Elite Clube Desportivo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Elite
EliteCD.png
Nome Elite Clube Desportivo
Alcunhas Alvi-negro, Carijó[1]
Torcedor/Adepto Elitense
Mascote Galo Carijó
Fundação 30 de setembro de 1921
Estádio Zona Sul
Capacidade 8.000 (Estádio da Zona Sul)
Presidente José Taceli Rodrigues Moureira
Treinador Jorge Armando Maiben Castro
Material (d)esportivo Brasil GingaBR
Competição Segunda Divisão Gaúcha - Série C 2018
Website www.elitecd.com.br
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
editar

O Elite Clube Desportivo é um clube brasileiro de futebol, da cidade de Santo Ângelo, no estado do Rio Grande do Sul. Suas cores eram vermelho, preto e branco.

História[editar | editar código-fonte]

O Elite foi fundado em 30 de setembro de 1921 por Paiva Filho, Frederico Schnepfleitner, Inocêncio Silva, Carlos Feldmann, José Lucca, João Silva e Leopoldo Kruel. Teve Frederico Schnepfleitner como seu primeiro presidente. Em 15 de novembro do mesmo ano, realizou a primeira partida de sua história, vencendo o Clube Rio Branco, de Catuípe, pelo placar de 3 a 1. Sua primeira sede estava situada na Farmácia Espíndola, em uma residência pertencente à família Schmidt. Seu primeiro campo localizava-se na atual Praça Leônidas Ribas, em um terreno cedido pela prefeitura de Santo Ângelo.

Após conquistar o tricampeonato da cidade, entre 1939 a 1941, o Elite obteve um bicampeonato entre 1946 e 1947. Em 1949, tornou-se a primeira equipe de Santo Ângelo a realizar uma partida fora do Brasil. Na excursão à Argentina, enfrentou o Oberá, vencendo por 2 a 1. Uma nova visita ao país vizinho foi feita em agosto de 1953, quando o Elite foi derrotado pelo Unión de Posadas (4 a 0) e pelo Posadas (6 a 3).

Em 1958, comandado pelo treinador Percival Garcia de Oliveira, obteve sua principal conquista, quando faturou o título do Campeonato Gaúcho da Segunda Divisão. O jogo do título foi realizado em campo neutro em Carazinho, quando o Elite venceu o Atlântico de Erechim pelo placar de 3 a 2.[2] Uma década depois, foi vice-campeão da terceira divisão gaúcha, em 1968.

Em 1971, o Elite foi o vencedor do último Campeonato Citadino de Santo Ângelo, batendo o Tamoyo por 1 a 0, com um gol de calcanhar de Miguel. Em 10 de julho de 1979, o Elite inaugurou sua nova sede social, construída dentro do Estádio Doutor João Augusto Rodrigues. A sede dispunha de uma sala para a secretaria e de um salão de festas. No mesmo ano, o Elite foi campeão da chave 2 do Campeonato Gaúcho de Futebol Amador.

Em 1987, foi o quarto colocado da Divisão de Acesso. O clube existiu até 1989, quando fundiu-se em ao Grêmio Esportivo Santoangelense e ao Tamoyo Futebol Clube, originando a Sociedade Esportiva e Recreativa Santo Ângelo, hoje Associação Esportiva e Recreativa Santo Ângelo.[3]

Em 2014, o Professor Luiz Alberto Steglich, adquiriu as patentes originárias registradas junto ao Instituto Nacional de Propriedade Intelectual - INPI as marcas e patentes do Elite Clube Desportivo, do Grêmio Esportivo Santoangelense e do Tamoyo Futebol Clube.

Em 30 de setembro de 2015, com a constituição do clube empresa em sociedade limitada de capital Elite Clube Desportivo Ltda., com a finalidade de formar jogadores e estruturar o futebol em Santo Ângelo, e em decorrência do recente falecimento do Professor Luiz Alberto Steglich, em 21 de julho de 2015, a família cedeu as marcas para a administração da referida sociedade e seu uso e registros. A sociedade foi constituída pelos empresários Luís Cláudio Gerhardt Steglich e Vicente Beltrão do Nascimento Júnior, ambos denominados gestores do clube, que por decisão dos mesmos, e após uma análise e pesquisa dos torcedores locais e regionais, bem como do desenvolvimento da marca e patente da empresa, adotou o retorno do Elite.

Em janeiro de 2016, o Elite Clube Desportivo visando a constituição de um centro formador de jogadores e de disputa junto a comunidade de Santo Ângelo e região, firmou parceria com o também tradicional agremiação da mesma cidade: o Clube 28.

Em julho de 2016, e em decorrência do rebaixamento da Associação Esportiva e Recreativa Santo Ângelo (detentora por lei municipal do direito de comodato sobre o Estádio da Zona Sul - Raul Oliveira e demais imóveis), foi feita proposta para utilização da estrutura do Estádio bem como a concessão da vaga pelo Elite, em formato de sociedade de cotas de participação. Tal proposta foi aprovada por unanimidade pelo Conselho Deliberativo da Associação Esportiva e Recreativa Santo Ângelo, e formalizada em 29 de agosto de 2016. Ocorre no mês posterior o reconhecimento da FGF e da CBF.

Em 11 de agosto de 2016 tomou posse o presidente do Elite: José Taceli Rodrigues Moreira, e o Diretor Técnico//Treinador da categoria profissional: Jorge Armando Maiben Castro.

Elenco Atual[editar | editar código-fonte]

Lorenzo (10)

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais[editar | editar código-fonte]

Municipais[editar | editar código-fonte]

Artilheiros[editar | editar código-fonte]

  1. Croré - 1958[4]
  2. Zeca - 1987 (18 gols).

Referências

  1. «Coluna de Renato Schorr - O jogador Mauro Vieira Freitas»  Jornal das Missões, acessado em 16 de maio de 2014
  2. «AABB irá homenagear ex-atletas do Elite, campeão estadual de 1958»  A Tribuna, acessado em 16 de maio de 2014
  3. «Histórico»  S.E.R. Santo Ângelo, acessado em 16 de maio de 2014
  4. «Loureiro recebe visita do ex-jogador Crohare»  Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul , acessado em 16 de maio de 2014
Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre clubes brasileiros de futebol é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.