Campeonato Gaúcho de Futebol de 1920

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
II Campeonato Gaúcho
Gauchão 1920
Rio Grande do Sul
Dados
Participantes 3
Organização FGF
Local de disputa  Rio Grande do Sul
Período 1621 de novembro
Gol(o)s 5
Partidas 3
Média 1,67 gol(o)s por partida
Campeão Bagé Guarany de Bagé (1º título)
Vice-campeão Bandeirapoa.jpg Grêmio
Melhor marcador Grecco (Guarany de Bagé) – 2 gols
◄◄ Rio Grande do Sul Gauchão 1919 Soccerball.svg Gauchão 1921 Rio Grande do Sul ►►

O Campeonato Gaúcho de Futebol de 1920, foi a segunda edição da competição no Estado do Rio Grande do Sul. Novamente foi repetida a fórmula do ano anterior, fases regionais e finais envolvendo os campeões. A fase final da competição foi toda disputada em Pelotas (em homenagem ao Brasil, primeiro campeão estadual[1]), todos contra todos, em turno único. O campeão foi o Guarany de Bagé.


Participantes[editar | editar código-fonte]

Para participar do campeonato, o Grêmio, campeão citadino de Porto Alegre, teve de superar o Nacional de São Leopoldo e o Juventude na disputa da primeira região esportiva do Estado. Na primeira partida, o Juventude goleou o Nacional por 4 a 1. No confronto seguinte, Grêmio e Nacional empataram em um tento. No último jogo, o Grêmio bateu o Juventude por três a zero e sagrou-se campeão da primeira região.

Pela segunda região, disputaram Guarany de Bagé, São Paulo de Rio Grande e Ideal de Pelotas, sendo vencedor o clube bageense. Porém, a Liga Pelotense de Foot Ball protestou junto à Federação, argumentando que jogadores do Guarany teriam disputado a "Liga Uruguaya" daquele ano. O recurso pelotense não obteve resultado.

Na terceira região, o único clube filiado à Federação Rio-Grandense de Desportos era o Guarany de Cruz Alta. No final de setembro, a entidade enviou um telegrama ao clube, convidando-o a participar do certame estadual. Porém, o representante do Guarany junto à Federação, Breno Ribeiro, não deu resposta e a terceira região ficou sem representantes.

Antes da definição dos participantes da quarta região, o Grêmio Santanense enviou documentos à Federação que provariam supostas irregularidades na decisão do campeonato de Santana do Livramento. A alegação era a de que o árbitro João Bello encerrou a partida aos 45 minutos do segundo tempo, por não ter seu chamado atendido pelo clube para o início do segundo tempo. O Grêmio Santanense também protestava contra a atuação do jogador Rico De Carlos na equipe do 14 de Julho, por ele ser estrangeiro. Entretanto, a Federação concedeu ganho de causa ao 14 de Julho, que assim pode disputar a vaga da quarta região com o Uruguaiana. No primeiro encontro, empate em três a três. No segundo, o Uruguaiana goleou por cinco a zero e sagrou-se campeão da quarta chave.

Equipe Cidade Classificação Participação
Grêmio Bandeira de Porto Alegre (RS).svg Porto Alegre Campeão da Primeira Região
Guarany Bandeira Bage.png Bagé Campeão da Segunda Região
Uruguaiana Uruguaiana-bandeira.jpg Uruguaiana Campeão da Quarta Região

Tabela[editar | editar código-fonte]

Fase final[editar | editar código-fonte]

16 de novembro de 1920 Guarany de Bagé 1 – 0 Grêmio Boca do Lobo, Pelotas

Grecco Gol marcado aos 18 minutos de jogo 18' Árbitro: Antônio Petrucci Sobrinho

19 de novembro de 1920 Grêmio 3 – 0 Uruguaiana Boca do Lobo, Pelotas

Ramão Gol marcado
Assumpção Gol marcado
Danico Gol marcado
Árbitro: Antônio Petrucci Sobrinho

21 de novembro de 1920 Guarany de Bagé 1 – 0 Uruguaiana Boca do Lobo, Pelotas

Grecco Gol marcado Relatório Árbitro: Antônio Petrucci Sobrinho
 
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Guarany de Bagé
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uruguaiana
 
GUARANY DE BAGÉ:
G Brasil Médici
Z Brasil Avancini
Z Uruguai Granja
M Brasil Olivella
M Uruguai Seixas
M Brasil Souza Pinto
A Brasil Argeu
A Uruguai Ruival
A Uruguai Grecco
A Brasil Índio
A Brasil Fortunato
Treinador:
URUGUAIANA:
G Sánchez
Z Berriel I
Z Jango
M Gues
M Coutinho
M Toledo
A Salvo
A Monassi
A Warty
A Mosquito
A Nenê
Treinador:


Classificação - Fase Final
Time PG J V E D GP GC SG
1 Guarany de Bagé 4 2 2 0 0 2 0 2
2 Grêmio 2 2 1 0 1 3 1 2
3 Uruguaiana 0 2 0 0 2 0 4 - 4
PG - pontos ganhos; J - jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas; GP - gols pró; GC - gols contra; SG - saldo de gols


Gauchão 1920
Bandeira Bage.png
Guarany de Bagé
Campeão[nota 1]
(1º título)

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

Número de gols Nome Clube
2 gols Grecco Guarany de Bagé
1 gol Assumpção
Danico
Ramão
Grêmio
Grêmio
Grêmio

Referências

Notas

  1. O Esporte Clube Ideal, campeão da região de Pelotas, ingressou um protesto na Assembléia Geral da Federação contra o Guarany de Bagé, pois os atletas Granja, Seixas, Ruival e Grecco teriam disputado partidas pelo campeonato uruguaio naquele ano. A Federação, no entanto, não acatou o protesto do Ideal, homologando o título do Guarany.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.