BR-020

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
BR-020
 Brasil
Identificador  BR-020 
Tipo Rodovia Radial
Extensão 2038 km
Extremos
 • Sudoeste:
 • Nordeste:

Brasília
Fortaleza
Início Brasília,  Distrito Federal
Fim Fortaleza,  Ceará
Concessionária Pública

A BR-020 é uma rodovia federal radial do Brasil.[1] Seu ponto inicial fica na cidade de Brasília[2], e o final, em Fortaleza[3]. Passa pelo Distrito Federal e pelos estados de Goiás, Bahia[4], Piauí[5] e Ceará. Aberta no governo do presidente Juscelino Kubitschek, a rodovia tem 2.038 quilômetros, no trajeto mais curto de Brasília a Fortaleza, segundo informações do extinto Departamento Nacional de Estradas e Rodagens (DNER).[6]

Nos estados da Bahia e do Piauí, há longos trechos da rodovia que são de terra, e também trechos que não foram construídos até hoje, ainda estando na fase de planejamento, o que força os motoristas a utilizarem outras rodovias para chegarem ao seu destino. Sua extensão é de 2038,5 quilômetros (incluídos os trechos não construídos).[7]

Em seu livro 50 Anos Em 5: Meu Caminho para Brasilia (Volume III), o ex-presidente Juscelino Kubitschek lamentou a falta de continuidade e conservação desta rodovia construída em seu governo. Segundo ele, alguns trechos teriam sido naturalmente fechados posteriormente pela floresta devido a falta de conservação. Logo após Juscelino ter saído do governo, seu sucessor na presidência Jânio Quadros extinguiu a Rodobrás - empresa estatal criada para manutenção rodoviária federal.[8]

Em 2005, o trecho compreendido entre as cidades de Formosa (GO) e Fortaleza (CE) recebeu a denominação de Rodovia Presidente Juscelino Kubitschek, através da Lei nº 11.141/05.[6]

A idéia inicial da proposta, que teve origem na Câmara dos Deputados (PCL 7/2004), era dar o nome do responsável pela criação de Brasília a toda a rodovia. Entretanto, a BR-020 já havia sido objeto de iniciativa semelhante, tendo a lei nº 10.434/2002 dado ao trecho compreendido entre Brasília e Formosa a denominação "Rodovia Luiz Carlos Prestes".[6]

A "Rota da Fé"[editar | editar código-fonte]

Existe por parte da CNBB, a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, do Governo do Estado do Ceará e do Governo Federal o desejo de transformar essa rodovia dentro do estado do Ceará em um dos principais roteiros do turismo religioso do Brasil. O Governo Estadual trata essa ideia como uma alternativa econômica para essa região, semelhantemente como a Espanha, localizada no continente Europeu, tratou as rotas dos caminhos de Santiago de Compostela.

No Ceará, os Caminhos de Assis são os percursos feitos pelos romeiros de todo o país e de algumas partes do mundo que afluem para a BR-020, com destino a Basílica de São Francisco de Assis, que existe no município de Canindé, no intuito de pagarem alguma promessa. Existem cinco alojamentos que foram construídos com recursos provenientes do Governo do Estado com o intuito de servirem, de ponto de descanso para os peregrinos que trafegam a pé, pelo acostamento da rodovia, dois deles estão na BR-020, o de Campos Belos situado no km 349 e o de Caridade no km 326.

BR-020 em Planaltina-DF.
Divisa DF-GO.
Divisa GO-DF.
BR-020 em Sobradinho-DF.
BR-020 em Goiás.
BR-020, após Luiz Eduardo Magalhães-BA, sentido Brasília.
BR-020 em São João do Piauí.


Referências


Ícone de esboço Este artigo sobre uma rodovia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.