Doll Domination

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Doll Domination
Álbum de estúdio de The Pussycat Dolls
Lançamento Estados Unidos 23 de Setembro de 2008[1]
Brasil 7 de Outubro de 2008[2]
Gravação 2007—2008
Gênero(s)
Duração 62:40
Idioma(s) Inglês
Formato(s)
Gravadora(s)
Diretor(es)
Produção
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de The Pussycat Dolls
PCD
(2005)
Singles de Doll Domination
  1. "When I Grow Up"
    Lançamento: 9 de Julho de 2008
  2. "Whatcha Think About That"
    Lançamento: 9 de Setembro de 2008
  3. "I Hate This Part"
    Lançamento: 26 de Fevereiro de 2009
  4. "Bottle Pop"
    Lançamento: 14 de Fevereiro de 2009
  5. "Jai Ho! (You Are My Destiny)"
    Lançamento: 3 de março de 2009
  6. "Hush Hush; Hush Hush"
    Lançamento: 26 de Maio de 2009

Doll Domination é o segundo álbum de estúdio do grupo feminino americano Pusssycat Dolls. O álbum foi lançando pela A&M Records e Interscope Records em 19 de Setembro de 2008[5] na Austrália, 28 de Setembro nos Estados Unidos e, 7 de Outubro no Brasil. Possui um grande grupo de produtores e compositores, alguns dos quais trabalharam com as Pussycat Dolls em seu primeiro álbum, PCD, como por exemplo, Timbaland, Polow da Don e Sean Garrett. Com o intuito de conferir ao álbum um estilo da dance music estão Rodney Jerkins e Danja. O álbum estreou na Billboard 200, com 79.000 cópias vendidas em sua primeira semana,[6] ocupando, dessa forma, a 4° posição da parada.

Ele apresenta algumas canções gravadas inicialmente por Nicole Scherzinger para seu álbum solo Her Name Is Nicole, que até hoje não foi lançado devido aos insucessos dos singles. Doll Domination inclui os singles "When I Grow Up", "Bottle Pop", "Whatcha Think About That" e "I Hate This Part". Entretanto, apesar do relativo sucesso de seus singles, o álbum, em comparação com o anterior, vendeu muito menos cópias.

Em 2009, várias novas canções foram adicionadas, juntamente com algumas canções de Doll Domination, em uma coletânea de 10 faixas intitulada Doll Domination 2.0, lançado na Austrália. Um EP, Doll Domination: The Mini Collection, foi lançado no Reino Unido com três novas canções e os seus três singles lançados no Reino Unido. As novas edições geraram dois singles, incluindo os hit mundial "Jai Ho! (You Are My Destiny)" e "Hush Hush; Hush Hush". O grupo ainda lançou uma nova versão do álbum intitulada Doll Domination 3.0, no Reino Unido no dia 10 de Agosto de 2009 com três novas canções: "Painted Windows", "Jai Ho! (You Are My Destiny)" e "Hush Hush; Hush Hush".[7][8]

Gravação e produção[editar | editar código-fonte]

A MTV inicialmente informou que o álbum se chamaria "To Those Who Wait", mas, mais tarde, as Pussycat Dolls em entrevista afirmaram que o álbum se denominaria Doll Domination, atendendo a pedidos dos fãs. Em meados de 2006, Rodney Jerkins, Sean Garrett e Timbaland, juntamente com The Clutch, foram convocados para supervisionar o projeto. Outros produtores vieram e o projeto progrediu. Inicialmente o álbum teria sua produção adiada para mais tarde, pois previa-se que Nicole Scherzinger lançaria seu álbum solo, Her Name Is Nicole, enquanto Doll Domination estivesse em produção. Entretanto, o álbum não foi lançado porque seus quatro singles foram um fracasso nos Estados Unidos e Europa (apesar de "Baby Love" ter apresentado um bom desempenho nas paradas brasileiras e européias)[9][10]. Dessa forma, "When I Grow Up", "Who's Gonna Love You" e "Happily Never After" foram adicionadas a Doll Domination[11]. A líder das Dolls, Nicole Scherzinger, falou sobre o lançamento de seu álbum durante o reality show Pussycat Dolls Present: The Search For the Next Doll, onde cantou "Just Say Yes", canção que pertenceria ao seu álbum solo[12]. Depois de sua apresentação, a MTV, Amazon.com e HMV adicionaram a canção na lista de músicas do álbum das Pussycat Dolls, mas a faixa nunca foi realmente lançada.

Músicas[editar | editar código-fonte]

Nicole é a única integrante que se envolveu na produção do álbum, bem como sua concepção. Assim como o anterior, ela é a única cantora do grupo que compôs canções e possui créditos do álbum, por ter contribuído com "Bottle Pop", "Hush Hush", "Who's Gonna Love You" e "Jai Ho! (You Are My Destiny)". São dela, também, os principais vocais de todas as canções. Melody Thornton oferece backings vocals para muitas canções, ainda que em "Elevator", "Love The Way You Love Me" e "Painted Windows", ela compartilhe dos principais vocais ao lado de Nicole, além de "Takin' Over The World", onde ela canta com vocais secundários. As novas canções dos álbuns lançados em 2009 trazem uma característica marcante: a presença maior do grupo. Jessica Sutta faz sua estreia em "Top of The World", cantando com vocais de Melody e Nicole. "Painted Windows" é a primeira música a ter todas as Pussycat Dolls cantando, mesmo que no backing, e Melody cantando trechos solo no desfecho da canção.

As canções "Love Gun", produzida por Cee-Lo, e "Whatever Happens", composta e produzida por Ryan Tedder, foram citadas como possíveis faixas, mas não estão presentes no álbum.[13] Cee-Lo e Ryan trabalharam com Leona Lewis, em "Bleeding Love", e com a banda americana de pop rock OneRepublic em "Apologize". Foram canções bem sucedidas e, por isso, críticos ficaram desapontados ao perceberem que as faixas produzidas por ambos não estavam incluídas no álbum. Outras canções, como "Away" - regravada por Enrique Iglesias, "Glamour Girl" gravado pela banda americana Electrik Red com a participação de Scott Storch, compostas e produzidas por Sean Garrett, não apareceram no álbum. "Just Say Yes", composta por Gary Lightbody, que originalmente foi confirmada para o álbum, não figurou na lista de faixas para a surpresa de alguns críticos. As versões de 2009 geraram as faixas "Takin' Over the World (We Love To Entertain You)", "Hush Hush; Hush Hush", "Top of the World", "Jai Ho! (You Are My Destiny), "Painted Windows" e "Bad Girl". Todas, com exceção da última, estão presentes em um ou mais álbuns re-lançados. "Bad Girl" foi lançada como faixa da série The Secret Dreamworld of a Shopaholic, enquanto "Top of The World" foi feita com o objetivo de ser tema da série de TV da MTV, "The City".

Relançamentos[editar | editar código-fonte]

Em abril de 2009, a revista americana Billboard anunciou que as Pussycat Doll tinham vendido cerca de 400 000 cópias de Doll Domination. Posteriormente, Nicole confirmou que o álbum seria relançado com novas canções. Em entrevista, afirmou: "É uma nova vida, um novo impulso para o Doll Domination. Nesta indústria, todos os dias surgem novas canções, isso é o que estamos tentando fazer, sempre colocar novas músicas, e levar as pessoas a prestar atenção. Portanto, esta é uma forma das pessoas conseguirem novas músicas e para aquelas que não adquiriram o primeiro álbum poder comprá-lo com uma nova rodada de músicas.".[14] O álbum foi relançado com a mesma capa[15] em muitos países europeus: 14 de Abril na França, 24 de Abril na Alemanha e Holanda.

Tudo isso deveu-se ao insucesso de vendas em 2008 e 2009, desencadeando vários relançamentos do álbum, que, ao todo, já possui oito versões distintas. Em setembro e outubro de 2008, uma edição padrão do álbum foi lançada mundialmente, contendo 16 faixas. Os mercados internacionais receberam duas, das quatro faixas bônus. Na Europa e nos Estados Unidos, uma edição de luxo foi simultaneamente lançada com 5 faixas bônus (cada integrante do grupo cantando uma canção solo). Então, em dezembro de 2008, uma versão para colecionadores foi lançada nos Estados Unidos e na Austrália com todas as músicas da edição de luxo, mais duas faixas extras. No Reino Unido, lugar onde iniciou-se a turnê do álbum, houve grande sucesso de vendas da versão de luxo.

Em abril de 2009, depois da gravação de novas canções, o álbum foi relançado em todos os territórios. A Europa recebeu uma edição 2009 com todas as canções originais mais 3 das 4 novas canções. No final de abril, o Doll Domination 2.0 foi lançado na Austrália, uma coletânea com 6 das canções originais e 4 novas. Em 24 de Abril de 2009, o EP intitulado Doll Domination: The Mini Collection chegou às lojas do Reino Unido com seus quatro singles e duas novas músicas. Duas semanas depois, foi lançada no Reino Unido uma versão de luxo do álbum, idêntica à edição internacional. Contudo, ela apresentava o remix do single "Baby Love" de Nicole Scherzinger, que não havia sido lançado anteriormente como faixa bônus no Reino Unido. Em 10 de Agosto foi anunciado o Doll Domination 3.0, lançado no Reino Unido após o sucesso de todos os singles, conseguindo alcançar as 20 melhores posições das paradas britânicas e tornando-se um dos maiores sucessos de venda do grupo. No Brasil foi lançado o "Doll Domination Repackage" em 28 de abril de 2009, com a adição de três novas faixas[16][17][18].

Divulgação e turnê mundial[editar | editar código-fonte]

Em 20 de Maio de 2008, as Pussycat Dolls realizaram uma apresentação de seu novo single, "When I Grow Up", pela primeira vez no Jimmy Kimmel Live!,[19] e no dia 1 de Julho daquele ano realizaram uma nova apresentação da música no MTV Movie Awards[20]. A terceira apresentação foi realizada no dia 12 de Julho do mesmo ano, na série de TV americana So You Think You Can Dance. Oficialmente, a canção foi lançada nas rádios americanas no dia 27 de Maio de 2008. No Brasil, a canção começou a tocar nas rádios no dia 9 de Julho do mesmo ano. A canção alcançou a 17a posição no Maxim Hot 100 da VH1 e, 1° lugar na Billboard Brasil Hot 100.

Outras apresentações foram realizadas com o intuito de promover os singles e o álbum:

Doll Domination World Tour[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Doll Domination World Tour

As Pussycat Dolls começaram sua turnê no dia 18 de Janeiro de 2009. O Doll Domination Worl Tour (também conhecida como World Domination Tour), visitou várias cidades da Europa e Oceania, com Lady Gaga fazendo a abertura dos shows. Ne-Yo também fez a abertura dos shows em algumas cidades, no lugar de Lady GaGa. A segunda parte da turnê ocorreu na América do Norte. As Pussycat Dolls ficaram responsáveis pelo show de abertura das turnês de Britney Spears, "The Circus Starring: Britney Spears".

Recepção[editar | editar código-fonte]

Desempenho comercial[editar | editar código-fonte]

O álbum estreou na 4° posição na Billboard 200, com 79.000 cópias vendidas na primeira semana, marca superior ao primeiro álbum do grupo, "PCD", que por sua vez, estreou em 5° lugar, e vendeu 99.000 cópias em sua primeria semana. Entretanto, o álbum não teve longevidade nas paradas, lutando muito para permanecer no Top 25 até o final do ano. Na segunda semana, o álbum caiu para a 17° colocação, e na terceira semana para a 30°[21]. Passou uma surpreendente semana no Top 100, em comparação com PCD, que passou um ano na mesma parada. No ano seguinte, em 2009, o álbum Doll Domination não apareceu na Top 100. Em outras regiões, o desempenho foi semelhantes, embora na semana de 10 de Janeiro de 2009, o álbum tenha entrado novamente no Top 100, ocupando a última posição. Segundo Nicole, o álbum vendeu mais de 5 milhões de cópias.

Na França e no Reino Unido, o álbum vendeu 100.000 cópias, recebendo certificado de ouro. Os dois primeiros singles obtiveram um péssimo desempenho nas paradas russas. Ainda assim, a canção "Hush Hush", assim que lançada, tornou-se um enorme sucesso, atingindo o 1° lugar na parada Airplay Russa,[22] o que rendeu ao grupo um certificado de Platina[23] em apenas três semanas.

Críticas[editar | editar código-fonte]

O álbum tem recebido, em sua maioria, opiniões negativas da crítica, tendo recebido a pontuação de 51 dos 100, no Metacritic[24]. O crítico pop August Brown, do Los Angeles Times, afirmou que o novo álbum não superou o seu antecessor, PCD (2005), e deu uma nota média de cinco estrelas[25]. Da mesma forma, Nic Oliver do Music OMH deu ao álbum quatro estrelas de dez, afirmando que as músicas "Out of this Club" com R. Kelly, "Love The Way You Love Me" são monótonas e que o álbum é inferior ao primeiro[26]. Alex Vitoulis, da revista ACPM, declarou estar decepcionado com a qualidade do álbum[6]. Watson Margeaux da Entertainment Weekly concordou com a crítica de Nic Oliver, e afirmou que Pussycat Dolls não é uma banda e, sim, uma marca. Ele critica a vocalista Nicole Scherzinger, devido a sua presença dominante no álbum, e a ausência aparente de alguns Dolls: "Após escutar este CD sente-se que você está em uma conversa monótona sobre amor com Nicole. E quanto as outras? Você sabe o nome delas? Quantas são?"[27]. Nic Oliver disse ainda que "a maior contribuição do restante do grupo são as poses sensuais sobre as motos, ou seja, a capa do álbum e outras imagens"[26].

Priyan Elan do The Times conferiu três estrelas de cinco ao álbum, afirmando que "ele é parecido com Blackout de Britney Spears, mas, falta a presença das demais Dolls"[28]. Glen Gamboa do Newsday escreve: "Parece que elas estão à merce do seus compositores e produtores que fazem grandes oscilações em termos de qualidade" e ainda diz que "...é a queda plena das Dolls". Adam Graham do Detroit Free Press deu ao álbum um B+, criticando a falta de participação das demais Pussycat Dolls. Assim como Margeaux Watson, também criticou a presença excessiva de Nicole: "Não há uma (Das demais Pussycat Dolls) que está presente nos vocais principais". Rashod D. Ollison do The Baltimore Sun escreveu: "A dolorosa tentativa de caracterizar as Pussycat Dolls como grupo é inútil e errôneo, pois essa classificação passa longe da real identidade das Dolls"[29][30][31].

A Digital Spy disse que "Doll Domination é um álbum que carece de qualquer tipo de coesão lírica... Nenhuma das faixas tem o brilho de "When I Grow Up", mas "I Hate This Part" é muito melodramático e cada uma das quatro produções de Timbaland é um desperdício de dinheiro."[32].

Aaron M., do site brasileiro Canal Pop, afirmou que Nicole Scherzinger traz para o álbum um lado mais humano. Segundo ele, Doll Domination mostra que as Pussycat Dolls são "gente como a gente", com letras que retratam problemas da vida, não apenas alegrias, conquistas e vitórias, mas também tristezas, perdas, momentos difíceis". Contudo, a maior crítica de Aaron é o fato de que as Dolls assemelham-se "alienígenas, de tão profundo que é o tratamento das fotos presentes na arte gráfica". Ao final da crítica, Aaron afirma que trata-se de um ótimo álbum sem críticas negativas referentes às faixas[33]. Todavia, a Digital Spy, afirmou posteriormente que Doll Domination: The Mini Collection, com "Painted Windows" é uma faixa nova e deslumbrante produzida por Rodney Kerkins, enquanto criticou "Hush Hush; Hush Hush", dizendo que é um remix ridículo de Doll Domination. O diferencial é que vem com trechos gritantes de "I Will Survive". O site afirma que o Mini Collection realmente começa dar sentido a Doll Domination, atribuindo quatro de cinco estrelas[34].

Faixas[editar | editar código-fonte]

Doll Domination
N.º Título Compositor(es) Produtor(es) Duração
1. "When I Grow Up"   Rodney Jerkins, Theron Thomas, Timothy Thomas, Jim McCarty, Paul Samwell-Smith Rodney Jerkins 4:04
2. "Bottle Pop" (Participação de Snoop Dogg) Fernando Garibay, Sean Garrett e Nicole Scherzinger (Backing Vocals by Timbaland) Sean Garrett e Nicole Scherzinger 3:30
3. "Whatcha Think About That" (Participação de Missy Elliott) Esther Dean, Melissa Elliott, Mickael Furnon, Jamal Jones e Jason Perry Polow da Don 3:48
4. "I Hate This Part"   Jonas Jeberg, Mich Hansen, Lucas Secon e Wayne Hector Cutfather e Jonas Jeberg 3:39
5. "Takin' Over The World"   Chase N. Cashe, Chisolm, Farris, Gouche, Daniel Groover e Sims Chase N Cashe 3:35
6. "Out Of This Club" (Participação de R. Kelly e Polow da Don) Robert Kelly e Jamal Jones R. Kelly 4:08
7. "Who's Gonna Love You"   Jones, Nicole Scherzinger, DioGuardi,(Backing Vocals by Timbaland) Polow Da Don 4:00
8. "Happily Never After"   Shea Taylor e Ne-Yo Ne-Yo 4:49
9. "Magic"   Timbaland, Jerome Harmon e The Clutch Timbaland 3:41
10. "Halo"   Timbaland, Harmon e The Clutch Timbaland 5:24
11. "In Person"   Timbaland, Harmon e The Clutch Timbaland 3:36
12. "Elevator"   Darkchild e Crystal Johnson Rodney Jerkins 3:41
13. "Hush Hush"   Fair, Andreas Romdhane, Josef Larossi, Ina Wroldsen e Nicole Scherzinger Quiz & Larossi 3:48
14. "Love The Way You Love Me"   Chauncey Hollis, Cashe, DioGuardi, Jesse Woodard e Kasia Livingston Chase N. Cashe e Hit-Boy 3:21
15. "Whatchamacallit"   Timbaland, Harmon e The Clutch Timbaland 4:20
16. "I'm Done"   S. Ridel, T.L. James e A. Huff Tal Herzberg 3:18
Duração total:
62:40

Outras versões[editar | editar código-fonte]

Lançado em 14 de Abril de 2009 apenas na Europa e Taiwan
N.º Título Duração
1. "When I Grow Up"   4:04
2. "Bottle Pop" (Participação de Snoop Dogg) 3:30
3. "Whatcha Think About That" (Participação de Missy Elliott) 3:48
4. "I Hate This Part"   3:39
5. "Takin' Over The World"   3:35
6. "Out Of This Club" (Participação de R. Kelly e Polow da Don) 4:08
7. "Who's Gonna Love You"   4:00
8. "Happily Never After"   4:49
9. "Magic"   3:41
10. "Halo"   5:24
11. "In Person"   3:36
12. "Elevator"   3:41
13. "Hush Hush; Hush Hush"   3:48
14. "Love The Way You Love Me"   3:21
15. "Whatchamacallit"   4:20
16. "I'm Done"   3:18
17. "Jai Ho! (You Are My Destiny)" (Participação de A. R. Rahman) 3:46
18. "Top Of The World"   3:31
19. "Painted Windows"   3:34
Duração total:
62:40

Doll Domination 3.0[editar | editar código-fonte]

Em 10 de Agosto de 2009, foi lançado no Reino Unido, com a arte da capa original, o Doll Domination 3.0, que inclui todas as canções, tanto da versão original e da "Mini Collection". Contudo, ele não contém as canções solo disponíveis na versão de luxo do álbum.

Doll Domination 3.0
N.º Título Duração
1. "When I Grow Up"   4:04
2. "Bottle Pop" (Participação de Snoop Dogg) 3:30
3. "Whatcha Think About That" (Participação de Missy Elliott) 3:48
4. "I Hate This Part"   3:39
5. "Takin' Over The World"   3:35
6. "Hush Hush; Hush Hush"   4:13
7. "Out Of This Club" (Participação de R. Kelly e Polow da Don) 4:08
8. "Who's Gonna Love You"   4:00
9. "Happily Never After"   4:49
10. "Magic"   3:41
11. "Jai Ho! (You Are My Destiny)" (Participação de A.R. Rahman) 3:46
12. "Halo"   5:24
13. "In Person"   3:36
14. "Elevator"   3:41
15. "Hush Hush"   3:48
16. "Love The Way You Love Me"   3:21
17. "Whatchamacallit"   4:20
18. "Painted Windows"   3:34
19. "I'm Done"   3:18
20. "Perhaps, Perhaps, Perhaps"   2:14
Duração total:
75:19

Singles[editar | editar código-fonte]

 Brasil União Europeia  Reino Unido Oceania América do Norte América Latina Ásia
"When I Grow Up"
9 de Junho de 2008
"When I Grow Up"
8 de Setembro de 2008
"When I Grow Up"
12 de Junho de 2008
"When I Grow Up"
15 de Junho de 2008
"When I Grow Up"
30 de Junho de 2008
"When I Grow Up"
12 de Junho de 2008
"Whatcha Think About That"
12 de Outubro de 2008
"I Hate This Part"
31 de Outubro de 2008
"I Hate This Part"
24 de Novembro de 2008
"I Hate This Part"
1 de Novembro de 2008
"Whatcha Think About That"
9 de Setembro de 2008
"I Hate This Part"
30 de Novembro de 2008
"Whatcha Think About That"
9 de Setembro de 2008
"I Hate This Part"
26 de Fevereiro de 2009
"Jai Ho! (You Are My Destiny)"
24 de Abril de 2009
"Whatcha Think About That"
23 de Fevereiro de 2009
"Bottle Pop"
2 de Março de 2009
"I Hate This Part"
21 de Outubro de 2008
"Jai Ho! (You Are My Destiny)"
16 de Abril de 2009
"I Hate This Part"
1 de Novembro de 2008
"Jai Ho! (You Are My Destiny)"
23 de Março de 2009
"Hush Hush; Hush Hush"
-
"Jai Ho! (You Are My Destiny)"
13 de Abril de 2009
"Jai Ho! (You Are My Destiny)"
16 de Março de 2009
"Jai Ho! (You Are My Destiny)"
23 de Fevereiro de 2009
"Hush Hush; Hush Hush"
-
"Jai Ho! (You Are My Destiny)"
16 de Abril de 2009
"Hush Hush; Hush Hush"
12 de Maio de 2009[35][36]
"Hush Hush; Hush Hush"
13 de Julho de 2009[37]
"Hush Hush; Hush Hush"
12 de Maio de 2009
"Hush Hush; Hush Hush"
-
  • "When I Grow Up" é o primeiro single do álbum, lançado em 27 de maio de 2008 para o iTunes. Alcançou uma resposta positiva, atingindo a 9° posição na parada Billboard Hot 100, nos Estados Unidos, 2° na parada Australiana de Singles, 3° posição nas paradas de Singles do Reino Unido e do Canadá.
  • No Brasil e nos Estados Unidos o segundo single (terceiro para Reino Unido, Irlanda e França), "Whatcha Think About That", foi lançado no dia 9 de Setembro de 2008, pelo iTunes. Nas rádios americanas, foi lançado, no mesmo mês; já o vídeo só em outubro de 2008. A canção alcançou a 9° posição no Top 40 do Reino Unido.
  • O terceiro single (segundo para Reino Unido, Irlanda e França), lançado no Brasil e nos Estados Unidos foi "I Hate This Part". A canção se tornou hit mundial ao ser lançado na Nova Zelândia e na Austrália no dia 7 de outubro de 2008, e nos Estados Unidos em 21 de outubro de 2008. Teve excelente desempenho nas paradas da Roménia, chegando ao Top das paradas, na Bélgica chegou a 2° lugar, 3° na França e no Brasil, e 5° no Canadá. Ainda chegou ocupar a 10° posição nas paradas da Austrália, Turquia, Nova Zelândia, Suíça, Áustria e Irlanda, 11º nos Estados Unidos e 25° na Dinamarca, Japão, Alemanha, Noruega e Reino Unido.
  • "Jai Ho (You Are My Destiny)" é uma regravação (remix) da música indiana "Jai Ho" de A.R. Rahman. É o primeiro single da versão 2.0 do álbum que deverá ser lançado em 31 de março de 2009.
  • O quinto single é "Bottle Pop". A versão lançada não apresenta a participação do raper Snoop Dogg. Espera-se que seja lançado na Alemanha, em Março de 2009. O vídeo já foi lançado na Austrália e nos Estados Unidos e, atingiu o 5° lugar nas paradas.
  • O sexto single é Hush Hush; Hush Hush, canção composta por Romdhane, Ina Wroldsen, Josef Larossi e Nicole Scherzinger, fez sucesso na Rússia e na turnê do álbum Doll Domination. A confirmação de que Hush Hush iria ser o próximo single veio no site do Last.Fm, a gravadora Interscope, adicionou um álbum intitulado "Hush Hush; Hush Hush", com data de lançamento, 28 de Abril de 2009.[38]

Doll Domination 2.0[editar | editar código-fonte]

Doll Domination 2.0
Coletânea musical de The Pussycat Dolls
Lançamento 24 de Abril de 2009
Gravação 2007—2009
Duração 38:18
Idioma(s) Inglês
Gravadora(s) Interscope Records
Singles de Doll Domination 2.0
  1. "Jai Ho! (You Are My Destiny)"
    Lançamento: 23 de Fevereiro de 2009
  2. "Hush Hush; Hush Hush"
    Lançamento: 12 de Maio de 2009

O Doll Domination 2.0 é uma coletânea do álbum Doll Domination. No total, ele apresenta apenas 10 faixas, sendo 6 dessas originais mais o remix de Hush Hush e "Jai Ho! (You Are My Destiny)", "Top of the World" e "Painted Windows". Até agora só teve lançamento na Austrália no dia 24 de Abril de 2009, foi lançado nos Estados Unidos em 28 de Agosto de 2009.[39]

N.º Título Duração
1. "When I Grow Up"   4:05
2. "I Hate This Part"   3:39
3. "Jai Ho! (You Are My Destiny)" (Participação de A. R. Rahman e Nicole Scherzinger) 3:42
4. "Hush Hush; Hush Hush"   4:14
5. "Top of the World"   3:16
6. "Halo"   5:24
7. "Painted Windows"   3:33
8. "Bottle Pop"   3:30
9. "Takin' Over The World"   3:35
10. "I'm Done"   3:18
Duração total:
38:18

Doll Domination: The Mini Collection[editar | editar código-fonte]

A rádio londrina Capital anunciou o lançamento do Doll Domination: The Mini Collection,[40] no dia 27 de Abril de 2009, no Reino Unido. Esse álbum contém todos os singles de Doll Domination, Jai Ho! (You Are My Destiny), além das novas músicas "Hush Hush; Hush Hush" e "Painted Windows".

Doll Domination: The Mini Collection
N.º Título Duração
1. "Jai Ho! (You Are My Destiny)" (Participação de A. R. Rahman e Nicole Scherzinger) 3:42
2. "When I Grow Up"   4:05
3. "Whatcha Think About That" (Participação de Missy Elliott) 3:48
4. "Painted Windows"   3:34
5. "I Hate This Part"   3:39
6. "Hush Hush; Hush Hush"   4:14
Duração total:
23:09

Paradas[editar | editar código-fonte]

  • Lista as melhores posições, sendo que todos as edições foram "unificadas".

Histórico de lançamentos[editar | editar código-fonte]

País Data Formato Gravadora
 Austrália 19 de Setembro de 2008 Versão padrão Universal Music
 Reino Unido 23 de Setembro de 2008 Polydor Records
 Estados Unidos Versão padrão e edição de luxo A&M Records / Interscope Records
 Brasil 7 de Outubro de 2008 Versão internacional e Repackage Universal Music Brasil
 Austrália Dezembro de 2008 Edição de colecionadores Universal Music
 Japão
 França 14 de Abril de 2009 Doll Domination (relançamento de 2009)
 Austrália[70] 24 de Abril de 2009 Doll Domination 2.0
 Reino Unido 27 de Abril de 2009 Doll Domination: The Mini Collection Polydor Records
12 de Maio de 2009 Edição de luxo
10 de Agosto de 2009 Doll Domination 3.0

Ficha técnica[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Pussycat Dolls: Doll Domination - The Pussycat Dolls » Music:». Consultado em 28 de Maio de 2009 
  2. «Sonora: músicas de Doll Domination». Consultado em 28 de Maio de 2009 
  3. Fletcher, Alex (23 de fevereiro de 2009). «Pussycat Dolls: 'Whatcha Think About That'». Digital Spy. Consultado em 27 de fevereiro de 2016 
  4. «Pussycat Dolls, The - Doll Domination at Discogs». Consultado em 28 de Maio de 2009 
  5. «Pussycat Dolls: releases: Doll Domination». Universal Music Australia Pty Ltd (em inglês). Consultado em 28 de Novembro de 2009 
  6. a b «Week Ending Sept. 28, 2008: Uncle Walt & His Pop Star Factory - Chart Watch» (em inglês). Consultado em 28 de Maio de 2009 
  7. «Play.com (UK): The Pussycat Dolls - Doll Domination 3.0: CD - Free Delivery». Consultado em 28 de Novembro de 2009 
  8. «Doll Domination 3.0 – The Pussycat Dolls – Descubra e ouça gratuitamente músicas na Last.fm». Universal Music Ireland Ltd (em inglês). 7 de Agosto de 2009. Consultado em 28 de Novembro de 2009 
  9. «Fracasso? Lil' Wayne passa por mesma situação que Nicole Scherzinger / Portal POPLine - O Maior Site de Música Pop do Brasil». Portal POPLine. 24 de Setembro de 2009. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  10. «Carreira solo de novo: Nicole Scherzinger está deixando o Pussycat Dolls? / Portal POPLine - O Maior Site de Música POP do Brasil - Notícias». Portal POPLine. 24 de Abril de 2009. Consultado em 31 de Dezembro de 2009 
  11. «Nicole Scherzinger PCD Interview » Nicole Scherzinger » News » MTV UK» (em inglês). 18 de Agosto de 2008. Consultado em 28 de Maio de 2009 
  12. «Pussycat Doll's Nicole Scherzinger Talks About Solo Album» (em inglês). 23 de Agosto de 2007. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  13. «Exclusive Pussycat Dolls interview » The Sun »Showbiz»Something For The Weekend». Jacqui Swift (em inglês). 29 de Agosto de 2008. Consultado em 29 de Novembro de 2009 
  14. «Pussycat Doll Nicole Scherzinger Talks Solo Album, 'Domination 2.0'». Gary Graff (em inglês). 1 de Abril de 2007. Consultado em 13 de Maio de 2009 
  15. «Capa de Doll Domination Relançado» (em inglês). Consultado em 29 de Novembro de 2009 
  16. «Melody Thornton Brasil: Doll Domination Repackage – A promoção». Maio de 2009. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  17. «JAI HO no Brasil, vamos com força TOTAL! + Relançamento do Doll Domination no Brasil e propaganda do Doll Domination 2.O « The Pussycat Dolls Brasil – O Maior Site Sobre Pussycat Dolls do Brasil!». Gustavo. 28 de Março de 2008. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  18. «Canal Pop: Nicole Scherzinger pode deixar o Pussycat Dolls». 24 de Abril de 2009. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  19. «Pussycat Dolls: Doll Domination » News » Pussycat Dolls on the Jimmy Kimmel Show!». Site Oficial do Grupo (em inglês). Consultado em 28 de Maio de 2009 
  20. «Movie Awards Story » Coldplay, Pussycat Dolls Set To Perform At MTV Movie Awards - Show Story » Headlines » MTV» (em inglês). Consultado em 28 de Maio de 2009 
  21. «Top Music Charts - Hot 100 - Billboard 200 - Music Genre Sales» (em inglês). Consultado em 28 de Maio de 2009 
  22. «Основные параметры ротации трека на радиостанциях, работающих в системе TOPHIT.RU» (em russo). Consultado em 28 de Maio de 2009 
  23. a b ««2M» - Золотой и платиновый альбом в России - International 2008» (em russo). Consultado em 4 de Julho de 2010 
  24. «Doll Domination reviews at Metacritic.com». Consultado em 29 de Novembro de 2009 
  25. «Smug Pussycat Dolls forget the fun - Los Angeles Times». August Brown, Mikael Wood e Randy Lewis (em inglês). 16 de Setembro de 2008. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  26. a b «Pussycat Dolls - Doll Domination » album reviews » musicOMH.com». Nic Oliver. 22 de Setembro de 2008. Consultado em 28 de Maio de 2009 
  27. «Doll Domination » Music Review » Entertainment Weekly». Margeaux Watson. 16 de Setembro de 2008. Consultado em 28 de Maio de 2009 
  28. «Pussycat Dolls: Doll Domination review » CD reviews » Music » Times Online». Priya Elan. 13 de Setembro de 2008. Consultado em 28 de Maio de 2009 
  29. «Pussycat Dolls - Baltimore Sun». Rashod D. Ollison (em inglês). 23 de Setembro de 2008. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  30. «Articles about Jane Girls - Baltimore Sun». Rashod D. Ollison (em inglês). 23 de Setembro de 2008. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  31. «Doll Domination - Blog do MySpace Nicole Scherzinger Fansite de /». Nicole Scherzinger Fansite (em inglês). 4 de Outubro de 2008. Consultado em 4 de Julho de 2010 
  32. «Music - Album Review - Pussycat Dolls: 'Doll Domination' - Digital Spy». Nick Levine (em inglês). 22 de Setembro de 2008. Consultado em 28 de Maio de 2009 
  33. «Canal Pop: Lançamentos: Pussycat Dolls: Doll Domination». Aaron M., do Canal Pop. 31 de Outubro de 2008. Consultado em 4 de Julho de 2009 
  34. «Music - Album Review - Pussycat Dolls: 'Doll Domination - The Mini Collection' - Digital Spy». Nick Levine. 27 de Abril de 2009. Consultado em 29 de Novembro de 2009 
  35. «Pussycat Dolls: Doll Domination News Don't Miss the Pussycat Dolls NEW single "Hush Hush; Hush Hush" available EVERYWHERE 5/12!». Consultado em 27 de Maio de 2009 
  36. «Pussycat Dolls: Doll Domination News Check out "Hush Hush; Hush Hush" the new PCD single available everywhere TODAY!». Consultado em 27 de Maio de 2009 
  37. «New Releases - UK Forthcoming Albums (Radio1 Rodos Greece::: Top 40 Music Station::: Promo Releases)». Consultado em 20 de Junho de 2009 
  38. «Álbuns de The Pussycat Dolls – Descubra músicas, vídeos, shows e fotos na Last.fm». Consultado em 28 de Maio de 2009 
  39. «Walmart.com: Doll Domination 2.0, The Pussycat Dolls: Dance / DJ». Consultado em 28 de Maio de 2009 
  40. «Music - Dolls to release mini album - 95.8 Capital FM». 29 de Março de 2009. Consultado em 28 de Maio de 2009 
  41. «australian-charts.com - The Pussycat Dolls - Doll Domination». ARIA. Consultado em 3 de Julho de 2010 
  42. a b «The Pussycat Dolls - Doll Domination - Music Charts». ACharts.com. Consultado em 3 de Julho de 2010 
  43. «ultratop.be - The Pussycat Dolls - Doll Domination» (em inglês). Consultado em 3 de Julho de 2010 
  44. «ultratop.be - The Pussycat Dolls - Doll Domination» (em inglês). Consultado em 3 de Julho de 2010 
  45. a b «Doll Domination 2.0 - Pussycat Dolls - Billboard.com». Billboard (em inglês). Consultado em 3 de Julho de 2010 
  46. «Dutch Charts for Doll Domination». Consultado em 4 de abril de 2010 
  47. «Doll Domination at Billboard». Consultado em 4 de abril de 2010 
  48. «Finnish Charts for Doll Domination». Consultado em 4 de abril de 2010 
  49. «Doll Domination at LesCharts». Consultado em 4 de abril de 2010 
  50. «Doll Domination at MusicLine». Consultado em 4 de abril de 2010 
  51. «Irish Albums Chart week 39, 2008.». Consultado em 4 de abril de 2010 
  52. «Mexican charts for Doll Domination». Consultado em 4 de abril de 2010 
  53. «New Zealand charts for Doll Domination». Consultado em 4 de abril de 2010 
  54. «Oficjalna lista sprzedaży :: OLIS - Official Retail Sales Chart». OLIS. 27 de julho de 2009. Consultado em 16 de agosto de 2009 
  55. «Portuguese charts for Doll Domination». Consultado em 4 de abril de 2010 
  56. «╚2M╩ - гНКНРНИ Х ОКЮРХМНБШИ ЮКЭАНЛ Б пНЯЯХХ - International 2008». 2m-online.ru. Consultado em 16 de agosto de 2009 
  57. «Spanish charts for Doll Domination». Consultado em 4 de abril de 2010 
  58. «Swiss Charts for Doll Domination». Consultado em 4 de abril de 2010 
  59. «G-Music Japan Billboard». G-music.com.tw. Consultado em 16 de agosto de 2009 
  60. «Doll Domination at ChartStats». Consultado em 4 de abril de 2010 
  61. http://www.musikindustrie.de/gold_platin_datenbank_beta/
  62. «ARIA Charts – Accreditations – 2009 Albums». Australian Recording Industry Association. Consultado em 10 de abril de 2009 
  63. «Gold and Platinum – Albums − 2009». International Federation of the Phonographic Industry (em holandês). Ultratop 50. 15 de junho de 2010 
  64. «The Pussycat Dolls Certificados». Associação Brasileira de Produtores de Discos. Consultado em 15 de junho de 2010 
  65. «Music Canada (CRIA): Gold & Platinum». Cria.ca. Consultado em 16 de agosto de 2009 
  66. «Les Disques d'Or 2009» (PDF). Syndicat National de l'Édition Phonographique (em francês). Disqueenfrance. Consultado em 15 de Junho de 2010 
  67. «Irish Platinum albums». Irish Recorded Music Association. Consultado em 15 de junho de 2010 
  68. «Swiss Music Charts – Awards 2009». International Federation of the Phonographic Industry (em alemão). Swiss Music Charts. Consultado em 15 de junho de 2010 
  69. «The Pussycat Dolls Certifications». British Phonographic Industry. Consultado em 8 de janeiro de 2010 
  70. «Doll Domination 2.0 (Pussycat Dolls): Music: BIGWentertainment.com.au». Consultado em 3 de Julho de 2010