de 1997
Gênero(s) R&B, pop
Duração 57:10
Gravadora(s) Columbia Records
Produção Mariah Carey, Walter Afanasieff, Puff Daddy, Q-Tip, Stevie J, Trackmasters, Cory Rooney, David Morales
Cronologia de Mariah Carey
Último
Daydream
(1995)
#1's
(1998)
Próximo
Singles de Butterfly
  1. "Honey"
    Lançamento: 26 de Agosto de 1997
  2. "Butterfly"
    Lançamento: 1 de Dezembro de 1997
  3. "Breakdown"
    Lançamento: 24 de Março de 1998
  4. "My All"
    Lançamento: 21 de Abril de 1998
  5. "The Roof (Back in Time)"
    Lançamento: 28 de Julho de 1998
Capa da versão em vinil

Butterfly é o sexto álbum de estúdio da cantora e compositora norte-americana Mariah Carey, lançado em 16 de setembro de 1997 pela Columbia Records. O álbum apresenta sons como hip-hop e R&B, assim como algumas melodias mais suaves e mais contemporâneas. Ao longo do projeto, Carey trabalhou com Walter Afanasieff, com quem ela havia escrito e produzido a maioria do material de seus álbuns anteriores. Ela também trabalhou com muitos famosos produtores de hip-hop e rappers, como Sean "Puffy" Combs, Fareed Kamaal, Missy Elliott, Jean Claude Oliver e Samuel Barnes de Trackmasters. Este último produziu a maior parte do álbum. Butterfly desviou o som contemporâneo da obra mais antiga de Carey, e foi saudado como um álbum que define a década de 1990 da música pop e R&B.

Com Butterfly, Carey continuou a transição que começou com o álbum anterior, Daydream (1995), que a empurrou ainda mais para o mercado R&B e hip-hop. O álbum empurrou música em um som de R&B, levando-a longe do fundo contemporâneo pop de seu trabalho anterior. Durante seu casamento com Tommy Mottola, Carey tinha pouco controle sobre os passos criativo e artístico que eram tomados em seus álbuns, no entanto, após o divórcio e em meio a concepção do álbum, Carey foi capaz de refletir sua maturidade criativa e evolução na escrita e gravação do álbum. De acordo com o livreto de seu Décimo segundo álbum de estúdio, Memoirs of an Imperfect Angel, ela considerava Butterfly seu magnum opus e um ponto de virada sério, tanto na sua vida, quanto na sua carreira. Atualmente o álbum já vendeu mais de 18,8 milhões ao redor do mundo e ainda carece de muitas certificações.

Descrição[editar | editar código-fonte]

Mariah supreende mais uma vez ao lançar um álbum mais intimista, foi o primeiro álbum que trouxe ao público sua separação com Tommy Motolla, presidente de sua então gravadora, Sony Music. Produtores como The Trackmasters, Puff Daddy, Stevie J e Walter Afanasieff trabalharam no álbum que contêm letras e músicas com forte influência de hip-hop e R&B. Mariah passou a mostrar uma imagem mais sexy, tirando completamente a aparência de "boazinha" que mantinha nos seus álbuns anteriores, inclusive, o clipe do primeiro single do álbum, Honey foi uma dura crítica a seu ex-marido. Em uma entrevista ao MTV Overdrive a cantora afirmou que canções como "Babydoll", "Breakdown" e "The Roof" são algumas favoritas da cantora [1]

A cantora diz que a canção-título do álbum "Butterfly" era para ser uma música no estilo house. O resultado foi uma canção produzda por David Morales intitulada "Fly Away (Butterfly Reprise)", baseada da canção de Elton John chamada "Skyline Pigeon". Mariah decidiu transformar a canção em uma balada e a produziu juntamente com seu parceiro Walter Afanasieff. Em uma entrevista para a MTV em 1997, Mariah se refere ao álbum single My All/Stay Awhile como um de seus álbuns mais pessoais no qual mostra sua verdadeira personalidade (músicas como "Close My Eyes" que fala dos abusos que a cantora sofreu quando criança[2] e em "Outside" onde a cantora fala sobre "ser multi-racial e sentir-se como se fosse de outro planeta"). Quando se perguntou qual seria o seu álbum preferido ela respondeu Butterfly.[3]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Butterfly estreou na primeira colocação na parada Billboard 200 nos Estados Unidos, com mais de 236.000 cópias vendidas; permaneceu nesta posição por mais uma semana, no Top20 por vinte e uma semanas e na parada por cinquenta e cinco semanas (com mais de uma entrada). O álbum vendeu mais em sua décima quarta e décima quinta semana, com o ápice de 283 mil cópias. Foi certificado 5x platina pela RIAA e produziu dois compactos a atingirem a primeira posição na parada Billboard Hot 100: "Honey" e "My All". "Honey" se tornou o sexto compacto da cantora (e terceiro a estrear) em primeiro lugar nesta parada. O álbum também contêm alguns outros compactos que foram lançados promocionalmente como "Butterfly" e "Breakdown". "The Roof" e "Whenever You Call" foram lançados em alguns países selecionados.

O álbum recebeu certificação platina na Europa.[4]

A revista Rolling Stone descreveu Butterfly como um "álbum transitório" para a cantora, enquanto o Allmusic afirma que "este é um dos melhores álbuns da cantora, mostrando que ela pode continuar a melhorar e refinar sua música como poucos artistas dos anos 1990."[5]

Premiações[editar | editar código-fonte]

"Honey" foi indicada ao Grammy Awards em duas categorias, enquanto a canção "Butterfly" foi indicada para Melhor Vocal Pop Feminino. O álbum ganhou um certificado de ouro no Japão na categoria de Álbum Pop Internacional do ano. Por Butterfly a cantora ganhou um American Music Award na categoria Artista Feminina de R&Bem 1998. O álbum também recebeu da BMI na categoria "Compositor do Ano" prêmios para as músicas "Honey", "Butterfly" e "My All"..

Butterfly foi selecionado como um dos "1001 Álbuns que você deve ouvir antes de morrer".[6]

Lista das faixas[editar | editar código-fonte]

Edição padrão
N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Honey¹"   Mariah Carey, Sean Combs, Kamaal Fareed, Steven Jordan, Stephen Hague, Bobby Robinson, Ronald Larkins, Larry Price, Malcolm McLaren 5:02
2. "Butterfly"   Carey, Walter Afanasieff 4:35
3. "My All"   Carey, Afanasieff 3:52
4. "The Roof (Back in Time)²"   Carey, Jean Claude Oliver, Samuel Barnes, Cory Rooney, Albert Johnson, Kejuan Waliek Muchita 5:14
5. "Fourth of July"   Carey, Afanasieff 4:22
6. "Breakdown" (participação de Bone Thugs-n-Harmony) Carey, Anthony Henderson, Charles Scruggs, Stevie J. 4:44
7. "Babydoll"   Carey, Missy Elliott, Rooney, Stevie J. 5:07
8. "Close My Eyes"   Carey, Afanasieff 4:21
9. "Whenever You Call"   Carey, Afanasieff 4:21
10. "Fly Away (Butterfly Reprise)"   Carey, David Morales 3:49
11. "The Beautiful Ones (featuring Dru Hill)" (participação de Dru Hill) Prince 6:59
12. "Outside"   Carey, Afanasieff 4:46
Duração total:
57:10
Edição Internacional
N.º Título Compositor(es) Duração
13. "Honey" ((So So Def Radio Remix participação de Da Brat e JD)) Carey, Robinson, Hague, Larkins, Price, McLaren, Freddie Perren, Alphonzo Mizell, Berry Gordy, Dennis Lussier 3:59
14. "Honey" ((Def Club Mix)) Carey, Robinson 6:17

¹ Usa trechos e instrumentais de "Hey DJ" de "the World Famous Supreme Team" e "The Body Rock" de Treacherous Three
² Usa instrumental de "Shook Ones part II" de Mobb Deep

Posição nas Paradas[editar | editar código-fonte]

Parada Melhor
posição
Certificação Vendass/Fabricados
 Austrália - Albums Chart[7] 1 2× Platina 140.000[8]
 Áustria - Austrian Albums Chart[9] 5
 Bélgica - Flandres Albums Chart[10] 6 Ouro 125.000[11]
 Bélgica - Valônia Albums Chart[12] 2
 Canadá - Albums Chart[13] 1 1× Diamante 1.200.000[14]
 Países Baixos - Albums Chart[15] 1 Diamante 1,050.000[16]
União Europeia - Albums Chart[17] Platina 1.000.000[18]
 Finlândia - Albums Chart[19] 12
 França - Albums Chart[20] 6 2× Ouro 200.000[21]
 Alemanha - Albums Chart[22] 7
 Hong Kong - IFPI Platina 15.000[23]
 Hungria - Albums Chart[24] 20
 Itália - Albums Chart[25] 2 Platina 301.000[26]
 Japão - Albums Chart[27] 1 Diamante 2.000.000[27]
 México - Albums Chart[28] Platina 750.000[29]
 Nova Zelândia - Albums Chart[30] 4 Platina 150.000[31]
 Noruega - Albums Chart[32] 5
 Polónia - Albums Chart[33] Ouro 50.000[34]
Flag of Spain.svg Espanha - Albums Chart[35] 5 Diamante 2,100.000[36]
 Suécia - Albums Chart[37] 4
Suíça - Albums Chart[38] 3 Ouro 250,000
 Reino Unido - Albums Chart[39] 2 Diamante 1,350,000
 Estados Unidos Billboard 200[40] 1 9× Platina[41] 9,557,523

Referências

  1. http://www.mcarchives.com/news.asp?id=5489 MCarchives.com.
  2. Gardner, Elysa. "Hot again, Carey launches a summer tour". USA Today. 22 de Maio e 11 de Junho de 2006.
  3. http://www.mariahcarey.com Mariahcarey.com.
  4. "IFPI". IFPI. 2005-09-01. Consult. 26/09/2009. 
  5. Thomas, Stephen (1997-09-16). "http://www.allmusic.com/album/butterfly-r314312 Butterfly review". Allmusic.com. Consult. 26/09/2009.  Ligação externa em |title= (Ajuda)
  6. "001 Albums You Must Hear Before You Die". Rocklistmusic.co.uk. Consult. 26/09/2009. 
  7. "Australian Albums Chart". Ariacharts.com.au. 2009-09-21. Consult. 26/09/2009. 
  8. "ARIA". ARIA. Consult. 26/09/2009. 
  9. "Austrian Albums Chart". Oe3.orf.at. Consult. 26/09/2009. 
  10. "Flandres Albums Chart". Ultratop.be. Consult. 26/09/2009. 
  11. "IFPI Belgium". Ultratop.be. Consult. 26/09/2009. 
  12. "Wallonia Albums Chart". Ultratop.be. Consult. 26/09/2009. 
  13. "Canadian Albums Chart". Jam.canoe.ca. 2009-09-20. Consult. 26/09/2009. 
  14. "CRIA". Cria.ca. Consult. 26/09/2009. 
  15. Steffen Hung (2009-03-06). "Dutch Albums Chart". Dutchcharts.nl. Consult. 26/09/2009. 
  16. "NVPI". Nvpi.nl. Consult. 26/09/2009. 
  17. "European Albums Chart". Billboard.com. Consult. 26/09/2009. 
  18. "IFPI". IFPI. 2005-09-01. Consult. 26/09/2009. 
  19. Julkaistu Ke, 22/10/2008 - 21:40 (2008-10-22). "Finnish Albums Chart". Yle.fi. Consult. 26/09/2009. 
  20. "French Albums Chart". Chartsinfrance.net. Consult. 26/09/2009. 
  21. "SNEP". Disqueenfrance.com. Consult. 26/09/2009. 
  22. "German Albums Chart". Musicload.de. Consult. 26/09/2009. 
  23. IFPI Hong Kong.
  24. "Hungarian Albums Chart". Mahasz.hu. Consult. 26/09/2009. 
  25. Italian Albums Chart[ligação inativa].[ligação inativa].
  26. "FIMI". Fimi.it. Consult. 26/09/2009. 
  27. a b http://www.oricon.co.jp/rank/ea/w/
  28. "Mexican Albums Chart". Amprofon.com.mx. Consult. 26/09/2009. 
  29. "Amprofon". Amprofon. Consult. 26/09/2009. 
  30. "New Zealand Albums Chart". Rianz.org.nz. Consult. 26/09/2009. 
  31. "RIANZ". RIANZ. Consult. 26/09/2009. 
  32. "Norwegian Albums Chart". Ifpi.no. Consult. 26/09/2009. 
  33. "Polish Albums Chart". Olis.onyx.pl. Consult. 26/09/2009. 
  34. "ZPAV". Zpav.pl. 2000-10-23. Consult. 26/09/2009. 
  35. "Spanish Albums Chart". Promusicae.es. 2007-03-05. Consult. 26/09/2009. 
  36. "Promusicae". Promusicae.es. 2007-03-05. Consult. 26/09/2009. 
  37. "Swedish Albums Chart". Hitlistan.se. Consult. 26/09/2009. 
  38. Steffen Hung. "Swiss Albums Chart". Hitparade.ch. Consult. 26/09/2009. 
  39. www.devstars.com. "UK Albums Chart". Theofficialcharts.com. Consult. 26/09/2009. 
  40. "U.S. Albums Chart". Billboard.com. Consult. 26/09/2009. 
  41. "Gold & Platinum - September 26, 2009". RIAA. Consult. 26/09/2009.