Atos 18

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Atos 18
Codex laudianus.jpg
Trecho de Atos dos Apóstolos no Codex Laudianus
Livro Atos dos Apóstolos
Categoria Histórico
Parte da Bíblia Novo Testamento
Precedido por: Atos 17
Sucedido por: Atos 19

Atos 18 é o décimo-oitavo capítulo dos Atos dos Apóstolos no Novo Testamento da Bíblia. Ele relata o final da segunda viagem de Paulo, Silas e Timóteo, iniciada em Atos 15, e o início da terceira[1][2]. Esta parte da segunda viagem pode ser datada entre 50 e 52 com base no mandato de Gálio como procônsul na Acaia[3].

Manuscritos[editar | editar código-fonte]

Atos 18 foi originalmente escrito em grego koiné e dividido em 28 versículos. Alguns dos manuscritos a conter o texto são:

Estrutura[editar | editar código-fonte]

Corinto[editar | editar código-fonte]

Paulo na casa de Priscila e Áquila, um dos episódios de Atos 18.
Gravura de J. Sadeler.

Saindo de Atenas, Paulo seguiu para Corinto e passou a viver com Priscila e Áquila, uma casal de fabricantes de tendas, e lá se encontrou com Silas e Timóteo, que vinham de Tessalônica. Pregou ativamente e converteu muitos, mas, ao enfrentar a resistência dos judeus, disse: «O vosso sangue venha sobre a vossa cabeça; eu estou limpo, e desde agora vou para os gentios.» (Atos 18:6) Paulo ficou seis meses na cidade e lá teve outra visão encorajando seu ministério e foi morar na casa de Tício Justo, vizinha a sinagoga, onde converteu Crispo. Na época do procônsul Gálio na Acaia, os judeus da região se revoltaram e levaram Paulo a julgamento perante ele, que os dispensou afirmando que não era juiz da Lei e que Paulo não cometera nenhum crime contra os romanos. Irada, a multidão agarrou Sóstenes, o "chefe da sinagoga", e o espancou na frente do tribunal, sem conseguir nem assim a atenção de Gálio (Atos 18:1-17).

Gálio[editar | editar código-fonte]

Atos 18:27Atos 19:6 no lado recto do Papiro 38, escrito por volta de 250, um dos mais antigos manuscritos dos Atos dos Apóstolos.

Lúcio Júnio Gálio Aneano era um senador romano e irmão do famoso escritor Sêneca. Seu comportamento neste episódio revela um desprezo pelas questões judaicas e a atitude imparcial que os oficiais romanos dispensavam ao cristianismo na época. O seu mandato pode ser definido com relativa acuracidade como tendo ocorrido durante a expulsão dos judeus de Roma por Cláudio (51-52)[4]. A referência a Gálio na chamada "Inscrição de Delfos" (ou "Inscrição de Gálio)[5][6] é um marcador importante para a determinação da cronologia da vida do apóstolo Paulo por relacionar o mandato de Gálio ao julgamento de Paulo na Acaia mencionado aqui[7][8]. Portanto, é possível afirmar que os eventos de Atos 18 podem ser datados neste período, uma determinação importante por ser a data mais precisa conhecida sobre a vida de Paulo[9].

Volta para Antioquia[editar | editar código-fonte]

Finalmente Paulo decidiu iniciar a viagem de volta para casa e, com Priscila e Áquila, navegou para a Síria. Numa parada em Éfeso, Paulo pregou novamente e deixou o casal, prometendo voltar. Partiu para Cesareia Marítima, passou por Jerusalém e finalmente chegou em Antioquia, encerrando sua segunda viagem missionária (Atos 18:18-22).

Terceira viagem missionária[editar | editar código-fonte]

Depois de «haver estado ali algum tempo» (Atos 18:19), partiu novamente para a Galácia e a Frígia para "fortalecer os discípulos". Enquanto isso, em Éfeso, Priscila e Áquila conheceram Apolo, «homem eloqüente e muito versado nas Escrituras....[que] falava e ensinava com precisão as coisas concernentes a Jesus, apesar de conhecer somente o batismo de João» (Atos 18:24). Impressionados, os dois o ensinaram o Evangelho com maior precisão e o enviaram para a Acaia para continuar «mostrando pelas Escrituras que Jesus era o Cristo» (Atos 18:28).

Ver também[editar | editar código-fonte]


Precedido por:
Atos 17
Capítulos da Bíblia
Atos dos Apóstolos
Sucedido por:
Atos 19

Referências

  1. Halley, Henry H. Halley's Bible Handbook: an abbreviated Bible commentary. 23rd edition. Zondervan Publishing House. 1962.
  2. Holman Illustrated Bible Handbook. Holman Bible Publishers, Nashville, Tennessee. 2012.
  3. John Arthur Thomas Robinson (1919-1983). "Redating the New Testament". Westminster Press, 1976. 369 pages. ISBN ISBN 978-1-57910-527-3
  4. John Drane,"An Introduction to the Bible",Lion, 1990, p.634-635
  5. IG, VII, 1676; SIG, II, 801d; AD 52)
  6. A Inscrição de Gálio em http://users.wfu.edu
  7. A. Köstenberger, The Cradle, the Cross, and the Crown: An Introduction to the New Testament, 2009 ISBN 978-0-8054-4365-3 page 400
  8. The Cambridge Companion to St Paul by James D. G. Dunn (Nov 10, 2003) Cambridge Univ Press ISBN 0521786940 page 20
  9. Felix Just, S.J. «Pauline Chronology: His Life and Missionary Work» (em inglês). Catholic Resources 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]