Discussão:Governo Jair Bolsonaro

    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

    Parcial

    A introdução está absolutamente parcial. O último parágrafo pinça exclusivamente atos positivos, sem qualquer referência às diversas polêmicas e críticas que se avolumam sobre o governo de Jair Bolsonaro ou contextualização acerca de tais polêmicas. Todos os artigos sobre ex-presidentes citam fatos controversos, exceto este. Lendo, temos a impressão de que é um governo excepcional, não o mais mal avaliado da história e o que mais tem gerado críticas e controvérsias na imprensa. A introdução deve ser um resumo dos aspectos mais importantes da biografia. Não é o que se vê aqui, aqui temos quase um texto de assessoria. Dornicke (discussão) 19h03min de 28 de março de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Acho que também não é para tanto. O parágrafo fala de visitas em outros países para estreitar relações com líderes de mesmo alinhamento ideológico do presidente. Isso realmente aconteceu, conforme demonstram as fontes, e não são necessariamente atos positivos. Porém, é fato que não há uma única menção às enormes crises diplomáticas que já estavem presentes desde os primeiros meses de governo. Quanto aos baixos índices de aprovação, eles são mensurados por pesquisas periódicas e estão em constante atualização. E há uma seção para descrever isso. Talvez seja mais adequado introduzir apenas a avaliação final ao termínio do mandato. Na parte das promessas cumpridas eu achei indevida a comparação com os antecessores, pois dá um crédito desnecessário ao governo. DiBiagio-20 (discussão) 21h03min de 28 de março de 2020 (UTC)-Responder[responder]
    A introdução deve ser norteada pelas diretrizes de WP:INTRO. Dos quatro parágrafos, o segundo e o quarto têm excesso de detalhes. O segundo poderia ser eliminado, pois dá um peso excessivo a um ministério em particular. Por exemplo, o Ministério da Saúde também tem atualmente uma grande relevância. A sua primeira frase poderia ser mantida, pois é relevante citar a redução do número de ministérios, passando a ser a primeira frase do parágrafo seguinte. O quarto parágrafo poderia ser resumido no que se refere às particularidades com relação às viagens ao exterior e mantendo a última frase. Um quarto parágrafo poderia então ser criado, descrevendo o comportamento polêmico de Bolsonaro, mas sem entrar em muitos detalhes.--PauloMSimoes (discussão) 21h38min de 28 de março de 2020 (UTC)Responder[responder]
    Pois é, se vale comparar o "cumprimento de promessas" com os antecessores, por que não comparar a aprovação no mesmo período com os antecessores também? Eu não vejo a menor necessidade dessa comparação na introdução. Dornicke (discussão) 22h54min de 28 de março de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Marcado como parcial

    A introdução segue caracterizada pela escrita parcial e apresentação de informações datadas, apresentadas de forma descontextualizada ou selecionadas sem critérios que transpareçam valor informativo, mas, antes, viés de confirmação. Enumero:

    1 - A pasta é chefiada pelo economista liberal Paulo Guedes, podendo ele ser o ministro da área econômica mais poderoso que o Brasil já teve. O que quer dizer precisamente "o mais poderoso". Quer dizer que é o ministro com mais atribuições? Afinal, me parece que outros ministros da economia, até pelo fato de terem apresentado resultados econômicos absolutamente superiores em todos os aspectos, tiveram maior respaldo da sociedade e imprensa e poder e influência de facto. De toda forma, esse aposto, se correto, não deveria estar na biografia do próprio Paulo Guedes?
    2 - Os primeiros meses de governo foram caracterizados por investidas na política externa - O que quer dizer "investida na política externa"? O que há de diferente na atuação de Bolsonaro na política externa para que se possa afirmar que isso é uma "característica" dos seus primeiros meses de governo? O que se pretende dizer aqui é que houve uma guinada nas relações exteriores do país ditada por "maior alinhamento ideológico com líderes de extrema direita"? Se for isso, que se escreva de forma clara. A impressão que esse trecho passa é que o governo se destacou na política externa de forma geral - o que é desmentido pela realidade factual: há praticamente um consenso nos veículos da grande mídia brasileira que a política externa do governo Bolsonaro é caótica, desastrosa e errática, tanto na visão dos veículos conservadores quanto progressistas: [1] [2] [3] [4]. A mesma análise é feita pela academia e pela maioria dos cientistas políticos.
    3 - o presidente compareceu à reunião, em Santiago do Chile, dos oito países que propõem a criação do Prosul, um grupo que substituiria a União de Nações Sul-Americanas (Unasul) - Isso é realmente um fato suficientemente relevante e destacável para estar uma introdução? Qual é a efetiva importância da Prosul ou da sua criação? Qual é o impacto político que causou? Se a introdução deve ser um resumo das informações mais importantes e representativas do artigo, cabe esse destaque todo a esse projeto?
    4 - Nos cem primeiros dias de governo, Bolsonaro cumpriu 12 de 58 promessas feitas em campanha (20,64%); no mesmo período, Dilma havia cumprido 5 de 55 (7,5%), e Temer, 3 de 20 promessas de posse (15%); tendo portanto um desempenho proporcionalmente e numericamente superior ao dos antecessores - Essa informação é datada, um retrato de um momento específico do governo, e é referente a um levantamento feito pelo G1. No mínimo, deve ser atribuído: "segundo levantamento feito pelo portal G1, Bolsonaro teria cumprido percentual X das promessas de governo". Não deve ser retratado como verdade absoluta na voz da Wikipedia, já que esse levantamento foi feito com critérios e metodologia específicas que divergem de outros levantamentos. Esse outro levantamento do Estadão, por exemplo, afirma que metade das promessas que o governo Bolsonaro afirma ter levado a cabo não foram efetivamente cumpridas [5]. A escrita não é neutra, o teor da informação é datado e contestável. Não vejo sentido também para a comparação com os governos anteriores ser apresentada numa introdução. A impressão que passa é que essa informação foi selecionada para estar ali com o objetivo de reforçar uma leitura positiva sobre o desempenho do governo. E isso é problemático pelo seguinte ponto:
    5 - Não há nenhuma informação na introdução referente ao fato do governo Bolsonaro ser o mais atribulado e controverso da história recente do Brasil. Não é informado, por exemplo, que em pouco mais de um ano de mandato, Bolsonaro já trocou oito ministros [6], o que indica instabilidade. Não é informado também que o presidente é o terceiro líder mais mal avaliado do continente [7]. Não se menciona que é o governo estreante mais mal avaliado do Brasil dos últimos 24 anos. [8]. Não são informadas as rusgas que ele teve com os demais poderes constituídos do país, sua péssima relação com a imprensa, que tem chamado em editoriais seu governo de inepto e desastrado [9], as severas críticas de líderes internacionais [10] e da própria ONU [11]. Não se menciona que transcorrido apenas um ano de governo, já há discussões onde se fala abertamente em impeachment [12] e até mesmo em interdição - que chegou aliás a ser solicitada ao MPF por servidores [13], ao passo que advogados pressionam os órgãos públicos por um exame de sanidade mental! [14] Não se fala sobre o fato de boa parte da base de apoio que o elegeu há pouco mais de um ano já ter se convertido em fervorosa oposição ao seu governo. A impressão que passa é que estamos lendo um press release do próprio governo Bolsonaro, não um resumo enciclopédico, imparcial e objetivo sobre o as características do governo mais controverso, contestado e polêmico das últimas décadas.

    Por todo o exposto, marquei como "parcial". Dornicke (discussão) 23h01min de 17 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]

    No ponto 1 -A pasta é chefiada pelo economista liberal Paulo Guedes, podendo ele ser o ministro da área econômica mais poderoso que o Brasil já teve. O que quer dizer precisamente "o mais poderoso". Quer dizer que é o ministro com mais atribuições?"
    Sim. Isso é devido a fusão dos ministérios. Decisões que antes caberiam aos ministros do planejamento e da Indústria, Comércio Exterior e Serviços agora ficam todas à seu cargo, não se trata de desempenho. Mas, de qualquer forma, acho que esse trecho pode ser removido. É desnecessário.
    O quarto parágrafo tá muito detalhado. Pode ser mais enxuto, sem minuciar cada visita. E volto a dizer que sou a favor da remoção da parte das promessas cumpridas, pelo menos nessa parte, pois há mais de um levantamento sobre isso. Pretendia inserir um parágrafo para tratar das controvérsias, mas não sei como fazer isso. É tanta polêmica que não é fácil colocar de forma sintética e resumida, sem ocupar muito espaço na introdução. A seção tem até artigo próprio.DiBiagio-20 (discussão) 05h49min de 19 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]

    @Dornicke, PauloMSimoes e DiBiagio-2: Olá. Conforme sugerido, realizei uma série de ajustes no texto introdutório do verbete. Vejam como ficou e se alguma alteração adicional se faz necessária. Chronus (discussão) 17h06min de 20 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Do jeito que tá ficou bom. Sem problemas de parcialidade. A única alteração que eu faria era remanejar a parte da mudança de embaixada para a subseção Estados Unidos e Israel, onde se entra mais nos detalhes.DiBiagio-20 (discussão) 18h58min de 20 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]

    @Chronus: no meu entender, pouca coisa foi feita em relação às minhas sugestões 57909914]. O último parágrafo faz um relato de eventos pontuais, que tiveram notoriedade efêmera. Fato marcante do governo, que é o comportamento controverso e polêmico do presidente, sequer é mencionado. Do segundo parágrafo deveria ser retirada toda a ênfase ao Ministério da Economia. A primeira frase é relevante. O Min Econ é sim relevante entre os demais, mas não deveria haver tantos detalhes, e deveria se dar espaço a citação sobre o Min Saúde e o combate contra a pandemia. Fato relevantíssimo que vai marcar esta administração, e que deveria ser citado também de forma sucinta, sendo ambos os ministérios envolvidos de forma mais importante nesse contexto.--PauloMSimoes (discussão) 21h54min de 20 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]

    @PauloMSimoes: Desculpe, eu havia focado nas sugestões do Dornicke sobre a parcialidade do texto introdutório. Fiz um quarto parágrafo, conforme você orientou. O que me diz? Chronus (discussão) 03h35min de 21 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]
    @Chronus: melhorou bastante. Fiz algumas pequenas alterações no texto, explicadas nos sumários. Caso não concorde, fique à vontade para modificar.--PauloMSimoes (discussão) 17h19min de 21 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]
    @Chronus: e @PauloMSimoes: o texto está bem melhor. Considero o problema da parcialidade na introdução resolvido. Obrigado. Dornicke (discussão) 20h01min de 21 de abril de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Ajuda

    Alguem poderia me ajudar a criar o artigo sobre Processos de cassação da chapa Bolsonaro-Mourão (fonte)? Já criei Inquérito das Fake News e CPI das Fake News que estão relacionados aos processos de cassação da chapa.Fontaine347 (discussão) 21h06min de 14 de junho de 2020 (UTC)Responder[responder]

    @Fontaine347: Vale lembrar que a Wikipédia não é um WP:JORNAL. Portanto, é preciso verificar se um acontecimento é relevante o suficiente a ponto de merecer um artigo. Eu ainda tenho dúvida se esses dois artigos que você criou são mesmo notórios. De qualquer modo, aqui não é o lugar de se fazer essa pergunta. Tente na Esplanada (ver barra de navegação ao lado esquerdo da página).
    Mas se você criar mesmo esse artigo do processo de cassação da chapa, não acha bom fundir o conteúdo dos artigos que você já criou nesse novo? Pois também não é bom criar vários artigos sobre temas muito parecidos. Melhor manter tudo num só se possível.
    Saudações. --Bageense(fala) 00h23min de 15 de junho de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Fundir tudo é uma péssima ideia. É verdade que todos esses processos estão relacionados a fake news, mas cada um deles esta correndo em instituições diferentes (Congresso, STF, TSE) e tem propositos e objetivos diferentes. Seria a mesma coisa que fundir Operação Lava Jato, CPI da Petrobras e processo de cassação da chapa Dilma–Temer. Vai virar uma tremenda bagunça. E porque esses artigos são WP:JORNAL e "não notorio"? Acho injusto sugerir isso porque esses assuntos então criando crises e muitos problemas para o governo do Bolsonaro. Tem muitos artigos sobre assuntos menos importantes do que esses por ai.--Fontaine347 (discussão) 15h45min de 15 de junho de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Acréscimos importantes

    Olá. Percebo que informações positivas sobre o governo seguem sendo completamente negligenciadas no verbete. Prova disso é que a última pesquisa do DataFolha sobre popularidade recorde no governo sequer foi adicionada, ao passo que um artigo sobre uma “suposta” tentativa de intervenção no STF foi adicionada de imediato.

    Não só isso, notícias de impacto e teor positivo são completamente ignoradas aqui, quase como se o verbete fosse “Coisas ruins sobre o governo Bolsonaro”.

    Exemplos:

    Queda da criminalidade em 2019. Não há absolutamente nenhuma linha falando sobre isso. Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/amp/cotidiano/2020/04/brasil-tem-queda-de-19-nos-crimes-violentos-em-2019.shtml

    Redução da extrema pobreza ao menor nível em 40 anos. Isso não é muito mais importante do que as constantes “controvérsias” que são atualizadas aqui em tempo real? Fonte: https://valor.globo.com/brasil/noticia/2020/07/28/auxilio-reduz-extrema-pobreza-ao-menor-nivel-em-40-anos-diz-ibre-fgv.ghtml

    E não adianta dizer que o artigo é livre, que todos podem contribuir etc. Vocês sabem que se alguém o fizesse seria rapidamente revertido e posteriormente bloqueado. Gostaria que alguém pudesse realmente tomar alguma providência, pois o artigo segue totalmente comprometido. Abraços. André 179.246.220.3 (discussão) 16h33min de 20 de agosto de 2020 (UTC)Responder[responder]

    @179.246.220.3: O artigo é livre. Gabr guedes (discussão) 16h37min de 27 de agosto de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Ícone do Minha Casa Verde e Amarela

    Recém fiz upload do logo (vetorização a partir de ícone divulgado em .JPEG), ainda sem texto nem tipografia por haver mais de uma única versão (uma com a fonte Aller e outra com uma fonte que não consegui identificar).

    Ficheiro:Logo do Casa Verde e Amarela (2020).svg
    Logo do programa social Casa Verde e Amarela, do Governo Bolsonaro.

    Espero ter ajudado dentro do possível.

    Gabr guedes (discussão) 16h32min de 27 de agosto de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Beleza, @Gabr guedes, criei o artigo como Programa Casa Verde e Amarela. Joel Caúla (discussão) 13h24min de 10 de novembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Artigo da Wikipédia ou folhetim de oposição?

    Este artigo continua sendo destruído. O usuário “Theys York” acorda um belo dia e resolve acrescentar 5 mil carácteres de algum assunto qualquer e fica por isso. Carta branca para expor sua visão política contaminada e claramente contrária ao governo. Vejam o tamanho da última alteração, sobre armas. Alguém verifica? Alguém contesta? Alguém reverte? Obviamente não. Eu não duvido que sequer tenham lido o texto, pois basta perceber que é de teor negativo que passa.

    Este é um artigo da Wikipédia, não é o site do Brasil 247 ou da Carta Capital. As coisas precisam ser checadas, ganhar contexto, ganhar relevância. É necessário haver tempo para as informações fazerem um sentido histórico.

    É inacreditável o que fizeram com este artigo. Se a fiscalização fosse seria e imparcial, ele deveria ser totalmente refeito. Do zero. 179.215.124.36 (discussão) 00h28min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Duas coisas:
    1- Seja específico, sem acusações vagas. Onde você acha que está o erro nas edições?
    2- Analisando o histórico, não vi nenhuma opinião pessoal embutida nas edições. As análises acrescentadas foram atribuídas à especialistas, como orienta o Princípio da imparcialidade. E estão referenciadas. BrunoG. 11-11 (DctribAElogsBMF) 01h03min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]
    "É necessário haver tempo para as informações fazerem um sentido histórico", disse o IP. Chegou a consultar as fontes? Os fatos ocorridos já tem meses, e alguns já tem anos desde que foram reportados. Devo esperar o governo acabar então?Theys Y☺rk (discussão) 03h42min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Como o IP não gostou da quantidade de carácteres, não me importo que as citações sejam retiradas ou reduzidos. Como não sou bom em resumo, geralmente eu uso as citações para evitar tirar de contexto o que a pessoa falou. Saudações.Theys Y☺rk (discussão) 03h57min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Na verdade, o artigo precisa de muitas alterações, no sentido de indicar todas as ações do governo durante a pandemia de COVID-19 e como o país chegou a quase 200 mil mortos. A seção sobre o assunto deveria ser muito maior. Aliás, sequer fala sobre a demora em reconhecer a eleição de Biden nos EUA. Se há alguma parcialidade, certamente é a ausência de seus pontos negativos. Érico (disc.) 04h01min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    R: Vocês sabem do que estou falando. Simplesmente não há edições que visem construir, somente DESconstruir o governo.

    Se você entra nos verbetes dos governos petistas, precisa fazer um esforço enorme para descobrir que saquearam o país, compraram o congresso ou assaltaram nossa maior estatal. Que financiaram ditaduras ou desviaram bilhões da saúde. Pelo contrário, é um festival de informações exaltando a “popularidade de Lula” e etc. Aqui, por muito menos, transformaram o artigo em um “Controvérsias sobre o governo Bolsonaro”.

    As edições negativas deste verbete superam as de todos os governos anteriores juntos. Imagina se não estivéssemos há 2 anos sem escândalos de corrupção em âmbito federal (algo inédito) e o governo não estivesse batendo recordes de aprovação, enquanto injeta e recupera a economia. Contrariando todos os prognósticos. Qualquer um que tentasse editar algo positivo, seria sumariamente revertido e bloqueado.

    Sejam mais imparciais. O artigo deve conter informações para o público, não servir de folhetim ou blog para desabafos em tempo real de seus detratores. Este verbete é uma vergonha para a Wikipédia. 179.215.124.36 (discussão) 04h13min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    De fato, é uma vergonha para a Wikipédia que o artigo não cite as 180 mil mortes. Érico (disc.) 04h25min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Calma, Érico. Logo essa informação será acompanhada de palavras como genocida etc. Fique tranquilo. Todos vão acreditar que mesmo sendo um vírus novo que não tinha vacina, com um governo de esquerda seria diferente. Olha aí a Argentina com a economia destruída e caminhando para 50 mil mortes, com 1/4 da população. Logo vão fazer um textinho bem legal. Não se preocupe. 179.215.124.36 (discussão) 04h36min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    OK. Vou esperar as atualizações e acusações de genocídio, devidamente acompanhadas pelas ações do governo e gloriosas declarações do presidente. Érico (disc.) 04h44min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Adicionei os dados recentes sobre as mortes. Foi bom o IP se manisfestar, o artigo tinha parado no tempo, com poucas atualizações. Ainda falta incluir as polêmicas recentes relacionadas ao aparelhamento da Anvisa e as vacinas, mas isso eu deixo para outro momento. BrunoG. 11-11 (DctribAElogsBMF) 17h08min de 16 de dezembro de 2020 (UTC) «Imagina se não estivéssemos há 2 anos sem escândalos de corrupção em âmbito federal (algo inédito) e o governo não estivesse batendo recordes de aprovação, enquanto injeta e recupera a economia.» Foi isso mesmo que eu li?? - BrunoG. 11-11 (DctribAElogsBMF) 17h09min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Isso mesmo. O IP quer que escrevamos fatos alternativos. Não pode dizer que o último escândalo de corrupção ocorreu na semana passada. Ou há parcialidade. Tem que seguir a linha das redes sociais. Érico (disc.) 17h12min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Symbol comment vote.svg Comentário: vale lembrar que existe um artigo próprio para as controvérsias e que o artigo do governo já ultrapassou o limite de bytes (226k/190k bytes) e não se deve inserir-lhe mais conteúdo. Ao contrário, o artigo deve ser reduzido já. --Bageense(fala) 17h33min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Não mesmo. Todo conteúdo necessário deve ser inserido. Que deve ser reduzido, deve, mas jamais impedir previamente novo conteúdo. Érico (disc.) 17h37min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]
    Me expressei mal, o impedimento não é prévio. Mas cresceu, tem que podar. --Bageense(fala) 17h45min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Lógico que o verbete está enorme, foi atualizado em tempo real com enormes desabafos e devaneios de opositores, entupiram as controvérsias e reverteram todas as edições minimamente imparciais. Quem entra aqui até acredita que foi este governo que saqueou e quase destruiu o país.

    É quase como se torcedores do Grêmio monopolizassem o artigo do Internacional, os do Palmeiras editassem o do Corinthians e do Vasco o do Flamengo. Com total parcialidade e com um único propósito: destruir, detratar, desvalorizar, depreciar, etc. E sem qualquer tipo de restrição. É inacreditável. Parabéns aos envolvidos. 179.215.124.36 (discussão) 18h01min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Érico (disc.) 18h20min de 16 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]
    Bageense, eu tinha procurado o artigo de controvérsias, eu não sei em qual link eu cliquei, mas ele apontou para este artigo. Por isso eu coloquei aqui. Achei, foi esse Controvérsias envolvendo o governo Bolsonaro. Theys Y☺rk (discussão) 02h12min de 17 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]
    @Theys York: Quero saber quem redirecionou Controvérsias envolvendo o governo Jair Bolsonaro para Política educacional do governo Jair Bolsonaro e por quê. Na verdade me lembro quem foi... foi um novato que fez fusões e desfusões desastrosas. Eu fiquei de reverter mas não sei por que não o fiz. --Bageense(fala) 02h44min de 17 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]
    Tem que acertar as coisas. Existe um verbete chamado Controvérsias envolvendo o Governo Jair Bolsonaro.PauloMSimoes (discussão) 02h55min de 17 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    O redir foi feito por este editor. Não consigo saber se ele criou o redir ou fez o redir destruindo o histórico do artigo.PauloMSimoes (discussão) 03h28min de 17 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Information icon.svg Informação Como já existe o verbete Controvérsias envolvendo o Governo Jair Bolsonaro, marquei para ER os redirecionamentos Controvérsias envolvendo o Governo Bolsonaro, Controvérsias envolvendo o governo Jair Bolsonaro e Controvérsias envolvendo o governo Bolsonaro, que só causam confusão.--PauloMSimoes (discussão) 13h55min de 18 de dezembro de 2020 (UTC)Responder[responder]

    Ameaça de golpe militar

    Nota à seção: Alguns meses atrás (acho q já tem 2 anos) eu andava pesquisando o risco de golpe militar no Brasil, e tinha encontrado a declaração de um historiador dizendo que Bolsonaro planeja dar um golpe militar no Brasil, mas não adicionei por falta de embasamento do próprio, além da entrevista ter sido feita no Diário do Centro do Mundo. Mais tarde, assistindo a uma das lives do YouTube, me deparei com o comentário do historiador Marco Antonio Villa, que ao acompanhar agenda do presidente, que circula de quartel em quartel fazendo sabe se lá o quê, disse que isso lembra a época do golpe militar, também não adicionei, deixei para lá. Por quê eu estou adicionando isso aqui? Para dar um embasamento, ainda que indireto ao comentário de Lilia Schwarcz que adicionei no artigo.Theys Y☺rk (discussão) 02h28min de 14 de fevereiro de 2021 (UTC)Responder[responder]

    Logo do programa "Brasil Imunizado"

    Logo do programa Brasil Imunizado

    Boa tarde. Recém fiz o logo em SVG do programa "Brasil Imunizado", espero que seja útil para ilustrar o artigo em breve.

    Gabr guedes (discussão) 20h15min de 14 de fevereiro de 2021 (UTC)Responder[responder]

    Educação sexual, Posse de armas de fogo, Toxicodependência

    Olá! Políticas sobre educação social fazem parte das políticas educacionais. Políticas sobre posse de armas de fogo e código de trânsito fazem parte das políticas de segurança pública. Políticas sobre agricultura fazem parte das políticas econômicas. Políticas sobre toxicodependência e a resposta do governo federal à pandemia de COVID-19 fazem parte das políticas de saúde. Apesar dessas relações, somente "Resposta à pandemia de COVID-19" é uma subseção de "Saúde", todas as demais são seções apartadas. É isso mesmo? Outra coisa, a seção "Posse de armas de fogo" não trata somente da posse, mas também sobre o porte e também munições, comércio, registro, fiscalização. --Luan (discussão) 18h13min de 1 de março de 2021 (UTC)Responder[responder]

    @Luan: Symbol support vote.svg Apoio a iniciativa. O artigo está com uma estrutura confusa mesmo. Você mesmo faz a adição dessas subseções nas seções principais? Ou quer ajuda? Chronus (discussão) 19h41min de 1 de março de 2021 (UTC)Responder[responder]
    @Chronus: se puder ajudar, seria melhor! --Luan (discussão) 23h49min de 1 de março de 2021 (UTC)Responder[responder]
    @Luan: Yes check.svg Feito! Chronus (discussão) 19h56min de 2 de março de 2021 (UTC)Responder[responder]
    @Luan: Symbol declined.svg Discordo de que se quebre a estrutura do artigo para criar uma confusão de seções, subseções e subsubseções. É melhor manter alguns assuntos separados do jeito que estão do que criar uma árvore de Natal, cheia de galhos e galhos nos galhos. Eu cuidei muito para que isso não acontecesse neste verbete, para que não acontecesse o que aconteceu nos verbetes de governos e de presidentes passados. Portanto, prefiro a estética, no caso, à precisão no agrupamento por temas. --Bageense(fala) 14h19min de 2 de março de 2021 (UTC)Responder[responder]
    @Bageense: A criação de subseções é algo completamente usual e não há qualquer excesso de subdivisões no artigo que prejudique o layout. Chronus (discussão) 19h56min de 2 de março de 2021 (UTC)Responder[responder]
    10-skylt, Swedish roadsign.svg Perfeito, Chronus! Agora o artigo conta com uma organização mais precisa, com cara de enciclopédia, menos de jornal que vai pontuando fatos do cotidiano e muitas vezes se perde no contexto mais amplo. Inclusive, WP:SEÇÃO continua sendo cumprida, nomeadamente em sua norma 3. Tampouco encontrei descumprimentos de WP:AN nas alterações. --Luan (discussão) 23h46min de 2 de março de 2021 (UTC)Responder[responder]

    Divisão da resposta à pandemia

    Proponho a criação de um artigo intitulado Resposta do governo federal à pandemia de COVID-19 devido a notoriedade do assunto, com cobertura de múltiplas fontes reputadas e independentes, bem como a existência de seções duplicadas no presente artigo:

    Além da significativa sobreposição com outras seções, como por exemplo:

    Obviamente, seria deixado um sumário do novo artigo principal nos artigos acima, donatários de conteúdo. Fgnievinski (discussão) 01h10min de 8 de janeiro de 2022 (UTC)Responder[responder]

    Iniciei um rascunho. Fgnievinski (discussão) 00h36min de 11 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]

    @Fgnievinski Publica isso logo como verbete. Chronus (discussão) 01h20min de 16 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Chronus: feito. Fgnievinski (discussão) 04h53min de 16 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Fgnievinski Parabéns pelo trabalho. Ficou ótimo. Chronus (discussão) 04h54min de 16 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Chronus: Obrigado, a predefinição:excerto permitiu gerar automaticamente 25 páginas de conteúdo com apenas 15 linhas de código, sem causar transtornos nas páginas originais. Eventualmente os conteúdos deveriam ser fundidos de fato, movidos e mesclados à nova página, deixando breves excertos automáticos nas páginas originais. Fgnievinski (discussão) 04h59min de 16 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Fgnievinski Yes check.svg Feito! Chronus (discussão) 15h41min de 16 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Chronus: Muito obrigado!!! Fgnievinski (discussão) 20h37min de 16 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]
    Ficou muito bom! Dr. Loo 05h19min de 24 de abril de 2022 (UTC)Responder[responder]

    Imagens removidas ou movidas

    Política interna (Posse, uso e comércio de armas de fogo); As seguintes imagens foram removidas ou movidas sem a devida alteração/exclusão da formatação anterior.

    Jair Bolsonaro assinando o Decreto Presidencial n.º 9.785-2019.jpg e Ficheiro:05 08 2019 Assinatura da MP que regulamenta a antecipação do 13.º salário de aposentados do INSS (48467779042).jpg

    A seguinte 'imagem' foi incluída na discussão mas não existe mais: Ficheiro:Logo do Casa Verde e Amarela (2020).svg

    As imagens existem e estão ativas no Commons, se não foram removidas propositalmente devem ser recuperadas ou ter suas legendas e quadro de mídia removidos. Herr Matheus (discussão) 02h09min de 11 de janeiro de 2022 (UTC)Responder[responder]

    Inflação, Petrobras e PEC Kamikaze

    Creio que uma grande lacuna no artigo é a falta de um trecho na seção de Economia sobre a crise inflacionária, o aumento dos preços de combustíveis e de alimentos afetados pela inflação, a gestão da Petrobras e trocas de comando na estatal, as críticas à gestão da crise pelo governo, e a medida tomada visando tanto a crise quanto a tentativa de reeleição, a PEC 15/2022 (PEC Kamikaze). Uma imagem que pode ilustrar o assunto é essa, da Agência Senado no Flickr, disponível sob CC-BY 2.0. Solon 26.125 12h15min de 3 de agosto de 2022 (UTC)Responder[responder]

    @Solon26125 Eu tentei desenvolver um pouco sobre esses temas (principalmente inflação) na seubseção "Panorama" da seção "Economia", mas o assunto precisa ser expandido no artigo, de fato. Chronus (discussão) 20h24min de 3 de agosto de 2022 (UTC)Responder[responder]

    Pacote do veneno

    Creio que possa existir um artigo Pacote do veneno, isso sim obra desse indigente político. AlfaTerion (discussão) 17h19min de 4 de agosto de 2022 (UTC)Responder[responder]

    Informação discrepante aos dados oficiais

    Olá, ProntComando. Aqui, você inseriu a informação de que o Brasil avançou da 124.ª para 65.ª colocação no Ranking Doing Business do Banco Mundial. A fonte que você usou, "Relevante News", não apresenta a informação oficial publicada pelo Banco Mundial, na qual o país ainda está na posição 124. E aí? Ah, esse site é uma fonte confiável?--Agent010 Yes? 20h08min de 21 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]

    Agent010 Olá saudações, obrigado por entrar em contato sobre o assunto, há tantas informações que a verificação delas fica até prejudicada, apesar de não constar nos dados oficiais, o site não apresentou uma informação falsa, porém omitiu sobre o relatório que aponta que Brasil estaria na posição 65 do Doing Business é do próprio governo federal, que usou os métodos e analises usadas pelo Banco Mundial para faze-lo, é uma simulação feita pelo governo federal para indicar qual posição o Brasil estaria caso o ranking ainda existisse. Aqui Aqui Isso aconteceu porque o relatório do próprio Banco Mundial foi cancelado em setembro desde ano, após uma investigação sobre manipulação de dados pelo Banco Mundial. Aqui Fiquei na dúvida se mantenho a informação, porém com texto mais completo, só que com nova fonte que trata de forma adequada o assunto ou se a excluo --𝐏𝐫𝐨𝐧𝐭𝐂𝐨𝐦𝐚𝐧𝐝𝐨 (discussão) 21h33min de 21 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    ProntComando, então se a informação não foi divulgada pelo meio oficial (Banco Mundial), não há sentido inserir "pesquisas" feitas por terceiros como se elas tivessem sido feitas e publicadas por ele. A informação atual é que o Brasil está na 124.ª posição. É como se publicássemos que o "Brasil é a quinta economia do mundo" de acordo com a CEBR, baseando-se em hipóteses, e olha que aqui foi uma projeção feita pela própria consultoria, diferente do Banco Mundial, que não publicou nenhuma projeção, suposição sobre o Doing Business (2022).
    Inclusive, gostaria de saber de outros colegas (marco aqui alguns nome de que me lembro: Érico, Conde Edmond_Dantès, JoaquimCebuano, DarwIn; outros estão convidados a opinar também) sobre o veracidade e confiabilidade das informações desse site (Relevante News), o qual, observando a linguagem utilizada, as notícias publicadas, não me parece ser imparcial.--Agent010 Yes? 22h07min de 21 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Agent010@ProntComando "Relevante News" não é WP:FF. Simples assim. Essa edição deveria ser desfeita. Chronus (discussão) 00h30min de 22 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Agent010 Segundo eles mesmos, Relevante News é um portal de notícias que dá "o ângulo verdadeiro as notícias, filtrando de enganos e mentiras, uma contracultura a mídia “mainstream”". Eu diria que, assim sem mais nada, a fiabilidade disso é zero. Darwin Ahoy! 00h32min de 22 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]

    @Agent010, DarwIn e Chronus: independentemente da credibilidade da fonte, a edição de ProntComando é inadequada já que induz um suposto reconhecimento (não referenciado) baseado em meros dados econômicos, esses sim, referenciados. Edmond Dantès d'un message? 00h53min de 22 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]

    Olá, realmente não entendi por que desfez à edição 64791468 sendo esta de fontes WP:FF. Eduardo (discussão) 18h08min de 23 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Mr Eduardo W Você leu a discussão acima? Chronus (discussão) 19h12min de 23 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    Olá @Chronus, fiz a leitura com certeza se não nem escreveria nada nesta pagina de discussão, por este motivo vim fazer a pergunta acima exposta, em suma concordo que o editor citou anteriormente antes da edição que explanei alguns meios de informações de fontes não fiável e não oficiais sobre a posição do Brasil, porem nesta edição que citei o mesmo não incorreu na mesma falha citando referências e conteúdos claramente agregadores para o artigo. Eduardo (discussão) 19h38min de 23 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Mr Eduardo W O Conde Edmond Dantès disse acima: "independentemente da credibilidade da fonte, a edição de ProntComando é inadequada já que induz um suposto reconhecimento (não referenciado) baseado em meros dados econômicos, esses sim, referenciados." Chronus (discussão) 19h40min de 23 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    @Chronus certamente fiz a leitura deste, porem a edição que citei o editor tinha ajustado e respeitado as indagações dos colegas acima expostas e o conteúdo nela contida claramente é referendado por veículos de comunicações sendo estes de conhecimento publico, acredito que o conteúdo que foi acrescentado deveria estar no artigo já que faz parte do Governo Jair Bolsonaro e é uma informação importante solicito aos estimados editores uma reanálise da edição que citei. Eduardo (discussão) 20h16min de 23 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    Olá a todos, exatamente @Mr Eduardo W, quero agradecer pela compreensão do ocorrido, venho pedir que seja revertida a edição do senhor Conde Edmond Dantès por algum terceiro, já que acredito que conflitos assim deram ser solucionados por terceiros, minha última edição respeita as indicações dos colegas desta discussão e também do próprio Conde Edmond Dantès, ao ser retirada a fonte "Relevante News", aqui contestada, e também dada fonte a "recuperação econômica", que foi contestado pelo senhor Edmond Dantès, como demais ajustes e adicionado novos conteúdos, ao qual considerado importantes, porque além de fazendo parte do Governo Jair Bolsonaro, atualizam o artigo e o organiza, melhorando a leitura do leitor, assim, a mera reversão, de forma quase que automática, como foi feita, sem levar em consideração o que falei, não traz nada de positivo ao artigo, pelo contrário, trouxe de volta a fonte contestada e as demais inconsistências que foram aqui discutidas. Por isso, peço, respeitosamente, a reversão da última edição do senhor Edmond Dantès.--𝐏𝐫𝐨𝐧𝐭𝐂𝐨𝐦𝐚𝐧𝐝𝐨 (discussão) 19h45min de 27 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]
    O comportamento recente de ProntComando flerta com desestabilização. Antes de mais nada, recomendo veementemente que o editor faça uma consulta ao dicionário já que demonstra completa incompreensão do significado do advérbio "independentemente".
    As edições foram revertidas por induzir um reconhecimento não corroborado por fontes confiáveis e independentes. Em outras palavras, as fontes não corroboram que o governo ficou marcado ou notabilizado por uma recuperação econômica. Dessa forma, os dados econômicos devem ser abordados no verbete de forma imparcial, ou seja, sem atribuir distinção de valor.
    Isto foi explicitado nessa discussão e novamente descrito ao editor em uma página de discussão pessoal. Diante disso, insinuar que minha interferência no verbete é uma mera reversão automática é o cúmulo da palhaçada. Não obstante, em nenhum momento avaliei ou emiti opinião sobre a fonte Relevante News, que me parece estar sendo usada como pretexto para insistir na manutenção da edição contestada.
    Por fim, gostaria de tomar a liberdade de parafrasear um comentário do @Chronus: vocês não leram a discussão acima? Qual a dificuldade em entender o conceito de "independentemente"? Os argumentos já foram expostos. Se não concordam, apresentem contra-argumentos pertinentes e produtivos ou, melhor ainda, indiquem quais são essas "inconsistências" e proponham melhorias. Enquanto isso não é feito, o status quo será mantido. Edmond Dantès d'un message? 03h21min de 28 de novembro de 2022 (UTC)Responder[responder]