Bosque Alemão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Bosque Alemão
Oratório do Bosque Alemão
Localização Curitiba,  Brasil
Tipo Público
Área 38 mil m²
Inauguração 1996
Administração Prefeitura de Curitiba

O Bosque Alemão, antiga chácara da família Schaffer com 38 mil m² de área, foi inaugurado em 1996 na cidade de Curitiba, capital do estado brasileiro do Paraná. Localiza-se no bairro Vista Alegre (Jardim Schaffer) e é formado por mata nativa densa. Foi criado para homenagear a cultura e as tradições que os imigrantes alemães trouxeram para Curitiba a partir de 1833.

Localização[editar | editar código-fonte]

O bairro Vista Alegre (Jardim Schaffer), abriga toda a área do bosque que se localiza entre as ruas Franz Schubert, Niccolò Paganini e Francisco Schaffer.

Atividades[editar | editar código-fonte]

As visitas ao bosque ocorrem diariamente das 6h às 20h, a Biblioteca infantil funciona das 9 às 17h e a Hora do Conto, quando são encenadas histórias infantis é aos sábados e domingos a partir das 14h.

Atrações do bosque[editar | editar código-fonte]

Portal de entrada do Bosque Alemão
Torre dos Filósofos no Bosque Alemão
  • Oratório Bach, uma sala para concertos musicais. É uma das principais atrações do Bosque e é instalada na réplica de uma antiga igreja Presbiteriana. A sala foi inaugurada em 13 de abril de 1996.[1]
  • A Torre dos Filósofos, com um mirante de onde se vislumbra boa parte da área preservada.
  • A trilha João e Maria, onde as crianças tem a oportunidade de vivenciar um dos mais belos contos infantis.
  • A Casa Encantada, com uma biblioteca infantil, e onde é feita a Hora do Conto para crianças, com bruxas e fadas.
  • A Praça da Cultura Germânica, onde se vislumbra a riqueza cultural dos imigrantes alemães.
  • O bosque de mata atlântica nativa preservada com nascentes de água límpida.
  • O portal e a reprodução da fachada da Casa Mila, construção germânica do início do século XX, originalmente localizada no centro da cidade. O gradil na abertura superior central do portal é original da antiga construção.

Referências

  1. SGANZERLA, Eduardo, RODRIGUES, Júlio C.. Curitiba. Curitiba: P.M.C., 1996. 310p
Ícone de esboço Este artigo sobre estado do Paraná é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.