Dentinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Dentinho (desambiguação).
Dentinho
Dentinho
Dentinho em 2011
Informações pessoais
Nome completo Bruno Ferreira Bonfim
Data de nasc. 19 de janeiro de 1989 (29 anos)
Local de nasc. São Paulo (SP), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,76 m
Destro
Apelido Dentinho
Informações profissionais
Clube atual Shakhtar Donetsk
Número 9
Posição Atacante
Clubes de juventude
2007 Corinthians
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2007–2011
2011–
2013
Corinthians
Shakhtar Donetsk
Beşiktaş (emp.)
00187 000(55)
00284 000(50)
00009 0000(0)
Seleção nacional3
2009 Brasil Sub-20 00014 000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 19 de maio de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 10 de março de 2013.

Bruno Ferreira Bonfim, mais conhecido como Dentinho (São Paulo, 19 de janeiro de 1989), é um futebolista brasileiro que atua como atacante. Atualmente, joga pelo Shakhtar Donetsk.[1]

Clubes[editar | editar código-fonte]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

2007–2008[editar | editar código-fonte]

No início de sua carreira, destacou-se nas categorias de base junto de Lulinha, do qual é amigo pessoal desde a infância.[2][3] O jovem jogador foi chamado para o time profissional do Sport Club Corinthians Paulista pelo técnico Carpeggiani e fez sua estreia pelo Time em 30 de junho de 2007[4]. Ainda no mesmo ano, fez seu primeiro gol com a camisa do clube, em um empate (1-1) contra o Fluminense. O próprio treinador Paulo César Carpeggiani pediu para que o atleta abandonasse o apelido que o acompanhava desde as categorias de base, já que ele "tem um nome bonito". No entanto, a alcunha de Bruno Bonfim, dada por ele ter os dentes muito separados, permaneceu e pegou na torcida alvinegra.

Dentinho foi um dos poucos jogadores que embalou no time, Curiosamente foi neste ano que ele passou a ser chamado de Dentinho e vestir a camisa 31 ,mesmo com tantas contratações do Corinthians para aquele ano, teve sua oportunidade e agarrou firme, com seus gols e dribles, e se firmou logo titular. Foi um dos principais jogadores da equipe, no Campeonato Paulista, e da Copa do Brasil. Chegou, junto com o Corinthians, na final da Copa do Brasil de 2008, ficou com o vice-campeonato. Em 8 de novembro de 2008, conquistou o Campeonato Brasileiro - Série B pelo Corinthians, Dentinho sobrou nesse campeonato e foi um dos artilheiros da competição no ano junto de Herrera.[5] No final do ano o Corinthians contratou Ronaldo Fenômeno, ídolo de infância de Dentinho. Ele terminou o ano em alta, como uma revelação do Corinthians.

2009–2010[editar | editar código-fonte]

Em 2009, Dentinho deixou de ser revelação pra virar a realidade do futebol, e se tornou ídolo de vez da fiel. Começou o ano voando em campo, foi convocado para a Seleção Brasileira sub-20, onde se consagrou campeão sul-americano. Em 27 de maio de 2009, completou 100 partidas com a camisa do Corinthians e marcou um gol. O Corinthians formou o melhor ataque do país com Dentinho, Ronaldo e Jorge Henrique. Nesse ano o Corinthians conquistou o Campeonato Paulista de forma invicta, e a Copa do Brasil, conquistando antecipadamente uma vaga na Libertadores da América.

Em 14 de março de 2010, marcou, contra o Santo André, válido pelo Paulistão, o gol de número 10.000 da história do Corinthians.[6] Mesmo com a vaga antecipada para a Libertadores, o Corinthians não teve êxito na tentativa de conquistar a competição. Mesmo abalado com que aconteceu, Dentinho e o Corinthians deram a volta por cima no campeonato brasileiro. Ficando entre o primeiro e 2° lugar em grande parte do campeonato, o Corinthians acabou ficando em 3º lugar no Campeonato Brasileiro, conquistando a vaga na Pré-Libertadores de 2011.

Shakhtar Donetsk[editar | editar código-fonte]

2011–2013[editar | editar código-fonte]

Com o futebol em baixa e a eliminação precoce da Libertadores, Dentinho não conseguiu mais apresentar o mesmo futebol de 2008/2009 e bastante criticado pela falta de objetividade, Dentinho, no dia 11 de maio de 2011, foi anunciado como reforço do Shakhtar Donetsk para a temporada 2011-12. A sua contratação foi 7,5 milhões de euros (15 milhões de reais). Dentinho em sua despedida se emocionou muito, dizendo que um dia ele iria voltar.[7]

Besikitas[editar | editar código-fonte]

Pouco aproveitado no clube da Ucrânia, Dentinho foi emprestado para o Beşiktaş, por um ano.[8] Em novembro marcou o gol de número 1.200 da história do Shakhtar Donetsk.[9]

Volta ao Shaktar[editar | editar código-fonte]

Retornou ao Shaktar e passou a ser mais aproveitado, principalmente após as saídas de Alex Teixeira e Luiz Adriano. Em 2016, renovou seu contrato com o clube ucraniano até 2021.[10]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Corinthians
Shakhtar Donetsk
Seleção Brasileira Sub-20

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Dentinho casou-se no dia 9 de junho de 2012[11] com Danielle Souza, a "Mulher Samambaia". Em 19 de setembro de 2012 nasceu o primeiro filho do casal, Bruno Lucas.[12] Em 12 de abril de 2014 nasceram as gêmeas Sophia e Rafaella.[13]

Referências

  1. «Dentinho comemora seu melhor momento no Shakhtar e torce por um 2017 melhor para o Corinthians | Goal.com». www.goal.com. Consultado em 16 de abril de 2018. 
  2. «GloboEsporte.com > Futebol > Corinthians - NOTÍCIAS - Bruno Bonfim desconvocado de seleção». globoesporte.globo.com. Consultado em 16 de abril de 2018. 
  3. «Crias do Corinthians, Dentinho zoa o amigo Lulinha: 'Tem que passar alisante'». O Globo. 6 de fevereiro de 2018 
  4. «GloboEsporte.com > Futebol > Corinthians - NOTÍCIAS - Dentinho? Para Carpegiani é Bruno Bonfim». globoesporte.globo.com. Consultado em 16 de abril de 2018. 
  5. «GloboEsporte.com > Futebol > Corinthians - NOTÍCIAS - Artilheiro em 2008 e esperança para 2009, Dentinho busca aumento salarial». globoesporte.globo.com. Consultado em 16 de abril de 2018. 
  6. Correio do Estado - Corinthians acerta ida de Dentinho para Europa
  7. «Corinthians confirma venda de Dentinho para o Shakhtar Donetsk». ESPN 
  8. «Dentinho troca Shakhtar por futebol turco e frustra Santos». Terra. 24 de janeiro de 2013. Consultado em 24 de janeiro de 2013. 
  9. Globo - Dentinho faz gol 1.200 da história do Shakhtar e ganha até bolo de presente
  10. «Dentinho aproveita boa fase e renova até 2021 com o Shakhtar - Gazeta Esportiva». www.gazetaesportiva.com. Consultado em 16 de abril de 2018. 
  11. http://ego.globo.com/famosos/noticia/2012/06/dani-souza-e-dentinho-se-casam-em-sao-paulo.html
  12. «Dentinho mobiliza boleiros no Twitter ao anunciar que será pai». R7. 25 de janeiro de 2012. Consultado em 27 de janeiro de 2012. 
  13. «Nascem as filhas gêmeas de Dentinho e Dani Souza». Virgula. Consultado em 16 de abril de 2018. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]