John Belushi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
John Belushi
John Belushi em 1967, aos 18 anos.
Nome completo John Adam Belushi
Nascimento 24 de janeiro de 1949
Chicago, Illinois
 Estados Unidos
Morte 5 de março de 1982 (33 anos)
West Hollywood, Califórnia
 Estados Unidos
Ocupação Ator, comediante, músico
Cônjuge Judy Belushi (1976-1982)

John Adam Belushi (Chicago, 24 de janeiro de 1949West Hollywood, 5 de março de 1982) foi um ator, comediante e músico norte-americano, integrante da primeira formação do célebre programa de televisão Saturday Night Live, na década de 1970. Ficou conhecido por seu estilo ousado e humor atrevido. John Belushi faleceu em Los Angeles, Califórnia no dia 5 de março de 1982 depois de ter uma overdose de cocaína e heroína, aos 33 anos. Era irmão do também ator James Belushi.

Recebeu uma Estrela da Calçada da Fama de Hollywood em 1 de abril de 2004.

Belushi também brilhou no cinema, em filmes como National Lampoon's Animal House (O Clube dos Cafajestes) e The Blues Brothers (Os Irmãos Cara-de-Pau).

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho de imigrantes albaneses, Belushi nasceu e cresceu em Chicago, nos EUA. Era irmão do também ator e comediante, James Belushi.[1]

Início de carreira[editar | editar código-fonte]

Em 1971, Belushi juntou-se a um grupo de comediantes de Chicago e, um ano mais tarde, graças a sua imitação do cantor Joe Cocker, apresentou-se no espetáculo The National Lampoon's Lemmings, uma paródia de Woodstock.

Em seguida, de 1974 a 1975, comandou um famoso programa humorístico de rádio nos EUA, chamado The National Lampoon's Radio Hour.

Saturday Night Live[editar | editar código-fonte]

O passo seguinte de Belushi foi juntar-se, em 1975, ao elenco original do Saturday Night Live, um programa de comédia na televisão. Durante os quatro anos seguintes, em que permaneceu no show, Belushi alcançou fama nacional e, entre seus inúmeros personagens memoráveis, figuram o Samurai Futaba e 'Joliet' Jake Blues.

Cinema[editar | editar código-fonte]

O primeiro sucesso de John Belushi no cinema foi em O Clube dos Cafajestes, de 1978, onde viveu Jon "Bluto" Blutarsky. Em seguida, chegou a atuar em outros filmes, antes de estrelar Os Irmãos Cara-de Pau, em 1980. Foi nesse filme, aonde Belushi reviveu o personagem 'Joliet' Jake Blues do Saturday Night Live, que o ator alcançou o auge de sua curta carreira no cinema.

The Blues Brothers[editar | editar código-fonte]

Fundada por John Belushi e Dan Aykroid, em 1978, a banda The Blues Brothers era formada por respeitáveis músicos de rhythm and blues, além é claro, de Jake e Elwood Blues, respectivamente, John e Dan.

Originalmente, criada apenas para um quadro musical no Saturday Night Live, a banda acabou gravando um álbum chamado Briefcase Full of Blues (1978), que alcançou o número 1 na parada da Billboard. Embalados pelo sucesso, a banda seguiu fazendo shows e lançando discos, até a morte de Belushi, em 1982.

Anos mais tarde, em mais de uma ocasião, Aykroid voltaria a reunir a banda, para realizar novos shows.

Drogas e morte[editar | editar código-fonte]

Em 5 de março de 1982, Belushi foi encontrado morto em seu bangalô, no Chateau Marmont, um hotel na cidade de Los Angeles. A causa da morte foi um speedball, uma injeção combinada de cocaína e heroína. Na noite de sua morte, Belushi foi visitado por vários amigos, incluindo celebridades como Robin Williams (também viciado em drogas) e Robert De Niro. Sua morte foi investigada pelo patologista forense Dr. Ryan Norris, que concluiu que a causa da morte havia sido uma overdose acidental.

Dois meses mais tarde, Cathy Smith, uma ex-groupie da banda de Belushi, admitiu em entrevista ao National Enquirer que ela havia sido a responsável pela injeção fatal de speedball. Após a publicação do artigo "I Killed Belushi", o caso foi reaberto e Smith foi presa e acusada de homicídio em primeiro grau. Posteriormente, a acusação foi alterada para homicídio involuntário, e Smith cumpriu 18 meses na prisão.

Belushi está enterrado no Abel's Hill Cemetery, em Martha's Vineyard, uma ilha no Estado de Massachusetts. Mas existe também uma pedra memorial feita pela familia no cemitério Elmwood em River Grove, Illinois. Nesta pedra está escrito "He Gave Us Laughter", que pode ser traduzido como "Ele nos fez dar risadas".

Homenagens[editar | editar código-fonte]

A vida de John Belushi foi retratada no livro de 1984 Wired: The Short Life and Fast Times of John Belushi do jornalista Bob Woodward. Muitos amigos e parentes de Belushi, incluindo sua esposa Judy, Dan Aykroyd e James Belushi concordaram em falar para produzir o livro. Mais tarde o livro foi adaptado em filme do mesmo nome, com Michael Chiklis no papel de Belushi. Amigos e familiares boicotaram o filme, que tomou muitas fases do livro eo transformou em um drama de fantasia não-linear. Se tornou um grande fracasso comercial.

A banda Grateful Dead, cantou a música "West L.A. Fadeaway" no final de 1982. A canção, escrita por Robert Hunter e cantada por Jerry Garcia, contém referências bastante explícitas com a morte de Belushi, especialmente a faixa "Looking for a chateau, 21 rooms but one will do".

Belushi foi interpretado pelo ator Eric Siegel, em Gilda Radner: It's Always Something, Tyler Labine em Behind the Camera: The Unauthorized Story of Mork & Mindy (que também passa sua amizade com Robin Williams), e Michael Chiklis em Wired.

Sua viúva casou-se novamente e agora é Judith Belushi Pisano. Co-escreveu com Tanner Colby, o livro Belushi: A Biography, que contém várias imagens e entrevistas, e publicado em 2005.

Em 1 de abril de 2004, 22 anos após sua morte, Belushi recebeu uma estrela na Calçada da Fama de Hollywood, após esforço de dez anos de James Belushi e Judith Belushi Pisano. Entre os presentes na cerimônia estavam Dan Aykroyd, Chevy Chase, Ted Danson, Mary Steenburgen, e Tom Arnold.

Em 2006, o canal Bio. exibiu um episódio sobre Belushi em Final 24, um documentário canadense sobre personalidades nas últimas horas antes de suas mortes. Em 2010, sua vida foi ao ar numa cinebiografia em vídeo.

A banda de thrash metal Anthrax com a música "Efilnikufesin (N.F.L)" do álbum Among the Living, homenageou Belushi.

Créditos[editar | editar código-fonte]

Teatro[editar | editar código-fonte]

Rádio[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Filmes[editar | editar código-fonte]

Personagens e imitações no SNL[editar | editar código-fonte]

Personagens recorrentes
  • Samurai Futaba
  • Capitão Ned
  • 'Joliet' Jake Blues
  • Jeff Widette, de Widettes
  • Kevin
  • Kuldorth
  • Larry Farber
  • Lowell Brock
  • Matt Cooper
  • Pete, from the Olympia Cafe
  • Steve Beshekas
  • Frank Leary
Imitações de celebridades

Premiações[editar | editar código-fonte]

Emmy

  • 1 vez eleito Melhor Roteirista em um Programa de Variedade ou Musical (Saturday Night Live): 1977
  • 2 vezes indicado Melhor Ator (coadjuvante/secundário) em um Programa de Variedade ou Musical (Saturday Night Live): 1977 e 1978

Referências