Maria do Reino Unido

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Maria
Princesa do Reino Unido e Hanôver
Duquesa de Gloucester e Edimburgo
Marido Guilherme Frederico, Duque de Gloucester e Edimburgo
Casa Hanôver
Pai Jorge III do Reino Unido
Mãe Carlota de Mecklemburgo-Strelitz
Nascimento 25 de abril de 1776
Casa de Buckingham, Londres, Grã-Bretanha
Morte 30 de abril de 1857 (81 anos)
Casa Gloucester, Londres,
Reino Unido
Enterro 8 de maio de 1857
Capela de São Jorge, Windsor, Berkshire, Reino Unido
Religião Anglicanismo
Brasão

Maria, Duquesa de Gloucester e Edimburgo (Londres, 25 de abril de 1776 – Londres, 30 de abril de 1857) foi a décima-primeira criança e quarta menina do rei Jorge III do Reino Unido e da rainha Carlota

Primeiros anos e adolescência[editar | editar código-fonte]

Maria ainda criança por William Beechey.

A princesa Maria nasceu no dia 25 de abril de 1776 na Casa de Buckingham em Londres. O seu pai era o monarca britânico reinante, Jorge III e sua mãe a rainha Carlota.

Maria foi baptizada a 19 de maio de 1776, na Grande Câmara do Conselho no Palácio de St. James por Frederick Cornwallis, o Arcebispo da Cantuária. Os seus padrinhos foram o landegrave Frederico III de Hesse-Cassel, seu primo em segundo-grau, representado na cerimónia pelo Conde de Hertford, a Duquesa de Saxe-Gota-Altenburg, esposa do seu primo em segundo-grau, representada pela Duquesa de Argyll, e a princesa Frederica de Hesse-Darmstadt, sua prima em terceiro grau, representada pela duquesa viúva de Effingham.[1]

Maria dançou um minueto pela primeira vez em público quando tinha dezasseis anos, em Junho de 1791, durante um baile da corte dado em honra do aniversário do rei.[2] Na primavera de 1792, Maria foi apresentada pela primeira vez à corte como debutante. Por volta de 1796, Maria apaixonou-se por Frederico, um príncipe holandês, quando ele e a família se encontravam em exílio em Londres. Frederico era filho de Guilherme V, Príncipe de Orange, o Stadthouder e irmão mais novo do futuro rei Guilherme I dos Países Baixos. Contudo, Frederico e Maria não tiveram permissão para casar porque Jorge III estipulou que as suas filhas mais velhas se tinham de casar primeiro que as mais novas. Em 1799, o príncipe Frederico morreu devido a uma infecção contraída enquanto prestava serviço militar no exército. Maria recebeu permissão para entrar em luto oficial.

Casamento[editar | editar código-fonte]

Maria com a sua sobrinha, a rainha Vitória e dois dos filhos dela, a princesa Alice e o príncipe Alberto Eduardo.

A educação de Maria foi muito protectora e ela passava a maioria do tempo com os seus pais e irmãs. O rei Jorge e a rainha Carlota tinham o hábito de proteger excessivamente os seus filhos, principalmente as meninas. Maria, no entanto, casou-se a 22 de julho de 1816 com o seu primo direito, o príncipe Guilherme Frederico, Duque de Gloucester e Edimburgo, na Capela Real do Palácio de St. James. No dia do casamento, o irmão de Maria, o príncipe-regente, elevou o tratamento do noivo de Alteza para Alteza Real, um atributo que já abrangia o estatuto de Maria.

O casal vivia em Bagshot Park, mas após a morte de Guilherme, ela mudou-se para a White Lodge em Richmond Park. Não tiveram filhos. Acreditava-se também que Maria era a tia favorita da rainha Vitória do Reino Unido.

Maria era muito chegada do seu irmão mais velho, Jorge IV e partilhava a sua antipatia pela esposa dele, a duquesa Carolina de Brunswick. Quando a duquesa decidiu deixar a Inglaterra para se instalar na Itália, Maria felicitou o seu irmão pela sua “boa fortuna. Que os céus garantam que ela não regressa e que nunca mais a voltemos a ver.[3]

A princesa Maria foi a última sobrevivente dos quinze filhos, treze dos quais chegaram até à idade adulta. Tinha 81 anos quando morreu.

Ancestrais[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Yvonne's Royalty Home Page: Royal Christenings
  2. Lane, Henry M. (1911). The Royal Daughters of England. London. p. 191.
  3. Charlotte Zeepvat: George III's Children, p. 106
Commons
O Commons possui multimídias sobre Maria do Reino Unido