God of War II

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde fevereiro de 2014).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
God of War II
Capa da versão norte-americana.
Produtora SCE Studios Santa Monica
Editora(s) Sony Computer Entertainment
Plataforma(s) PlayStation 2
PlayStation 3 e PlayStation Vita (parte de God Of War Collection)
Data(s) de lançamento Estados Unidos 12 de Março de 2007
União Europeia 27 de Abril de 2007
Austrália 3 de Maio de 2007
Portugal 9 de Maio de 2007
Gênero(s) Hack and slash, ação-aventura
Modos de jogo Um jogador
Número de jogadores Jogador único
Classificação BBFC (Reino Unido)[1]
Inadequado para menores de 17 anos i ESRB (América do Norte)
Inadequado para menores de 18 anos i PEGI (Europa)[2]
Inadequado para menores de 15 anos i OFLCA (Austrália)
Média DVD x2
Blu-ray, NVG Card e download (Collection & Saga)
Último
Último
Ghost of Sparta
God of War III
Próximo
Próximo

God of War II é um jogo de ação/aventura desenvolvido por Cory Barlog, ex-designer do primeiro jogo God of War e que juntamente com David Jaffe assumiu, nesta continuação, a direção do jogo. Ele foi lançado nos Estados Unidos em 12 de março de 2007 para o PlayStation 2. Foi lançado na Europa em 27 de abril de 2007 e em 3 de maio de 2007 na Austrália. O jogo foi relançado para o PlayStation 3, sendo parte de God Of War Collection, junto com o primeiro God of War, em uma versão remasterizada em alta definição.

A versão norte-americana NTSC é incluida com 2 dvds. O primeiro contém o jogo, e o segundo disco contém o desenvolvimento do jogo, incluindo um diário da produção do jogo. A versão européia e australiana PAL vem em duas diferentes edições: versão padrão com um único disco e uma "edição especial" que vem em uma caixa diferente da versão como um só disco. Também inclui uma arte da caixa diferente, um dvd extra, como bem a versão PAL do jogo.

O jogo, é uma continuação do primeiro título da série, God of War. Logo no inicio, mostra em um cut-scene o que aconteceu após Kratos se tornar deus, fatos que podem ser jogados nos jogos God of War: Ghost of Sparta e God of War: Betrayal. Em seguida, Zeus tira parte de seus poderes de deus e Kratos se torna novamente um mortal.

História[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Após Kratos (o herói espartano da primeira saga) se tornar o novo deus da guerra ,ele passa a guiar os soldados de esparta, liderando-os sobre varias batalhas e destruindo varias cidades dos outros deuses , antes de ele descer do Olimpo para ajudar seus guerreiros espartanos a destruir a cidade de Rodes, ele e avisado por Atena sobre as consequencias de seus atos, sem escuta-lá, ele salta do Olimpo para Rodes, ao chegar, Zeus, transformado em uma aguia e sem escolhas, retira pouco do poder de Kratos e o deposita em uma estátua gigante (o Colosso de Rodes). Kratos, com muita raiva e acreditando ser Atena a responsável, vai em busca de derrotar o Colosso para provar para os Deuses do Olimpo que ele merece ser um deus. Nisso, Zeus, num aperente gesto de generosidade, oferece a Kratos uma incrível arma usada na guerra contra os titãs, a Blade Of Olimpus (a Lâmina do Olimpo). Somente com ela Kratos conseguiria derrotar o Colosso.

Depois recuperar a espada, ele sacrifica os restos de seus poderes divinos na arma e lança um raio no peito do Colosso, ele entra pelo buraco e destroi o Colosso por dentro, esse ao ser derrotado pelo Espartano, a mão do Colosso cai em cima de Kratos, quebrando sua armadura de Deus. Então, Kratos muito fraco e percebendo que, ao depositar o que restava de seus poderes divinos na arma sagrada havia exagerado de sua divindade, é surpreendido por Zeus, que revela que foi ele quem retirou os poderes de Kratos e depositou os poderes do guerreiro ao Colosso e o mata com a Blade of Olimpus dizendo que o ciclo terminaria ali. Então após Zeus ir embora com a Blade of Olimpus, mãos infernais do exército de Hades levam o corpo de Kratos para as profundezas do inferno. Então Kratos ainda "meio morto" começa a ter alucinações, de várias pessoas dizendo para ele resistir. É Gaia, a mãe da terra, que fala para Kratos se vingar dos deuses por eles terem traído ele, encontrando as 3 Sisters of Fate (Irmãs do Destino) e revertendo o passado.

Kratos durante uma batalha com Collosso de Rodes

Nisso, Gaia cura Kratos, que sobe de volta para onde Zeus o matara, e pronto para seguir, com o apoio dos Titans, o caminho de seu destino "a bordo" do Pégasus, o cavalo alado. Kratos monta no Pégasus e voa em direção ao templo das Sisters of Fate. Na metade do caminho, Kratos é derrubado por um inimigo que voava em um grifo. Então Kratos recupera o equilíbrio e voa para dentro de uma caverna, a caverna de Tifão, Titã dos Ventos. Em uma das mãos de Tifão, estava acorrentado Prometeu, imortal destinado a ser consumido todos os dias por um pássaro por ter roubado o fogo do Olimpo e dado aos mortais.

Prometeu pede para que Kratos mate ele na fogueira que estava ali em baixo, mas ao tentar arrebentar as correntes, Prometeu fica pendurado pelo pescoço sobre o fogo do Olimpo. Kratos vai em busca do Titã Tifão que diz não querer ajudar Kratos, mas mesmo assim Kratos pula no olho de Tifão e arranca um arco mágico, The Tiphon's Bane. Então ele usa o arco para arrebentar a corrente que segurava Prometeu, que cai no fogo do Olimpo e finalmente morre. As cinzas de Prometeu dão a Kratos um novo poder, The Rage of the Titans (A Raiva dos Titãs). Kratos pega seu pégasus e voa novamente em direção ao templo das irmãs do destino.

God of War
(Cronologia Fictícia)

Ascension
Chains of Olympus
God of War
Ghost of Sparta
Betrayal
God of War II
God of War III

Mas não só Kratos desejava ver as irmãs. Antes do espartano chegar ao Templo dos Destinos,ele pousa na Ilha da Criação, e lá,o Espartano encontra Teseu,o guardião dos Steeds of Time(Corcéis do Tempo) que diz para Kratos deixar Zeus em paz, mas Kratos opta por mata-lo.Após algum tempo, chega no Templo de Euríale, ele encontra Perseu, Jasão, o líder dos argonautas que tinha o tosão dourado, sendo atacado por um Cérbero, um aliado de Jasão diz que o Velo de Ouro e a chave para o Templo de Euriále, então Kratos mata o Cérbero e retira o Velo de Ouro de dentro do estomago da criatura.Também, em sua jornada, Kratos encontra Perseu, que acha que a presença de Kratos é um teste e o ataca, mas acaba morto. Também Ícaro, que na tentativa de deter Kratos se joga com ele em direção ao Submundo. Porém o que ocorre é que Ícaro acaba perdendo suas asas para Kratos, que estabiliza-se a ponto de evitar o inferno mas não um reencontro com Atlas, a quem aprisionara no tormento de carregar o mundo em suas costas. Porém agora Kratos estava com Gaia e os Titãs, e Atlas logo se lembra da poderosa arma (Blade of Olimpus) que Zeus usou para vence-los, por isso "emerge" Kratos de volta à superfície e o ajuda cedendo-lhe a magia "Atlas Quake", uma magia mortal capaz de causar terremotos devastadores, matando facilmente seus inimigos. Depois de progredir um pouco em sua jornada, alcançando o "The Palace of The Fates" (Palácio dos Destinos, onde residem as Irmãs do Destino), Kratos descobre que Esparta fora arrasada por Zeus e por isso perde as esperanças, acreditando que jamais venceria Zeus. Porém, motivado por Gaia,matando o kraken, segue seu caminho e enfim encontra as irmãs do tempo, uma a uma. Primeiramente, surge de seu trono Lahkesis, arrogante, garante que Kratos não conseguirá alterar seu destino. Após um primeiro confronto, surge Atropos, a segunda irmã, que ajudou Kratos a derrotar Ares. Atropos é facilmente derrotada, o mesmo ocorre com Lahkesis.

Cena do Jogo

Depois de acabar com as duas primeiras irmãs, Kratos se depara com a terceira: Um monstro disforme com muitos seios e braços mortais. Dela, o espartano ganha um aviso: se ele persistisse com suas ações, destruiria todo o existente. Kratos não dá ouvidos a Clotho (nome da terceira irmã) e acaba por elimina-la também. Ao acabar com as três irmãs do destino, Kratos passa a ter poder sobre este, possibilitando que ele volte ao exato momento em que Zeus o matava para tomar-lhe a espada (Blade of Olimpus) e iniciar um confronto mortal: o deus dos deuses fora desafiado. Após muito lutar, Zeus lança uma tempestade de raios sobre Kratos, que finge entregar-se, mas aproveitando-se de um descuido da divindade, contra golpeia brutalmente usando o tosão dourado e prepara-se para desferir o golpe final com a sagrada espada.

Nesse momento surge Atena, que para proteger seu pai lança-se entre ele e Kratos, que não pôde desviar a tempo e empala Atena com a espada e assim mata mais uma divindade. Zeus, enfraquecido, foge e volta para o Olímpo, para organizar os outros deuses para a guerra contra Kratos. Antes de morrer, Atena explica que fez aquilo pois se Zeus caísse, também todo o Olimpo cairia e seria este o fim dos deuses. Também disse que o pai que Kratos nunca conhecera era Zeus e que este temia que, assim como fizera com Cronos, Kratos tomasse seu lugar no Monte Olimpo. Sua ultima frase é: "Deus após deus irá negar sua vingança, Kratos. Eles irão proteger Zeus. Zeus deve viver, para que o Olímpo também viva." E morre.

Kratos então diz: "Se todos no Olimpo negarem a minha vingança, então todos no Olimpo irão cair! Eu tenho vivido na sombra dos Deuses por muito tempo, e a era deles está para acabar!". Furioso por ter matado a única divindade pela qual nutria algum carinho e em posse da arma mais poderosa do universo (Blade of Olimpus),Kratos conversa com Gaia dizendo a ela que Zeus está fraco, Ares e Atena estão mortos e que ele possui a espada (Blade of Olympus), e diz que eles podem ganhar está guerra mais não neste tempo, levando Gaia e todos Titãs para o futuro.

Kratos parte com os titans rumo ao Olimpo para pôr fim a era dos deuses. Enquanto isso Zeus depois de ter fugido da luta com Kratos, vai para o Monte Olimpo e chama alguns deuses(Poseidon, Hades, Hélios e Hermes)para uma reunião, dizendo que eles tem que esquecer suas brigas e diferenças e lutar contra essa besta (Kratos) fazendo o Olímpo prevalecer.

No momento da reunião o Monte Olímpo começa a tremer, os deuses vão correndo para ver o que é, e quando olham vêm os Titãs subindo o Monte Olímpo, liderados por Kratos que estava em cima da Gaia segurando a Blade of Olympus e diz "Zeus, seu filho retornou! E trago comigo a destruição do Olimpo!"...

Depois a frase "The End Begins..." (O Fim Começa...) aparece na tela e o jogo acaba. God of War III traz este fim como o início do jogo, fazendo uma continuação direta.

Armas[editar | editar código-fonte]

  • Athena's Blades (Lâminas de Atena): É a última arma do 1° jogo. Depois da batalha contra Ares, Atena te dá essas espadas como prêmio por ser o novo deus da guerra.
  • Barbarian Hammer (Martelo Bárbaro): Uma arma lenta, mas muito poderosa, que é adquirida após derrotar o Barbarian King. Quando evoluído ganha o poder de invocar espíritos.
  • Spear of Destiny (Lança do Destino): Uma lança coberta em ambas as extremidades por cristais púrpura, fácil de manejar e quando em seu nível máximo, é capaz de transformar os inimigos em bombas relógios quando atingidos pelos cristais. Foi concedida a Kratos quando ele a tirou de um grifo que ele havia matado.
  • Blade of Olympus (Espada do Olimpo): É a lendária espada criada por Zeus para ganhar a guerra contra os Titãs. Quando evoluída ao nível máximo, pode lançar raios juntamente aos ataques, e também drenar Red Orbs de todos os inimigos próximos. Infelizmente, esta arma não está disponível durante o jogo normal, só podendo ser usada no modo Bonus Play e no Challenge of the Titans (exceção: Ela é usada no modo normal para matar o Colossus e na batalha final contra Zeus).

Personagens[editar | editar código-fonte]

Personegens Dublador
Kratos Tc Carson
Athena Carole Ruggier
Gaia Linda Hunt
Colosso de Rodes - Teseus Paul Eiding
Barbarian King Bob Joles
Atlas Michael Clarke Duncan
Euryale Jennifer Martin
Perseus Harry Hamlin
Dark Ryder Sem Voz(surival)
Láquesis Leigh-Allyn Baker
Atropos Debi Mae West
Cloto Susan Silo
Zeus Corey Burton
Icarus Bob Joles
Cronos Lloyd Sherr
Pegasus Sem Voz(cavalo)
Typhon Fred Tatasciore
Prometheus Alan Oppenheimer

Magias[editar | editar código-fonte]

  • Poseidon's Rage (Fúria de Poseidon): Adquirido no 1º jogo. Cria uma tempestade de relâmpagos numa área ao redor de Kratos. Esta magia está disponível apenas nos primeiros momentos do jogo, antes de Kratos depositar seus poderes na Blade of Olympus e também conseguindo a urna de Poseidon.
  • Typhon's Bane (Arco do Tífon): É um arco mágico. De início apenas lança flechas a um inimigo de cada vez, mas ao desenvolver o seu poder, é capaz de criar um poderoso ciclone para atacar vários inimigos simultaneamente.
  • Cronos' Rage (Fúria de Cronos): Poder do Titã Cronos. Semelhante ao Poseidon's Rage, mas um pouco inferior (dano e alcance menores).
  • Head of Euryale (Cabeça de Euríale): A cabeça da irmã de Medusa, Euríale, que, tal como ela, é capaz de transformar todos os seres em pedra com um simples olhar.
  • Atlas Quake (Tremor de Atlas): Uma oferenda do titã Atlas a Kratos. Cria um terremoto ao golpear o solo, lançando pedras para todos os lados. É eficaz para causar danos em vários inimigos simultaneamente.

Monstros mitológicos e inimigos[editar | editar código-fonte]

  • Collosus de Rhodes: É uma estátua que ganha vida através de Zeus, é o primeiro chefe do jogo.
  • High Príest Of the Fates: É o unico inímigo que tem forma humana, se quiser pode pedir reforço à outros monstros, carrega sempre um pergaminho mágico, pois o mesmo tem o poder de se teletransportar, e tem o artifício de retrirar os blue orbs de Kratos, e também é considerado como um dos inimigos mais misteriosos desta edição de God of War.
  • Griffos: São montros que tem cabeça e corpo de leão, e assas, tem objetivo de derrubar Kratos de cima de Pegasus.
  • Cursed Remains: São esqueletos estirados pelo chão que podem adquirir vida, e podem ser derrotados rapidamente.
  • Dark Ryder: É um monstro que é encontrado montado em um Grifo Negro, que tem poder de paralisar os movimentos de Kratos nos céus, e tem uma lança que se chama Spear of Destiny, cuja a livre tradução se chama Lança do Destino. Também é ele que derruba Kratos e o faz cair na caverna de Tifão.
  • Wild Boar: São porcos selvagens que são encontrados na ilha de criação, quando pressionados O concede os orbs dos titans.
  • Titan Minotauro: São minotauros feitos de pedra e lava de vulcão, tem o poder de atirar rochas, e só são encontrados 3 ao longo do jogo, esse minotauro e baseado fisicamente no Titan Perses.
  • Wraith: São criaturas que tem a habilidade de se esconder debaixo da terra, e carregam duas lâminas.
  • Sirenes: São mulheres que tem uma deformação facial, e que tem o poder de paralisar Kratos através da voz, e possuem pequenas magias.
  • Sátiro: São criaturas que carregam bastões, eles podem vir de duas versões: "Satyr" e "Satyr champion".
  • Soldados de Rhodes: São soldados que são encontrados no início do jogo lutando contra os soldados espartanos, eles aparecem também lutando contra Kratos no início, e ao longo do jogo são encontrados lutando contra monstros da mitológia.
  • Barbarian Mercenary: São subordinados do Rei Bárbaro que são frágeis, que aparecem durante e depois a luta com o Rei Barbaro.
  • Nymph: São criaturas que lembram insetos, tem asas e sangue verde.
  • Beast Lord: São criaturas mascaradas, que carregam duas lâminas e uma trombeta para acionar "ciclops", esses montros tem o poder de montar em cima dos mesmos.

Poderes Especiais[editar | editar código-fonte]

  • Rage of the Titans (Fúria dos Titãs): Semelhante a Rage of the Gods, de God of War. Kratos fica coberto por chamas, aumentando consideravelmente seus ataque e defesa e, ao contrário de Rage of the Gods, pode a seu comando optar por desativar a magia quando não necessita dela, evitando assim, que a urna em que está contida a magia se esvazie sempre quando acionada. Foi concedida ao tirar Prometeu da tortura dos Deuses.
Nomes Roupas
Kratos A roupa normal de Kratos (A "tanga" que usa na maior parte do jogo)
Cod of War Uma fantasia de peixe.
Hydra Armor Armadura feita com a hidra do 1º God Of War.
Dark Odyssey Kratos com pele negra (Sua tatuagem vermelha fica amarela)
Athena Kratos na pele de Athena.
Hércules Kratos na pele de Hércules.
General Kratos Roupa normal de Kratos, mas com sua cor de pele antiga, antes de ficar acinzentada.
God Armor Kratos em sua Armadura de Deus.

Segredos[editar | editar código-fonte]

Urnas de poder

São ao todo, seis urnas de poder escondidas que durante o Bonus Play ativam certas características e poderes especiais; as quais são espalhadas da seguinte forma: 4 são encontradas durante o jogo, as quais podem ser:

  • Urna de Gaia: Multiplica por 10 o valor de cada Red Orb.
  • Urna das Górgonas: Permite que cada ataque que você execute transforme os inimigos em pedra.
  • Urna do Olimpo: Deixa a sua barra de magia infinita.
  • Urna de Prometeus: Deixa o Rage of the Titans infinito.

E as outras duas são disponíveis ao completar o Challenge of the Titans com um nível alto; São elas:

  • Urna das Irmãs do Destino: Aumenta o tempo limite entre os espaços dos ataques para fazer combos.
  • Urna de Poseidon: Transforma a magia Cronos's Rage na magia Poseidon's Rage, a 1ª magia a ser adquirida no God of War I.

Referências