Batalha de Coronel

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Batalha de Coronel
Primeira Guerra Mundial
Ostasiengeschwader Graf Spee in Chile.jpg
Esquadrão alemão deixando Valparaíso, em 3 de novembro de 1914, após a batalha. SMS Scharnhorst e SMS Gneisenau lideram o grupo seguido pelo SMS Nürnberg. À média distância estão os cruzadores chilenos Esmeralda, O'Higgins, Blanco Encalada e o cruzador pesado Capitán Prat.
Data 1 de novembro de 1914
Local Baía de Coronel, Chile
Desfecho Vitória alemã
Beligerantes
Reino Unido Reino Unido Império Alemão Império Alemão
Comandantes
Reino Unido Christopher Cradock Império Alemão Maximilian von Spee
Forças
2 cruzadores couraçados
1 cruzador leve
1 transatlântico armado
2 cruzadores couraçados
3 cruzadores leves
Baixas
1 570 homens
2 cruzadores couraçados
3 feridos

A Batalha de Coronel foi uma batalha naval da Primeira Guerra Mundial que teve lugar na costa chilena, próximo à cidade de Coronel. A Marinha Imperial Alemã, comandada pelo vice-almirante Maximilian von Spee, encontrou e derrotou um esquadrão da Marinha Real, comandado pelo contra-almirante Christopher Cradock.

O choque causado pela derrota britânica levou o Reino Unido a enviar mais navios ao oceano Pacífico a fim de destruir as forças de Spee, fato que se consumou na batalha das Ilhas Malvinas.

De fato, a derrota em Coronel pôs em alerta as Forças Britânicas na África Ocidental, de tal modo que posteriormente consolidariam as Força Tarefa que iria participar da Batalha das Ilhas Malvinas. Para os Alemães a vitória a um custo tão insignificante parecia milagrosa, a ponto de inspirar Spee a agradecer ao Todo-Poderoso no telegrama pós batalha que enviou a sua esquadra:

[...]Com a ajuda de Deus, uma bela vitória, pela qual expresso meu reconhecimento e melhores votos para as tripulações [...][1]

Referências

  1. SONDHAUS, Lawrence. A Primeira Guerra Mundial, Editora Contexto-2014. ISBN 978-85-7244-815-4, Pag. 128

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • Robert Massie (2004). Castles of Steel: Britain, Germany, and the Winning of the Great War at Sea. London: Jonathan Cape. ISBN 0224 040928.
  • Barrie Pitt (1960). Coronel and Falkland. London: Cassell.
  • Arthur Marder (1961-1970). From the Dreadnought to Scapa Flow (5 Vols). London: Oxford University Press.
  • "Good Hope Sunk", The Times (40689): 9, 1914-11-07
  • Winston Churchill (1923-1927). The World Crisis (four Volumes). London: Thornton Butterworth.
  • SONDHAUS, Lawrence. A Primeira Guerra Mundial, Editora Contexto-2014. ISBN 978-85-7244-815-4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Portal A Wikipédia tem o portal:
Ícone de esboço Este artigo sobre batalhas (genérico) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Batalha de Coronel