Pokémon Diamond e Pearl

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pokémon Diamond e Pearl
Capas das versões Diamond e Pearl respectivamente.
Produtora Game Freak
Designer Nintendo
Plataforma(s) Nintendo DS
Série Pokémon
Data(s) de lançamento
Gênero(s) RPG
Modos de jogo Single player, multiplayer, multiplayer online
Idioma Japonês
Traduções Inglês, espanhol, italiano, alemão, francês e coreano

Pokémon Diamond Version e Pokémon Pearl Version (ポケットモンスター ダイヤモンド・パール, Poketto Monsutā Daiyamondo, Pāru?) são dois jogos de Pokémon para a consola portátil Nintendo DS. Os jogos adicionaram à série 107 novos monstrinhos, totalizando 493 Pokémon. O jogo se passa na região de Sinnoh, um novo continente baseado na ilha de Hokkaido, no Japão.

Pokémon Diamond e Pearl, em sua primeira semana de vendas no Japão, bateram recordes de vendas, superando Gold e Silver, as versões que mais venderam na primeira semana, e foram também os jogos mais vendido do Japão em 2006.[1] É, atualmente, o terceiro jogo mais vendido no Nintendo DS, com mais de sete milhões de unidades vendidas pelo mundo e em sua primeira semana nos Estados Unidos, vendeu mais de um milhão de cópias.[2]

Jogabilidade[editar | editar código-fonte]

Mudanças drásticas foram tomadas em Pokémon Diamond e Pearl para melhorar a série. Uma das principais mudanças foi a perspectiva. Em vez de se ver de cima todo o jogo, agora vê-se em oblíquo, ou seja, a mais ou menos 45° do chão. Os gráficos misturam 2D com 3D. Uma outra mudança foi o modo de batalha, que passou a usar as duas telas. Na tela superior, a cena de batalha e, na tela de toque, as opções de comando.

Mais uma inovação foi a diferença entre alguns Pokémon com sexos distintos. Pokémon bebês agora poderão ser encontrados como Pokémon selvagens, diferente dos jogos das gerações anteriores, onde só poderiam ser obtidos por meio de cruzamento.

Introduzidos em Ruby e Sapphire, os "contests" estão de volta em novo estilo: agora, além da parte onde o jogador mostra seus ataques, há uma parte para enfeitar o Pokémon e dançar para acumular pontos. Eles têm três etapas: na primeira é preciso colocar acessórios e vesti-lo. A segunda é um concurso de dança. E a terceira é a fase normal dos golpes. Agora os concursos se chamam Pokémon Super Contest.

A diferença entre dia e noite volta a ser perceptível. Assim como em Pokémon Gold, Silver e Crystal, há um relógio interno no jogo, com mudanças no cenário de acordo com a hora. Também como os jogos anteriores citados acima, há Pokémon que aparecem apenas de dia, de tarde ou de noite e Pokémon obtidos por eventos especiais da Nintendo.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Tudo começa em Twinleaf Town, onde o protagonista e seu rival vêem na TV uma reportagem sobre um Gyarados vermelho (possivelmente o mesmo que apareceu em Gold, Silver e Crystal) que anda atormentando pessoas num lago distante e decidem viajar até o lago para investigar. No caminho, o jogador encontra o professor Rowan, o expert Pokémon de Sinnoh, e sua parceira Dawn, a personagem principal do sexo oposto. Após uma conversa, o professor deixa o lago com sua pasta para trás. O protagonista e seu rival examinam essa pasta e acabam sendo atacados por dois Starly. O jogador escolhe um Pokémon da pasta (Turtwig, Chimchar ou Piplup) e seu rival pega o Pokémon com vantagem a ele, e batalha com esse Pokémon contra o Starly. Depois de o terem derrotado, Dawn aparece e devolve a pasta ao professor e ele pede para que o protagonista inicie uma jornada através de Sinnoh e complete a sua Pokédex.

Quanto mais o jogador avança, mais ele descobre sobre a organização Team Galactic e seus objetivos. Os executivos da organização têm nomes de planetas do Sistema Solar: Mars, Jupiter e Saturn. Team Galactic captura Uxie, Azelf e Mesprit, dos três lagos de Sinnoh e os aprisionam, tornando responsabilidade do protagonista soltá-los. Para isso, ele entra na caverna sagrada do Mt. Coronet, onde o líder do Team Galactic, Cyrus, acorda Dialga, em Diamond, e Palkia, em Pearl. Os poderes desses lendários Pokémon causam devastação em Sinnoh, liberando o trio lendário para impedí-los.

Pokémon revelados[editar | editar código-fonte]

Dos 107 novos Pokémon, 27 são evoluções ou pré-evoluções de Pokémon antigos. O primeiro a ser revelado foi Munchlax, a forma pré-evolução do Snorlax, aparecendo no sétimo filme, Destiny Deoxys. Era previsto inicialmente que vários dos Pokémon antigos recebessem novas formas, pré-evoluídas como Mr. Mime com Mime Jr. e Chansey com Happiny, e evoluídas como Electabuzz com Electivire e Sneasel com Weavile. Outros Pokémon, totalmente novos também foram revelados, como Lucario, estrela do oitavo filme, Lucario and the Mystery of Mew, Drapion, Buizel e Chatot, mas ainda não se sabia quem seriam as capas de Diamond e Pearl.

Assim, em junho de 2006, a revista japonesa CoroCoro revelou os guardiões Dialga e Palkia, originalmente chamados de Diaruga (vindo de Dayamondo, diamante em japonês) e Parukia (vindo de Pāru, pérola em japonês). Logo, todos perceberam quem seriam as capas.

Mesmo com o lançamento no Japão, havia três Pokémon escondidos, que deveriam ser mantidos em segredo até a hora de serem revelados. São Darkrai, Shaymin e Arceus, obtidos em eventos ou truques com GameShark e Action Replay. Para o décimo filme do anime, Dialga VS. Palkia, onde haveria uma batalha entre Dialga e Palkia e um novo Pokémon teria uma parte crucial na história. Em 14 de fevereiro de 2007, a revista CoroCoro revelou que este Pokémon era Darkrai e o filme foi rebatizado de Dialga VS. Palkia VS. Darkrai (The Rise of Darkrai nos Estados Unidos). Agora tem o filme do Giratina (Origin Form) com o Shaymin (Land form e Sky Form) e no Japão foi anunciado um novo filme do Arceus, onde o pokemon lendário é acordado pela batalha de Dialga, Palkia e Giratina.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

No dia 14 de março do mesmo ano, o site americano Serebii.net surpreendeu a todos os fãs, revelando todos os nomes americanos dos 107 Pokémon.

Conexão[editar | editar código-fonte]

Diamond e Pearl têm suporte para a Nintendo Wi-Fi Connection, o que tornou possível trocar, batalhar e conversar com treinadores do mundo todo. É necessário o Friend Code da pessoa, como nos outros jogos com suporte para a conexão, mas há uma novidade: existe agora um centro de troca global (GTS), onde o jogador coloca um Pokémon para trocar e outro que quer receber em troca. Não é necessário o Friend Code nesse modo. Na Nintendo WFC, é possível conversar com o adversário usando um adaptador especial fabricado pela Nintendo.

Diamond e Pearl também fazem a primeira conexão Nintendo DSWii, conectando-se com Pokémon Battle Revolution para copiar Pokémon para o jogo, que podem ser usados nele. Mas também é possível "atualizar" os Pokémons copiados, caso tenha treinado outro Pokémon e queira usá-lo em Pokémon Battle Revolution basta copiar novamente os Pokémons da versão do DS.

É possível o jogador transferir seus Pokémon da geração Advance para Diamond e Pearl e capturá-los sem problemas no Pal Park, um lugar feito especialmente para transferência e captura de Pokémon de terceira geração. Além disso, caso o jogador insira um cartucho específico no Slot 2 do Nintendo DS, é possível encontrar certos Pokémon em certas rotas de Sinnoh.

Muitos confundem que o Sinnoh Underground é usável com a WFC, mas não é. O Sinnoh Underground é para o uso Wireless, com amigos a até nove metros de distância.

Wonder Card[editar | editar código-fonte]

Wonder Card é o nome dado ao presente recebido pelo Mystery Gift em Diamond e Pearl. Podem ser recebidos tanto através de protocolo Wireless, quando a fonte de envio está próxima do jogo, como ocorre com os itens e Pokémon de Pokémon Battle Revolution, quanto por modo Wi-Fi, modo não utilizado ainda, quando a fonte é a própria Nintendo fazendo distribuição mundial de prêmios. O Wonder Card é recebido somente quando a opção Mystery Gift está ativa nos jogos Pokémon Diamond e Pearl, e até 3 Wonder Cards podem ser acumulados por jogo, quando passa a ser obrigatório apagar ao menos um deles para que se possa receber um novo.

Alguns Mystery Gifts a exemplo do Eon Ticket dos jogos Pokémon de Game Boy Advance poderão ser compartilhados por mais de um jogo, através da opção do Mystery Gift "receive from a friend" (Receber de amigo). Uma vez recebido pelo Mystery Gift, cada cartão pode ser retirado apenas uma vez em qualquer Pokémart da região de Sinnoh.

A falha da versão japonesa[editar | editar código-fonte]

Na versão japonesa, pelo menos, há uma pequena falha, como em Red e Blue com o Missingno. Darkrai e Shaymin, dois dos Pokémon que só podem ser obtidos através de eventos podem ser capturados sem problemas com esse bug. Foi eliminado da versão americana e das novas edições da versão japonesa.

Precedido por
Emerald
Jogos eletrônicos de Pokémon
2006
Sucedido por
Platinum

Referências