Crepúsculo dos Deuses

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Sunset Boulevard
Crepúsculo dos Deuses (PT/BR)
Sunset Boulevard 20.jpg
 Estados Unidos
1950 • p&b • 110 min 
Direção Billy Wilder
Roteiro Charles Brackett /Billy Wilder / D.M. Marshman Jr.
Elenco William Holden
Gloria Swanson
Erich von Stroheim
Nancy Olson
Género drama / filme noir
Idioma inglês
Página no IMDb (em inglês)

Sunset Boulevard (pt / br: Crepúsculo dos Deuses) é um filme estadunidense de 1950, do gênero drama noir, dirigido por Billy Wilder. Seu título original é o nome da rua homônima que atravessa as cidades de Los Angeles e Beverly Hills, na Califórnia.

O filme é estrelado por William Holden como o roteirista azarado Joe Gillis, e Gloria Swanson como Norma Desmond, uma decadente atriz da era do cinema mudo que atrai Gillis para seu mundo fantasioso no qual ela sonha em fazer um triunfante retorno às telas. Erich von Stroheim, Nancy Olson, Fred Clark, Lloyd Gough e Jack Webb interpretam os papéis secundários. O diretor Cecil B. DeMille e a colunista de fofoca Hedda Hopper interpretam a si mesmos. Buster Keaton, H. B. Warner e Anna Q. Nilsson, estrelas do cinema mudo, fazem participações especiais no filme.

Aclamado por vários críticos na época em que foi lançado, Crepúsculo dos Deuses foi indicado para onze Oscars, tendo recebido três. É comumente aceito como um filme clássico, frequentemente citado como um dos filmes mais notáveis do cinema americano. Considerado "culturalmente, historicamente ou esteticamente significante" pela Biblioteca do Congresso estadunidense em 1989, Crepúsculo dos Deuses foi incluído no primeiro grupo de filmes selecionados para preservação pela Secretaria Nacional de Cinema. Em 1998, foi nomeado o décimo segundo melhor filme estadunidense de todos os tempos na lista elaborada pelo American Film Institute. Em 2007, na reedição da lista, apareceu na décima sexta posição.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

No início um crime é cometido e uma voz em off começa a narrar que tudo começou quando Joe Gillis (William Holden), um roteirista fugindo de representantes de uma financeira que tentava recuperar o carro por falta de pagamento e se refugia em uma decadente mansão, cuja proprietária, Norma Desmond (Gloria Swanson), era uma estrela do cinema mudo. Quando Norma tem conhecimento que Joe é roteirista, contrata-o para revisar o roteiro de Salomé, que marcaria o seu retorno às telas. O roteiro era insuportável, mas o pagamento era bom e ele não tinha o que fazer. No entanto, o que o destino lhe reservava não seria nada agradável.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Principais prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o

Oscar 1951 (EUA)

Imagem do filme Sunset Boulevard

Globo de Ouro 1951 (EUA)

  • Vencedor nas categorias de melhor filme - drama, melhor diretor, melhor atriz - drama (Gloria Swanson) e melhor trilha sonora.
  • Indicado nas categorias de melhor fotografia - preto e branco, melhor roteiro e melhor ator coadjuvante (Erich von Stroheim).

Prêmio Bodil 1951 (Dinamarca)

  • Venceu na categoria de melhor filme estadunidense.

Jussi Awards 1951 (Finlândia)

  • Gloria Swanson recebeu o Diploma de Mérito como melhor atriz estrangeira.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.
  • O papel de "Norma Desmond" chegou a ser oferecido para Mae West, Mary Pickford e Pola Negri, antes da atriz Gloria Swanson aceitá-lo.
  • O ator Montgomery Clift chegou a assinar contrato para interpretar o personagem "Joe Gillis", mas resolveu rescindi-lo apenas duas semanas antes do início das filmagens.
  • Após a desistência de Montgomery Clift, o diretor Billy Wilder convidou Fred MacMurray para interpretar o personagem, que não aceitou por se recusar a fazer o papel de um gigolô.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]