URBS

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
URBS
Urbanização de Curitiba S/A
Logotipo da URBS
Tipo economia mista
Indústria transportes
Fundação 1963 (fundada como Companhia de Urbanização e Saneamento de Curitiba)
Sede Paraná Curitiba
Áreas servidas Paraná Curitiba e região metropolitana
Locais Curitiba
Presidente Marcos Isfer
Significado
da sigla
Urbanização de Curitiba
Página oficial http://www.urbs.curitiba.pr.gov.br

A URBS (razão social: Urbanização de Curitiba S/A), é uma empresa de economia mista que controla o sistema de transporte público da cidade de Curitiba. O sistema de transporte coletivo de Curitiba é um dos mais eficientes do Brasil, o que é comprovado por uma série de prêmios internacionais. O mais recente, concedido pela prestigiosa instituição inglesa Building and Social Housing Foundation. Outro é a classificação do sistema como "exemplar", feita pelo Worldwatch Institute, um dos maiores institutos de pesquisa ambiental dos Estados Unidos.

A empresa foi inaugurada na década de 1960 com a preocupação de privilegiar o transporte de massa, o sistema é reconhecido por aliar baixo custo operacional e serviço de boa qualidade. Cerca de 1,9 milhão de passageiros são transportados diariamente, com um grau de satisfação de 64,07% dos usuários, segundo pesquisa da própria URBS[1] . O valor da passagem em 2014 é uma das mais caras entre as capitais brasileiras.[2]

O grande diferencial do transporte curitibano era dispor de tarifa integrada, permitindo deslocamentos para toda a cidade pagando apenas uma passagem, mas que atualmente pode ser considerada ultrapassada. Cada pessoa pode compor seu próprio percurso, já que o sistema é integrado por meio de Terminais e Estações-Tubo. Quem percorre trajetos longos, o que é mais comum entre a população de menor poder aquisitivo, é subsidiado por aqueles que realizam percursos menores. Esta solução no entanto implica deslocamentos muito maiores que o necessário pois a integração é feita apenas em alguns pontos específicos. Calcula-se que diariamente 80% dos usuários utilizem integração. Atualmente, a Rede Integrada de Transporte opera com 1.877 ônibus, realizando cerca de catorze mil viagens por dia, num total de 316.000km.

Hoje o sistema está integrado com doze municípios da Região Metropolitana: Almirante Tamandaré, Colombo, Pinhais, São José dos Pinhais, Araucária, Fazenda Rio Grande, Campo Magro, Campo Largo, Contenda, Rio Branco do Sul, Itaperuçu e Piraquara. A integração se dá por linhas convencionais, de ônibus metropolitanos, Expressos e Ligeirinhos, transportando diariamente cerca de 500 mil pessoas que residem ou trabalham nas cidades vizinhas. Este serviço não é administrado exclusivamente pela URBS [3] .

Referências

  1. Prefeitura Municipal de Curitiba (02/02/2011). Sistema de Curitiba é aprovado por 64% dos passageiros. Curitiba.pr.gov.br. Página visitada em 07/03/2014.
  2. Portal Terra (30/06/2013). Passagens de ônibus: Ranking das tarifas de transportes públicos no Brasil. terra.com.br. Página visitada em 07/03/14.
  3. Governo do Estado do Paraná (14/12/2013). Transporte Metropolitano. Comec.pr.gov.br. Página visitada em 04/03/14.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]