Governador Newton Bello

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Governador Newton Bello
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 11 de novembro de 1994
Gentílico newton bellense
Prefeito(a) Leula Pereira Brandão[1] (PRTB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Governador Newton Bello
Localização de Governador Newton Bello no Maranhão
Governador Newton Bello está localizado em: Brasil
Governador Newton Bello
Localização de Governador Newton Bello no Brasil
03° 25' 33" S 45° 40' 33" O03° 25' 33" S 45° 40' 33" O
Unidade federativa  Maranhão
Mesorregião Oeste Maranhense IBGE/2008 [2]
Microrregião Pindaré IBGE/2008 [2]
Municípios limítrofes Zé Doca (ao norte), Bom Jardim (sul), Monção (leste), São João do Caru (oeste)
Distância até a capital 280 km
Características geográficas
Área 1 160,866 km² [3]
População 11 922 hab. IBGE/2010[4]
Densidade 10,27 hab./km²
Clima Equatorial, quente e úmido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,494 muito baixo PNUD/2000 [5]
PIB R$ 43 934,817 mil IBGE/2008[6]
PIB per capita R$ 3 766,06 IBGE/2008[6]
Página oficial

Governador Newton Bello é um município brasileiro do estado do Maranhão. Sua população estimada em 2010 era de 11.921 habitantes com 6.015 homens e 5.906 mulheres, com a maioria de habitantes residentes na zona rural* censo 2010 IBGE.

História[editar | editar código-fonte]

Raimundo Coelho, conhecido popularmente como "Raimundo Chapéu de Couro" chegou na região no inicio do desbravamento de suas matas no ano de 1958 com o propósito de cultivar a terra devido a grande fertilidade nela encontrada e de uma mata muito extensa. Porém, era morador do povoado Marajá e em seguida transfere seu comércio para um povoado que está nascendo as margens da futura BR 316. Apesar de não ser o primeiro morador, mas se tornou o mais conhecido da vila devido seu comercio, aos poucos se tornou comum dizer "vou lá no Chapeu de Couro" em referência ao comércio e que depois passou ser uma refência a todo o povoado, sendo assim "batizado" de Chapéu de Couro" Aos poucos outras pessoas foram chegando, atraídos pelo trabalho na roça e outros comércios, tendo como maior destaque o beneficiamento de arroz , pecuária e extração de madeira e babaçu. Com a ampliação da BR 316 que liga Santa Inês–MA a Belém–PA, houve uma grande melhoria no escoamento da produção e uma melhor expectativa de vida para que mais pessoas viessem para a Vila Chapéu de Couro que pertencia ao município de Monção-MA. Depois, passou a pertencer ao município de Zé Doca, com o nome de Governador Newton Bello em homenagem ao Governador do Estado do Maranhão Dr. Newton Bello.

A independência política do município só foi possível com o plebiscito de 11 de Junho de 1994, sendo emancipado em 10 de Novembro do mesmo ano pelo Decreto Lei n.° 6.149 pelo então Governador em exercício Dr. JOSÉ RIBAMAR FIQUENE.

Na história política de Governador Newton Bello destacaram – se as seguintes lideranças : Nezinho Brandão, João Monteiro , José Maciel, José Regino, Cícero Barnabé e José Ribamar Ramos, em seguida outras lideranças foram surgindo destacando-se a Senhora Maria do Valmir que aliando-se ao grupo de Nezinho Brandão e José Regino, elegeram o primeiro Prefeito do Município, o Sr. Douglas Fonsêca Brandão, eleito em 03 de Outubro de 1996 e empossado em 01 de Janeiro de 1997, sendo sucedido pelo Prefeito o Sr. José Ubirajara de Arruda Filho, eleito em 03 de Outubro de 2000, e empossado em 01 de Janeiro de 2001, depois pelo Prefeito o Sr. Francimar Marculino da Silva eleito em 03 de Outubro de 2004 e empossado em 01 de Janeiro de 2005, sucedido pela então prefeita a Srª Leula Pereira Brandão eleita para o seu primeiro mandato em 05 de outubro de 2008, empossada no dia 01 de janeiro de 2009, e reeleita em 07 de outubro de 2012 sendo empossada em 01 de janeiro de 2013 assumindo o seu segundo mandato, sendo a primeira prefeita(o) a ser reeleita no município.

Mesmo com a primeira reeleição na história do município os principais indicadores de Educação, Saúde, Saneamento Básico,Infraestrutura e o Índice de desenvolvimento humano ainda continuam muito baixos, revelando o teor da gestão da mesma.

O município limita-se ao norte com o município de Zé Doca , ao sul com o município de Bom Jardim , ao leste com os municípios de Monção e Bom Jardim, a oeste com os municípios de Zé Doca e São João do Caru.

No inicio de sua formação o município teve vários conflitos latifundiários que desencadeou a morte de muitos roceiros, mas a primeira pessoa a ser enterrada no município foi uma parturiente que não resistiu ao parto, sem local, na época para se enterrada, um agricultor chamado Pedro Antonio de Carvalho doou um pedaço de seu lote de terra para criação do cemitério local.

A RELIGIÃO

Na cidade de Governador Newton Bello tem as seguintes Igrejas: Igreja Assembleia de Deus, Igreja Batista, Igreja Adventista e Testemunhas de Jeová. Mas a maior Igreja é a Igreja Católica, cuja história se confunde com a história da própria cidade.

Segundo Padre Elinaldo Nunes[7] , a história do catolicismo no povoado chapéu de couro se deu a partir de 1961 com a construção da primeira capela. Esta capela foi construída por seis mulheres, dentre elas Dona Milagres do Chico Crente, e dedicada a São Francisco de Assis. Em 13 de Janeiro de 1969 a Diocese de Viana cria a Paróquia de Nossa Senhora da Conceição no povoado Chapéu de Couro, desmembrando-a da paróquia de Monção, os motivos da criação da nova paróquia são claros no decreto de ereção quando o vigário capitular, Monsenhor Mario Cuomo, afirma: “Sendo que a Vila Chapéu de Couro neste últimos anos aumentou em número de moradores e tornou-se bastante grande e com exigência, sempre a mais sentida, duma assistência pastoral própria”.

Curiosamente apesar do decreto de criação da paróquia está datado em 13 de janeiro, mas a posse do primeiro pároco, de fato, aconteceu no dia 12 de janeiro que era um domingo.

Ao decorrer destes anos a Paróquia de Governador Newton Bello teve os seguintes padres:

12 de janeiro de 1969 posse do primeiro pároco frei Mário Paloni;

3 de Janeiro de 1970 à 1977 Frei Luiz Filippi;

1979 a 1986 Padre Geovanni Scremim;

4 de Setembro de 1994 a 12 de Fevereiro de 1995 Padre Ednaldo Carvalho de Oliveira;

12 de Fevereiro de 1995 à 02 de Fevereiro de 2002 Padre Raimundo Pereira Almeida, popular Padre Nato;

02 de Fevereiro de 2002 Padre Erenaldo Pereira Caxias;

29 de Janeiro de 2006 assume como administrador paroquial Padre Jose Raimundo da Silva;

10 de Agosto de 2006 à 30 de Janeiro de 2010 Padre Antonio Arcanjo Cruz;

30 de Janeiro de 2010 Até o momento Padre Paulo Ricardo Teixeira Marques;

02 de Janeiro à 23 de Dezembro de 2012 Padre Elinaldo Nunes, como auxiliar de Padre Paulo Ricardo


Referências

  1. Resultado Final eleições 2012 no Maranhão. Página visitada em 13/01/2013.
  2. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  3. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 dez. 2010.
  4. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  5. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  6. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 dez. 2010.
  7. NUNES, Padre Elinaldo Cardoso, Apontamentos para uma história da Paróquia de Gov. Newton Bello-MA. Edição Própria, 2012
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Maranhão é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.