Biotrén

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Biotrem)
Ir para: navegação, pesquisa
Biotrén
Biotren saliendo desde la estacion de Concepcion.JPG
Composição deixando a Estação Concepción.
Informações
Proprietário Empresa de los Ferrocarriles del Estado (EFE)
Local Flag of Concepcion, Chile.svg Grande Concepción, Bío-Bío
País  Chile
Tipo de transporte Estação de Trem Urbano Trem urbano
Número de linhas 2
Número de estações 25
Tráfego 18 mil/dia (mar/17)[1]
Website [1]
Funcionamento
Início de funcionamento 1 de dezembro de 1999 (17 anos)
Operadora(s) Ferrocarriles del Sur (FESUR)
Dados técnicos
Extensão do sistema 66,6 km
Bitola Bitola indiana (1676 mm)
Eletrificação Catenária
Velocidade máxima 90 km/h
Mapa da rede

Biotren2.svg

O Biotrén é um sistema de trens urbanos que opera em 7 comunas da Grande Concepción, no Chile. É operado pela Ferrocarriles del Sur (FESUR).

É composto atualmente por duas linhas em operação, a Linha 1 e a Linha 2, que somam 25 estações e 66,6 km de extensão. O sistema entrou em operação no dia 1 de dezembro de 1999, com o início da operação da Linha 1.

Atualmente atende as seguintes comunas: Chiguayante, Concepción, Coronel, Hualpén, Hualqui, San Pedro de la Paz e Talcahuano. O sistema transporta uma média de 18 mil passageiros por dia.[1]

Linhas[editar | editar código-fonte]

O sistema é operado por 2 linhas em operação. Cada linha é identificada por um algarismo. Foram abertas entre 1999 e 2005, somando hoje 25 estações e 66,6 km de extensão.

A tabela abaixo lista o nome, as estações terminais, o ano de abertura, a extensão e o número de estações das linhas que estão em operação:

Linha Terminais Ano de abertura Extensão (km) N.º de estações
BioL1lo.png MercadoHualqui 1999 38,2 km 12
BioL2lo.png ConcepciónCoronel 2005 28,4 km 14

Estações[editar | editar código-fonte]

O sistema é composto por 25 estações em operação,[2] das quais todas são superficiais. As estações que estão em operação são listadas a seguir:

BioL1lo.png
Linha 1
BioL2lo.png
Linha 2

Tarifas[editar | editar código-fonte]

Cartões[editar | editar código-fonte]

Para o Biotrén, existem 7 tipos de cartões que podem ser utilizados para se trafegar na rede:[3]

  • Cartão de Passageiro Comum: Disponível em todas as bilheterias do sistema, é utilizado por passageiros comuns.
  • Cartão de Estudante de Ensino Médio e Superior: Cartão utilizado por estudantes que cursam o Ensino Médio ou o Ensino Superior no Chile.
  • Cartão de Estudante de Ensino Básico: Cartão utilizados por estudantes que cursam o Ensino Básico no Chile.
  • Cartão de Passageiros com Deficiência: Cartão utilizados por passageiros que possuem alguma deficiência.
  • Cartão de Convênio com Empresas: Cartão utilizado por empregados de empresas que possuem convênio com o sistema.
  • Cartão Sênior: Cartão utilizado por idosos.
  • Revalidação: Cartão estudantil com validade de um ano. Para revalidação, o passageiro deve apresentar um comprovante de que é aluno regular em algum curso.

Zonas Tarifárias[editar | editar código-fonte]

As estações do sistema são divididas em 10 zonas tarifárias, que irão determinar o custo da viagem feita pelo passageiro:[4]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Biotrén implementará nuevos servicios ante reiterados problemas y alta demanda» (em espanhol). Cooperativa.cl. 25 de março de 2017. Consultado em 2 de setembro de 2017 
  2. «Planos y Combinaciones» (em espanhol). Ferrocarriles del Sur (FESUR). Consultado em 8 de setembro de 2017 
  3. «Tipos de Tarjeta» (em espanhol). Ferrocarriles del Sur (FESUR). Consultado em 9 de setembro de 2017 
  4. «Tarifas» (em espanhol). Ferrocarriles del Sur (FESUR). Consultado em 9 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Biotrén