Astérix e a Foice de Ouro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
La Serpe d'or
Álbum da série Astérix
Astérix bulle.png
País de origem  França
Língua de origem Francês
Editora(s) Hachette
Primeira edição 1962
Primeira publicação Revista Pilote números 42 a 74 (11 agosto de 1960 - 23 de março de 1961)
Género(s) humor, aventura
Argumento René Goscinny
Desenho Albert Uderzo
Personagens principais Astérix
Título(s) em português Astérix e a Foice de Ouro
Títulos da série Astérix
Astérix le Gaulois
Astérix et les Goths

Astérix e a Foice de Ouro (francês La Serpe d'or) é o segundo álbum da série de banda desenhada franco-belga Astérix, escrito por René Goscinny e ilustrado por Albert Uderzo, publicado nas edições 42 (11 agosto de 1960) a 74 (23 de março de 1961) da revista Pilote e republicada no formato álbum em 1962.


Argumento[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

O druida Panoramix parte a sua foice de ouro, sem a qual ele não poderá colher os ingredientes para a poção mágica. Astérix e Obélix oferecem-se para se deslocarem a Lutécia (Paris) onde poderão comprar a foice a Amérix (o melhor fabricante de foices, que por coincidência é primo de Obélix). Chegados a Lutécia descobrem que Amérix foi raptado por traficantes de foices. Os dois gauleses partem então à sua procura, acabando por desmantelar a rede de tráfico cujo governador da cidade era o líder e libertam Amérix

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

  • O Governador (e vilão) é uma caricatura do actor Charles Laughton.
  • Primeira aventura onde Obélix tem importância para a história.
  • Primeira aventura fora da aldeia gaulesa.

Outras línguas[editar | editar código-fonte]

  • Espanhol: La hoz de oro
  • Inglês: Asterix and the golden sickle

Ligações externas[editar | editar código-fonte]