Supremacia negra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Louis Farrakhan é um destacado membro da Nation of Islam.

A supremacia negra é um pensamento racista que afirma a supremacia da raça negra em detrimento a outros grupos étnico-raciais.

Nos Estados Unidos, a organização negra muçulmana Nation of Islam caracteriza-se pelo pensamento, difundido por um de seus fundadores, Elijah Muhammad. O atual líder da instituição, Louis Farrakhan, foi proibido de pisar em solo do Reino Unido em 1986 pelo discurso de ódio que sustentou.[1] De forma similar, alguns grupos de israelitas negros pregam que povos negros foram os verdadeira escolhido de Deus

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Cultura é um esboço relacionado ao Projeto Cultura. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


Referências

  1. "Farrakhan British ban stays ". BBC. 30 de abril de 2002.