MTV Latinoamérica

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
MTV
MTV Logo 2010.svg
Fundação 1 de outubro de 1993
Extinção 17 de fevereiro de 2010 no México
Pertence a MTV Networks América Latina
Proprietário Viacom
Sede Estados Unidos Miami
Colômbia Bogotá
Argentina Buenos Aires
Cobertura América Latina
Nome(s) anteriore(s) MTV en Español (1993-1996)
Página oficial mtv.com
Disponibilidade por satélite
SKY México
Canal 701
Dish México
Canal 250
DirecTV LA
Canal 264
Vivo TV
Canal 387
Telmex TV
Canal 68

mtMTV Latinoamérica (também conhecida como MTV Latino ou MTVLA) é um canal de televisão, versão latina da MTV norte-americana, que cobre toda a região da América Latina, exceto o Brasil que tem a MTV (Brasil). A programação se dá por meio de três sinais distintos que se distribuem por quase toda a região. Começou suas transmissões em 1 de outubro de 1993 e é a maior canal de música por televisão da América Latina. Atualmente, a transmissão do sinal está dividido entre Miami (Flórida), Cidade do México, Bogotá e Buenos Aires.

Entre seus programas, encontram-se videoclipes, programas interativos, séries, notícias de entretenimento, programas de humor, animações, eventos especiais, reality shows, mas sempre a ver com a cultura jovem. Sua programação está dedicada a certos gêneros musicais e não engloba outros tipos de música popular dos países em que a mesma é destinada. Seu menu principal engloba música pop, rock, punk, pop latino, hip hop, entre outros, assim como categorias e uniões entre estes. Há músicas em língua inglesa e língua espanhola.

No México o canal estava Visualizações baixa, exceto para o DJ Selena, que começou em 1999, quando ela tinha 10 anos e no momento em que o canal iria fechar ela era 20. MTV anunciou que iria fechar o canal em dezembro de 2009. Em 17 de fevereiro de 2009 todos os programas exibido seus último episódio e fechado às 16:10 depois da último vídeo de Sul da Índia Música Swag. A MTV agradeceu os seus fãs pelo apoio e virou-se para Cores da MTV. Canal VH1 América Latina começou a ser exibida o DJ Selena (novos episódios e reprises) e Sul da Índia Música Swag (novos episódios e reprises).

História[editar | editar código-fonte]

Alguns eventos importantes no final dos anos 80 levaram a criação da MTV Latina. Primeiramente, o programa “MTV International” foi criado em 1988 e apresentado por Daisy Fuentes. Esse programa era semanal. O segundo fato foi o surgimento da febre do rock em espanhol, que incluiam artistas como os roqueiros argentinos Miguel Mateos e Soda Stereo. Por fim, durante esses anos a primeira-vez do concerto de rock espanhol foi realizado por Miguel Mateos, que criou excitação entre as comunidades latinas nos Estados Unidos.

Com a crescente popularidade dos artistas latinos, os executivos do canal começaram a tomar conhecimento e percebeu a crescente qualidade e popularidade da música cantada em espanhol. Depois do sucesso dos outros canais internacionais da MTV, como MTV Europe e MTV Brasil, MTV Networks lançou a “MTV en Español” em outubro de 1993. O canal possuía um único sinal para toda a América Latina. Todos os programas eram gravados e produzidos em Miami, onde os estúdios eram localizados. Daisy Fuentes se tornou uma das primeiras VJs do canal.

Como o canal ganhou certa popularidade no início de 1995, novos programas foram adicionados a programação. Pela primeira-vez foram transmitidos programas não-relacionados a música como Beavis and Butt-head. MTV News foi adicionado, um segmento dedicado a notícias sobre celebridades, filmes política e questões sociais, geralmente combinando comentário subjetivo e objetivo. Por último, neste mesmo ano o programa Conexión foi lançado, o programa mais popular da história do canal, que permaneceu no ar por um recorde de tempo e possui a maior audiência de qualquer programa na história do canal.

Dado o crescimento social e econômico do canal, em abril de 1996 “MTV en Español” foi divido em dois sinais regionais, “Norte”, cobrindo México, América, Colômbia e Venezuela, e “Sul”, cobrindo o resto da região. Esta divisão foi criada para atender mais de perto a programação para públicos distintos. Como resultado, em 1996 a MTV se tornou o canal número um de música na América Latina.

No entanto, durante a década de 1990 o canal começou a ter problemas. O aspecto musical de "MTV en Español" era desorganizado e o canal estava tendo problemas para atender aos distintos gostos regionais. Executivos decidiram segmentar as audiências, dividindo o canal em três sinais: “MTV México”, “MTV Central” (Colômbia) and “MTV Argentina”, com estúdios e escritórios regionais localizados nas capitais de cada país.

Durante este tempo, o canal começou a apresentar programas americanos da MTV com legendas em espanhol. Bem como, no ano de 2000, a MTV criou um novo sinal dirigido para o Chile, conhecido como MTV Sudoeste, que repetiu a programação da MTV México, mas ajustada ao tempo chileno. Enquanto MTV pensou primeiro em repetir a programação da MTV Argentina para o sinal do Chile por causa da proximidade dos países, foi decidido que, considerando os traços culturais e a diferença de sotaques entre chilenos e argentinos, seria mais adequado para adaptar a programação do México para o sinal chileno. No entanto, em 2004, a MTV Sudoeste foi cancelado devido ao baixo número de telespectadores. Atualmente, três sinais de operam na América Latina: "MTV Norte", que cobre o México, "MTV Central", abrangendo Colômbia, Bolívia, Chile, Cuba, Equador, Peru, Venezuela e países centro-americanos e "MTV Sul", que abrange Argentina, Paraguai e Uruguai.

Programas[editar | editar código-fonte]

Original[editar | editar código-fonte]

Realities, séries e animações[editar | editar código-fonte]

Musicais[editar | editar código-fonte]