Astérix e Obélix: Ao Serviço de Sua Majestade

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Astérix & Obélix: Au service de Sa Majesté
No Brasil Astérix e Obélix: A Serviço de Sua Majestade[1]
Astérix e Obélix: Ao Serviço de Sua Majestade[2]
Em Portugal Astérix e Obélix: Ao Serviço de Sua Majestade[3]
Astérix & Obélix: Ao Serviço de Sua Majestade[4]
 França · Flag of Spain.svg Espanha ·  Itália ·  Hungria
2012 •  cor •  78 min 
Direção Laurent Tirard
Produção Olivier Delbosc
Marc Missonnier
Roteiro Laurent Tirard
Grégoire Vigneron
Elenco Édouard Baer
Gérard Depardieu
Guillaume Gallienne
Vincent Lacoste
Valérie Lemercier
Charlotte Le Bon
Catherine Deneuve
Fabrice Luchini
Dany Boon
Bouli Lanners
Género comédia
aventura
Lançamento França 6 de outubro de 2012
Portugal 12 de outubro de 2012
Brasil 11 de janeiro de 2013
Idioma francês
Cronologia
Astérix nos Jogos Olímpicos (2008)
Logotipo oficial do filme

Astérix e Obélix: Ao Serviço de Sua Majestade (em francês: Astérix & Obélix: Au service de Sa Majesté) (em inglês: Asterix and Obelix: God Save Britannia) é um filme de comédia húngaro-hispano-ítalo-francês de 2012, dirigido e co-escrito por Laurent Tirard (Le Petit Nicolas). É a quarta adaptação cinematográfica das aventuras de Asterix. O roteiro, baseado nos livros Asterix entre os Bretões e Astérix e os Normandos, conta a viagem da dupla de amigos à Bretanha com o objetivo de ajudar a vila local a resistir ao exército romano de Júlio César. O filme é adaptado para 3D e teve sua estreia mundial em setembro de 2012 (o lançamento em DVD ocorreu em fevereiro de 2013).

Sinopse[editar | editar código-fonte]

50 anos A.C.! Após Gália, Egito e Hispânia, o imperador Júlio César planeja levar o nome de Roma a aquela ilha chamada de Bretanha. O povo bretão em Londínio (atual Londres) resiste bravamente, mas vai enfraquecendo. A rainha local Cordélia ordena então que seu oficial e servo mais fiel Jolitorax procure ajuda imediatamente. Jolitorax parte para a Gália, para encontrar o povo com grande fama de resistir aos romanos graças à sua poção mágica que os torna invencíveis. Ao chegar lá é recebido pelo chefe Abracoucirx que escolta os intrépidos amigos Asterix e Obelix para ir com Jolitorax até a Bretanha, protegendo um barril com enorme quantidade de poção dentro. Desta vez ao invés do cãozinho Ideiafix, quem acompanhará os amigos na viagem será o imaturo Calhambix (no original Goudurix), o jovem sobrinho de Abracoucirx, que só pensa em música e mulheres e que Asterix e Obelix tem a difícil missão de transformar em homem.

Ao longo da viagem, eles terão de enfrentar além da ira de César e o exército romano, o sanguinário povo normando. Conhecerão um novo amigo chamado Pindépis (que carrega sempre consigo uma planta chamada "chá)" e, enquanto Asterix está a procura de um novo amor, Obelix se apaixonará pela rigida governanta Senhorita Macintosh, e Calhambix pela belíssima jovem Ophelia, noiva de Jolitorax.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Gérard Depardieu e Edouard Baer na estreia do filme em Paris, setembro de 2012.

Produção[editar | editar código-fonte]

Troca de atores[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, Gérard Depardieu e Clovis Cornillac não iam poder participar deste quarto filme. A partir daí, vários atores foram considerados para o papel de Obelix, incluindo Kad Merad, Dany Boon, François-Xavier Demaison e Jean Reno.[5] Boon era o favorito para o papel, mas recusou. Posteriormente, Depardieu aceitou re-interpretar o personagem, enquanto Boon ficou com o papel do guerreiro normando Tetedepiaf.[6]

Dois atores foram, inicialmente, considerados para o papel de Asterix: Franck Dubosc e Lorànt Deutsch.[5] O escolhido foi Édouard Baer, que já havia aparecido em Astérix e Obélix: Missão Cleópatra no papel do escrivão Otis. Ele é o terceiro ator a desempenhar o papel de Asterix depois de Christian Clavier nos primeiros dois filmes e Clovis Cornillac no terceiro. Fabrice Luchini é o quarto ator a interpretar Júlio César, depois de Alain Delon, Gottfried John e Alain Chabat. Michel Duchaussoy, por sua vez, assume o papel de Abraracourcix, papel que havia sido interpretado nos filmes anteriores por Michel Galabru Éric Thomas, respectivamente. Por sua vez, Gérard Jugnot substitui Bernard Farcy no papel do pirata Barba Ruiva, que apareceu em Missão Cleópatra.

O personagem Panoramix (apesar de ser mencionado) está ausente neste filme.

Locações[editar | editar código-fonte]

O filme teve cenas gravadas na Hungria (Pannonia Film Studio, Budapeste), na Irlanda (Cliffs of Moher, Wicklow, Condado de Wicklow, Drogheda, Brittas Bay), em Malta, (Kalkara - Mediterranean Film Studios), e em Quebec.[7][8][9]

Recepção[editar | editar código-fonte]

Na França, o filme obtém uma avaliação média de 3,2 ⁄ 5 no site Allociné, que lista 27 títulos de imprensa.[10]

A recepção desta quarta filme é melhor que a do filme anterior. Assim, alguns críticos reconhecem a qualidade do humor, do roteiro e dos diálogos, dos atores (particularmente Édouard Baer e Gérard Depardieu) e das atrizes (Catherine Deneuve e Valérie Lemercier), e pelo uso do 3D.[11] Por outro lado, outros acham o filme muito inteligente.

Um dos criadores de Asterix, Albert Uderzo, disse ter ficado encantado com o fato do filme dar a Asterix e Obelix os papéis principais, enquanto eles eram co-protagonistas no filme anterior.

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme francês é um esboço relacionado ao Projeto Entretenimento. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.