Wellington Nogueira Lopes de Avellar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lopes
Informações pessoais
Nome completo Wellington Nogueira Lopes de Avellar
Data de nasc. 1 de junho de 1979 (39 anos)
Local de nasc. Volta Redonda (RJ), Brasil
Altura 1,86 m
Apelido Tigrão
Informações profissionais
Clube atual Aposentado
Posição Meia-atacante, atacante
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
19992000
20002002
2003
20032004
2004
20042005
2005
20062007
2008
2009
2009
2010
2010
20102011
2012
2013
2015
20152016
Brasil Volta Redonda
Brasil Palmeiras
Brasil Flamengo
Brasil Fluminense
Brasil Santos
Brasil Juventude
Brasil Cruzeiro
Japão Vegalta Sendai
Japão Yokohama Marinos
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Juventude
Brasil Monte Azul
Brasil Ceará
Brasil Volta Redonda
Brasil Metropolitano
Brasil São José
Brasil Brasiliense
Brasil Volta Redonda

0000100 000(28)
00005 000(1)






00007 000(0)
00006 000(0)
00004 000(2)
00004 000(3)
00005 000(0)
00001 000(0)
00000 000(0)
00000 000(0)
00012 000(0)

Wellington Nogueira Lopes de Avellar, mais conhecido como Lopes (Volta Redonda, 1 de junho de 1979), é um ex-futebolista brasileiro que atuava como atacante, mas também exercia a função de meia ofensivo.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Surgiu no Volta Redonda. Um meia ofensivo com boa marcação, e um chute forte. Tinha técnica para se aproximar do ataque ajudando na armação e a, logo chamou a atenção do Palmeiras. Foi contratado pela equipe do Parque Antarctica em 2000, onde Lopes viveu seu melhor momento, ganhou a Copa dos Campeões e garantindo vaga para a Copa Libertadores da América de 2001 em que Lopes foi o artilheiro com 9 gols.

Com o rebaixamento do Palmeiras em 2002, Lopes sai do elenco palmeirense e se tornou um "andarilho do futebol", com passagens curtas por várias equipes. Depois do Alviverde, defendeu Flamengo, Fluminense, Santos, Juventude e Cruzeiro. Até que, no início de 2006, foi para o Japão. Seu ultimo clube lá foi o Yokohama Marinos. Na temporada 2009, defendeu o Atlético. Em maio rescindiu seu contrato com o clube mineiro de forma amigável.

Em Agosto de 2009, assinou com o Juventude, onde disputou a série B do campeonato brasileiro.

Disputou a primeira divisão do campeonato paulista de 2010 pelo Atlético Monte Azul.

No dia 20 de abril de 2010, foi contratado pelo Ceará Sporting Club, mas teve seu contrato rescindido três meses depois por motivos extracampo. No dia 26 de Novembro, Lopes acertou com o Volta Redonda como a maior negociação da história do Voltaço (mais de R$ 1 milhão), clube que o revelou para o cenário esportivo nacional. O meia seria o responsável pela armação de jogadas do clube, vestindo a camisa 35, em homenagem aos 35 anos de existência do clube, em 2011[1].

Porém, após problemas extra-campo, Lopes rescindiu com o Volta Redonda em 04 de abril de 2011. Para a temporada de 2012, foi anunciado como reforço do Metropolitano para a disputa do Campeonato Catarinense.[3] Sua estreia pelo time de Blumenau aconteceu no dia 8 de fevereiro, no jogo em que o Metrô venceu o Atlético de Ibirama fora de casa por 3 a 2. Lopes entrou aos 36 minutos do segundo tempo, substituindo o atacante Rafael Costa.[4] Menos de uma semana depois de seu primeiro jogo, a diretoria do clube anuncia a dispensa do jogador, alegando problemas disciplinares.[5]

Em 2013 assina com o São José para a disputa da Segunda divisão paulista

Em 2016, anunciou sua aposentadoria, jogando pelo Volta Redonda.[6]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Voltaço
Palmeiras

Outras Conquistas[editar | editar código-fonte]

Palmeiras
  • Taça Pedreira: 2002[7]
  • Taça Cidade de Jacutinga: 2002[8]
  • Troféu 177º Aniversário de Rio Claro: 2002[9]
  • Taça River: 2002[10]
  • Troféu Aniversário de 100 Anos, de Paulo Coelho Netto: 2002[11]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Palmeiras

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.