Banco 24 Horas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde janeiro de 2016). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Banco24Horas logo.jpg

O Banco 24 Horas é um uma rede brasileira interbancária que possui mais de 40 bancos conveniados, com mais de 45 mil caixas eletrônicos[1] presentes em mais de 400 cidades brasileiras. É um serviço da empresa TecBan para o mercado dos bancos caracterizado pela oferta de acesso nos terminais automáticos ao serviço de saques, cadastro de recarga para telefone pré-pago, pagamentos, consulta de saldos e extratos, entre outros serviços. O nome Banco24Horas é uma marca registrada da TecBan. De acordo com a normativa do Banco Central, os Bancos são obrigados a disponibilizar no mínimo 4 saques grátis na rede Banco24Horas.

Tem como principais acionistas os maiores bancos brasileiros, onde o Itaú Unibanco detém 25,94%, Santander 20,82%, Bradesco 16,31% e Banco do Brasil 13,53%. Também são acionistas o HSBC (9,02%); Caixa Participações (10%); Citibank NA (4,51%); Banorte (liquidação extra judicial) (2,78%), e Banco Citibank S/A (1,13%).[2]

Durante o racionamento de energia entre os anos de 2001 e 2002 no Brasil, também conhecido como "Apagão", os caixas 24h passaram a funcionar apenas das 6h as 22h[3]. Em Março de 2002, mês seguinte após o fim do racionamento, os caixas puderam voltar a funcionar 24 horas por dia mas a Febraban manteve o funcionamento por apenas 16 horas diárias[4].

Bancos e administradoras conveniados[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]