José da Silva Lopes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
José da Silva Lopes
Ministro(a) de Flag of Portugal.svg Portugal
Período de governo III Governo Constitucional
  • Ministro das Finanças e do Plano
Vida
Nascimento 10 de Maio de 1932 (82 anos)
Ourém, Seiça
Dados pessoais
Partido Independente (1955 - 1985)
Partido Renovador Democrático (1985-1995)
Partido Socialista (1995 - presente)
Profissão Economista

José da Silva Lopes ComCGCC (Ourém, Seiça, 10 de Maio de 1932) é um economista português.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Economista,[1] licenciado em Economia e Finanças, pelo Instituto Superior de Ciências Económicas e Financeiras da Universidade Térnica de Lisboa (actual ISEG da UL), iniciou a sua carreira como técnico do Ministério da Economia, em 1955, ocupando-se do processo de adesão de Portugal à EFTA e do Acordo Geral sobre Pautas Aduaneiras e Comércio. Em 1969 deixa essa função para integrar o Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos, dirigindo simultaneamente o Gabinete de Estudos e Planeamento do Ministério das Finanças, até 1974. Em 1972 é chefe-adjunto das negociações do Acordo de Comércio Livre com a CEE. A 30 de Junho desse ano foi feito Comendador da Ordem Militar de Cristo.[2]

Foi 10.º governador do Banco de Portugal, de 1975 a 1980, do qual se mantém como membro do Conselho Consultivo.[1] Fez parte dos primeiros quatro governos do pós-25 de Abril e, mais tarde, foi Ministro das Finanças e do Plano, em 1978.[1] Administrador e Representante de Portugal junto do Banco Europeu de Reconstrução e Desenvolvimento, entre 1991 e 1993,[1] exerceu funções como consultor do FMI e do Banco Mundial, a partir de 1980. Foi presidente da 10.ª Comissão criada para estudar empresas públicas não-financeiras em 1981[1] e Deputado à Assembleia da República, entre 1985 e 1987 pelo Partido Renovador Democrático[3] . Entre 1988 e 1995, presidiu sucessivamente a Comissões para a reforma dos Sistemas Fiscal e Financeiro. Foi presidente do Conselho Económico e Social, entre 1996 e 2003.

Na banca privada foi técnico consultor do Banco Lisboa & Açores, de 1965 a 1969, membro do Conselho de Administração da Caixa Geral de Depósitos, de 1969 a 1974, do qual se tornou, também, consultor,[1] e presidiu ao Conselho de Administração do Montepio Geral, de 2004 a 2008, após o que, com 76 anos, reformou-se. Desde então é solicitado com frequência para comentar temas económicos nos jornais e televisões nacionais, nomeadamente na TVI24.

Tem proferido conferências em Portugal e no estrangeiro, publicou várias dezenas de artigos e é autor do livro A Economia Portuguesa desde 1960 (1999, Gradiva). O Presidente da República Jorge Sampaio elevou-o a Grã-Cruz da Ordem Militar de Cristo a 21 de Maio de 2003.[2]

Funções governamentais exercidas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d e f Banco de Portugal. Antigos Governadores do Banco de Portugal. Visitado em 24 de Novembro de 2014.
  2. a b Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas Presidência da República Portuguesa. Visitado em 2014-11-20. "Resultado da busca de "José da Silva Lopes"."
  3. Mais um Oureense pelo concelho de Ourém, blog Suplemento de Alma, 17 de Julho de 2009
Precedido por
Manuel Jacinto Nunes
Governadores do Banco de Portugal
19751980
Sucedido por
Vítor Manuel Ribeiro Constâncio