Firestar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Firestar
(Flama / Estrela Flamejante)
Firestar.jpg

Dados da publicação
Publicado por Marvel Comics
Primeira aparição Televisão: Homem-Aranha e Seus Amigos Episodio # 1: "O Triunfo do Duende Verde" (12 de setembro de 1981)
Quadrinhos: Uncanny X-Men #193 (Maio de 1985)
Criado por Dennis Marks
Tom DeFalco
Dan Spiegle
Christy Marx
Chris Claremont
John Romita Jr.
Características do personagem
Alter ego Angelica Jones
Espécie Mutante
Afiliações Os 198
Vingadores
Novos Guerreiros
Young Allies (Era Heróica)
Habilidades Manipulação de radiação micro-ondas
Voo
Energia eletromagnética
onda perturbação
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Firestar (Angélica "Angel" Jones) é uma personagem do universo Marvel. A super-heroína surgiu no desenho "Homem-Aranha e Seus Amigos", como os produtores da serie não conseguiram licença para usar o Tocha Humana, criaram Firestar inspirada fisicamente em Mary Jane Watson. Firestar foi aproveitada posteriormente nos quadrinhos dos Novos Guerreiros. No Brasil recebeu o nome de Estrela de Fogo no desenho e Flama nos quadrinhos.[1] Foi membro dos Novos Guerreiros, e dos Vingadores.

Poderes e habilidades[editar | editar código-fonte]

Flama tem a habilidade de gerar e manipular a radiação das micro-ondas, que permite que gere calor intenso, chamas e voe.

História[editar | editar código-fonte]

Angelica Jones quando criança descobriu que podia controlar o fogo e também emitir raios e ondas de calor. Inicialmente era uma aluna de Emma Frost na Academia de Massachussets. Foi criada por seu pai e seu avô e recrutada pela Rainha Branca do Clube do Inferno, para a nova equipe de mutantes: os Satânicos. Flama Nunca foi emitida em missões de campo com os outros membros, por não ter controle de seus poderes letais e porque a Rainha Branca desejava crueldade e ambição na personalidade de Flama, e os outros mutantes iam de encontro com esse quesito. A Rainha Branca manipulando Angélica, fez que ela acreditasse que ela era uma figura maternal, amável e boa, sem saber que Emma Frost queria mesmo era uma assassina, uma guarda-costas potencialmente forte.

Outras mídias[editar | editar código-fonte]

Em 2009 a personagem participou do videogame Marvel: Ultimate Alliance 2.[2]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) personagem de Banda desenhada é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.