Colônia Álvaro da Silveira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Colônia Álvaro da Silveira
—  Colonização Estrangeira  —
Colônia Álvaro da Silveira em Bom Despacho (1939)
Colônia Álvaro da Silveira em Bom Despacho (1939)
Colônia Álvaro da Silveira em Minas Gerais
Colônia Álvaro da Silveira em Minas Gerais
Colônia Álvaro da Silveira no Brasil
19° 42' 55.96" S 45° 7' 14.55" O
País Brasil
Estado Minas Gerais
Município Bom Despacho e Pitangui
Fundação 14 de fevereiro de 1920
Emancipação 26 de julho de 1946
Fundador Artur Bernardes
Área
 - Total 42,89 km²
Altitude 750 m (2 461 pés)
População
 - Origem Predominantemente Alemã
Fuso horário Brasil (UTC-3)

A Colônia Álvaro da Silveira foi um núcleo de colonização estrangeira, de origem predominantemente alemã, criada em 14 de fevereiro de 1920 pelo então presidente do estado de Minas Gerais, Artur Bernardes. O núcleo colonial foi criado em terras da fazenda "Capão" entre os municípios de Leandro Ferreira (Na época uma freguesia do município de Pitangui) e Bom Despacho, às margens da então Estrada de Ferro Paracatu. A criação da colônia se deu pelo decreto Nº 5.297[1] de 14 de fevereiro de 1920 e sua emancipação pelo decreto Nº 10.148[2] de 5 de dezembro de 1931.[3] [4] [5]

A colônia tinha uma área de 4.289 hectares divididos em 179 lotes. Destes 179, 102 foram ocupados, 5 reservados e 72 vagos. Alguns dos terrenos vagos seriam aproveitados para fins pastoris, já que não se prestavam à agricultura.[6]

A escola[editar | editar código-fonte]

O decreto Nº 5.652[7] de 24 de maio de 1921 criou uma escola mista em cada uma das colônias localizadas no município de Bom Despacho.

As famílias[editar | editar código-fonte]

Algumas das famílias que viveram na Colônia Álvaro da Silveira:

  • Anuth
  • Bartels
  • Bergerhoff
  • Bergmann
  • Berkert
  • Bobbia
  • Bokermann
  • Darge
  • Darmstädter
  • Denecke
  • Egen
  • Ehlert
  • Engemann
  • Escher
  • Fahner
  • Falkenburg
  • Frei
  • Fronzeck
  • Fröseler
  • Gendorf
  • Gimpel
  • Gölz
  • Gottschalg
  • Gurgel
  • Guy
  • Hammerich
  • Hanke
  • Henrig
  • Honeker
  • Hunger
  • Isliker Patria
  • Jensen
  • Jung
  • Kargl
  • Kling
  • Klitske
  • Knischewski
  • Kohnert
  • Korell
  • Koslowski
  • Köster
  • Krawzyk
  • Kresse
  • Kunert
  • Kunzler
  • Ledandeck
  • Ludgen
  • Ludwig
  • Lütkenhaus
  • Mangels
  • Mossler
  • Motskus
  • Müller
  • Müllerchen
  • Niegetrat
  • Nowasyk
  • Overlander
  • Paniz
  • Primus
  • Rabe
  • Reiferscheid
  • Richter
  • Roedel
  • Schierm
  • Schmidt
  • Steinbrecher
  • Tegeler
  • Tentz
  • Wagner
  • Walder
  • Weiser
  • Weller
  • Widmer
  • Winterink
  • Zuber

As famílias vinham predominantemente de territórios pertencentes à Alemanha, mas havia também famílias vindas da Suíça, Áustria, Holanda e mesmo do próprio Brasil. Diversos registros contendo nomes de pessoas das famílias acima citadas podem ser encontrados nos cartórios de registro civil dos municípios de Bom Despacho e Leandro Ferreira.

  • Em Leandro Ferreira, nascimentos foram encontrados nos livros 5, 6 e 7, casamentos nos livros 3 e 4 e óbitos no livro 5.
  • Em Bom Despacho, nascimentos foram encontrados nos livros 3A, 4A, 5A e 6A, casamentos nos livros 4B, 5B, 7B e 8B e óbitos nos livros 2C, 3C e 4C.

Referências

  1. Decreto 5.297 (1920).
  2. Decreto 10.148 (1931).
  3. Provincial Presidential Reports - Minas Gerais (1830-1930) Mensagem ao Congresso de Minas Gerais 1920 - p.80 a 82 (1920).
  4. Provincial Presidential Reports - Minas Gerais (1830-1930) Mensagem ao Congresso de Minas Gerais 1921 - p.16 a 17 (1921).
  5. Provincial Presidential Reports - Minas Gerais (1830-1930) Mensagem ao Congresso de Minas Gerais 1922 - p.72 a 74 (1922).
  6. Provincial Presidential Reports - Minas Gerais (1830-1930) Mensagem ao Congresso de Minas Gerais 1927 - p.83 (1927).
  7. Decreto 5.652 (1921).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História do Brasil é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.