Torneio Rio-São Paulo de 1960

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Torneio Rio-São Paulo de 1960
Torneio Rio-São Paulo de 1960
Torneio Rio-São Paulo - Troféu.png
Dados
Participantes 10
Período 10 de março – 17 de abril
Gol(o)s Não disponível
Campeão Rio de Janeiro Fluminense
Vice-campeão Rio de Janeiro Botafogo
◄◄ Torneio Rio-São Paulo de 1959 Soccerball.svg Torneio Rio-São Paulo de 1961 ►►

O Torneio Rio-São Paulo de 1960 foi a 12ª edição do torneio. O campeão foi o Fluminense, que já havia conquistado esta competição invicto em 1957, e na conquista de 1960 teve apenas uma derrota,[1] tendo como vice campeão, o também clube carioca, Botafogo, e em terceiro os também cariocas, Flamengo e Vasco da Gama, além do paulistano Corinthians.

O Clássico Vovô terminou empatado em 2 a 2 perante 32.653 pagantes,[2] com Paulinho Valentim e Quarentinha fazendo os gols do Botafogo e Waldo fazendo os dois gols tricolores, resultado que foi fundamental para definir o título posteriormente em favor do Fluminense. Nessa partida, ao ver o zagueiro tricolor Pinheiro caído, o ponta-direita alvinegro Garrincha atirou a bola para fora de campo, para que o zagueiro do Fluminense pudesse receber assistência, inaugurando este gesto de fair-play, que passaria desde então a ser repetido nos campos do mundo, com o defensor tricolor Altair, tendo depois devolvido a bola para o Botafogo na cobrança do lateral.[3]

Os artilheiros desta edição foram Waldo do Fluminense e Quarentinha do Botafogo, com 11 gols cada um.[4]

O Fluminense fechou a década de 1950 como o melhor ataque do Torneio Rio-São Paulo em 1954, 1957 e 1960, assim como na Taça Brasil deste ano, tendo sido campeão ao vencer o Palmeiras por 1 a 0 na última rodada, perante 53.738 torcedores pagantes, com gol de Waldo.[5] Até então o Palmeiras disputava o título diretamente com o Fluminense, notadamente porque ainda teria dois jogos para realizar, tendo a sua partida anterior, contra o Corinthians, levado 65.243 pagantes na derrota por 1 a 0 no Pacaembu, sendo este o último jogo do Flu. Após a derrota para o Fluminense, perderia também para Botafogo e Vasco, vindo a terminar apenas na sexta colocação.[6]


Confrontos:


  AME BOT COR FLA FLU PAL POR SAN SPA VAS
America-RJ   1x2 5x1   1x4        
Botafogo 0x0           3x0 3x2  
Corinthians   1x1   1x2 1x0 2x1 2x1 0x0 1x1
Flamengo   3x1 3x1 2x1   0x3     1x0
Fluminense 1x1 2x2     1x0 1x0 4x2 7x2 3x2
Palmeiras   1x3   2x1   1x0 0x0 4x1  
Portuguesa 3x1 2x3             0x5
Santos 5x4     0x1     2x2    
São Paulo 2x1 1x1 1x0 1x1 1x2
Vasco 3x0 1x1       3x0   0x0  


Classificação final :


Time PG J V E D GP GC SG
1. Fluminense 14 9 6 2 1 22 12 10
2. Botafogo 12 9 4 4 1 17 12 5
3. Vasco da Gama 11 9 4 3 2 17 7 10
  Corinthians 11 9 4 3 2 11 10 1
  Flamengo 11 9 5 1 3 13 14 -1
6. Palmeiras 9 9 4 1 4 12 11 1
7. São Paulo 7 9 2 3 4 11 19 -8
8. Santos 6 9 1 4 4 11 17 -6
9. Portuguesa 5 9 2 1 6 11 16 -5
10. America-RJ 4 9 1 2 6 14 21 -7

Jogo do título[editar | editar código-fonte]

17 de abril de 1960
Fluminense Rio de Janeiro 1 – 0 São Paulo Palmeiras Maracanã, Rio de Janeiro
Público: 53.738 pags.
Árbitro: Catão Montez Jr.

Waldo Gol marcado aos 27 minutos de jogo 27'

Campeão[editar | editar código-fonte]

Torneio Rio-São Paulo de 1960
Bandeira do estado do Rio de Janeiro.svg
Fluminense
2º Título

Goleadas[editar | editar código-fonte]

* Vitórias com pelo menos quatro gols marcados e diferença de pelo menos três gols.[7]
5 gols de diferença.
Fluminense 7-2 São Paulo
Portuguesa 0-5 Vasco.
4 gols de diferença.
America 5-1 Flamengo.
3 gols de diferença.
America 1-4 Palmeiras.
Palmeiras 4-1 São Paulo.

Partidas com mais gols[editar | editar código-fonte]

9 gols.[8]
Fluminense 7-2 São Paulo.
Santos 5-4 America.
6 gols.
America 5-1 Flamengo.
Fluminense 4-2 Santos.
5 gols.
Portuguesa 0-5 Vasco.
America 1-4 Palmeiras.
Palmeiras 4-1 São Paulo.
Botafogo 3-2 São Paulo.
Fluminense 3-2 Vasco.

Maiores rendas[editar | editar código-fonte]

  • Maiores rendas, e os públicos desses jogos.[9]
  1. Corinthians 1-0 Palmeiras: Cr$ 4.237.850,00 - 65.243 pagantes.
  2. Palmeiras 4-1 São Paulo: Cr$ 2.273.850,00 - Não disponível.
  3. Fluminense 1-0 Palmeiras: Cr$ 2.087.956,00 - 53.738 pagantes.
  4. Fluminense 4-2 Santos: Cr$ 1.628.190,00 - 43.149 pagantes.
  5. Flamengo 2-1 Fluminense: Cr$ 1.620.918,00 - 49.965 pagantes.
  6. Corinthians 0-0 São Paulo: Cr$ 1.497.325,00 - Não disponível.
  7. Fluminense 3-2 Vasco: Cr$ 1.471.595,00 - 46.234 pagantes.
  8. Palmeiras 0-0 Santos: Cr$ 1.438.450,00 - 23.084 pagantes.
  9. Palmeiras 2-1 Flamengo: Cr$ 1.344.370,00 - Não disponível.
  10. Palmeiras 1-0 Portuguesa: Cr$ 1.329.800,00 - Não disponível.
  11. São Paulo 1-2 Vasco: Cr$ 1.317.670,00 - Não disponível.
  12. Corinthians 1-1 Vasco: 1.075.900,00 - Não disponível.
  13. Corinthians 2-1 Santos: Cr$ 1.036.325,00 - Não disponível.
  14. Corinthians 1-2 Fluminense: Cr$ 1.003.500,00 - Não disponível.
  15. Fluminense 2-2 Botafogo: Cr$ 956.286,00 - 32.653 pagantes.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Fluminense Football Club História, Conquistas e Glórias no Futebol, por Antônio Carlos Napoleão, Editora Mauad (2003).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro
São Paulo
Torneio Rio-São Paulo

1933 |1940 | 1950 | 1951 (Início) | 1951 | 1952 | 1953 | 1954 | 1955 | 1957 | 1958 | 1959 | 1960 | 1961 | 1962 | 1963 | 1964 | 1965 | 1966 | 1993 | 1997 | 1998 | 1999 | 2000 | 2001 | 2002