A Canção de Bernadette

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde julho de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
The Song of Bernadette
A Canção de Bernadette (PT/BR)
 Estados Unidos
1943 • cor
Direção Henry King
Elenco Linda Darnell
Jennifer Jones
Género drama
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

The Song of Bernadette (no Brasil e em Portugal, A Canção de Bernadette) é um filme norte-americano de 1943, do gênero drama biográfico, dirigido por Henry King e baseado no romance de Franz Werfel.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Em 1858, na França, a camponesa Bernadette Soubirous tem visões da Virgem Maria em Lourdes — local de peregrinação católica até hoje. Baseado no romance de Franz Werfel, "A Canção de Bernadette" é uma simpática e venerável história que conta da vida de Santa Bernadete Soubirous.

Elenco principal[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o
Jennifer Jones, atriz que interpretou "Bernadette".

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Oscar (1944)

Vencedor nas categorias
-Melhor atriz (Jennifer Jones)
-Melhor direção de arte
-Melhor fotografia em preto-e-branco (Arthur C. Miller)
-Melhor trilha sonora (Alfred Newman)
Indicado nas categorias
-Melhor edição
-Melhor filme
-Melhor som
-Melhor ator coadjuvante (Charles Bickford)
-Melhor atriz coadjuvante (Gladys Cooper e Anne Revere)
-Melhor diretor (Henry King)
-Melhor roteiro (George Seaton)

Globo de Ouro (1944)

Vencedor nas categorias:
-Melhor diretor
-Melhor filme dramático
-Melhor atriz em filme dramático (Jennifer Jones)

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Antes desse filme, Jennifer era creditada como Phyllis Isley. A mudança foi promovida pelo produtor David O. Selznick, que depois se casaria com ela[1] A mudança ocorreu para que Jennifer aparecesse como uma "estreia" — por isso, ela aparece no final dos créditos após a frase And introducing… ("E apresentando…").

Referências

  1. EWALD FILHO, Rubens. Os Filmes de Hoje na TV. São Paulo: Global, 1975.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]