Kindle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Amazon Kindle
e-reader
Amazon Kindle logo.svg

Amazon Kindle 3.JPG
Versão da quarta geração do aparelho, com teclado e conexão 3G

Fabricante Amazon, Foxconn
Conectividade Quarta Geração:
  • Kindle e Kindle Touch: Wi-Fi
  • Kindle Touch 3G e Kindle Fire: 3G e Wi-Fi
Sistema Operativo Kindle Software, Android (Kindle Fire)
Câmara Não possui
CPU Freescale 532 MHz, ARM-11
Armazenamento Memória flash Interna (Total Disponível:Disponível)
  • 256:180 MB (Original)
  • 2:1.4 GB (Kindle 2)
  • 4:3 GB (Kindle 3)
  • 4:3.3 GB (Kindle DX)
Loja Online [1]

Kindle é um leitor de livros digitais desenvolvido pela subsidiária da Amazon, a Lab126, que permite aos usuários comprar, baixar, pesquisar e, principalmente, ler livros digitais, jornais, revistas, e outras mídias digitais via rede sem fio[1] . O aparelho, que está em sua quarta geração, tinha começado com apenas um produto e agora possui vários aparelhos — a maioria se utilizando de um display para ler papel eletrônico. Atualmente, a "família" Kindle também possui o Kindle Fire, um tablet, que também funciona como leitor de livros digitais, mas com um display colorido.

A Amazon também introduziu o software do Kindle para ser utilizado em várias plataformas diferentes, como Microsoft Windows, iOS, BlackBerry, Mac OS X (versão 10.5 ou mais nova, apenas processador Intel), Android, webOS e Windows Phone 7[2] . Amazon também criou um leitor de livros digitais em HTML5, permitindo ser lido em qualquer navegador[3] .

Primeira geração: Kindle[editar | editar código-fonte]

A Amazon lançou a primeira geração do Kindle em 19 de Novembro de 2007, por US$399 dólares. A primeira geração do Kindle foi a única versão que não foi vendida fora dos Estados Unidos.

É o único Kindle com memória expansível, com um slot para cartões SD.

Kindle 2[editar | editar código-fonte]

O Kindle 2 foi anunciado em 09 de Fevereiro de 2009, sendo que suas vendas começaram no dia 24 de Fevereiro do mesmo ano[4] . O Kindle 2 trouxe novas características, como o sintetizador de voz, ou seja, o aparelho lê para o usuário[5] .

O Kindle 2 possui 2 GB de memória interna, sendo que 1.4 GB é utilizável pelo usuário. Diferente do Kindle 1, a partir do Kindle 2 a memória já não é expansível com cartões SD[6] .

O preço do Kindle 2, em seu lançamento, era de US$359 dólares. Em 8 de Julho de 2009, foi diminuído para US$299. Já em 7 de Outubro de 2009, o preço foi diminuído novamente, de US$299 para US$259. Neste dia, também, foi anunciado uma nova versão do Kindle 2, uma versão internacional, onde o Wi-Fi funcionaria em mais de 100 países[7] .

Kindle DX[editar | editar código-fonte]

O Kindle DX (ficha técnica), lançado a 6 de Maio de 2009, é destinado sobretudo a estudantes e leitores de jornais.

A tela é uma vez e meia maior do que o Kindle 2 com display de 24.6 cm (ou 9.7 pol) na diagonal, tem 3.3 gigabytes de memória capazes de armazenar 3500 livros, e pode ler os formatos .pdf, .mp3 e .txt.

Kindle Fire[editar | editar código-fonte]

O Kindle Fire foi lançado nos Estados Unidos em novembro de 2011. O Fire é um tablet a cor com tela de 7 polegadas (178 mm). O Kindle Fire tem acesso à internet sem fio que permite navegar pela internet, e ter acesso direto à loja da Amazon que disponibilizou filmes por streaming e seriados de televisão. O Kindle também funciona como um tradicional leitor de livros digitais mas com opções mais avançadas.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Brier Dudley. "Kindle hacking, iPod parallels and a chat with the Kindle director" (em inglês). Seattle Times. Página visitada em 01 de Janeiro de 2012.
  2. Sarah Perez. "Kindle for Android Is Coming" (em inglês). New York Times. Página visitada em 01 de Janeiro de 2012.
  3. Bruno Peralta. "Amazon lança aplicação Kindle em HTML5". Tecnologia.com.pt. Página visitada em 01 de Janeiro de 2012.
  4. Rafael Barifouse. "Kindle 2 é lançado com novo design, bateria melhor, mais memória e função de leitura de texto". Blog Tecneira. Página visitada em 01 de Janeiro de 2012.
  5. "Asking Kindle to Read to You". Amazon.com. Página visitada em 01 de Janeiro de 2012.
  6. "Technical Details". Amazon.com. Página visitada em 01 de Janeiro de 2012.
  7. "Amazon cuts price of Kindle to $259" (em inglês). CNN Money. Página visitada em 01 de Janeiro de 2012.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Kindle
Ícone de esboço Este artigo sobre Informática é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.