Saltar para o conteúdo

Torneio dos Campeões da CBF de 1982

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Torneio dos Campeões)
Torneio dos Campeões 1982
Dados gerais
Organização CBF
Edições 1
Local de disputa Brasil
Número de equipes 19
Sistema Grupos e eliminatórias
editar

O Torneio dos Campeões foi uma competição promovida pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF), em 1982, vencida pelo America do Rio de Janeiro.[1][2][3]

Disputado logo após a conclusão do Campeonato Brasileiro daquela temporada até os primeiros dias da Copa do Mundo FIFA de 1982.[1] Participariam todos os campeões e vices das principais competições nacionais oficiais já organizadas pela CBD ou CBF,[nota 1] Campeonato Brasileiro,[nota 2] Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata e Taça Brasil, também tendo-se o Torneio Rio-São Paulo, torneio antecessor do Robertão, como referência.[4][5]

Dado que o total de clubes somava dezessete, a CBF convidou o America do Rio, que havia disputado 15 edições dos referidos nacionais, além de 12 edições do Rio-SP.[4][5] Como o Flamengo (campeão brasileiro em 1980 e 1982) preferiu excursionar pelo exterior, abriu-se mais uma vaga, sendo utilizado o mesmo critério para uma preliminar: o Santa Cruz e o Paysandu, clubes com 14 e 16 participações nos torneios nacionais, respectivamente, disputaram uma partida em Recife. O clube pernambucano venceu e jogou a fase de grupos.[4][5]

Foi a única vez em que dois títulos nacionais foram vencidos por dois times do Rio de Janeiro no mesmo ano; o Campeonato Brasileiro de 1982 foi vencido, em 25 de abril, pelo Flamengo.

Em 1978, a antiga CBD havia feito um torneio entre os campeões do Campeonato Brasileiro a partir de 1971, a Copa dos Campeões do Brasil. Foi disputada por apenas 3 times.

Em 2021, o America, representado por Edu Coimbra e outros três dirigentes, pediu à CBF que o título fosse reconhecido como edição do Campeonato Brasileiro.[6] Em 2023, ao ser eleito presidente do Mecão, Romário afirmou ter interesse na unificação.[7]

Participantes

[editar | editar código-fonte]
Equipe Classificação
Rio de Janeiro America Participação em quinze torneios organizados pela CBD/CBF e doze edições do Torneio Rio–São Paulo
Minas Gerais Atlético Mineiro Campeão brasileiro em 1971[nota 3]
Bahia Bahia Campeão da Taça Brasil em 1959
Rio de Janeiro Botafogo Campeão da Taça Brasil em 1968
São Paulo Corinthians Vice-campeão brasileiro em 1976
Minas Gerais Cruzeiro Campeão da Taça Brasil em 1966
Rio de Janeiro Fluminense Campeão do Robertão em 1970
Ceará Fortaleza Vice-campeão da Taça Brasil em 1960 e 1968
Rio Grande do Sul Grêmio Campeão brasileiro em 1981
São Paulo Guarani Campeão brasileiro em 1978
Rio Grande do Sul Internacional Campeão brasileiro em 1975, 1976 e 1979
Pernambuco Náutico Vice-campeão da Taça Brasil em 1967
São Paulo Palmeiras Campeão da Taça Brasil em 1960 e 1967, do Robertão em 1967 e 1969, e brasileiro em 1972 e 1973
Pará Paysandu Participação em dezesseis torneios organizados pela CBD/CBF
São Paulo Portuguesa Campeã do Torneio Rio–São Paulo em 1952 e 1955
Pernambuco Santa Cruz Participação em quatorze torneios organizados pela CBD/CBF
São Paulo Santos Campeão da Taça Brasil em 1961, 1962, 1963, 1964 e 1965, e do Robertão de 1968
São Paulo São Paulo Campeão brasileiro em 1977
Rio de Janeiro Vasco da Gama Campeão brasileiro em 1974

Observação: a Taça Brasil e o Torneio Roberto Gomes Pedrosa/Taça de Prata foram unificados como Campeonato Brasileiro, em 2010, que até então tinha a edição de 1971 como primeira edição. Na tabela acima utiliza-se a separação vigente na época.

Superada a preliminar, os clubes foram divididos em quatro grupos, dois com cinco e dois com quatro, em sistema de ida e volta, classificando-se o campeão de cada um dos turnos em cada um dos grupos.[5] Os campeões de turno e returno do mesmo grupo enfrentar-se-iam nas quartas de final.[8] Em caso de empate, haveria uma prorrogação de trinta minutos e, caso necessário, disputa de pênaltis.[8] No mata-mata, apenas a final seria disputada em dois jogos.[8]

Fase preliminar

[editar | editar código-fonte]

Santa Cruz 1 x 0 Paysandu; data: 22 de abril de 1982.[9]

Fase de grupos

[editar | editar código-fonte]
Grupo A
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 Portuguesa 6 4 2 2 0 8 5 3 1 Fluminense 7 4 3 1 0 5 2 3
2 Corinthians 6 4 2 2 0 5 2 3 2 Portuguesa 5 4 1 3 0 5 3 2
3 Palmeiras 5 4 1 3 0 6 5 1 3 Palmeiras 5 4 2 1 1 2 1 1
4 Fluminense 2 4 1 0 3 3 5 -2 4 Corinthians 2 4 0 2 2 4 6 -2
5 Santa Cruz 1 4 0 1 3 3 8 -5 5 Santa Cruz 1 4 0 1 3 3 7 -4
Grupo B
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 São Paulo 7 4 3 1 0 3 0 3 1 Guarani 5 4 2 1 1 8 7 1
2 Guarani 4 4 2 0 2 6 5 1 2 São Paulo 5 4 2 1 1 3 2 1
3 Vasco da Gama 4 4 1 2 1 2 2 0 3 Santos 4 4 2 0 2 6 5 1
4 Botafogo 3 4 1 1 2 3 5 -2 4 Vasco da Gama 4 4 1 2 1 9 9 0
5 Santos 2 4 1 0 3 3 5 -2 5 Botafogo 2 4 0 2 2 5 8 -3
Grupo C
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 America-RJ 4 3 1 2 0 3 2 1 1 Atlético-MG 4 3 1 2 0 3 2 1
2 Atlético-MG 3 3 1 1 1 4 3 1 2 America-RJ 4 3 1 2 0 2 1 1
3 Cruzeiro 3 3 0 3 0 4 4 0 3 Grêmio 3 3 1 1 1 3 3 0
4 Grêmio 2 3 0 2 1 2 4 -2 4 Cruzeiro 1 3 0 1 2 1 3 -2
Grupo D
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 Internacional-RS 5 3 2 1 0 4 1 3 1 Bahia 5 3 2 1 0 4 2 2
2 Fortaleza 3 3 1 1 1 2 2 0 2 Fortaleza 4 3 1 2 0 6 4 2
3 Bahia 2 3 1 0 2 2 3 -1 3 Náutico 3 3 1 1 1 3 2 1
4 Náutico 2 3 0 2 1 2 3 -1 4 Internacional-RS 0 3 0 0 3 1 6 -5
  Quartas de final Semifinais Final
                             
  2tC  Atlético Mineiro 0  
1tC  America 1  
     America* 2  
     Portuguesa 2  
2tA  Fluminense 1
  1tA  Portuguesa 3  
       America 1 2
     Guarani 1 1
  1tD  Internacional 2  
2tD  Bahia 3  
     Bahia 0
     Guarani 1  
1tB  São Paulo 0
  2tB  Guarani 1  


*Nos pênaltis, America 4–3.

Nos jogos decisivos, o America empatou com o Guarani no Brinco de Ouro (1 a 1) e ganhou no Maracanã (2 a 1, com 1 a 1 no tempo normal e 1 a 0 na prorrogação), em jogo disputado debaixo de muita chuva. O America, que estava invicto havia onze jogos, e o Guarani receberam dois milhões de cruzeiros cada um pelo televisionamento, e o ingresso de arquibancada da partida decisiva foi majorado para quinhentos cruzeiros.[10]

12 de junho de 1982 America-RJ Rio de Janeiro 2–1 São Paulo Guarani Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Moreno Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13'
Gilson Gênio Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25' (prorr.)
Delém Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62' Público: 11 329 pagantes
Renda: Cr$ 5 099 600
Árbitro: Rio Grande do SulRS Carlos Sérgio Rosa Martins
Auxiliares: Rio Grande do Sul Olinto Preussler e Rio Grande do Sul Luis Carlos Tybursky
Torneio dos Campeões de 1982
Rio de Janeiro
America Football Club
Campeão
(invicto)

Notas

  1. Outros campeões nacionais oficiais do futebol brasileiro até então (desconsiderando séries B e C do Brasileiro): o Paulistano, que venceu o Campeonato Brasileiro de Clubes Campeões de 1920, triangular da CBD entre campeões estaduais (o clube deixou o futebol em 1929); o Grêmio Maringá, que venceu o Torneio dos Campeões da CBD de 1969, torneio entre campeões nacionais e regionais da temporada anterior; e o Atlético-GO, campeão do Torneio de Integração Nacional de 1971, um nacional "alternativo" em relação ao I Campeonato Nacional de Clubes, jogado no mesmo ano.
  2. Que até então, tinha tido os seguintes nomes: Campeonato Nacional de Clubes, Copa Brasil e Taça de Ouro.
  3. O Atlético Mineiro também já era campeão de outros dois títulos nacionais, o Torneio dos Campeões de 1937 e a Copa dos Campeões do Brasil de 1978. Este primeiro, organizado pela FBF, foi reconhecido como Campeonato Brasileiro, pela CBF, em 2023.

Referências

  1. a b «O que foi o Torneio dos Campeões?». Placar – Edição Tira-Teima (1). São Paulo: Abril. Novembro de 1997. p. 59. 98 páginas 
  2. «America-RJ celebra seu 119º aniversário». Confederação Brasileira de Futebol. 18 de setembro de 2023. Consultado em 26 de setembro de 2023. Entre as conquistas do clube, há de se destacar o título da Copa dos Campeões, torneio organizado em 1982 pela CBF e que reuniu os grandes clubes do futebol do País. 
  3. «Torneio dos Campeões-82: relembre a histórica conquista do America-RJ - Notícias». Terceiro Tempo. Consultado em 28 de setembro de 2023 
  4. a b c «O América é ou não o campeão dos campeões? - Placar - O futebol sem barreiras para você». 9 de dezembro de 2016. Consultado em 28 de setembro de 2023 
  5. a b c d «Torneio movimenta 18 clubes até 12 de junho». Rio de Janeiro: Infoglobo Comunicação e Participações. O Globo (17 707). 25 páginas. 24 de abril de 1982 
  6. «América-RJ pede à CBF que conquista em 1982 seja considerada título Brasileiro». ge. 11 de maio de 2021. Consultado em 28 de setembro de 2023 
  7. «Romário lutará para que CBF reconheça título do America em 1982 como Brasileiro | Esporte». O Dia. 10 de novembro de 2023. Consultado em 14 de novembro de 2023 
  8. a b c «Na Taça, agora só jogos decisivos». São Paulo: S.A. O Estado de S. Paulo. O Estado de S. Paulo (32 890). 26 páginas. 1 de junho de 1982. ISSN 1516-2931 
  9. «BOLA N@ ÁREA - Taça dos Campeões Brasileiros 1982». www.bolanaarea.com. Consultado em 1 de maio de 2024 
  10. Jornal dos Sports de 12 de junho de 1982 (edição eletrônica 16173), página 8.

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]