Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino
Campeonato Gaúcho Feminino
Dados gerais
Organização AGFF e FGF
Edições 19
Local de disputa  Rio Grande do Sul,  Brasil
Sistema Misto
Soccerball current event.svg Edição atual
editar

O Campeonato Gaúcho de Futebol Feminino é uma competição de futebol realizada anualmente pela Associação Gaúcha de Futebol Feminino com a chancela da Federação Gaúcha de Futebol. Trata-se do primeiro nível do futebol feminino no Estado do Rio Grande do Sul e garante uma vaga ao representante do Estado na Copa do Brasil de Futebol Feminino. Teve sua primeira edição realizada no ano de 1997 e o primeiro campeão foi o Internacional, de Porto Alegre.

Histórico do Futebol Feminino no Rio Grande do Sul[editar | editar código-fonte]

[1]

No Rio Grande do Sul, a modalidade do futebol feminino começou a dar seus primeiros passos de forma institucionalizada na década de 1980, porém não se desenvolveu adequadamente, atingindo seu ápice somente em meados da década de 1990. No início, era comum que muitas mulheres, além de jogar futebol de campo, também praticassem paralelamente o futebol de salão, já que a falta de equipes, campeonatos e infra-estrutura do futebol de campo acabassem levando muitas atletas ao salão. Entre 1988 e 1991 o futebol feminino não se efetivou como instituição, talvez por falta de incentivo às equipes, pois mulheres já mostravam interesse em praticar o esporte.

Foi em 1984 que o Internacional, de Porto Alegre, criou o seu departamento de futebol feminino e já em 1987 alcança o terceiro lugar do Campeonato Brasileiro, realizado em Campinas.

No período de 1988 a 1991 apenas há indícios do Sport Club Internacional como instituição esportiva da modalidade, o que não descarta a existência de outras equipes amadoras. Somente em 1993 é formada a Seleção Gaúcha de Futebol Feminino.

Em 1996 ocorre a reabertura do Futebol Feminino no Sport Club Internacional, por iniciativa de Eduarda Marranghello Luizelli, a Duda. No ano seguinte, em 1997, o Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense também abre seu departamento feminino. Na disputa do primeiro Campeonato Gaúcho da modalidade, Internacional conquista o título e Grêmio acaba na terceira posição.

Em 2000 e 2001 o Grêmio conquista o bicampeonato gaúcho e no final do ano seguinte, encerra as atividades na modalidade. Em 2004, Duda cria a Equipe Duda/P.A Lazio com jovens meninas esportistas vindas da escolinha do Sport Club Internacional. Duda é uma das figuras centrais do futebol feminino do Estado, mantendo até os dias atuais a Escola da Duda, escola de futebol feminino e masculino, que foi e é responsável por diversas parcerias com Clubes do Estado na disputa de competições estaduais e nacionais.

Em 2010, por intermédio de Carlos Alberto de Souza, o professor Neco, foi fundada a Associação Gaúcha de Futebol Feminino para buscar recursos via lei de incentivo e convênios e para viabilizar, fomentar e valorizar as pessoas que trabalham com a modalidade, com criação de empregos e geração renda, garantindo o futuro da modalidade no Estado. A Associação ficou responsável pela organização dos certames, função que Neco já exercia indiretamente desde 2008.[2]

Em setembro de 2016, a Conmebol divulgou o seu novo estatuto e regulamento de licença de clubes que traz uma série de normas novas às confederações afiliadas à entidade. As equipes que disputarem a Copa Sul-Americana ou a Libertadores precisarão se adequar às regras de licenciamento. Dentre elas, está a obrigação de ter uma equipe de futebol feminino. A Conmebol deu um prazo de dois anos (até 2019) para adaptação.[3] Prontamente, já em 2017, os dois grandes clubes do Estado mobilizaram-se para retomar as atividades na modalidade feminina, Grêmio garantiu uma vaga para a disputa do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino de 2017 e montou um time em parceria com a Associação Gaúcha de Futebol Feminino, utilizando jogadoras da Seleção Gaúcha[4], o Internacional por sua vez, em parceria com a Escola da Duda realizou uma peneira no mês de março para selecionar suas novas atletas.[5]

Edições[editar | editar código-fonte]

CAMPEONATO GAÚCHO DE FUTEBOL FEMININO
Ano Campeão Placar(es) Vice Ref.
1997
Detalhes
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Internacional
- Flag of None.svg
Desconhecido
[6]
1998
Detalhes
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Internacional
- Flag of None.svg
Desconhecido
[6]
1999
Detalhes
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Internacional
- Flag of None.svg
Desconhecido
[6]
2000
Detalhes
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Grêmio
- Flag of None.svg
Desconhecido
[6]
2001
Detalhes
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Grêmio
- Flag of None.svg
Desconhecido
[6]
2002
Detalhes
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Internacional
- Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Grêmio
[6][1]
2003
Detalhes
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Internacional
- Bandeira Veranopolis.png
Veranópolis
[6][7]
2004
Detalhes
Bandeira de Caxias do Sul-RS, Brasil.png
Juventude
- Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
Duda/P.A Lazio
[6][1]
2005
Detalhes
Bandeira de Caxias do Sul-RS, Brasil.png
Juventude
- Flag of None.svg
Desconhecido
[6]
2006
Detalhes
Bandeira de Caxias do Sul-RS, Brasil.png
Juventude
2 - 0 Bandeira canoas.png
Vernisul
[8]
2007 Não disputado
2008
Detalhes
Bandeira Pelotas.png
Pelotas/Phoenix
2 - 2
(3 - 2 pen.)
Bandeira de Caxias do Sul-RS, Brasil.png
Juventude
[9]
2009
Detalhes
Torres bandeira.jpg
Torrense
3 - 0
BANDEIRADEGUAIBA.jpg
Black Show
[10]
2010
Detalhes
Bandeira canoas.png
Canoas/Gaúcho FF
1 - 0 Bandeira de Alegrete (Rio Grande do Sul).svg
Flamengo
[11]
2011
Detalhes
Bandeira-floresdacunha.jpg
Flores da Cunha
1 - 0
0 - 1

(7 - 6 pen.)
Bandeira de Porto Alegre (RS).svg
FEC Internacional/Duda
[12]
2012
Detalhes
BandeiraAlvoradaRS.png
Duda/Alvorada
1 - 0
1 - 1
Flag of Erechim RS.png
Atlântico
[13]
2013
Detalhes
Flag of Erechim RS.png
Atlântico
4 - 2
2 - 3
Bandeira canoas.png
Duda/Canoas/Unilasalle
[14]
2014
Detalhes
Bandeira de Cachoeirinha.jpg
Onze Unidos
2 - 1
3 - 0
Bandeira canoas.png
Duda/Canoas/Unilasalle
[15]
2015
Detalhes
Bandeira canoas.png
Duda/Canoas/Unilasalle
2 - 2
2 - 0
Flag of Erechim RS.png
Atlântico
[16]
2016
Detalhes
Bandeira canoas.png
Duda/Canoas/Unilasalle
4 - 0
3 - 0
BANDEIRADEGUAIBA.jpg
Black Show
[17]
2017
Detalhes
-
-

Títulos por Equipe[editar | editar código-fonte]

Clube Campeão Anos dos Títulos
Bandeirapoa.jpg Internacional (Porto Alegre) 5 1997, 1998, 1999, 2002 e 2003
Bandeira canoas.png Canoas (Canoas) 3 2010, 2015 e 2016
Bandeira de Caxias do Sul-RS, Brasil.png Juventude (Caxias do Sul) 3 2004, 2005 e 2006
Bandeirapoa.jpg Grêmio (Porto Alegre) 2 2000 e 2001
Bandeira de Cachoeirinha.jpg Onze Unidos (Cachoeirinha) 1 2014
BandeiraAlvoradaRS.png Alvorada (Alvorada) 1 2013
Bandeira-floresdacunha.jpg Flores da Cunha (Flores da Cunha) 1 2012
Torres bandeira.jpg Torrense (Torres) 1 2011
Bandeira Pelotas.png Pelotas (Pelotas) 1 2010

Edição Atual[editar | editar código-fonte]

Participantes
CAMPEONATO GAÚCHO DE FUTEBOL FEMININO DE 2017
Chave Clube (Cidade) Clube (Cidade) Clube (Cidade) Clube (Cidade) Clube (Cidade)
A Bandeirapoa.jpg Grêmio Cscr-featured.png
(Porto Alegre)
Flag of None.svg João Emílio
(Candiota)
Bandeira de Rio Grande.jpg Paumar
(Rio Grande)
Bandeira de Carazinho.jpeg Palestra
(Carazinho)
Bandeira de Rio Grande.jpg Rio Grande
(Rio Grande)
B BANDEIRADEGUAIBA.jpg Black Show Cscr-featured.png
(Guaíba)
Flag of None.svg Santaritense
(Nova Santa Rita)
Bandeira de Sapucaia do Sul.jpg Sapucaiense
(Sapucaia do Sul)
Bandeira canoas.png Oriente
(Canoas)
Bandeira Tres Coroas.png Mundo Novo
(Três Coroas)
C Bandeirapoa.jpg Internacional Cscr-featured.png
(Porto Alegre)
Flag of Erechim RS.png Atlântico
(Erechim)
Ijui-RS Bandeira.jpg Ijuí
(Ijuí)
Bandeira estrela rs br.jpg Estrela
(Estrela)
Bandeira-lajeadors.jpg Guarani
(Lajeado)

Cscr-featured.png: Cabeças de Chave

Ver Também[editar | editar código-fonte]

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c «Futebol Feminino em Porto Alegre-RS» (PDF). Atlas Esporte Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  2. «Presidente admite precariedade do futebol feminino no RS: "Exploradas"». Globo Esporte. Consultado em 16 de março de 2017 
  3. «Clubes precisarão manter equipes femininas para jogar Libertadores». Globo Esporte. Consultado em 16 de março de 2017 
  4. «Time feminino do Grêmio inicia na sexta-feira preparação para Brasileiro». Globo Esporte. Consultado em 16 de março de 2017 
  5. «Duda, diretora do novo futebol feminino do Inter, avisa: "Nossa peneira não terá limite de idade"». Zero Hora. Consultado em 16 de março de 2017 
  6. a b c d e f g h i «Rio Grande do Sul – Women - List of Champions». RSSSF Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  7. PERACCHI, Luís Felipe. Veranópolis Esporte Clube como um instrumento de divulgação do município. Monografia de conclusão do Curso de Comunicação Social, habilitação em Jornalismo. Universidade de Caxias do Sul, Caxias do Sul, 2009.
  8. «Campeonato Estadual de Futebol Feminino de 2006». RSSSF Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  9. «Campeonato Estadual de Futebol Feminino de 2008». RSSSF Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  10. «Campeonato Estadual de Futebol Feminino de 2009». RSSSF Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  11. «Campeonato Estadual de Futebol Feminino de 2010». RSSSF Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  12. «Campeonato Estadual de Futebol Feminino de 2011». RSSSF Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  13. «Campeonato Estadual de Futebol Feminino de 2012». RSSSF Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  14. «Atântico FC de Erechim é campeão gaúcho e futebol feminino de 2013». Feminino do Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  15. «Onze Unidos é campeão gaúcho feminino». Feminino do Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  16. «Duda/Canoas/Unilasalle conquista o Gauchão Feminino 2015». Feminino do Brasil. Consultado em 15 de março de 2017 
  17. «Duda/Canoas conquista o bi-campeonato». Feminino do Brasil. Consultado em 15 de março de 2017