Exorcista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Exorcista (do latim Exorcista: "o que expulsa espíritos maus", por sua vez do grego: Exorkismos: "expulsão") é um membro das ordens menores da Igreja Católica a quem compete auxiliar o sacerdote na função de expulsar os demónios, por meio de orações instituídas pela Igreja. O exorcista também prepara as diferentes coisas necessárias para a bênção.

Origem[editar | editar código-fonte]

Nos primeiros séculos da igreja, os que eram ordenados exorcistas recebiam este poder de realizar exorcismos, sobre pessoas ou coisas, o que hoje é reservado apenas aos sacerdotes. Esta é terceira das antigas Ordens menores: (ostiário, leitor, exorcista e acólito). Com a instrução Ministeria quaedam, do Papa Paulo VI, publicada em 1972, essas ordens menores foram suprimidas, à excepção dos ministérios de leitor e de acólito, que se passaram a chamar, porém, ministérios laicais. No entanto, com a elevação do rito anterior à reforma do II Concílio do Vaticano pela Carta Apostólica Summorum Pontificum à categoria de rito romano extraordinário essa ordem menor passa, novamente, à sua antiga função.

Adaptações[editar | editar código-fonte]

Em 1973, foi produzido um filme adaptado do livro de William P. Blatty, de 1971, cujo enredo fala de um padre que exorcisou um demônio que possuiu uma garota, o fime ganhou cinco sequências ao longo dos anos, seu título é O Exorcista.