Memoirs of an Imperfect Angel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2011). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Memoirs of an Imperfect Angel
Álbum de estúdio de Mariah Carey
Lançamento 25 de setembro de 2009 (2009-09-25)
Gravação 31 de janeiro—25 de agosto de 2009 (2009-08-25)[1]
Gênero(s)
Duração 58:01
Formato(s)
Gravadora(s) Island
Produção
Cronologia de Mariah Carey
E=MC²
(2008)
Merry Christmas II You
(2010)
Singles de Memoirs of an Imperfect Angel
  1. "Obsessed"
    Lançamento: 16 de junho de 2009 (2009-06-16)
  2. "I Want to Know What Love Is"
    Lançamento: 22 de setembro de 2009 (2009-09-22)
  3. "H.A.T.E.U."
    Lançamento: 23 de fevereiro de 2010 (2010-02-23)

Memoirs of an Imperfect Angel é o décimo-segundo álbum de estúdio da artista musical estadunidense Mariah Carey, lançado em 25 de setembro de 2009 sob distribuição da editora discográfica Island Records. Mariah começou a gravação do projeto em Janeiro de 2009, período que se estendeu por sete meses. Ao longo da produção e escrita do álbum, Mariah Carey trabalhou com The-Dream, Christopher "Tricky" Stewart e Randy Jackson, e compôs e produziu canções que logo depois foram descartadas junto com Jermaine Dupri e Timbaland. Memoirs of an Imperfect Angel é o primeiro álbum que não conteve participações de rappers desde Daydream (1995), e sendo tão profundo quanto Charmbracelet (2002).[2]

Mariah decidiu fazer um álbum que lembrasse o seu sexto álbum, Butterfly (1997), por ser o preferido dos seus fãs, e o considerar o seu magnum opus, no livro de Memoirs of an Imperfect Angel. A cantora disse que a razão do título do álbum era por ser bastante pessoal e dedicado aos seus fãs, e que cada canção teria seu próprio registro de uma história, acompanhada de "uma trilha sonora de rhythm and blues". Memoirs of an Imperfect Angel contém momentos cômicos, e tendo momentos introspectivos e profundos.[3] A estrutura musical do álbum é influenciada nas raízes R&B da cantora, e seus vocais são cantados finamente, e em algumas canções, seus vocais apresentam a inclusão do auto-tune, manipulando a sua voz.

Depois do seu lançamento, Memoirs of an Imperfect Angel recebeu avaliações geralmente positivas. Alguns críticos disseram que o álbum gerencia simplicidade e desordem de uma só vez, enquanto outros diziam que ele era um de seus álbuns mais sonoramente consistentes. Alguns também notaram a evolução das letras, em comparação ao seu álbum anterior. Comercialmente, o álbum foi um sucesso regular, ficando no top dez em cinco países, e nos primeiros cinco lugares em outros dois. Nos Estados Unidos, o álbum estreou na terceira posição da Billboard 200, vendendo 168,000 cópias na primeira semana. No fim de 2009, o álbum foi certificado disco de ouro, pela Recording Industry Association of America (RIAA).

Três canções do álbum foram lançadas como singles. "Obsessed", a primeira delas, atingiu a sétima posição na Billboard Hot 100, tendo estreado na décima-terceira posição, sua maior entrada desde Maio de 1998. O segundo single a partir do álbum, "I Want to Know What Love Is", atingiu a posição sessenta nos Estados Unidos, e "H.A.T.E.U.", o último single do álbum, foi a quinquagésima canção de Carey a entrar na Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs. Para a promoção do álbum, Carey apresentou as canções do álbum várias ocasiões, como America's Got Talent e The Oprah Winfrey Show, antes de embarcar na Angels Advocate Tour (2009-10), este álbum até o momento vendeu cerca de 3 milhões ao redor do mundo.

Antecedentes e produção[editar | editar código-fonte]

The-Dream, um dos produtores do álbum.

Em Janeiro de 2009, o produtor The-Dream disse que Mariah Carey já estava trabalhando em um novo álbum, declarando: "Acho que é apenas escrever um álbum que inclui o foco de todos os sucessos que ela já teve. Ela não pode ter uma perda; ela precisa fazer de tudo para estar no topo como sempre esteve. Então, basicamente estamos tentando fazer um álbum de maiores sucessos, sem utilizar os maiores sucessos."[4] No mesmo mês, Carey começou a gravar o álbum. Em Fevereiro do mesmo ano, o MySpace Music entrevistou novamente The-Dream, revelando que estava finalizando sete canções para o álbum de Carey.[5] A cantora revelou em Maio de 2009, que o título do álbum era Memoirs of an Imperfect Angel, por ser "bastante pessoal e dedicado aos seus fãs,"[6] e também declarando que "neste álbum ela se aprofundou completamente."[7] Em 16 de Junho, Mariah disse que iria ter grandes baladas neste álbum e completou dizendo que "estava tentando fazer de tudo para agradar quem ama o álbum Butterfly (1997), e outros álbuns antigos".[8][9][10][11] Em Agosto do mesmo ano, Carey terminou a gravação para o álbum.

Pela primeira vez em sua carreira, Carey trabalhou com o produtor de hip-hop e R&B, Timbaland. Eles trabalharam em um número de canções, e nenhuma delas entrou no álbum. Uma outra canção chamada "Imperfect", escrita por Carey idealizava uma pressura social em uma mulher "perfeita e olhar para um caminho certo", que também não entrou no alinhamento de faixas.[12] Em uma intrevista para BET, Carey disse que ela também havia trabalhado com Jermaine Dupri, no entanto, nenhuma de suas canções não entraram no alinhamento.[13] Apesar de o projeto ter sido escrito e produzido por Carey, Tricky Stewart e The-Dream, o objetivo principal era evitar ter um álbum "redundante ou ultrapassado".[12] Em uma entrevista para a revista Elle, Carey descreveu o som do álbum: "Cada canção tem sua própria uma fotografia de um momento ou história. Mas acima de tudo, uma história com trilha-sonora de R&B e hip-hop. [...] O álbum tem um senso de humor, [você pode me ouvir rindo alto em certos pontos], mas também há momentos profundos e introspectivos."[3] Ela diz que escolheu usar três imagens para a capa, porque "há muitas emoções e histórias diferentes reveladas neste álbum".[14]

Conceito e embalagem[editar | editar código-fonte]

Durante uma entrevista com o varejista de música Amazon.com, Carey revelou sua inspiração e motivação para o álbum. "Cada música conta sua própria história. Cada uma é como uma conversa íntima ou uma entrada em um diário particular. Muitas das músicas refletem momentos específicos e diferentes da minha vida, eventos reais que aconteceram comigo, alguns dos quais são do passado. Outros foram inspirados por filmes ou por um amigo meu que me contou sua história.[12] As pessoas podem ouvir e escolher certas músicas que significam algo para elas - especialmente as mulheres. É sobre o empoderamento das feminino e superar certas coisas. É divertido também. Tem um pouco de tudo para todos".[13]

A Amazon.com revelou que o lançamento físico do álbum viria como um softpack de 3 painéis em oposição ao invólucro de CD de plástico usual. Isto foi devido à inclusão de dois discos, o primeiro abrigou o álbum enquanto o segundo abrigou um CD melhorado com o clipe do single "Obsessed" e o vídeo de "Obsessed" (remix oficial com Gucci Mane) e três outros remixes. A embalagem inclui uma mini-revista de 34 páginas da Elle que dá uma visão detalhada exclusiva da vida e da carreira de Carey.[12] A mini-revista é misturada com letras e outros materiais tradicionais, bem como anúncios de alto nível para reduzir os custos de produção do encarte. Os folhetos com suporte de anúncios - disponíveis em formato digital para download - apareceram nas primeiras 1 milhão de cópias do CD nos EUA e dos primeiros 500 mil no exterior.[15]

Também foi revelado que uma versão de colecionador de edição limitada seria lançada em 20 de outubro de 2009. Possui o álbum e seu disco bônus em CDs padrão, LPs de vinil de edição limitada mais seis litografias raras, a edição limitada da Elle, uma banda de assinatura de borboleta e embalagem de caixa de colecionador com design exclusivo.[16]

Composição e músicas[editar | editar código-fonte]

Para Memoirs of an Imperfect Angel, Mariah Carey colaborou principalmente com a equipe do The-Dream e Tricky Stewart para composição e produção ao longo de todo o álbum.[17] Mariel Concepcion da Billboard apelidou o álbum como um disco de "grandes baladas e canções de R&B sobre o amor e desgosto,[18] enquanto ela mesma o rotulou como "um álbum de R&B e hip-hop com um monte de slow jam."[19] Liricamente, Sal Cinquemani da revista Slant, descreveu o álbum como um "disco de separação", com Mariah "chutando todos os tipos de homens para a calçada (basicamente o álbum inteiro)".[2] Jody Rosen da Rolling Stone, viu o álbum como "uma mistura de baladas e hinos atrevidos de de dissolução,"[20] enquanto Dan Gennoe escreveu que o foco do álbum é sobre "simpatizar sentimentalmente, doces e azedos, lágrimas, falta de amor e cinco oitavas de amor".[21]

Angels Advocate[editar | editar código-fonte]

Tricky Stewart revelou á revista Rap-Up, que havia planos para um álbum de remixes, a ser intitulado Angels Advocate. O álbum incluiria um remix de Stewart para "I Want to Know What Love Is", bem como o de "Obsessed", que apresenta Gucci Mane, e um de "Inseparable", com participação de Trey Songz.[22] Jermaine Dupri foi um dos vários novos produtores para o projeto e dirigiu o remix de "H.A.T.E.U.", que contém a amostra da canção "My Boo" dos DJs Ghost Town e contém versos de rap de Big Boi (membro do Outkast), Gucci Mane e OJ da Juiceman. Foi a primeira vez desde a versão remix feita por So So Def em 2006, para "Say Somethin'", que Carey gravou novos vocais para um.[23] Angels Advocate também traria novas versões das canções "Betcha Gon 'Know (The Prologue)",[24] e "Candy Bling", respectivamente apresentando R. Kelly e T-Pain. Este último também traz uma amostra da melodia de "Blame It", por Jamie Foxx.[25]

Carey também planejou uma colaboração com o Westlife, que seria exclusivamente para a versão britânica do álbum, e teria um futuro lançamento como single.[26] Ao longo do desenvolvimento do projeto, Carey atualizava seus fãs regularmente, através de seu Twitter. Ela afirmou que haveria várias faixas inéditas de Memoirs of an Imperfect Angel, incluindo uma canção resultada da colaboração de Dupri e várias canções trabalhadas com Timbaland.[27] Swizz Beatz também foi ligado a várias produções para o projeto.[28] O Yahoo! Music ligou Snoop Dogg e Fabolous para remixes.[29] Finalmente, um comunicado de imprensa também confirmou contribuições de Mary J. Blige em "It's a Wrap", The-Dream e Ludacris em "Ribbon",[30] Akon, K-Ci & Jojo.[31]

Cancelamento[editar | editar código-fonte]

Angels Advocate seria lançado em 29 de Marco de 2010 na Polônia e nas Filipinas,[32][33][34] e em 30 de Março nos Estados Unidos.[31] 31 de Março no Japão nas edições padrão e deluxe,[35] Se tivesse sido lançado, teria sido décimo terceiro álbum de estúdio de Carey depois de Memoirs of an Imperfect Angel, e o segundo álbum de remixes desde The Remixes (2003). No entanto, a revista Rap-Up, a HMV Japan,[35] e Chris Lighty, o gerente de Carey, confirmaram o cancelamento devido ao desempenho abaixo do esperado de Memoirs of an Imperfect Angel.[36][37] O álbum havia sido programado como um lançamento exclusivo da loja virtual iTunes e das lojas Target nos Estados Unidos, antes do cancelamento. O álbum MC vs JS, que estava programado para ser lançado na mesma época,[38] também foi posteriormente cancelado. Após o cancelamento de ambos os álbuns, foi anunciado que Carey se voltaria para a gravação de um novo álbum de estúdio a partir do zero, que seria produzido por Jermaine Dupri e Bryan-Michael Cox.[39][40] Foi mais tarde que era o segundo álbum de natal de Carey, intitulado Merry Christmas II You, que foi lançado em Novembro de 2010.[41]

Divulgação[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Angels Advocate Tour
Carey durante o Live At the Pearl, em 2009

A primeira apresentação de uma das faixas de Memoirs of an Imperfect Angel foi a de "Obsessed", em 2 de agosto de 2009, no America's Got Talent, com o episódio indo ao ar em 5 de Agosto de 2009. O álbum foi inicialmente adiado de 25 de agosto para 15 de setembro para que mais gravações no estúdio pudessem acontecer, mas foi então revelado que o álbum seria adiado mais uma vez para 29 de setembro de 2009, com toda a promoção sendo adiada para que Carey pudesse dar os toques finais ao álbum.[42] Como na maioria dos lançamentos anteriores, o álbum foi lançado vários dias antes em territórios/mercados internacionais. Desde então, o lançamento no Reino Unido foi adiado de 24 de agosto para 14 de setembro, depois para 5 de outubro e, finalmente, para 16 de novembro. O jornal britânico The Daily Mirror, deu uma prévia de seis faixas do álbum, sendo "Obsessed", "Standing O", "Candy Bling", "HATEU" (que significa "Having A Typical Emotional Upset"),[43] "Impossible" e um cover de "I Want to Know What Love Is" de Foreigner.[44] As reproduções de mídia dessas seis faixas foram realizadas em Tóquio, Hong Kong, Londres e Berlim em agosto de 2009.[45]

Posteriormente, em Setembro, Carey começou a atuar em seu Live At the Pearl, em Las Vegas nos dias 10 e 11 de Setembro, e onde ela cantou "Obsessed" e "I Want to Know What Love Is" e lançando duas outras canções do álbum, "Angels Cry" e "Up Out My Face". Carey fez uma aparição no The Oprah Winfrey Show em 18 de Setembro, onde ela deu uma entrevista com seu marido Nick Cannon, e cantou "I Want to Know What Love Is". Carey retomou seu Live At the Pearl, em 9 e 10 de Outubro, desta vez mudando a setlist e executando canções que ela não havia executado ao vivo nos anos 2000. Carey também apresentou "H.A.T.E.U.", a fim de divulgá-lo como o terceiro single do álbum.[46] Em 5 de outubro, Carey fez um concerto para os vencedores do concurso no PC Richard Theatre em TriBeCa, Nova York, onde ela cantou "Obsessed", "HATEU" e "I Want to Know What Love Is" do álbum. Além disso, ela cantou "Always Be My Baby" e "We Belong Together".[47]

Carey cantou "I Want To Know What Love Is" no X Factor Itália, em 11 de Novembro de 2009, e dois dias depois, cantou "H.A.T.E.U." no Late Show with David Letterman.[48] No Reino Unido, ela apareceu no Mariah Carey: T4 Especial, onde ela foi entrevistada, seguida de uma apresentação.[49] Em 14 de Novembro de 2009, gravou uma apresentação de "I Want to Know What Love Is" que foi ao ar em 22 de Novembro no The X Factor.[50] Em 19 de Novembro, ela foi entrevistada e executada no primeiro programa da segunda série Chatty Man de Alan Carr, e ligou as luzes de Natal no shopping Westfield, em Londres.[51] Posteriormente, apareceu no GMTV com Lorraine Kelly para uma nova entrevista do primeiro single no Reino Unido, "I Want to Know What Love Is".[52] Para a promoção do álbum, Carey fez uma apresentação em 31 de Dezembro de 2009, no Madison Square Garden, antes de embarcar na Angels Advocate Tour. A turnê durou nove meses, passando pela América do Norte, América do Sul, Ásia e África.[53][54][55]

Singles[editar | editar código-fonte]

"Obsessed", o primeiro single do álbum, foi lançado em 16 de Junho de 2009, Foi lançado para download digital em 6 de julho de 2009. Estreando no décimo primeiro lugar na Billboard Hot 100, se tornando a sua maior estreia desde maio de 1998. Conseguiu a sétima posição se tornando o vigésimo sétimo compacto da cantora a atingir a lista dos dez mais na lista, se tornando a segunda artista feminina a conseguir tal feito.[56] "Obsessed" conseguiu chegar ao top 10 na Itália, Japão, França e Estados Unidos e top 20 no Reino Unido, Canadá, e Austrália.[57] Somente nos Estados Unidos, a canção vendeu mais de um milhão e meio de downloads digitais apenas e adquiriu uma audiência nas rádios superior a 2 bilhões.[58] "I Want to Know What Love Is", foi anunciada como segundo single do álbum.[59] A canção estreou nas rádios europeias no dia 28 de Agosto,[60] e nas rádios americanas no dia 14 de Setembro de 2009. Foi lançado no iTunes em 22 de setembro de 2009. A música não conseguiu subir mais do que a número 60 na Billboard Hot 100 apesar de ter sido bem sucedida na rádio Adult Contemporary, alcançando o 10º lugar no gráfico. A música foi mais bem sucedida na Europa. Ele entrou no número 6 na França e se tornou a mais alta versão da canção lá, e alcançou o número 16 na European Hot 100. Também alcançou o pico de 3 no Japão e número 1 no Brasil por 27 semanas consecutivas.[61] "H.A.T.E.U.", foi o terceiro single do álbum.[62] Graças a "H.A.T.E.U.", Carey tornou-se uma entre 5 mulheres a ter 50 hits na tabela da Billboard Hot R&B/Hip-Hop Songs.[63]

Singles de Angels Advocate[editar | editar código-fonte]

"Up Out My Face" com a participação de Nicki Minaj, serviu de um dos dois primeiros singles de Angels Advocate. Foi lançada em 26 de janeiro de 2010 através do Vevo Atingiu a posição 152 na Coreia,[64] a centésima posição na Billboard Hot 100 e a posição 39 na Billboard Hot R&B/Hip Hop Songs.[65] "Angels Cry", com a participação de Ne-Yo, foi lançada em 22 de fevereiro de 2010.[66] Atingiu a trigésima posição na Billboard Hot Adult Contemporary Songs, e assim esta foi a segunda vez que Carey obteve duas canções do mesmo álbum a entrar nesta parada (sendo "I Want to Know What Love Is" a outra canção).[67]

Outras canções[editar | editar código-fonte]

"Betcha Gon' Know (The Prologue)" entrou na parada Billboard Hot Digital Songs na posição sessenta e seis, ao vender 22000 cópias digitais. Até agora, a canção atingiu a posição cento e um nos Estados Unidos, e vendeu 71000 cópias.[68][69] A versão original de "Angels Cry" atingiu a posição 77 na Korean International Singles.[70]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Análise da crítica[editar | editar código-fonte]

Críticas profissionais
Avaliações da crítica
Fonte Avaliação
Allmusic 3.5 de 5 estrelas.[71]
The A.V. Club (B-)[72]
The Boston Globe (positiva)[73]
Entertainment Weekly (B)[74]
The Guardian 4 de 5 estrelas.[75]
Los Angeles Times 3 de 4 estrelas.[76]
NME (5/10)[77]
The New York Times (mista)[78]
Newsday (C)[79]
Rolling Stone 3.5 de 5 estrelas.[80]

Memoirs of an Imperfect Angel recebeu críticas geralmente favoráveis dos críticos musicais. De acordo com o Metacritic, ele recebeu uma pontuação média de 69 pontos de 100, indicando opiniões geralmente favoráveis, melhores do que seus álbuns anteriores The Emancipation of Mimi (2005) e E=MC² "(2008).[81][82] O Allmusic deu ao álbum três estrelas e meia de cinco, e disse que o álbum era "o álbum [de Carey] mais interessante em uma década", comentando que "Mesmo que não atinga a confissão autobiográfica do título, não há como negar que ele é um álbum, não uma coletânea de faixas, possuindo seu próprio fluxo e humor, o que lhe confere uma personalidade que faltava em E=MC²".[83] O The A.V. Club também deu ao álbum uma revisão positiva, avaliando como B-, comentando, "O time de produção com Carey é sagaz: Stewart e Nash perderam a diva que às vezes transbordava nas gravações [...] Memoirs of an Imperfect Angel é mais um álbum pirotécnico: seu fluxo e sua melodia e; embora a cantora tenha dado acrobacias vocais aparentes, sua laticidade sutil de transbordar o voo em calmaria e força com sua voz."[84]

Uma análise mista veio da revista Slant, em que o crítico musical Sal Cinquemani chamou o álbum de "um de seus mais sonoramente consistentes". No entanto, achou o álbum "sem alma", ele observou que a semelhança fonética das faixas levou à produção a soar "barata e mais do mesmo, sem a plenitude de seu melhor trabalho". Ele continua: "Mariah está com uma voz fina em todo o álbum, e há uma abundância de momentos inspirados a serem encontrados [...] E alguém tem uma explicação boa do porquê ela está usando auto-tune em sua voz? Para não mencionar estas "memórias" não revelam muito sobre a cantora na voz em si".[2] Leah Greenblatt, do Entertainment Weekly deu uma nota B para Memoirs of an Imperfect Angel, observando que o álbum não impressiona nem decepciona, mas é apenas satisfatório: "imperfeições estão longe de ser encontradas em Memoirs of an Imperfect Angel, mas também não são muitas revelações verdadeiras".[85]

Jon Caramanica do The New York Times deu ao álbum uma revisão mista, escrevendo que o álbum "gerencia simplicidade e desordem de uma só vez", e "quando Mariah Carey exatamente parou de cantar? Quando ela começou a flertar com o hip-hop na metade dos anos 90 estava colocando sua voz em um Titanic. E não importa o quanto a sua voz se tornará insuportável, ela começa a usar técnicas para driblá-la. [...] O décimo segundo álbum da senhora Carey traz simplicidade."[86] Uma análise positiva veio do crítico da revista Billboard Mariel Concepcion, que escreveu que "Mariah Carey não é apenas revisitando seu passado em aparência, mas ela também está levando seu som de volta para suas raízes R&B [...] A cantora deixou para trás melodias e letras juvenis de seu álbum anterior, por grandes baladas influenciadas no R&B com letras sobre amor e traição, sendo mais coesivas e apropriadas a sua idade".[87]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

Carey em apresentação durante o Live at the Pearl, em 2009

Memoirs of an Imperfect Angel teve sua estreia debutando na terceira posição da Billboard 200, vendendo 168,000 unidades em sua primeira semana.[88] O álbum foi certificado como disco de ouro em 14 de Dezembro de 2009 pela Recording Industry Association of America (RIAA), por suas vendas de meio milhão de cópias.[89] O álbum atingiu a primeira posição na Billboard R&B/Hip-Hip Albums.[90] No Canadá, o álbum debutou na quinta posição no Canadian Albums Chart.[90] O álbum atingiu a posição 101 na parada de fim de ano de 2009 na Billboard 200.[91] Memoirs of an Imperfect Angel re-entrou na Billboard 200 em 20 de Novembro de 2010 na posição 88. No Reino Unido, o álbum atingiu apenas a vigésima-terceira posição na UK Albums Chart.[92] O álbum foi certificado disco de prata, por ter vendido 60 mil unidades na semana de estréia,[93] e ainda atingiu a oitava posição na UK R&B Albums Chart.[94] Na Oceania, o álbum atingiu a vigésima-quinta posição na New Zealand Albums Chart,[95] e a sexta posição na Australian Albums Chart.[95]

Memoirs of an Imperfect Angel atingiu a vigésima-sétima posição na German Albums Chart,[96] e ficou na trigésima nona colocação no Austrian Albums Chart.[95] Na Bélgica, Memoirs of an Imperfect Angel atingiu a quadragésima-quarta posição em Flandres, e a vigésima-quarta na Valônia.[95] Além disso, o álbum consegui ficar na quinta colocação na Danish Albums Chart, um dos melhores desempenhos do álbum.[95] Nos Países Baixos, o álbum atingiu a vigésima-sexta posição,[95] e na French Albums Chart, a décima colocação.[95] Na Hungria, Memoirs of an Imperfect Angel conseguiu ficar na trigésima-segunda posição na Hungarian Albums Chart,[97] e na Itália, o álbum atingiu a décima-sétima colocação na Italian Albums Chart.[95] Memoirs of an Imperfect Angel também conseguiu a quinta colocação na Danish Albums Chart, da Dinamarca,[95] e a posição vinte e sete na República Checa.[98] O álbum conseguiu a décima oitava colocação na Swiss Albums Chart, e a quadragésima quarta, na Swedish Albums Chart.[95]

Na Coreia do Sul, o álbum foi certificado disco de platina pela International Federation of the Phonographic Industry (IFPI).[99] No Japão, o álbum atingiu a nona colocação,[100] e na Mexican Albums Chart, do México, conseguiu atingir a colocação quarenta e nove.[95] No Brasil, Memoirs of an Imperfect Angel foi certificado disco de platina pela Associação Brasileira de Produção de Discos (ABPD).[101] De acordo com a gravadora de Carey, The Island Def Jam Music Group, o álbum já vendeu 3 milhões de cópias.[102]

Lista de faixas[editar | editar código-fonte]

N.º TítuloCompositor(es)Produtor(es) Duração
1. "Betcha Gon' Know (The Prologue)"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Wright
4:00
2. "Obsessed"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
4:02
3. "H.A.T.E.U."  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
4:28
4. "Candy Bling"  
  • Carey
  • Nash
  • Los da Mystro
4:03
5. "Ribbon"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
4:21
6. "Inseparable"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
3:34
7. "Standing O"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
4:00
8. "It's a Wrap"  
  • Carey
  • Heatmyzer
  • Stewart
  • Wright
3:59
9. "Up Out My Face"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
3:41
10. "Up Out My Face (The Reprise)"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
0:51
11. "More Than Just Friends"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
3:37
12. "The Impossible"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
4:00
13. "The Impossible (The Reprise)"  
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
  • Brown
  • DeGrate
  • Carey
  • Stewart
  • Nash
2:26
14. "Angel (The Prelude)"  
  • Carey
  • Stewart
  • Wright
  • Carey
  • Stewart
  • Wright
1:04
15. "Angels Cry"  
  • Carey
  • Stewart
  • Crystal Johnson
  • Wright
  • Carey
  • Stewart
  • Wright
4:02
16. "Languishing (The Interlude)"  
  • Carey
  • Wright
  • Carey
  • Wright
2:34
17. "I Want to Know What Love Is"  Mick Jones
3:27

Exemplos de créditos

  • "Candy Bling" contém uma amostra de "Back in the Day", escrita por Ahmad Lewis, Stefan Gordy e John Klemmer.
  • "Inseparable" contem interpolações de "Time After Time", escrita por Robert Hyman e Cyndi Lauper.
  • "It's a Wrap" contem interpolações de "I Belong to You" de The Love Unlimited Orchestra, escrita por Barry White.
  • "More Than Just Friends" contém uma amostra de "[[One More Chance (canção de The Notorious B.I.G.)|One More Chance" / "Stay with Me (Remix)", escrita por Sean Combs, Chris Wallace, Rashad Smith, Mark DeBarge e Etterlene Jordan.
  • "The Impossible" e "The Impossible (The Reprise)" contem interpolações de "Forever My Lady" escrita por Albert Brown e Donald DeGrate.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Créditos adaptados do site Allmusic.[105]

Desempenho nas paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Vendas e certificações[editar | editar código-fonte]

Região Certificação Vendas
Brasil (Pro-Música Brasil)[134] Ouro 30,000*
Estados Unidos (RIAA)[135] Ouro 555,000[136]
Reino Unido (BPI)[137] Prata 60,000

*números de vendas baseados somente em certificação
^números de distribuições baseados somente em certificação

Histórico de lançamento[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora Catálogo
Hong Kong[138] 28 de setembro de 2009 Edição padrão (CD, download digital) Universal Music 2720462
Filipinas[139] MCA Music
Estados Unidos[42] 29 de setembro de 2009 Island Records 602527133652
Taiwan[140] Universal Music 2720462
Dinamarca[141] 30 de setembro de 2009 060252720462
Finlândia[142]
Suécia[143]
Países Baixos[144] 2 de outubro de 2009
Noruega[145]
Alemanha[146]
Itália[147]
Austrália[148]
Japão[149] 3 de outubro de 2009 UICL9079
França[150] 5 de outubro de 2009 060252720462
Brasil[151] 24 de Outubro de 2009 602527205489
Estados Unidos[16][152] 27 de outubro de 2009 Edição para colecionadores (box set) Island Records 602527142166
Polônia[153] 3 de novembro de 2009 Edição padrão (CD, download digital) Universal Music 060252720462
Reino Unido 22 de Novembro de 2009[154] Edição padrão (download digital) Mercury Records 060252715927
23 de novembro de 2009 Edição padrão (CD) 060252721461[155]
Irlanda[156] 060252720462

Referências

  1. «Twitter / Mariah Carey: Yea.and hey. I'm finally back». Consultado em 8 de fevereiro de 2009 – via Twitter 
  2. a b c «Mariah Carey: Memoirs of an Imperfect Angel | Music Review». Slant Magazine. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  3. a b Elle Magazine, Mariah, 9-9-2009
  4. «MTV: Carey Works with Nick Cannon & The-Dream». interview. Consultado em 8 de janeiro de 2009 
  5. «MySpace Music: Interview with The-Dream». interview. Consultado em 8 de fevereiro de 2009. Arquivado do original em 15 de fevereiro de 2009 
  6. «Twitter / Mariah Carey: Bcuz I Love U, I want u to». Consultado em 7 de setembro de 2009 – via Twitter 
  7. «Twitter / Mariah Carey: Seriously, this is one of» – via Twitter 
  8. «Twitter / Mariah Carey: I know everyone has their». Consultado em 7 de setembro de 2009 – via Twitter 
  9. «Twitter / Mariah Carey: So"Obsessed" is an uptempo». Consultado em 7 de setembro de 2009 – via Twitter 
  10. «Twitter / Mariah Carey: .. For all who love Butte». Consultado em 7 de setembro de 2009 – via Twitter 
  11. «EXCLUSIVE: Mariah Carey Talks Obsessed And New Album | BET.com». BET.com<!. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  12. a b c d Amazon.com: Memoirs of an Imperfect Angel. Amazon.com. Retrieved September 3, 2009.
  13. a b «EXCLUSIVE: Mariah Carey Talks Obsessed And New Album | INTERVIEW | Music». BET.com. 27 de julho de 2009. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  14. «Twitter / Mariah Carey: The reason I chose to use». Consultado em 7 de setembro de 2009 – via Twitter 
  15. Kaufman, Gil. «Mariah Carey's Memoirs of an Imperfect Angel To Feature Ads – News Story | MTV News». mtv.com. MTV. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  16. a b «Memoirs of an Imperfect Angel (CD + 2 LPs): Mariah Carey: Music». Amazon.com. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  17. Lamb, Bill. «Mariah Carey - Memoirs of an Imperfect Angel». About.com. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  18. «Memoirs of an Imperfect Angel». Billboard. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  19. «Mariah Carey Memoirs of an Imperfect Angel: Plugged In». Plugged In. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  20. Rosen, Jody (September 28, 2009). "Memoirs of an Imperfect Angel : Mariah Carey : Review". Rolling Stone.
  21. Gennoe, Dan. «Mariah Carey - Memoirs Of An Imperfect Angel - Yahoo! Music». Yahoo! Music. Consultado em 7 de setembro de 2009 
  22. «Mariah Carey Enlists Trey Songz for Remix Album». Rap-Up. Rap-Up.com. 6 de outubro de 2009. Consultado em 14 de maio de 2010 
  23. «New Music: Mariah Carey f/ OJ Da Juiceman, Big Boi, & Gucci Mane- 'H.A.T.E.U. (Remix)'». Rap-Up. Rap-Up.com. 8 de outubro de 2009. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  24. «Mariah Carey Preps 'Memoirs' Features Album, R. Kelly on Board». Rap-Up. Rap-Up.com. 20 de outubro de 2009. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  25. «New Music: Mariah Carey f/ T-Pain – 'Candy Bling (Remix)'». Rap-Up. Rap-Up.com. 12 de outubro de 2009. Consultado em 16 de outubro de 2009 
  26. Wightman, Catriona (22 de novembro de 2009). «Carey, Westlife to collaborate again?». Digital Spy. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  27. Carey, Mariah (5 de dezembro de 2009). «Listening to the real remix record..SEVERAL unheard tracks! "All I really want is your intimacy" Ntt if you can! : ) LYM Smooches!». Twitter. Twitter.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  28. RTT Staff Writer (9 de dezembro de 2009). «Mariah Carey Releases "H.A.T.E.U." Video». RTT News. Rttnews.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  29. «Music News - The latest music news and gossip from Yahoo! Music UK & Ireland». Uk.news.launch.yahoo.com. 29 de janeiro de 2010. Consultado em 18 de março de 2010 
  30. «New Music: Mariah Carey f/ The-Dream & Ludacris – 'Ribbon (Remix)'». Rap-Up.com. Consultado em 18 de março de 2010 
  31. a b Island Def Jam Music Group (28 de janeiro de 2010). «Mariah Carey Releases Newly Remixed Album of Duets - ANGELS ADVOCATE - March 30th on Island Records». PR Newswire. United Business Co. Consultado em 28 de janeiro de 2010 
  32. «Mariah Carey chce z Woodym Allenem na». Emuzyka.pl. Consultado em 18 de março de 2010 
  33. «Mariah Carey chce z Woodym Allenem - Film - WP.PL». Film. Consultado em 18 de março de 2010 
  34. «\\'Angels Advocate\\' gets local release date - Mariah Carey Philippines». Mcareyph.com. 26 de janeiro de 2010. Consultado em 18 de março de 2010 [ligação inativa] 
  35. a b «Mariah Carey». Universal-music.co.jp. Consultado em 18 de março de 2010 
  36. «MariahDaily». Mariahjournal.com. Consultado em 28 de março de 2010. Arquivado do original em 18 de junho de 2012 
  37. «Music - News - Mariah Carey's album 'cancelled'». Digital Spy. 22 de março de 2010. Consultado em 28 de março de 2010 
  38. http://www.allheadlinenews.com/articles/7017522783
  39. http://www.mariahjournal.com/memoirsremix.shtm[ligação inativa]
  40. http://bossip.com/235581/jesus-take-the-wheel-mariah-carey-may-have-a-chance-to-save-her-career/
  41. http://www.rap-up.com/2010/09/01/exclusive-mariah-carey-christmas-album-title-release-date-revealed/
  42. a b «Mariah Carey Online: Reveals Official Release Date». Mariahcarey.com. Consultado em 16 de outubro de 2009 
  43. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.bio». Mariahcarey.com. Consultado em 16 de outubro de 2009 
  44. «Mariah Carey goes karaoke – mirror.co.uk». Daily Mirror. Consultado em 16 de outubro de 2009 
  45. «Pete Lewis Attends Memoirs of an Imperfect Angel Playback». Blues & Soul. Consultado em 16 de outubro de 2009 
  46. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.news». Mariahcarey.com. Consultado em 16 de outubro de 2009. Arquivado do original em 21 de abril de 2012 
  47. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.news». Mariahcarey.com 
  48. http://www.vxv.com/video/USWVvikK0gd8/mariah-carey-h-a-t-e-u-live-at-the-late-show-with-david-letterman-13-11-2009.html[ligação inativa]
  49. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.news». Mariahcarey.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 21 de abril de 2012 
  50. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.news». Mariahcarey.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 21 de abril de 2012 
  51. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.news». Mariahcarey.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 21 de abril de 2012 
  52. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.news». Mariahcarey.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 21 de abril de 2012 
  53. Kaufman, Gil (11 de dezembro de 2009). «Mariah Carey Announces Dates For Angels Advocate Tour». MTV News. MTV Networks. Consultado em 15 de dezembro de 2009 
  54. «Cópia arquivada». Consultado em 26 de dezembro de 2011. Arquivado do original em 14 de julho de 2011 
  55. http://www.mcarchives.com/news/spec.asp?id=9426[ligação inativa]
  56. Up for DiscussionPost Comment. «Chart Beat Thursday: Whitney Houston, Mariah Carey, Billie Holiday - Chart Beat». Billboard.com. Consultado em 22 de setembro de 2009 
  57. «ItalianCharts» 
  58. «Mediabase» 
  59. August 18, 2009  12:40 pm. «Mariah Carey bets on nostalgia, covering Foreigner | Pop & Hiss | Los Angeles Times». Latimesblogs.latimes.com. Consultado em 19 de agosto de 2009 
  60. «Mariah Carey "I Want To Know What Love Is" Goes to European Radio - She Hits It Out of the Park». Top40.about.com. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  61. «Título ainda não informado (favor adicionar)» 
  62. «Título ainda não informado (favor adicionar)». Arquivado do original em 9 de outubro de 2009 
  63. Billboard Chart Beat
  64. «Korean Internation Singles Chart (2010-02-28 to 2010-03-06.)». GAON Music Chart. 2010. Consultado em 11 de julho de 2010 
  65. Mariah Carey "Up Out My Face" at Billboard Retrieved: 2010-07-11.
  66. 7Digital[ligação inativa]
  67. Up for DiscussionPost Comment (14 de setembro de 2009). «Chart Beat Wednesday: Muse, Billy Currington, Mariah Carey - Chart Beat». Billboard.com. Consultado em 13 de março de 2010 
  68. «MariahDaily». Mariahjournal.com. Consultado em 11 de outubro de 2009. Arquivado do original em 18 de junho de 2012 
  69. «Título ainda não informado (favor adicionar)» 
  70. Korean International Singles Chart search: first week of 2010.. Acesso 2010-03-12.
  71. Bush, John. Memoirs of an Imperfect Angel - Review. Allmusic.com.
  72. Matos, Michaelangelo. «Mariah Carey: Memoirs Of An Imperfect Angel | Music | Review». The A.V. Club. Consultado em 28 de março de 2010 
  73. Reed, James (2009-09-29). On ‘Angel,’ Carey returns to glory of her R&B days. The Boston Globe. Boston.com.
  74. Greenblatt, Leah (2009-09-23). Memoirs of an Imperfect Angel - Music Review. Entertainment Weekly.
  75. Macpherson, Alex (2009-11-13). Mariah Carey: Memoirs of an Imperfect Angel. The Guardian.
  76. Powers, Ann (2009-09-25). Album review: Mariah Carey's 'Memoirs of an Imperfect Angel'. Los Angeles Times.
  77. «Mariah Carey - Album review: Mariah Carey - 'Memoirs Of An Imperfect Angel' - Album Reviews». Nme.Com. 17 de outubro de 2009. Consultado em 28 de março de 2010 
  78. Caramanica, Jon (2009-09-27). Critics’ Choice - New Releases From Mariah Carey, Miranda Lambert and Paramore - Review. The New York Times.
  79. Keyes, J. Edward (2009-09-28). Mariah Carey's imperfect 'Memoirs of an Imperfect Angel'. Newsday.
  80. Rosen, Jody (2009-09-28). Memoirs of an imperfect Angel : Mariah Carey : Review. Rolling Stone.
  81. «Memoirs Of An Imperfect Angel reviews at». Metacritic.com. 29 de setembro de 2009. Consultado em 3 de outubro de 2009 
  82. http://www.metacritic.com/search/process?sort=revelance&termtype=all&ts=mariah+carey&ty=2&button=search
  83. Thomas, Stephen (29 de setembro de 2009). «(((Memoirs of an Imperfect Angel > Review)))». allmusic. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  84. Matos, Michaelangelo (7 de outubro de 2009). «Mariah Carey: Memoirs Of An Imperfect Angel | Music». A.V. Club. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  85. Greenblatt, Leah. «Memoirs of an Imperfect Angel | Music Review | Entertainment Weekly». Ew.com. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  86. «Título ainda não informado (favor adicionar)» 
  87. «Memoirs Of An Imperfect Angel». Billboard.biz. 26 de setembro de 2009. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  88. http://www.billboard.com/#/news/barbra-streisand-surprises-with-ninth-no-1004019217.story
  89. «Gold & Platinum - January 27, 2010». RIAA. Consultado em 27 de janeiro de 2010 
  90. a b http://www.billboard.com/#/album/mariah-carey/memoirs-of-an-imperfect-angel/1272786
  91. http://www.billboard.com/#/charts-year-end/the-billboard-200?year=2009&begin=101&order=position
  92. Official Charts Company artist: Mariah Carey Retrieved: 2010-07-14.
  93. http://www.bpi.co.uk/certifiedawards/search.aspx
  94. «Chart Archive for UK R&B». Official Charts Company. 5 de dezembro de 2009. Consultado em 5 de maio de 2010 
  95. a b c d e f g h i j k «MARIAH CAREY - MEMOIRS OF AN IMPERFECT ANGEL (ALBUM)». Ultratop & Hung Medien. Consultado em 20 de agosto de 2010 
  96. musicline.de / PhonoNet GmbH. «Chartverfolgung - Carey, Mariah - Memoirs Of An Imperfect Angel». Musicline.de. Consultado em 16 de outubro de 2009 
  97. «Hungarian Albums Chart». Mahasz.hu. Consultado em 3 de dezembro de 2009 
  98. ds. «Čns Ifpi». Ifpicr.cz. Consultado em 11 de outubro de 2009 
  99. «Memoirs Goes Platinum In Korea». Mariahcarey.com. Consultado em 16 de outubro de 2009 
  100. «Official Site and Honey B. Fly Fan Club for Mariah Carey news.news». Mariahcarey.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 18 de junho de 2012 
  101. ABPD
  102. «Mariah Carey Completes Merry Christmas II You, Second Holiday Album From The Greatest Singer Of Our Time, Arriving November 2nd». The Island Def Jam Music Group. 20 de setembro de 2010. Consultado em 20 de setembro de 2010 
  103. «Memoirs of an imperfect Angel: Mariah Carey: Amazon.de: MP3-Downloads». Amazon.com. Consultado em 19 de junho de 2019 
  104. «Mariah Carey - Memoirs Of An Imperfect Angel (Regionální verze)|CD». jkfshop. Consultado em 19 de junho de 2019. Arquivado do original em |arquivourl= requer |arquivodata= (ajuda) 
  105. http://www.allmusic.com/album/memoirs-of-an-imperfect-angel-r1616570/credits
  106. Offiziellecharts.de – Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em alemão). GfK Entertainment. Consultado em October 15, 2015.
  107. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em inglês). Australiancharts.com. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  108. Mariah Carey - Memoirs of an Imperfect Angel (em alemão). Austriancharts.at. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  109. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em holandês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  110. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em francês). Ultratop.be. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  111. Mariah Carey Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Canadian Albums Chart para Mariah Carey. Prometheus Global Media. Consultado em October 15, 2015.
  112. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em dinamarquês). Danishcharts.com. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  113. 20091129 Top 40 Scottish Albums Archive | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em October 15, 2015.
  114. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em inglês). Spanishcharts.com. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  115. Mariah Carey Album & Song Chart History (em inglês). Billboard 200 para Mariah Carey. Prometheus Global Media. Consultado em October 15, 2015.
  116. Mariah Carey Album & Song Chart History (em inglês). Billboard Top R&B/Hip Hop Albums para Mariah Carey. Prometheus Global Media. Consultado em October 15, 2015.
  117. «Eurocharts». Billboard. Consultado em 5 de julho de 2019 
  118. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em francês). Lescharts.com. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  119. Archívum – Slágerlisták – MAHASZ – Magyar Hangfelvétel-kiadók Szövetsége (em húngaro). Mahasz.hu. LightMedia. Consultado em October 15, 2015.
  120. GFK Chart-Track (em inglês). Chart-Track.co.uk. GFK Chart-Track. IRMA. Consultado em 5 de julho de 2019.
  121. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em inglês). Italiancharts.com. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  122. «マライア・キャリーのアルバム売り上げランキング». Oricon (em Japanese). Consultado em 5 de julho de 2019 
  123. «Mariah Carey - Memoirs of an Imperfect Angel». australian-charts.com. Hung Medien. Consultado em 5 de julho de 2019 
  124. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em inglês). Charts.org.nz. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  125. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em holandês). Dutchcharts.nl. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  126. Mariah Carey | Artist | Official Charts (em inglês). UK Albums Chart. The Official Charts Company. Consultado em October 15, 2015.
  127. Official Rock & Metal Albums Chart Top 40 (em inglês). Official Charts Company. The Official Charts Company. Consultado em October 15, 2015.
  128. Top 50 Prodejní (em tcheco). Czech Albums. ČNS IFPI. Nota: Na página da tabela, selecione 200941 no campo além da palavra "Zobrazit", e, em seguida, clique sobre a palavra para recuperar os dados da tabela. Consultado em October 15, 2015.
  129. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em inglês). Swedishcharts.com. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  130. Mariah Carey – Memoirs of an Imperfect Angel (em inglês). Swisscharts.com. Hung Medien. Consultado em October 15, 2015.
  131. a b «2009 Year-end Charts» (PDF). Billboard. Consultado em 5 de julho de 2019 
  132. «2009: Altri Albums». Hit Parade Italia. Consultado em 5 de julho de 2019 
  133. «2010: Top R&B/Hip-Hop Albums». Billboard. Consultado em 5 de julho de 2019 
  134. «Certificações (Brasil) (álbum) – Mariah Carey – Memoirs of An Imperfect Angel». Associação Brasileira dos Produtores de Discos. Consultado em 8 de junho de 2017 
  135. «Certificações (Estados Unidos) (álbum) – Mariah Carey – Memoirs of An Imperfect Angel» (em inglês). Recording Industry Association of America. Consultado em 8 de junho de 2017  Se necessário, clique em Advanced, depois clique em Format, e seleccione Album, e clique em SEARCH.
  136. Hicklin, Aaron. «The Wit and Wisdom of Mariah Carey». The Guardian. Guardian Media Group. Consultado em 8 de junho de 2017 
  137. «Certificações (Reino Unido) (álbum) – Mariah Carey – Memoirs of An Imperfect Angel» (em inglês). British Phonographic Industry. Consultado em 8 de junho de 2017 
  138. «Mariah Carey - Memoirs of an imperfect angel [Itunes LP] (2009)». 12 de janeiro de 2010. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  139. «\\\\\\'Memoirs\\\\\\' available on Sept. 28 - Mariah Carey Philippines». Mcareyph.com. Consultado em 22 de setembro de 2009 [ligação inativa] 
  140. «環球音樂». Umusic.com.tw. Consultado em 3 de setembro de 2009 [ligação inativa] 
  141. «Memoirs Of An Imperfect Angel - Dlx - Carey Mariah - Musik - CDON.COM». Cdon.dk. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  142. «Memoirs Of An Imperfect Angel - Dlx - Carey Mariah - Musiikki - CDON.COM». Cdon.fi. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  143. «Memoirs Of An Imperfect Angel - Dlx - Carey Mariah - Musik - CDON.COM». Cdon.se. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  144. Steffen Hung. «Mariah Carey - Memoirs Of An Imperfect Angel». dutchcharts.nl. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  145. Steffen Hung. «Mariah Carey - Memoirs Of An Imperfect Angel». norwegiancharts.com. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  146. «Pop24 - Mariah Carey - Diskografie». Pop24.de. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  147. «Mariah Carey - Memoirs of an Imperfect Angel». Ibs.it. Consultado em 23 de setembro de 2009 
  148. «Memoirs Of An Imperfect Angel (Carey, Mariah): Music». Sanity.com.au. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  149. «Mariah Carey». Universal-music.co.jp. Consultado em 3 de outubro de 2009 
  150. «Memoirs of an imperfect angel - Edition collector : Mariah Carey en CD album : tous les disques à la Fnac». Musique.fnac.com. 17 de junho de 2009. Consultado em 3 de setembro de 2009 
  151. «MEMOIRS OF AN IMPERFECT ANGEL». Livrariacultura.com.br. Consultado em 3 de outubro de 2009 
  152. «Memoirs of an Imperfect Angel [Box Set], Mariah Carey, Music CD - Barnes & Noble». Music.barnesandnoble.com. 27 de outubro de 2009. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  153. «Mariah Carey Memoirs Of An Imperfect A». Sklep.smstep.pl. Consultado em 22 de dezembro de 2009. Arquivado do original em 18 de junho de 2012 
  154. «Memoirs Of An Imperfect Angel: Mariah Carey: Amazon.co.uk: MP3 Downloads». Amazon.co.uk. Consultado em 22 de dezembro de 2009 
  155. «Memoirs Of An Imperfect Angel (Softpack Version): Mariah Carey: Amazon.co.uk: Music». Amazon.co.uk. Consultado em 3 de outubro de 2009 
  156. «Memoirs Of An Imperfect Angel at Shop Ireland». Shopireland.ie. 23 de novembro de 2009. Consultado em 28 de março de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]