Jason (navio)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor melhore este artigo, expandindo-o. Mais informação pode ser encontrada no artigo «Jason (ship)» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão. (março de 2015)
Jason Noruega
Stella Polare Itália
O Jason na expedição de Carl Anton Larsen à Antártida
Carreira   Bandeira da marinha que serviu Noruega
Proprietário Christen Christensen
Fabricante Rødsverven
Lançamento 1881
Porto de registo Sandefjord
Fatalidade Vendido para uma companhia italiana em 1899
Carreira Flag of Italy (1861-1946).svg Itália
Nome Stella Polare
Proprietário Luís Amadeu de Saboia, Duque dos Abruzos
Data de
aquisição
1898
Porto de registro Gênova
Estado Renomeado para Stella Polare
Fatalidade Descomissionado em 1902
Características gerais
Tipo de navio Baleeiro, Veleiro de três mastros
Arqueação 495 AB
255 NT
Comprimento 45 m (148 ft)
Boca 9,3 m (30,5 ft)
Calado 5,2 m (17,1 ft)
Propulsão Velas com assistência de motor a vapor de
- 60 hp (44,7 kW)
Velocidade 7,5 kn (13,9 km/h)
Tripulação 40

Jason foi um navio baleeiro norueguês construído em 1881 em Rødsverven, Noruega, o mesmo estaleiro que construiu mais tarde o navio Endurance usado por Ernest Shackleton. O navio, financiado pela Christen Christensen, um empresário de Sandefjord, era conhecido por sua participação na expedição Antártica de 1892 a 1893, liderada por Carl Anton Larsen.[1]

Além disso, a embarcação ficou notória por ter chegado a 68°10'S, estabelecendo assim um novo recorde de distância percorrida ao sul ao longo do leste da Península Antártica. Primeiro imediato do navio durante a expedição foi Søren Andersen, também de Sandefjord. O Jason foi vendido para uma empresa italiana em 1899 e rebatizado de Stella Polare.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Lardex Lardex.net. Visitado em 15-10-2009.
Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.