Live at Wembley (álbum de Beyoncé)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Beyoncé: Live at Wembley)
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Live at Wembley
Álbum ao vivo de Beyoncé
Lançamento 26 de abril de 2004 (2004-04-26)
Gravação 10 de novembro de 2003 (2003-11-10)
(Wembley Arena)
(Londres)
Gênero(s) R&B, soul, hip hop soul, dance-pop, dance music
Duração 150 minutos
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Columbia, Sony Urban
Direção Julia Knowles, Nahum
Cronologia de Beyoncé
Dangerously in Love
(2003)
B'Day
(2006)
Cronologia de vídeo de Beyoncé
Beyoncé: The Ultimate Performer
(2006)

Live at Wembley é o primeiro álbum ao vivo da artista musical estadunidense Beyoncé. O seu lançamento ocorreu em 26 de abril de 2004, através da Columbia Records e da Sony Urban. O DVD apresenta o concerto feito pela cantora em 10 de novembro de 2003 na Wembley Arena, situada em Londres, como parte da turnê Dangerously in Love (2003), feita em suporte ao álbum homônimo (2003). A maioria das canções de Live at Wembley são originárias de Dangerously in Love, apesar de conter uma mistura de faixas do grupo feminino Destiny's Child, do qual Beyoncé fazia parte.

O álbum obteve análises positivas da mídia especializada, a qual prezou os vocais de Knowles e seus passos de dança, bem como as músicas do repertório. Comercialmente, debutou na 17ª colocação da Billboard 200 e atingiu a liderança do periódico Top Music Videos, bem como das tabelas de DVDs da Austrália e da Espanha, além de ter classificando-se entre as dez melhores posições na Áustria, na Bélgica, na Itália, nos Países Baixos e no Reino Unido. O DVD foi certificado ouro pela Recording Industry Association of Japan (RIAJ) e de dupla platina pela Australian Recording Industry Association (ARIA) e pela Recording Industry Association of America (RIAA)

Antecedentes e lançamento[editar | editar código-fonte]

Beyoncé apresentando "Dangerously in Love 2" durante a turnê The Beyoncé Experience (2007), que foi incluída como a penúltima faixa do repertório de Live at Wembley.

Em junho de 2003, Beyoncé lançou o seu álbum de estreia em carreira solo, intitulado Dangerously in Love (2003). De acordo com a cantora, ela passou por muita dificuldade para fazer com que a Columbia Records lançasse o trabalho, adiando-o mais de duas vezes. Musicalmente derivado do R&B e da música soul, obteve análises positivas da mídia especializada e debutou na primeira posição da tabela estadunidense Billboard 200 com cerca de 317 mil unidades adquiridas. Mundialmente, o projeto foi mais vendido no ano de 2003 e comercializou mais de 12 milhões de cópias até a data, tornando-se o disco da cantora com o maior número de vendas. O sucesso crítico e comercial do disco rendeu à artista cinco Grammy Awards em uma única noite, nomeadamente Best R&B Song, Best Rap/Sung Collaboration, Best Female R&B Vocal Performance, Best Contemporary R&B Album e Best R&B Performance by a Duo or a Group with Vocals, empatando-a com Alicia Keys, Norah Jones e Lauryn Hill entre as cantoras com o maior número de Grammy Awards conquistados em uma única noite. Tais sucessos críticos e comerciais e condecorações resultou em outros reconhecimentos a Knowles, que passou a ser prezada como uma das artistas de maior sucesso na indústria musical, bem como uma das cantoras com maior apelo comercial. Para promover o trabalho, foram lançados quatro singles, dos quais "Crazy in Love" e "Baby Boy" tornaram-se êxitos comerciais, liderando o periódico estadunidense Billboard Hot 100 durante oito e nove semanas consecutivas, respectivamente. Os outros dois singles do disco foram "Naughty Girl" e "Me, Myself and I", que conquistaram as cinco melhores colocações em território estadunidense. Como forma de divulgação, ela embarcou na turnê Dangerously in Love (2003), que contou com um total de catorze faixas sendo incluídas em seu repertório.

Faixas[editar | editar código-fonte]

DVD lista de músicas[editar | editar código-fonte]

  1. "Baby Boy" – 4:58
  2. "Naughty Girl" – 4:12
  3. "Fever" – 5:57
  4. "Hip Hop Star" – 4:31
  5. "Yes" – 4:11
  6. "Work It Out" – 3:47
  7. "Gift from Virgo" – 3:15
  8. "Be with You" – 3:58
  9. "Speechless" – 5:00
  10. DC Medley – 10:43
    1. "Bug a Boo"
    2. "No, No, No Part 2"
    3. "Bootylicious"
    4. "Jumpin' Jumpin'"
    5. "Say My Name"
    6. "Independent Women Part I"
    7. "'03 Bonnie & Clyde"
    8. "Survivor"
  11. "Me, Myself and I" – 5:14
  12. "Summertime" – 5:30
  13. "Dangerously in Love" – 8:34
  14. "Crazy in Love" – 8:03
  15. Credits – 1:45

Bônus do DVD[editar | editar código-fonte]

  1. Backstage – 8:38
  2. Staging/Choreography – 5:51
  3. Beyoncé's Dressing Room – 5:48
  4. Show Favorites – 3:06
  5. Beyoncé - Solo Artist – 3:25
  6. A Day in London – 4:58
  7. Meet the Fans backstage – 2:58
  8. A Conversation with Beyoncé – 16:26
  9. "Crazy in Love" Live from the 2004 BRIT Awards – 3:42
  10. L'Oréal Commercial – 0:31
  11. Destiny's Child Update – 0:17

CD lista de músicas[editar | editar código-fonte]

  1. "Wishing on a Star" (Billie Rae Calvin) – 4:09
  2. "What's It Gonna Be" (Beyoncé Knowles, LaShaun Owens, Karrim Mack, Corte Ellis, Larry Troutman, Roger Troutman, Kandice Love) – 3:37
  3. "My First Time" (Knowles, Pharrell Williams, Chad Hugo) – 4:25
  4. "Krazy in Luv" (Maurice's Nu Soul Remix) (Knowles, Rich Harrison, Shawn Carter, Eugene Record) – 6:28
  5. "Baby Boy" (Junior's World Mixshow) (Knowles, Scott Storch, Robert Waller, Carter) – 6:39
  6. "Naughty Girl" (Calderone Quayle Club Mix) (Knowles, Storch, Waller, Angela Beyincé, Pete Bellotte, Giorgio Moroder, Donna Summer) – 9:38
  1. Japão faixa bônus[1]
  2. "Naughty Girl" (com Lil' Kim) – 3:51
  3. "Naïve" (HR Crump Remix com Da Brat) – 3:40

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Ano Cerimônia Nomeação Categoria Resultado
2004 Source Hip-Hop Music Awards[2] "Naughty Girl"
(com: Lil' Kim)
Best Female Rap Collaboration Indicado
Grammy Awards[3] "Krazy in Luv" (Maurice's Nu Soul Remix) Best Remixed Recording, Non-Classical Venceu
2006 "Wishing on a Star" Best Female R&B Vocal Performance Indicado

Desempenho[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Live At Wembley/ライヴ・アット・ウェンブリー(初回仕様限定盤)». Sony Music Japan. Consultado em 8 de Junho de 2011 
  2. USA Today. «List of nominees for 2004 Source Awards» (em inglês). Consultado em 14 de Novembro de 2009 
  3. «Past Winners Search». Grammy Award. Consultado em 30 de agosto de 2011 
  4. «Ranking Mensal de DVD». CAPIF. Consultado em 2 de janeiro de 2012 
  5. «Beyonce - Longplay». Music Line. Consultado em 8 de Junho de 2011. Arquivado do original em 26 de junho de 2012 
  6. «Week Commencing 24th May 2004» (PDF). Australian Recording Industry Association. Pandora Archive (743). 24 de maio de 2004. Consultado em 6 de abril de 2011 
  7. «AUSTRIA TOP 40 - MUSIK-DVD TOP 10 23.05.2004». Austriancharts. Consultado em 8 de Junho de 2011 
  8. «Ultratop 10 MUSIC DVD Flandres». Ultratop. Consultado em 17 de Setembro de 2011 
  9. «Ultratop 10 MUSIC DVD Valônia». Ultratop. Consultado em 17 de Setembro de 2011 
  10. «Top 20 DVD Musical» (PDF). Productores de Música de España. Março , 2004. Consultado em 16 de abril de 2011. Arquivado do original (PDF) em 30 de março de 2012  Verifique data em: |data= (ajuda)
  11. «Google books». Google e Billboard. Pandora Archive. 24 de maio de 2004. Consultado em 6 de abril de 2011 
  12. a b «Billboard Albums». Allmusic. Consultado em 8 de Junho de 2011 
  13. «Top 50 Ξένων Aλμπουμ». IFPI. Consultado em 1 de Janeiro de 2012 
  14. «DVD Musicali». FIMI. Consultado em 8 de Junho de 2011. Arquivado do original em 18 de maio de 2012 
  15. «Beyoncé Album Discography». Oricon. Consultado em 14 de setembro de 2011 
  16. «DVD Music Top 30 (15 Março, 2004)» (em Dutch). Dutch Charts. Hung Medien. Consultado em 6 de abril de 2011 
  17. a b «Beyoncé - Live at Wembley». Swiss Charts. Consultado em 8 de Junho de 2011 
  18. «Guns 'N' Roses Greatest Hits is pushed to number two after D12's new record D12 World takes the top place and Anastacia falls to third place». Music Week. 8 de maio de 2004. Consultado em 2 de Janeiro de 2012. Arquivado do original em 3 de Fevereiro de 2012 
  19. «Lista Anual DVD's Musicales 2004 - Top 10» (PDF). PROMUSICAE. 2004. Consultado em 16 de abril de 2011. Arquivado do original (PDF) em 25 de abril de 2012 
  20. «Mercado Brasileiro de Música» (PDF). ABPD. ABPD. 2004. Consultado em 16 de abril de 2011. Arquivado do original (PDF) em 27 de maio de 2012 
  21. ARIA. «ARIA Charts - Accreditations - 2006 DVD» (em inglês). Consultado em 14 de Janeiro de 2010 
  22. «Top 20 DVD Musical» (PDF). Productores de Música de España. Maio de 2008. Consultado em 16 de setembro de 2011. Arquivado do original (PDF) em 25 de abril de 2012 
  23. «Searchable Database». RIAA. Consultado em 9 de Junho de 2011 [ligação inativa]
  24. «Certifications Video Platine - année 2004». SNEP. Consultado em 17 de Setembro de 2011. Arquivado do original em 29 de julho de 2012 
  25. «The record». RIAJ. Consultado em 12 de Setembro de 2011