Motionless in White

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Motionless in White
Informação geral
Origem Scranton, Pensilvânia
País  Estados Unidos
Gênero(s) Metalcore, metal gótico, metal industrial
Período em atividade 2005 – atualmente
Gravadora(s) Fearless, Tragic Hero, Masquerade
Página oficial Site Oficial
Integrantes
Chris Cerulli
Joshua Balz
Ryan Sitkowski
Ricky Olson
Devin Sola
Vinny Mauro
Ex-integrantes Brandon Richter
Frank Polumbo
Thomas Bellt
Mike Costanza
Angelo Parente

Motionless In White é uma banda de Metalcore americana de Scranton, Pensilvânia, formada em 2005. A banda é bastante conhecida pelos temas de horror em suas letras, e maquiagens góticas, dos quais fortemente correspondem ao visual gótico. A banda atualmente tem um contrato com a Fearless Records e lançaram dois EPs e três álbums completos. O Albúm de estréia Creatures, atingiu a posição #175 na Billboard 200 em seu lançamento em 2010. O segundo álbum de estúdio Infamous foi lançado em 13 de novembro de 2012 e o terceiro álbum de estúdio Reincarnate foi lançado 16 Setembro de 2014.

História[editar | editar código-fonte]

Formação e The Whorror (2005–2007)[editar | editar código-fonte]

A banda foi formada em 2005 pelos membros Chris Cerulli, Angelo Parente, Frank Polumbo e Mike Costanza durante a epóca de ensino médio. Com um som, no momento, sendo influenciado pelo rock alternativo, gótico e post-hardcore, mais tarde optaram por seguir um som de metal mais pesado, de forma descritiva, um metalcore e um estilo musical altamente influenciado pelo gothic metal e também pelo metal industrial, e levaram esse som como seu estilo próprio após o lançamento da demo em 2005 auto-distribuída.

A banda fez muitos shows na Costa Leste dos Estados Unidos, durante a Vans Warped Tour 2006 e mais tarde no ano seguinte, gravaram seu primeiro EP The Whorror lançado pela gravadora Masquerade Recordings.

O nome da banda deriva de uma música da banda Eighteen Visions, chamada "Motionless and White".[1]

When Love Met Destruction (2008–2009)[editar | editar código-fonte]

Depois da turnê em suporte do EP The Whorror, a banda havia escrito varias músicas, suficientes para completar um álbum completo. A banda estava ansiosa para gravar seu primeiro albúm, mas foi prejudicado pelo fato de que aquela epóca a banda ainda estava assinada com a gravadora Masquerade Recordings mas a gravadora teve fim pouco antes do lançamento do álbum. O álbum seria nomeado When Love Met Destruction[2] foi gravado em 2008, e era esperado para ser lançado no mesmo ano, no entanto, nunca chegou a um lançamento oficial, todas as músicas no entanto, foram disponiveis online.[3] [4] Após a sua conclusão, a banda excursionou por quase um ano com bandas incluindo August Burns Red, Asking Alexandria, e muitos outras.

Essas grandes turnês da banda, chamou a atenção da gravadora Tragic Hero Records, então a banda assinou contrato com ela por um tempo, e antes de mudar para a atual gravadora Fearless Records.[5] Neste ponto, em seguida, a banda decidiu re-gravar seis das onze faixas que supostamente compõem o When Love Met Destruction, que seria um álbum completo, mas a banda decidiu lança-lo como um EP. Foi lançado pela Tragic Hero Records em 17 de fevereiro de 2009.[5] Também foi feito um video da musica "Ghost in the Mirror". Depois de lançar o EP a banda saiu em turnê por um ano para divulgar o EP.

Saída de Polumbo e Creatures (2009–2010)[editar | editar código-fonte]

Após o lançamento do EP When Love Met Destruction, o baixista Frank Polumbo decidiu deixar a banda por causa de seu desinteresse no estilo da banda. Embora deixando para trás o gênero, ele não estava em condições ruins com os outros integrantes da banda. Com a saída de Polumbo, a banda adicionou Rick Olson como novo baixista permanente em outubro de 2009.[6] Meses depois, a banda entrou em estúdio em maio de 2010 para gravar seu primeiro albúm, Creatures,[7] com Andrew Wade como o produtor escolhido. O registro do primeiro single "London in Terror" fez sua estréia em um filme de terror do site FEARNET, onde o grupo explicou o seu conceito baseado nos assassinatos infames de Whitechapel.[8]

Creatures foi lançado em 12 de outubro de 2010 pela gravadora Fearless Records, e ficou em numéro 175 na Billboard Top 200 charts,[9] e em numero #6 na Top Heatseekers, sendo que ambos foram feitos na primeira semana de vendas. O vocalista, Cerulli afirmou que "este álbum é para qualquer um que já tenha chegado a problemas com a forma como as pessoas olham, as roupas, ou o que ouvir, e é isso que este álbum fala". A banda pediu para os seus ouvintes a escrever as letras para a faixa-título do álbum, todas as letras incluídas na música (além do refrão) são letras apresentadas pelos fãs.[10] No início de 2010, a banda fez uma turnê com Drop Dead, Gorgeous, Sky Eats Airplane, a banda participou de quatro datas na turnê Vans Warped 2010 e depois passou a tocar na turnê Thrash and Burn com Asking Alexandria e Born of Osiris durante o verão. A banda realizou uma turnê com Black Veil Brides em outubro daquele ano, e depois co-fez uma turnê com A Skylit Drive em novembro. O grupo então voltou para sua cidade natal para um show de lançamento do álbum e teve a perna costa leste da Warped Tour de 2011.[11]

Saída de Bell e novos vídeos clipes (2010–2011)[editar | editar código-fonte]

No dia 4 de maio de 2011, o guitarrista, Thomas Joseph "TJ" Bell saiu da banda.[12] [13] As razões de sua saída era que ele estava lidando com funções de substituição de baixo para o Escape the Fate, e também trabalhava juntamente com o resto do Motionless In White. Segundo a banda, Bell deixou a banda no meio de uma turnê para tocar baixo para o Escape the Fate e também não informou os demais membros com antecedência suficiente de antemão que ele não estaria disponível durante as semanas. Esta ação forçou a banda a ficar sem as suas partes de guitarra durante suas apresentações ao vivo.[14] [15] A banda afirmou: "Se a nossa performance ao vivo não dependem muito de ter 2 guitarristas, então ele não teria sido um grande negócio para nós.. mas, infelizmente, ter um guitarrista de uma banda como a nossa faz com que seu show sofra muito. Nós concordamos em deixar TJ ir", juntamente com uma explicação sobre como eles experimentaram muitas discordâncias com Bell ao longo dos anos de ser uma banda.[15]

Depois da partida de Bell, o baixista Richard Olson, mudou sua posição na banda tocando atualmente guitarra, que então deixou o grupo mais uma vez a procura de um novo baixista. Em junho, a banda anunciou uma curta-metragem em obras da música Creatures.[16] A banda lançou três trailers que antecederam o seu lançamento em 7 de julho. Foi dirigido por Stephen Penta e possui uma "natureza intensa", como descrito pela banda, sendo inspirado pela natureza visual dos primeiros vídeos de bandas como Marilyn Manson e Nine Inch Nails. A banda realizou uma sessão de transmissão ao vivo atravès do MaisStream para os fãs levando até as horas antes de sua estréia mundial.[17]

Em 27 de novembro de 2011 foi finalmente confirmado que um novo baixista tinha sido escolhido Devin Sola. O vídeo de "Puppets" foi gravado ao vivo durante a apresentação da banda em Las Vegas em 21 de agosto de 2011. O vídeo de "Immaculate Misconception" foi lançado em 11 de novembro de 2011,[18] Dee Snider da banda Twisted Sister convidado estrelou em sua filmagem,[19] enquanto o filho de Snider, Cody dirigiu o vídeo.[18] Sola foi oficialmente confirmado como novo baixista da banda em 27 novembro de 2011.[20]

Infamous (2012–atualmente)[editar | editar código-fonte]

Durante o início de 2012, foi feito um anúncio que um re-lançamento de Creatures séria lançado em 02 de abril, juntamente com uma confirmação que a banda estaria trabalhando em um próximo albúm que também será lançado em 2012 e está sendo produzido por Jason Suecof e Tim Skold.[21] Destacando os lançamentos mais aguardados de 2012.[22] Estas serão as primeiras gravações da banda a apresentar o novo baixista Devin Sola e com Rick Olson na guitarra, em contraste à sua posição anterior como baixista.

O nome do álbum foi revelado no final de abril, onde Cerulli declarou que será intitulado Infamous e será lançado em 13 de novembro de 2012.[23] Em 25 de Setembro "Devil's Night" foi lançado como primeiro single. Em 09 de outubro, o segundo single "If It's Dead, We'll Kill It" foi lançado.[24] Em 13 de novembro de 2012, o vídeo da música Devil's Nigh foi lançado. No mesmo dia Infamous foi lançado.

Estilo musical influências e letras[editar | editar código-fonte]

A banda é descrita como metalcore principalmente moderno, com uma grande influência de gêneros como gothic metal e metal industrial.[25] [26] A banda foi até apelidada de "metalcore gótico"[27] e "metal-horror".[16] Sendo influenciados a partir de uma grande variedade de artistas como Marilyn Manson, Misfits, Bleeding Through, Cradle of Filth, Himsa, Slipknot, The Black Dahlia Murder e Eighteen Visions, a estrutura da banda apresenta riffs intrincados, e temas góticos em suas músicas. Efeitos de teclado também são notáveis​​, tendo sido reivindicado para adicionar uma "atmosfera sombria e inquietante".[28]

Liricamente,as músicas da banda podem assumir conceitos como angústia, horror, insanidade, ou ficção surreal.

Integrantes[editar | editar código-fonte]

Atuais
Ex-Integrantes

Discografia[editar | editar código-fonte]

Álbums de estúdio
EPs

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Plummer, Sean. Motionless in White - You got your band name where!? MSN Entertainment.
  2. When Love Met Destruction iTunes
  3. Track-By-Track: Motionless in White Alternative Press. Visitado em 28 de Outubro de 2011.
  4. "Track-By-Track: Motionless in White"
  5. a b Fearless Records signs Motionless In White Lambgoat. Visitado em 28 de Outubro de 2011.
  6. Motionless in White Fearless
  7. Motionless in White enter the studio to record debut album SMN News
  8. Motionless in White Launch London in Terror Fearnet
  9. Charts, Allmusic
  10. Track-By-Track Motionless in White Alternative Press feature
  11. Motionless in White tour Punknews
  12. Duncan, Michael. Motionless in White Part Ways with Guitarist TJ Bell Rock Edition. Visitado em 6 de Maio de 2011.
  13. "Motionless in White Part Ways with Guitarist TJ Bell"
  14. Bell, Thomas. Tweet explanation TwitLonger. Visitado em 4 de Maio de 2011.
  15. a b TJ Bell leaving Motionless In White Rocketshiplive Rocketshiplive. Visitado em 5 de Maio de 2011.
  16. a b Motionless in White 'Creatures' Music Video Teaser FEARnet Fearnet.
  17. "Creatures" Video Premiere + Chat TONIGHT. Visitado em 8 de Julho de 2011.
  18. a b Burkart, Gregory. Exclusive Premiere: Motionless In White's 'Immaculate Misconception' [NSFW] Fearnet. Visitado em 11 November 2011.
  19. "Twisted Sister Go BIblical for new video"
  20. Duncan, Michael. Motionless in White Announce New Bassist Rock Edition. Visitado em 27 de Novembro de 2011.
  21. Motionless In White To Re-Release 'Creatures' Rock Sound. Visitado em 17 de Fevereiro de 2012.
  22. Yancey, Bryne. Altpress.com Presents: Most Anticipated 2012 Alternative Press. Visitado em 19 de Fevereiro de 2012.
  23. Cole, Hannah. Motionless In White Reveal Album Name Hevypetal. Visitado em 28 de Setembro de 2012.
  24. Motionless in White Release Tour Trailer, Clip of New Song, “If It’s Dead, We’ll Kill it” Revolver. Visitado em 7 de Outubro de 2012.
  25. Burkart, Gregory. Motionless in White: 'Creatures' -- CD Review Fearnet. Visitado em 27 de Novembro de 2011.
  26. Motionless in White - Creatures Review Rinse Repeat
  27. Video: Motionless In White- “Creatures” Metal Riot. Visitado em 27 de Novembro de 2011.
  28. Heany, Gregory. Creatures - Motionless in White Allmusic.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]