Torneio dos Campeões

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

O Torneio dos Campeões foi uma competição oficial promovida pela Confederação Brasileira de Futebol em 1982. O campeão foi o America do Rio de Janeiro.

Participaram deste torneio todos os campeões e vices de competições nacionais oficiais já disputadas no Brasil (Campeonato Brasileiro, Torneio Roberto Gomes Pedrosa e Taça Brasil) e do Torneio Rio-São Paulo.[1] Como o total de clubes que cumpria esse critério somava dezessete, a CBF convidou o clube que mais havia disputado suas competições — no caso, o America do Rio.[1] Como o Flamengo preferiu excursionar pelo exterior, abriu-se mais uma vaga, e foi utilizado o mesmo critério: o Santa Cruz e o Paysandu estavam empatados em número de participações e disputaram um jogo-desempate em Recife, com vitória do clube pernambucano, que ficou com a vaga.[1]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Classificação
Rio de Janeiro America-RJ Participação em quinze torneios organizados pela CBF, além de edições do Rio–São Paulo
Minas Gerais Atlético Mineiro Campeão brasileiro em 1971 e vice-campeão brasileiro em 1977 e 1980
Bahia Bahia Campeão da Taça Brasil em 1959 e vice-campeão da Taça Brasil em 1961 e 1963
Rio de Janeiro Botafogo Campeão da Taça Brasil em 1968, vice-campeão da Taça Brasil em 1962, e vice-campeão brasileiro em 1972
São Paulo Corinthians Vice-campeão brasileiro em 1976
Minas Gerais Cruzeiro Campeão da Taça Brasil em 1966, vice-campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1969, e vice-campeão brasileiro em 1974 e 1975
Rio de Janeiro Fluminense Campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1970
Ceará Fortaleza vice-campeão da Taça Brasil em 1960 e 1968
Rio Grande do Sul Grêmio Campeão brasileiro em 1981
São Paulo Guarani Campeão brasileiro em 1978
Rio Grande do Sul Internacional Campeão brasileiro em 1975, 1976 e 1979, e vice-campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1967 e 1968
Pernambuco Náutico vice-campeão da Taça Brasil em 1967
São Paulo Palmeiras Campeão da Taça Brasil em 1960 e 1967, campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1967 e 1969, e campeão brasileiro em 1972 e 1973, vice-campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa em 1970, e vice-campeão brasileiro em 1978
São Paulo Portuguesa Campeã do Torneio Rio–São Paulo em 1952 e 1955
Pernambuco Santa Cruz Participação em quinze torneios organizados pela CBF; venceu desempate com o Paysandu
São Paulo Santos Campeão da Taça Brasil em 1961, 1962, 1963, 1964 e 1965, campeão do Torneio Roberto Gomes Pedrosa de 1968, e vice-campeão da Taça Brasil em 1959 e 1966
São Paulo São Paulo Campeão brasileiro em 1977, e vice-campeão brasileiro em 1971, 1973 e 1981
Rio de Janeiro Vasco da Gama Campeão brasileiro em 1974, vice-campeão da Taça Brasil em 1965, e vice-campeão brasileiro em 1979

Regulamento[editar | editar código-fonte]

Na primeira e na segunda fases, os clubes foram divididos em quatro grupos, dois com cinco e dois com quatro, em sistema de ida e volta, classificando-se o campeão de cada grupo em cada um dos dois turnos.[1] Os campeões de turno em cada grupo enfrentar-se-iam nas quartas de final.[2] Em caso de empate, haveria uma prorrogação de trinta minutos e, caso necessário, disputa de pênaltis.[2] As finais seriam disputadas em jogos de ida e volta.[2]

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Grupo A
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 Portuguesa 6 4 2 2 0 8 5 3 1 Fluminense 7 4 3 1 0 5 2 3
2 Corinthians 6 4 2 2 0 5 2 3 2 Portuguesa 5 4 1 3 0 5 3 2
3 Palmeiras 5 4 1 3 0 6 5 1 3 Palmeiras 5 4 2 1 1 2 1 1
4 Fluminense 2 4 1 0 3 3 5 -2 4 Corinthians 2 4 0 2 2 4 6 -2
5 Santa Cruz 1 4 0 1 3 3 8 -5 5 Santa Cruz 1 4 0 1 3 3 7 -4
Grupo B
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 São Paulo 7 4 3 1 0 3 0 3 1 Guarani 5 4 2 1 1 8 7 1
2 Guarani 4 4 2 0 2 6 5 1 2 São Paulo 5 4 2 1 1 3 2 1
3 Vasco da Gama 4 4 1 2 1 2 2 0 3 Santos 4 4 2 0 2 6 5 1
4 Botafogo 3 4 1 1 2 3 5 -2 4 Vasco da Gama 4 4 1 2 1 9 9 0
5 Santos 2 4 1 0 3 3 5 -2 5 Botafogo 2 4 0 2 2 5 8 -3
Grupo C
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 America-RJ 4 3 1 2 0 3 2 1 1 Atlético-MG 4 3 1 2 0 3 2 1
2 Atlético-MG 3 3 1 1 1 4 3 1 2 America-RJ 4 3 1 2 0 2 1 1
3 Cruzeiro 3 3 0 3 0 4 4 0 3 Grêmio 3 3 1 1 1 3 3 0
4 Grêmio 2 3 0 2 1 2 4 -2 4 Cruzeiro 1 3 0 1 2 1 3 -2
Grupo D
Primeiro turno Segundo turno
Pos. Time PG J V E D GP GC SG Pos. Time PG J V E D GP GC SG
1 Internacional-RS 5 3 2 1 0 4 1 3 1 Bahia 5 3 2 1 0 4 2 2
2 Fortaleza 3 3 1 1 1 2 2 0 2 Fortaleza 4 3 1 2 0 6 4 2
3 Bahia 2 3 1 0 2 2 3 -1 3 Náutico 3 3 1 1 1 3 2 1
4 Náutico 2 3 0 2 1 2 3 -1 4 Internacional-RS 0 3 0 0 3 1 6 -5

Disputas[editar | editar código-fonte]

  Quartas de final Semifinais Final
                             
  2tC  Atlético Mineiro 0  
1tC  America 1  
     America* 2  
     Portuguesa 2  
2tA  Fluminense 1
  1tA  Portuguesa 3  
       America 1 2
     Guarani 1 1
  1tD  Internacional 2  
2tD  Bahia 3  
     Bahia 0
     Guarani 1  
1tB  São Paulo 0
  2tB  Guarani 1  


*Nos pênaltis, America 4–3.

Finais[editar | editar código-fonte]

Nos jogos decisivos, o America empatou com o Guarani no Brinco de Ouro (1 a 1) e ganhou no Maracanã (2 a 1, com 1 a 1 no tempo normal e 1 a 0 na prorrogação), em jogo disputado debaixo de muita chuva.

12 de junho de 1982 America-RJ Rio de Janeiro 2–1 São Paulo Guarani Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)

Moreno Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13'
Gilson Gênio Gol marcado aos 25 minutos de jogo 25' (prorr.)
Delém Gol marcado aos 62 minutos de jogo 62' Público: 11 329 pagantes
Renda: Cr$ 5 099 600
Árbitro: Rio Grande do SulRS Carlos Sérgio Rosa Martins
Auxiliares: Rio Grande do Sul Olinto Preussler e Rio Grande do Sul Luis Carlos Tybursky
  • America: Gasperin; Chiquinho, Duílio, Everaldo e Zedilson (Sérgio Pinto); Pires, Gilberto e Eloy (João Luiz); Serginho, Moreno e Gilson Gênio. Técnico: Dudu.
  • Guarani: Sidmar; Sotter, Darci Expulso, Oldair e Almeida; Éderson, Júlio César (Henrique) e Jorge Mendonça; João Luiz (Delém), Marcelo e Banana. Técnico: José Duarte.

Referências

  1. a b c d «Torneio movimenta 18 clubes até 12 de junho». Rio de Janeiro: Infoglobo Comunicação e Participações. O Globo (17 707). 25 páginas. 24 de abril de 1982 
  2. a b c «Na Taça, agora só jogos decisivos». São Paulo: S.A. O Estado de S. Paulo. O Estado de S. Paulo (32 890). 26 páginas. 1 de junho de 1982. ISSN 1516-2931 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]