Humberto Gessinger

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Humberto Gessinger
Informação geral
Nome completo Humberto Gessinger
Nascimento 24 de dezembro de 1963 (50 anos)
Origem Porto Alegre, Rio Grande do Sul
País  Brasil
Gênero(s) Rock and roll, pop rock, rock progressivo, folk rock
Instrumento(s) Guitarra, violão, teclado, baixo, harmônica, piano, viola caipira, bandolim, acordeão, percussão
Modelos de instrumentos Baixos: Rickenbacker 4003,
Steinberger XL, XQ, XM e doubleneck
Guitarras: Gibson SG
Fender Telecaster
Gibson Les Paul
Gibson 350 e 335,
Steinberger GM,
Gibson Flying V e SG
Violões: Gibson,
Guild,
bandolim Fender,
Dobro Fender
Período em atividade 1985 – atualidade
Gravadora(s) BMG
Universal Music Group
Som Livre
STR Música
Afiliação(ões) Engenheiros do Hawaii
33 De Espadas
Duca Leindecker
Pouca Vogal
Rodrigo Tavares
Trio Grande do Sul
Página oficial Página oficial

Humberto Gessinger (Porto Alegre, 24 de dezembro de 1963) é vocalista, baixista, pianista, guitarrista e líder da banda Engenheiros do Hawaii, que mais recentemente, ao lado do guitarrista Duca Leindecker, trabalhou no projeto Pouca Vogal e hoje está em carreira solo.[1] [2] Gessinger, descendente de alemães (da parte paterna) e italianos (da parte materna), já escreveu para colunas em jornais, apesar de não ter formação na área. Ao contrário do que muitos pensam, Gessinger não se formou em engenharia, tendo realmente estudado arquitetura, desta forma, o nome da banda era uma "piada" com os estudantes de engenharia.

Vida e Carreira[editar | editar código-fonte]

Humberto Gessinger nasceu em Porto Alegre, 24 de dezembro de 1963.[3] Ele cursou a Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, porém não até o fim.[4] Em 1986 gravou com os Engenheiros do Hawaii seu primeiro disco, Longe Demais das Capitais sendo o único integrante original a permanecer na banda até a "pausa", ocorrida em 2008.[5] É casado com a arquiteta Adriane Sesti, antiga colega de escola e faculdade, e com ela tem uma filha chamada Clara (nascida em 1992).[6]

Em 2013, anunciou seu novo disco de estúdio. É um álbum solo, com participações de integrantes antigos dos Engenheiros do Hawaii, como Adal Fonseca, Luciano Granja, Lúcio Dorfman, Fernando Aranha, Pedro Augusto e Glaucio Ayala. Os músicos de turnê são Rodrigo Tavares (Esteban, ex-Fresno) na guitarra e Rafael Bisogno na bateria. Humberto é baixista e o multi-instrumentista da banda. O disco se chama "Insular". Em Maio de 2014 gravou em Belo Horizonte seu novo DVD ao lado de Tavares e Bisogno que tem previsão de lançamento até o fim do ano. O DVD ''Insular'' também conta com participações de Paulinho Goulart,Luiz Carlos Borges,Duca Leindecker e Gláucio Ayala.

Discografia

Engenheiros do Hawaii[editar | editar código-fonte]

  • 1986 - Longe Demais das Capitais (BMG)
  • 1987 - A Revolta dos Dândis (BMG)
  • 1988 - Ouça o que Eu Digo, Não Ouça Ninguém (BMG)
  • 1989 - Alívio Imediato (BMG)
  • 1990 - O Papa é Pop (BMG)
  • 1991 - Várias Variáveis (BMG)
  • 1992 - Gessinger, Licks & Maltz (BMG)
  • 1993 - Filmes de Guerra, Canções de Amor (BMG)
  • 1995 - Simples de Coração (BMG)
  • 1997 - Minuano (BMG)
  • 1999 - ¡Tchau Radar! (Universal Music)
  • 2000 - 10.000 Destinos (Universal Music)
  • 2001 - 10.001 Destinos (Universal Music)
  • 2002 - Surfando Karmas & Dna (Universal Music)
  • 2003 - Dançando no Campo Minado (Universal Music)
  • 2004 - Acústico MTV (Universal Music)
  • 2007 - Novos Horizontes (Universal Music)

Humberto Gessinger Trio[editar | editar código-fonte]

  • 1996 - Humberto Gessinger Trio (BMG)

Pouca Vogal (Humberto Gessinger & Duca Leindecker)[editar | editar código-fonte]

  • 2008 - Pouca Vogal: Gessinger + Leindecker (Independente)
  • 2009 - Ao Vivo Em Porto Alegre (Independente / Som Livre)

Humberto Gessinger (Solo)[editar | editar código-fonte]

Videografia[editar | editar código-fonte]

Engenheiros do Hawaii[editar | editar código-fonte]

  • 1993 - Filmes de Guerra, Canções de Amor (BMG)
  • 1996 - Clip Zoom (BMG)
  • 2000 - 10.000 Destinos (BMG)
  • 2004 - Acústico MTV (Universal Music)
  • 2007 - Novos Horizontes (Universal Music)

Pouca Vogal (Humberto Gessinger & Duca Leindecker)[editar | editar código-fonte]

  • 2009 - Ao Vivo Em Porto Alegre (Independente / Som Livre)

Livros[editar | editar código-fonte]

Humberto Gessinger já lançou cinco livros, a saber:[7]

  • 2008 - Meu Pequeno Gremista (Editora Belas-Letras)
  • 2009 - Pra Ser Sincero - 123 Variações Sobre Um Mesmo Tema (Editora Belas-Letras)
  • 2011 - Mapas do Acaso - 45 Variações Sobre Um Mesmo Tema (Editora Belas-Letras)
  • 2012 - Nas Entrelinhas do Horizonte (Editora Belas-Letras)
  • 2013 - 6 Segundos de Atenção (Editora Belas-Letras)

Referências

  1. Humberto Gessinger participa do bate-papo "Com a Palavra", no StudioClio (em português) Zero Hora (15 de abril de 2014). Visitado em 16 de abril de 2014.
  2. Kley, Edinara. Lages sedia 1º Salão do Livro da Serra Catarinense (em português) RBS Notícias do Dia. Visitado em 16 de abril de 2014.
  3. Fnac Campinas terá noite de autógrafos e bate-papo com Humberto Gessinger (em português) Campinas.com (25 de novembro de 2013). Visitado em 17 de abril de 2014.
  4. Engenheiros do Hawaii (em português) Instituto Cultural Cravo Albin Dicionário Cravo Albin da Música Popular Brasileira. Visitado em 16 de abril de 2014.
  5. Engenheiros do Hawaii anunciam pausa por tempo indeterminado (em português) Terra Cifra club (22 de julho de 2008). Visitado em 16 de abril de 2014.
  6. Lar de Humberto Gessinger (em português) UOL Caras (2008). Visitado em 16 de abril de 2014.
  7. Dias, Tiago (27 de setembro de 2013). Gaúcho é um pouco chorão, não consegue se misturar, diz Humberto Gessinger (em português) UOL. Visitado em 17 de abril de 2014.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Humberto Gessinger