Astérix e Obélix: Missão Cleópatra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura a canção principal do filme, veja Mission Cleopatra.
Astérix & Obélix: Mission Cléopâtre
Astérix & Obélix: Missão Cleópatra[1] (PT)
Astérix e Obélix: Missão Cleópatra[2]
 (PRT)
Asterix e Obelix: Missão Cleópatra[3][4] (BRA)
 França
 Itália
2002 •  cor •  103 min 
Direção Alain Chabat
Produção Claude Berri
Roteiro Alain Chabat
Baseado em Asterix e Cleópatra, de René Goscinny & Albert Uderzo
Elenco Gérard Depardieu
Christian Clavier
Monica Bellucci
Alain Chabat
Jamel Debbouze
Claude Rich
Gênero comédia
aventura
fantasia
Música Philippe Chany
Cinematografia Laurent Dailland
Edição Stéphane Pereira
Distribuição Pathé (França, Reino Unido e Suíça)
Miramax Films[5]
Idioma francês
Orçamento $ 58,5 milhões[6]
Receita $ 128 milhões[7]
Cronologia
Astérix et Obélix contre César
Astérix nos Jogos Olímpicos

Astérix e Obélix: Missão Cleópatra (em francês: Astérix & Obélix: Mission Cléopâtre) é um filme teuto-francês[3] de 2002,[8] e baseado na série de banda desenhada franco-belga Astérix, criada por René Goscinny e Albert Uderzo.[9] Baseado no livro Astérix e Cleópatra, que já havia sido adaptado para a animação de 1968, é também a sequência do filme Astérix et Obélix contre César, lançado em 1999.

Christian Clavier e Gérard Depardieu reprisam seus papéis como Asterix e Obelix, ao lado dos recém-chegados Jamel Debbouze, Monica Bellucci, Claude Rich, Gérard Darmon, Édouard Baer e o próprio Chabat.

Uma das produções mais caras é bem sucedidas da França, com mais de 14 milhões de espectadores, ocupando o 4º lugar entre os filmes franceses de maiores bilheterias de 2002. É considerado um filme cult e uma das comédias mais conhecidas da França.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

No ano 52 a.C., a Gália pode ainda não ter sido ocupada, mas o Egito, governado pela poderosa Cleópatra, caiu sob o jugo do Império Romano. Ainda pior, Cleópatra entregou seu coração a Júlio César, com quem fez uma aposta: se ela conseguir construir, em três meses, o mais esplendoroso palácio no meio do deserto, ele terá de admitir publicamente que os egípcios são o maior dos povos que já existiu! Para realizar a difícil tarefa, Cleópatra não escolhe seu arquiteto pessoal Amonbofis e sim um outro arquiteto: Numérobis. Se ele for bem-sucedido, será coberto de ouro! Se falhar, será atirado aos famintos crocodilos reais!

Mas o prazo é impossível de cumprir sem um milagre! E o milagre, ou melhor, os "milagres", se chamam…Asterix, Obelix e o seu fiel amigo druida Panoramix, o guardião da Poção Mágica, capaz de dar força suprema a todos os trabalhadores da obra. No entanto, os gauleses precisarão enfrentar Júlio César, que está disposto a tudo para vencer a "Rainha do Nilo", e para isso contará com a ajuda do invejoso Amonbofis.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Principais prémios e indicações[editar | editar código-fonte]

Prémios César

  • Recebeu três indicações, nas categorias de Melhor Actor Coadjuvante (Gérard Depardieu e Jamel Debbouze) e Melhor Desenho de Produção.
  • Venceu na categoria de Melhor Figurino.

Referências

  1. Astérix & Obélix: Missão Cleópatra no SapoMag (Portugal)
  2. «Astérix e Obélix: Missão Cleópatra». no CineCartaz (Portugal) 
  3. a b Asterix e Obelix: Missão Cleópatra no CinePlayers (Brasil)
  4. Asterix e Obelix: Missão Cleópatra no AdoroCinema
  5. «Miramax stamps 'Asterix' passport». Variety. 31 de maio de 2001. Consultado em 12 de janeiro de 2022 
  6. JP. «Astérix et Obélix: Mission Cléopatre ()». JP's Box-Office (Version Mobile) (em francês). Consultado em 27 de janeiro de 2019 
  7. «Asterix et Obelix: Mission Cleopatra (2002)». Box Office Mojo. 7 de junho de 2002. Consultado em 27 de janeiro de 2019 
  8. «"Asterix e Obelix" carregam Cleópatra para o cinema». Folha Online. 24 de outubro de 2002 
  9. «Para diretor, novo Asterix encampa multiculturalismo: Chega ao Brasil o segundo filme da série do herói gaulês». Folha de S. Paulo. 25 de outubro de 2002 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]