Batalha de Cer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto.
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Batalha de Cer
Primeira Guerra Mundial
Battle of Cer.jpg
Data 16 de Agosto a 19 de Agosto de 1914
Local noroeste da Sérvia
Desfecho Vitória sérvia significativa
Combatentes
Áustria-HungriaÁustria-Hungria Sérvia Reino da Sérvia
Comandantes
Oskar Potiorek
Liborius Ritter von Frank
Stepa Stepanović,Pavle Jurišić Šturm, Radomir Putnik
Forças
200 000 180 000
Baixas
18 500 mortos ou feridos
4 500 capturados
4 785 mortos ou desaparecidos
11 215 feridos

A Batalha de Cer[1] ou Batalha de Jadar[2] foi travada entre os dias 16 e 19 de agosto de 1914. Representa uma das duas tentativas frustradas do Império Austro-Húngaro de invadir a Sérvia no primeiro ano da Primeira Guerra Mundial. É também considerada a primeira derrota das Potências Centrais no conflito.

Prelúdio[editar | editar código-fonte]

Nos primeiros dias de agosto de 1914, os austro-húngaros tinham três Exércitos posicionados contra o reino da Sérvia e comandados pelo general Oskar Potiorek. Na visão do governo sérvio e de seu comandante militar, o Vojvoda Radomir Putnik, a invasão austro-húngara certamente seria dirigida contra a capital (Belgrado), cidade posicionada junto à fronteira adversária. Em seguida, deveria seguir para o sul, aproveitando-se do vale do Rio Morava. Assim, quando Oskar Potiorek iniciou seu ataque contra o noroeste da Sérvia, atravessando os rios Sava e Drina, Putnik, durante alguns dias, esteve certo de que aquilo não era mais do que um finta, para enganá-lo. A verdade, porém, é que Potiorek estava realmente lançando contra o flanco esquerdo sérvio todo o peso de seus três Exércitos e esperava alcançar a cidade de Valjevo em cinco dias.

A Batalha[editar | editar código-fonte]

Quando Putnik finalmente se deu conta do que estava acontecendo, ordenou que os três Exércitos sérvios desdobrassem um cordão defensivo naquela direção apoiados, na extrema esquerda, pelo destacamento Uzhitse. O IIº Exército sérvio, comandado por Stepa Stepanović, era o mais forte deles, não pelo seu efetivo, mas pela qualidade das suas divisões, que dispunham dos melhores meios materiais e humanos. Ao final de quatro dias de batalha, os austro-húngaros foram repelidos e seus últimos soldados repassaram a fronteira no dia 24 de agosto. É interessante referir que o IIº Exército austro-húngaro, antes do fim da batalha, começaria a ser removido na direção do front russo.

Desdobramentos[editar | editar código-fonte]

Cerca de 18.500 militares austro-húngaros foram mortos ou feridos durante estes combates e outros 6.500 foram capturados. Foi, para os sérvios, um feito digno de nota, em um momento em que seus aliados franceses, ingleses e russos vinham passando por sérias dificuldades. Em novembro os austro-húngaros realizariam uma nova grande ofensiva na região, resultando na Batalha de Kolubara.

Referências

  1. lê-se "Tser"
  2. porque as principais operações foram realizadas perto da bacia do rio Jadar,no noroeste da Sérvia

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • BLIN, Coronel. Pequena História da Grande Guerra. Rio de Janeiro: Comp. Editora Americana, 1939.


Batalhas da Campanha da Sérvia
Cer - Drina - Kolubara - MoravaOvche PoleKosovo - Mojkovac
[editar]


Portal A Wikipédia possui o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Cer